Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Materiais e processos gráficos

428 views

Published on

Aula sobre história dos processos de impressão, os tipos mais comuns e apresentação das etapas de produção.

Published in: Design

Materiais e processos gráficos

  1. 1. MATERIAIS E PROCESSOS GRÁFICOS 2017/1 - DESIGN UNIVALI
  2. 2. 02 - 10/03/2017 o2História: mídias e suporte
  3. 3. FICOU COM DÚVIDAS?
  4. 4. PLANOGRAFIA ELETROGRAFIA PERMEOGRAFIA Litografia Offset Offset digital Driografia Impressão digital Eletrofotografia Xerografia Serigrafia Mimeógrafo Elétrico Stencil
  5. 5. ENCAVOGRAFIA HÍBRIDOS Rotogravura Talho-doce Água-forte Indigo Impressão eletrostática Letterset Di-litho
  6. 6. DIGITAIS DIVERSOS Plotter Corte eletrônico Routters Plotter de transferência térmica Jato de tinta líquida Jato de tinta sólido Transferência térmica Sublimação
  7. 7. DETALHES DE TODOS OS PROCESSOS
  8. 8. 1. Evolução histórica das artes 2. Noções fundamentais 3. Tipos de impressão 4. Etapas de produção 5. Como escolher o processo
  9. 9. IMPRESSÃO Trata-se de um processo de transferência de pigmentos de uma matriz para um suporte visando à obtenção de cópias.
  10. 10. PIGMENTOS São aglutinados em forma líquida ou pastosa, em pó, em gelatina, etc. Que são tintas, tones, fita ou filme.
  11. 11. SUPORTE Pode ser tanto em papel quanto plástico, madeira, metal, tecido, etc e ser executado em diversas ou milhares de cópias.
  12. 12. Processo histórico da produção gráfica está alinha com a evolução da comunicação do homem, mas por volta de 1439, Johannes Gutenberg teve a ideia de separa as letras das tábuas de xilogravura e montar o alfabeto em "tipos móveis"
  13. 13. UM POUCO DE HISTÓRIA https://www.youtube.com/watch?v=PuTnW9kyKg0 https://www.youtube.com/watch?v=2645Scfct54
  14. 14. Às vezes por parecer bobo a gente continua fazendo coisas não óbvias. Para ser um criativo e dar saltos é preciso desapegar ;)
  15. 15. DÚVIDAS?
  16. 16. Mas... Para isso acontecer é necessário conhecer. Então, vamos fazer um exercício?
  17. 17. TIPOS DE IMPRESSÃO
  18. 18. COMPOSIÇÃO MANUAL O operador é mudido de componedor, que fixa a medida das linhas de composição. Esse processo era altamente insalubre por causa do chumpo da composição da liga, além do antimônio e estanho que evitavam a oxidaçnao dos caracteres.
  19. 19. COMPOSIÇÃO MECÂNICA Consistia em um equipamento mecânico, baseado em códigos dentados nas matrizes; o resultado era um texto fundido em uma liga da mesma composição manual, só em linhas.
  20. 20. Em geral, as novas tecnologias condenam o sistema velho ao desaparecimento. Linotipo, a composição manual foi sacrificada; não de- sapareceu mas reduziu bastante. Quando surgiu a com- posição a frio, o mesmo se deu com a linotipo.
  21. 21. COMPOSIÇÃO FRIA O sistema ficou conhecido como fotocomposição, que se baseava no processo fotográfico para a obtenção de texto. Isso liberou o design das limitações das composições anterios. Textos em itálico iniciaram nesse formato.
  22. 22. FOTOLITO É como um filme fotográfico e seu processo de revelação também é bem semelhante. Esse fotolito é formado por áreas escuras e retículas que são colocados sob uma matriz fotosensível que receberá luz e passa do fotolito para a matriz.
  23. 23. PASTE-UP Sistema de fotocomposição baseado em montagem de páginas pela colagem dos elementos em pranchas de papel, ou em outro suporte, que, depois de preparadas, eram fotografadas e retocadas para a obtenção de fotolitos.
  24. 24. Vamos pasteapar?
  25. 25. O divisor de águas DESKTOP PUBLISING
  26. 26. COMPUTER TO PLATE - CTP Um dos processos mais comuns, mas já é anunciado o fim de seu processo que é as matrizes em filmes fotográficos. Agora a passagem do arquivo é direto para a matriz de metal.
  27. 27. COMPUTER TO PRESS - CTP O mais avançado no mercado de impressão convencional. Depois de digitalizado, o arquivo é transferido em alta qualidade para um cilindo de impressão offset.
  28. 28. DÚVIDAS?
  29. 29. OFFSET
  30. 30. O mais avançado no mercado de impressão convencional. Depois de digitalizado, o arquivo é transferido em alta qualidade para um cilindo de impressão offset.
  31. 31. O Offset é um processo planográfico, ou seja, é feita sua matriz é plana. O princípio básico do sis- tema planográfico é a incompatibilidade entre água e substâncias gordurosas. Desse modo as zonas impressoras atraem a tinta gordurosa e as zonas não impressoras fazem o contrário.
  32. 32. ETAPAS DE PRODUÇÃO
  33. 33. Projeto Pré-impressão Impressão Acabamento 1 2 3 4
  34. 34. Projeto 1 Etapa que ocorre na empresa ou no escritório do designer. Termina ao se concluir os originais que serão impressos. Esses originais são chamados de arte-final. Projeto gráfico, diagramação, arte-final
  35. 35. Pré-impressão 2 Em geral, é processada no birô de pré-impressão. Sua principal tarefa é a produção de fotolitos, que são "máscaras" utilizadas para a produção das matrizes da maioria dos processos gráficos. Digitalização de imagens, provas de alta resolução, geração de fotolitos, provas
  36. 36. Impressão 3 Inicia-se com a produção da matriz, em geral na própria gráfica onde se dará essa etapa. Grande parte das máquinas impressoras, hoje, realiza automaticamente a dobradura, que é uma etapa simples e frequente de acabamento. Montagem da matriz, imposição das paginas, provas de chapas, impressão
  37. 37. Acabamento 4 Dependendo da complexidade do acabamento e do porte da gráfica, essa etapa pode ou não ser realizada por outros fonecedores que não sejam a própria gráfica onde o impresso está sendo produzido. Inclui tudo aquilo que é posterior ao empacotamento de impressos. Dobras, revestimentos, relevos, refiles cortes especiais, encadernação.
  38. 38. NÃO FIQUE COM DÚVIDAS!
  39. 39. COMO ESCOLHER O PROCESSO?
  40. 40. 01. VANTAGENS E DESVANTAGENS 02. A TIRAGEM 03. O CUSTO 04. O SUPORTE 05. FORNECEDORES 06. CONHECIMENTO DO PROCESSO 07. USABILIDADE reprodução de fotos descarta alguns processos Está ligado a tiragem, geralmente calculá-se por unidade. Alta ou baixa tiragem Papel, papelão, vinil? Nem todos os processos são bons para certos tipos de suporte Locais onde estão as rotativas fazem a diferença no custo da logística Conhecer o processo ajuda na definição do método de trabalho Corte, refile, vinco, formato.
  41. 41. FOI NOVIDADE?
  42. 42. PRÓXIMA AULA Papel, cores e acabamentos Vamos discutir nosso projeto do semestre Tragam cola, canetinhas e papel O/
  43. 43. CORRE PRO ABRAÇO QUE HOJE É SEXTA!!!!

×