Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Abinee mobiliza-se na discussão de resíduos eletroeletrônicos

623 views

Published on

Matéria publicada na Revista da Abinee na seção Em foco na edição de julho de 2009 com André Luis Saraiva, Diretor e Idealizador do PRAC - Programa de Responsabilidade Ambiental Compartilhada

Published in: Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Abinee mobiliza-se na discussão de resíduos eletroeletrônicos

  1. 1. em foco Economista aposta em crescimento nos próximos meses A pós a indústria ter passado por um ajus- e automóveis estimularam o consumo no período. te de estoques no primeiro trimestre des- “A indústria vem percebendo um aumento de en- te ano, a sinalização é de que a economia comendas, principalmente, no mercado interno”, entrou em rota ascendente nos últimos meses. afirmou. Num cenário mais provável, Sampaio Esta foi a avaliação do economista da LCA Con- prevê crescimento do PIB brasileiro de 0,9% em sultores, Fernando Sampaio, fei- 2009 e 4,3%, em 2010. ta durante sua participação na No setor eletroeletrônico, além dos incentivos Reunião da Diretoria Plenária da fiscais, a recuperação da confiança e do crédito Abinee. “O período mais crítico ao consumidor deverá favorecer a retomada das do processo de ajustamento de vendas de eletrodomésticos, equipamentos de in- estoques na indústria parece ter formática e celulares. sido o final de 2008 e o começo Fernando Sampaio destacou, também, que a deste ano”, disse. manutenção dos investimentos em infraestrutura O economista baseou sua deverá contribuir positivamente para o setor de análise em diversos indicadores equipamentos de Geração, Transmissão e Distri- como o de nível de confiança dos buição de Energia Elétrica. Ele ressaltou, ainda, empresários, que, historicamen- que o programa de moradia popular do governo te, caminha par e passo com o federal deverá levar a uma recuperação mais rá- desempenho do PIB. Além disso, a redução do IPI pida o setor da construção civil, beneficiando o dos materiais de construção, bens da linha branca segmento de material elétrico de instalação. Participação nos Lucros e Resultados P esquisa Abinee identificou que 95% das em- O gerente de Planejamento Fiscal da Henares Ad- presas do setor possuem programas de Parti- vogados, Edson Gervásio de Arantes Júnior, destacou cipação nos Lucros e Resultados (PLR), sendo a existência de diferentes fatores para auferir o valor que 87% implementaram o programa por iniciativa de distribuição do PLR. Além do lucro das empresas, própria e 13% por proposta sindical. Segundo o vi- os indicadores utilizados podem ser a qualidade do ce-presidente da Abinee, Dorival Biasia, o PLR deve produto, produtividade, absenteísmo etc. considerar uma relação Para o diretor do escritório, Halley Henares, em ganha-ganha e as em- um cenário de carga tributária pesada, o PLR pode presas devem estabele- colaborar para amenizar este impacto, pois não cer o instrumento por possui a incidência dos encargos previdenciários. iniciativa própria. Segundo ele, enquanto a arrecadação de impostos O tema foi abordado do governo federal vem apresentando queda, em em reunião promovida maio deste ano, a arrecadação previdenciária foi pela Abinee/Sinaees- de R$14,4 bilhões, a maior em 14 anos. “Muitas ve- SP e que contou com a zes, as empresas se concentram em tributos como participação de repre- IPI, Pis/Cofins e outros e esquecem dos custos comDorival Biasia, Halley Henares e Edson sentantes da Henares a previdência que também têm um peso impor-Gervásio de Arantes Júnior Advogados Associados. tante”, explicou. Além disso, um programa de PLR Na ocasião, os representantes das empresas asso- bem planejado e dimensionado à realidade da em- ciadas da Abinee puderam esclarecer suas dúvidas. presa poderá gerar inúmeros benefícios. Revista Abinee | julho/09 | 4
