Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Descolonização áfrica e asia

1,293 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Descolonização áfrica e asia

  1. 1. DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA E ÁFRICA
  2. 2. Terminada a 2ª Guerra Mundial: Disputa entre EUA e URSS por hegemonia; Bipolarização do mundo entre Capitalismo e Socialismo Conferência de Potsdam. Surge nos EUA a chamada Doutrina Truman, contra o avanço socialista da URSS.
  3. 3. PLANO MARSHALL (EUA) Com medo do avanço socialista, na Europa, os EUA lançam o plano Marshall, um plano de ajuda econômica voltado especialmente à Europa Ocidental. Possibilitou a reconstrução e crescimento de países como Inglaterra, França, Itália e Alemanha Ocidental COMECOM (URSS) A resposta soviética ao plano estadunidense foi o COMECOM ( Conselho de Assistência Econômica Mútua). Com objetivos semelhantes ao rival, teve foco especialmente na Europa Oriental, com os futuros membros do Pacto de Varsóvia
  4. 4. OTAN (EUA) Organização militar liderada pelos EUA, formada pelos países alinhados ao bloco capitalista, especialmente na Europa Ocidental. PACTO DE VARSÓVIA (URSS) Organização militar comandada pela URSS, aliada aos países alinhados ao bloco socialista, sobretudo do Leste Europeu. O primeiro confronto declarado entre EUA e URSS foi a Guerra da Coréia (1950 – 1953) Na segunda metade da década de 50, com o grande desenvolvimento de armas nucleares, EUA e URSS iniciam uma fase conhecida por “Coexistência Pacífica”
  5. 5. Após o fim da Segunda-Guerra, a Europa está enfraquecida. Ocorre a formação de movimentos nacionalistas e emancipacionistas EUA e URSS percebem, nisso, uma possibilidade de expansão de suas influências 1955, ocorre, na Indonésia, a Conferência de Bandung, contra o colonialismo Afro-Asiático. Conferência de Bandung (Indonésia, 1955): Organizada por Indonésia, Índia, Paquistão; Contra a dominação colonialista/subdesenvolvimento; Contra a bipolarização promovida pela Guerra Fria; Acelerou o processo de independência em diversas partes da África e da Ásia.
  6. 6. Índia: Mahatma Gandhi e Jawaharlal, pelo Partido de Congresso, lideram um movimento de independência Ghandhi prega a desobediência civil e a não-violência Inglaterra havia perdido parte de seu poder econômico e militar na guerra 1947: o reconhecimento da independência indiana Índia independente dá origem aos seguintes países: Índia; Paquistão, Ceilão Sri Lanka e Bangladesh
  7. 7. Indonésia: Antes ocupada pela Holanda, após a ocupação japonesa, na guerra, o movimento nacionalista de resistência, de Ahmed Sukarno proclama a independência do país. 1949: ocorre a independência, com a vitória da guerrilha de Sukarno Indochina: Sob domínio Francês, ainda durante a 2ª Guerra, surge um movimento de resistência nacionalista, o Vietminh Liderado por Ho Chi Minh, funda, no norte, a República Democrática do Vietnã – Comunista. Franceses tentam reconquistar o território, mas são derrotados na batalha de Dien Bien Phu
  8. 8. Guerra do Vietnã: Pela Conferência de Genebra, o paralelo 17 seria o limite entre Vietnã do Norte e do Sul. No Sul, existia um governo autoritário que suspendeu as eleições Surge a Frente de Libertação Nacional (1960), os vietcongs. Em 63 os vietcongs dominavam parte do Sul. Em 64 os EUA iniciam uma onda de bombardeios ao Vietnã do Norte que vai até 1968. Em 1970 Nixon autoriza a invasão do Camboja. Os confrontos aumentam e a opinião pública estadunidense se coloca contra a guerra, até que em 1973, os EUA se retiram. Em 1975 o Norte vence e em 1976, o Vietnã se reunifica sob o comunismo.
  9. 9. Entre 1957 e 1962, 29 países obtiveram sua independência Egito em 1936, a Inglaterra terminou seu domínio colonial no Egito. 1952 General Naguib depõe o rei e proclama uma República. 1954: Gamal Abdel Nasser sobe ao poder.
  10. 10. Argélia: Argelinos eram tratados com grande discriminação pelos colonos franceses o nacionalismo islâmico, pela Frente Nacional de Libertação, confronta os franceses 1958, com a IV República Francesa, Charles De Gaulle negocia a paz e, pelo Acordo de Avien a Argélia se torna independente! Congo: Em 1960, a Bélgica concede a independência Guerra civil entre partidários de Patrice Lumumba e as forças do coronel Mobuto 1971, após um golpe de Mobuto, o Congo se torna Zaire Em 1997, Mobuto deixa o país que passa a ser reconhecido como República Democrática do Congo
  11. 11. Angola Lutas contra portugueses: Movimento Popular pela Libertação de Angola (MPLA), de Agostinho Neto outros grupos: União Nacional para a Independência Total de Angola (Unita) e a Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) Em 1974, Portugal reconhece a independência Guerra Civil: MPLA, com ajuda de Cuba, vence a Unita e o FNLA Moçambique Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo) enfrenta os portugueses. Em 1975, Portugal reconhece a independência da República Popular de Moçambique.
  12. 12. Guiné Bissau 1974, Portugal reconhece a República Democrática Anti-imperialista e Anticolonialista da Guiné. Cabo Verde e São Tomé e Príncipe Com a Revolução dos Cravos, em Portugal, se tornam independentes
  13. 13. Muitas das linhas perfeitamente retas, que dividam a África, são mostra de como, esta divisão, foi arbitrária e completamente à revelia dos povos que lá viviam.

×