Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Os atravessamentos na ponte Rainha D.ª Amélia são seguros?

110 views

Published on

Porque, de facto, a segurança das pessoas é o primeiro valor a preservar, o PSD do Cartaxo e o PSD de Salvaterra de Magos estranham e questionam:
" como é que se pode reabrir a circulação rodoviária na Ponte Rainha D.ª Amélia, bastando para tal, as declarações na comunicação social do presidente da IP? Não há comunicação oficial entre a IP e as Câmaras Municipais?
" atendendo às "deficientes condições de segurança estrutural e da circulação rodoviária" assumidas em Fevereiro pelos autarcas, após todo o processo, porque é que estes não exigiram à IP informação clara sobre as conclusões do relatório, ainda que em elaboração? Esta informação já está na posse dos executivos camarários? Pode a mesma ser divulgada?
" a questão do "aparelho de apoio, que tem a ver com o tabuleiro e com a ligação do tabuleiro às fundações" coloca algum tipo de risco aos atravessamentos na Ponte Rainha D.ª Amélia? Uma vez que é o próprio presidente da IP que diz que esta deve ser uma reparação feita com a maior brevidade possível.
" a reparação que deve ser promovida pelas Câmaras Municipais do Cartaxo e de Salvaterra de Magos, como refere à comunicação social o presidente da IP, está assumida por estas autarquias locais?
" em caso afirmativo, que obras serão realizadas em concreto? quando avançam as obras? em que data estarão prontas? qual o custo para cada uma das autarquias?

O PSD Cartaxo e o PSD de Salvaterra de Magos endereçaram estas questões aos respetivos presidentes de Câmara Municipal, bem como ao presidente das Infraestruturas de Portugal, solicitando as respostas para as questões suscitadas.

Published in: News & Politics
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Os atravessamentos na ponte Rainha D.ª Amélia são seguros?

  1. 1. Rua Serpa Pinto, n.º 32-A, 1º Dt., 2070-116 Cartaxo – www.psdcartaxo.com - psd4cartaxo@gmail.com Rua Miguel Bombarda, n.º 8, 1.º Esq.º, 2120-085 Salvaterra de Magos – comissaopsdsalvaterra@gmail.com 1 Comunicado conjunto das Comissões Políticas Concelhias do Cartaxo e Salvaterra de Magos OS ATRAVESSAMENTOS NA PONTE DONA AMÉLIA SÃO SEGUROS? Data: 14 de Março de 2018 N.º de Páginas: 2 No passado fim-de-semana, a ponte D.ª Amélia que liga os concelhos de Cartaxo e Salvaterra de Magos foi encerrada ao trânsito. Em nota justificativa, os presidentes das Câmaras Municipais do Cartaxo e de Salvaterra de Magos, diziam “aguardarem os relatórios técnicos solicitados à Infraestruturas de Portugal e cujo resultado ainda não conhecem” – aliando aqui as condições climatéricas adversas e a subida dos caudais do Tejo. As Comissões Políticas Concelhias do PSD do Cartaxo e de Salvaterra de Magos recordam que em Fevereiro deste ano foram colocadas condicionantes à circulação rodoviária na referida ponte, nomeadamente, o uso exclusivo desta importante infraestrutura limitado a veículos ligeiros (até 3,5 toneladas) e a uma velocidade de 30 quilómetros/hora. Na altura anunciava-se o início da reparação das “guardas” da ponte, bem como o desencadear de concurso público para a reparação de equipamentos de apoio ao tabuleiro "atendendo às deficientes condições de segurança estrutural e da circulação rodoviária" – conforme comunicado conjunto dos presidentes de câmara das duas autarquias. Também em Fevereiro deste ano, estes autarcas referiram que este processo já se vem arrastando, desde 2016, ano em que foi solicitado ao secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme d'Oliveira Martins, uma avaliação pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) e/ou pela Infraestruturas de Portugal (IP). No final de 2017, existiu nova reunião com o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, insistindo-se na "premência da realização dos estudos técnicos e subsequentes intervenções/reparações". A Agência Portuguesa do Ambiente (APA), em 2015, chamou já à atenção para a existência de uma “fossa de erosão” e pedia, na altura, uma inspeção urgente à IP. Em 2016, uma inspeção subaquática revelou risco de "erosão excessiva" em torno dos pilares P4 a P7. Entretanto, foi já retomada a circulação rodoviária naPonteD.ª Amélia, tendo para tal bastado as declarações do presidente da IP na comunicação social, que afirmou que não há qualquer problema
  2. 2. Rua Serpa Pinto, n.º 32-A, 1º Dt., 2070-116 Cartaxo – www.psdcartaxo.com - psd4cartaxo@gmail.com Rua Miguel Bombarda, n.º 8, 1.º Esq.º, 2120-085 Salvaterra de Magos – comissaopsdsalvaterra@gmail.com 2 Comunicado conjunto das Comissões Políticas Concelhias do Cartaxo e Salvaterra de Magos ao nível das fundações, aproveitando ainda para rejeitar qualquer responsabilidade na manutenção e reparações que tiverem que ser feitas na Ponte D.ª Amélia. António Laranjo disse ter um relatório em elaboração, que não indicia qualquer problema ao nível das fundações, o que existe são deficiências num aparelho de apoio – ligação do tabuleiro às fundações. Feita esta resenha histórica, e porque, de facto, a segurança das pessoas é o primeiro valor a preservar, o PSD do Cartaxo e o PSD de Salvaterra de Magos estranham e questionam: • como é que se pode reabrir a circulação rodoviária na Ponte D.ª Amélia, bastando para tal, as declarações na comunicação social do presidente da IP? Não há comunicação oficial entre a IP e as Câmaras Municipais? • atendendo às “deficientes condições de segurança estrutural e da circulação rodoviária” assumidas em Fevereiro pelos autarcas, após todo o processo, porque é que estes não exigiram à IP informação clara sobre as conclusões do relatório, ainda que em elaboração? Esta informação já está na posse dos executivos camarários? Pode a mesma ser divulgada? • a questão do “aparelho de apoio, que tem a ver com o tabuleiro e com a ligação do tabuleiro às fundações” coloca algum tipo de risco aos atravessamentos na Ponte D. Amélia? Uma vez que é o próprio presidente da IP que diz que esta deve ser uma reparação feita com a maior brevidade possível. • a reparação que deve ser promovida pelas Câmaras Municipais do Cartaxo e de Salvaterra de Magos, como refere à comunicação social o presidente da IP, está assumida por estas autarquias locais? • em caso afirmativo, que obras serão realizadas em concreto? quando avançam as obras? em que data estarão prontas? qual o custo para cada uma das autarquias? O PSD Cartaxo e o PSD de Salvaterra de Magos endereçaram estas questões aos respetivos presidentes de Câmara Municipal, bem como ao presidente das Infraestruturas de Portugal, solicitando as respostas para as questões suscitadas. Susana Alves Nunes Presidente da Comissão Política Concelhia de Salvaterra de Magos José Augusto de Jesus Presidente da Comissão Política Concelhia do Cartaxo

×