  2. 2. Encontro comercial entre empresários do Brasil e CubaO presidente da Abinee, Humberto Barba- to, e o representante da APEX-Brasil para América Latina e Caribe, Guilherme Ma-chado, receberam uma delegação de empresá-rios cubanos para promover a primeira reuniãode cunho comercial do setor eletroeletrônico en- Adalberto Duménigo Cabrera, Eviel Ramostre os dois países. Perez, Humberto Para Barbato, as relações comerciais entre Barbato, Guilherme Machado e MiozotisBrasil e Cuba podem ser incrementadas. O pre- Montalvo Camachosidente da Abinee ressaltou aos representan-tes cubanos a necessidade de que o país, como Duménigo Cabrera, o vice-presidente da Copex-membro da Aladi, faça parte do convênio de cré- tel, Eviel Ramos Perez, e a diretora de negóciosdito recíproco, instrumento que permite que os do Grupo de La Eletrônica, Miozotis Montalvobancos centrais deem garantias a transações fi- Camacho, que fizeram apresentações sobre onanceiras relativas ao comércio exterior. setor eletroeletrônico daquele país e destacaram Por Cuba, estiveram presentes o Cônsul para a necessidade em identificar e promover parce-assuntos comerciais em São Paulo, Adalberto rias para o desenvolvimento da indústria cubana. Abinee mobiliza-se na discussão de resíduos eletroeletrônicosA s áreas de Responsabi- Em Minas Gerais, Saraiva e lidade Socioambiental e os diretores Antônio Hugo Va- de TIC da Abinee vêm lério e Irineu Govêa, ambos daintensificando a atuação jun- área de Informática da Abinee,to aos diplomas legais que es- participaram de reunião do GTtão sendo implementados em Resíduos Eletroeletrônicos, daalguns estados brasileiros e Fundação Estadual de Meioque se referem à responsabi- Ambiente - FEAM -, ondelidade compartilhada no pós- apresentaram proposta paraconsumo dos produtos eletro- take-back de resíduos eletro-eletrônicos. André Luís Saraiva eletrônicos. No Rio Grande do Sul, o di- Em São Paulo, a Abineeretor da área ambiental da Abinee, André Luís iniciou um processo junto à Cetesb para a criaçãoSaraiva, entregou à FEPAM, órgão estadual do de uma Câmara Ambiental do setor eletroeletrô-meio ambiente, uma proposta para a operacio- nico para discutir tecnicamente a regulamentaçãonalização dos pontos da Lei nº11.019 e, especial- da Lei 13.576/2009, que institui normas e procedi-mente, do Decreto 45.554, que tratam da des- mentos para reciclagem e destinação de lixo tec-tinação final de pilhas, lâmpadas fluorescentes, nológico no Estado, de forma a torná-la possívelbaterias de celular e demais artefatos que conte- de ser aplicada, definindo as responsabilidades denham metais pesados. cada um dos atores da cadeia. Revista Abinee | julho/09 | 5
  3. 3. em foco Abinee realiza curso de substituição tributária D esde 1º de junho, passou a vigorar o re- va o projeto de Lei na Assembléia Legislativa, gime de substituição tributária, que pre- a Abinee se manifestou contrária à medida. vê o pagamento antecipado do ICMS no Após ser aprovada, a entidade vem mantendo Estado de São Paulo, para produtos eletrônicos, entendimentos com a Secretaria da Fazenda do eletroeletrônicos e eletrodomésticos. Estado de São Paulo, no sentido de colaborar na adequação das mercadorias alcançadas pela substituição, informando sempre suas associa- das. No momento, a principal questão para as empresas é a adaptação de seus sistemas de da- dos para atender o regime. Com o objetivo de esclarecer os principais pontos do regime, bem como sua operação prá- tica para as empresas, a Abinee realizou durante o mês de junho o curso de Substituição Tributária,Cláudia Marchetti ministrado por Cláudia Marchetti da Silva, advo-da Silva entre DenisChequer Angher e gada, especialista em Direito Tributário. DevidoAnderson Jorge Filho, à grande procura, o curso foi realizado em trêsassessores da Abinee datas diferentes e recebeu um público de cerca Nos primeiros 90 dias, a Margem de Valor de 250 profissionais envolvidos com a área fiscal, Agregado (MVA) para os produtos que está sen- tributária ou contábil das empresas do setor ele- do utilizada foi estabelecida provisoriamente troeletrônico que estão sob o regime. pela Secretaria da Fazenda do Estado. No mês Considerando a experiência dos segmentos de agosto, a Abinee deve apresentar novo índi- da Abinee já sujeitos à substituição tributária ce, baseado em pesquisa da FIPE e que servirá (material elétrico de instalação e pilhas e bate- como base para a incidência do ICMS estabele- rias), a entidade está atualizando uma cartilha cida pelo regime de substituição tributária. informativa, que contém informações gerais No início das discussões da substituição tri- do regime e específicas para aqueles setores butária em 2008, momento em que tramita- alcançados Lançada a 13ª edição da FIIEE Minas D e 10 a 13 de agosto de 2010, no Expomi- nas, em Belo Horizonte (MG), será realiza- de 15 países, numa área total de 12 mil metros da a 13a edição da FIIEE Minas. O evento, quadrados, que apresentarão produtos e servi- realizado pela Reed Alcantara Machado, e que ços de alta tecnologia para os segmentos de ge- conta com o apoio da Abinee, Sinaees - MG ração, transmissão e distribuição de energia e e FIEMG, deve reunir cerca de 350 expositores componentes eletroeletrônicos. Revista Abinee | julho/09 | 6
  4. 4. Abinee pede mais investimentos em infraestruturaE m reunião da comissão-geral possa ser ouvida, para impedir da Câmara dos Deputados que empresas irregulares conti- para debater os efeitos da cri- nuem fornecendo ao serviço pú-se financeira internacional sobre a blico”, disse.economia brasileira, realizada em Estiveram presentes tambémBrasília, o presidente da Abinee, na reunião da Câmara o deputadoHumberto Barbato, ressaltou que Armando Monteiro, presidente daas principais medidas de enfrenta- Confederação Nacional da Indús-mento da crise devem ser o controle tria (CNI); Jorge Gerdau Johannpe-dos gastos públicos e a ampliação ter, presidente da Ação Empresa-de investimentos em infraestrutura. rial e presidente do Conselho deAlém disso, o presidente da Abinee Administração do Grupo Gerdau;reforçou que o Banco Central deve Paulo Roberto de Godoy Pereira,persistir com reduções na taxa básica de juros e taxar presidente da Associação Brasileira da Infra-estru-o capital especulativo, não permitindo que a econo- tura e Indústrias de base (ABDIB); o ex-ministro damia do País fique à sua mercê. Agricultura Roberto Rodrigues, integrante do Con- Barbato também sugeriu a correção de dis- selho Superior de Agronegócios (Fiesp) e o ex-minis-torções na Lei das Licitações (8.666/93). “É fun- tro João Paulo dos Reis Velloso, presidente do Insti-damental que, nessa revisão, a indústria brasileira tuto Nacional de Altos Estudos (Inae). Humberto Barbato recebe título de cidadão PedreirenseO presidente da Abinee, Humberto Barbato, título, Humberto Barbato destacou a importância foi homenageado com o título de Cidadão da família na sua ascensão profissional à frente Pedreirense em cerimônia realizada em 8 da Cerâmica Santa Terezinha. Ele enfatizou, ain-de junho, no Plenário da Câmara Municipal de da, sua satisfação em presidir a Abinee e poderPedreira, interior de São Paulo, cidade onde está defender os interesses do setor eletroeletrônicosediada a Cerâmica Santa Terezinha, empresa di- brasileiro.rigida por ele. A propositura da homenagem foi feita pelopresidente da Câmara, vereador Flávio Ferraz Ave-zum, e pelo ex-vereador e atual secretário mu-nicipal, Sílvio Bernardin. Segundo Avezum, a ho-menagem foi concedida pelos excelentes serviçosprestados por Barbato à comunidade pedreirensee por projetar o nome da cidade no cenário nacio-nal pelos produtos que distribui em todo o país, e,também, pelo cargo que ocupa na Abinee. Em seu pronunciamento, o prefeito HamiltonBernardes Jr. destacou que Barbato também es-tava sendo homenageado por sua dignidade e porsua ética profissional. Agradecendo a outorga do Revista Abinee | julho/09 | 7

×