Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Relatório MBA Gestão Empreendedora – Educação

4,560 views

Published on

2012-2017 RELATÓRIO FINAL
Programa de desenvolvimento profissional de gestores de escolas públicas do Estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Relatório MBA Gestão Empreendedora – Educação

  1. 1. 2012-2017 RELATÓRIO FINAL Programa de desenvolvimento profissional de gestores de escolas públicas do Estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro
  2. 2. UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE Roberto de Souza Salles, Reitor (2006-2014) Sidney Luiz de Matos Mello, Reitor (2015-2018) FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS Fernando Augusto Lagoeiro de Oliveira, Diretor (2012-2015) Martius Vicente Rodriguez y Rodriguez, Diretor (2016-2019) DEPARTAMENTO DE EMPREENDEDORISMO E GESTÃO Sandra Regina Holanda Mariano, Chefe de Departamento (2014-2016) Saulo Barroso Rocha, Chefe de Departamento (2017-2018) MBA GESTÃO EMPREENDEDORA - EDUCAÇÃO Sandra Regina Holanda Mariano, Coordenadora Geral Esther Hermes Lück, Vice-coordenadora Joysi Moraes, Coordenação de Operações e Tutoria Rui Lemos Marroig, Assistente Acadêmico FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA DE APOIO INSTITUCIONAL À UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE Miriam Assunção de Souza Lepsch, Diretora-Presidente (2011-2014) Osvaldo Luiz Gonçalves Quelhas, Diretor-Presidente (2015-2016) Alberto Di Sabatto, Diretor-Presidente (2017-2018) FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, Presidente Andrea Marinho de Souza Franco, Diretora de Educação SESI/RJ - Rio de Janeiro Alexandre dos Reis, Diretor Superintendente SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO RIO DE JANEIRO Wilson Rizolia, Secretário de Estado de Educação (2010-2014) Antonio Netto, Secretário de Estado de Educação (2015-2016) Wagner Victer, Secretário de Estado de Educação (2016-2018)
  3. 3. SUMÁRIO EXECUTIVO MODELO DE GESTÃO DA OFERTA DO CURSO Histórico da concepção e formulação do MBA Gestão Empreendedora – Educação A construção da Parceria Público-Privada Descrição da proposta de formação para gestores escolares do MBA Gestão Empreendedora Modelo de gestão em parceria IMPLEMENTAÇÃO DO MBA GESTÃO EMPREENDEDORA - EDUCAÇÃO NO RIO DE JANEIRO Externalidades positivas relacionadas ao projeto AVALIAÇÃO DO MBA GESTÃO EMPREENDEDORA – EDUCAÇÃO: TURMAS 2012 A 2017 Apresentação e análise dos dados Temáticas abordadas nos Planos de Empreendimento CONTRIBUIÇÃO DO MBA PARA A MELHORIA DA EDUCAÇÃO PÚBLICA ANEXOS SUMÁRIO 5 7 9 11 17 21 21 26 29 31 16 7 18
  4. 4. 7 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro SUMÁRIO EXECUTIVO Este documento descreve os caminhos trilhados e os resultados alcançados pelo programa de desenvolvimento profissional de gestores de escolas públicas do estado do Rio de Janeiro, realizado por meio do curso de pós-graduação lato sensu MBA Gestão Empreendedora – Educação da Universidade Federal Fluminense (UFF), no período de 2012 a 2017, que contou com financiamento da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN), por meio do Serviço Social da Indústria - Departamento Rio de Janeiro (SESI-RJ). Estudosrealizadosem2011pelaFIRJANapontavamparaanecessidadedereduzircustosemelhorar a competividade do Brasil em áreas como energia, telecomunicações, logística e educação. Na área de educação, os esforços da instituição empresarial foram concentrados na oferta do MBA Gestão Empreendedora – Educação para dirigentes da rede estadual de ensino do Rio de Janeiro, como estratégia para melhoria da qualidade da educação básica pública. A FIRJAN firmou convênio com a Secretaria de Estado de Educação (SEEDUC) visando a formação de 1.200 profissionais, de forma a atender todas as escolas que integram a rede pública estadual. Foram contemplados com uma vaga no MBA Gestão Empreendedora – Educação 600 diretores gerais, 432 vice-diretores e 168 agentes de acompanhamento de gestão escolar (AAGE). Foram realizados 100 encontros presenciais, sendo 75 dedicados a aulas e avaliações, 20 para verificações suplementares e cinco Seminários de Gestão Empreendedora na Educação. Os trabalhos de conclusão de curso (TCC) eram apresentados nos seminários que antecediam as cerimônias de formatura. Ao final do curso, os egressos o recomendavam para outros gestores e apontavam o desenvolvimento de habilidades comportamentais como liderança, negociação e gestão de pessoas, além da capacidade de interpretar e analisar resultados de avaliação e repensar processos organizacionais na escola como os principais destaques do curso de formação. Ao longo de quase seis anos, os participantes elaboraram 1.036 TCC’s, apresentados no formato de planos de empreendimento, que se constituíam em proposta de intervenção empreendedora para melhoria da escola. O projeto contemplou 707 escolas da rede pública estadual do Rio de Janeiro beneficiando um total de 513.618 estudantes. O formato colaborativo adotado pelas instituições parceiras se mostrou bem sucedido. FIRJAN/ SESI-RJ, SEEDUC e UFF estiveram envolvidos e comprometidos com o sucesso da iniciativa, demonstrado pela baixa taxa de evasão (13,7%) e elevada avaliação positiva do curso pelos egressos, que alcançou média de 99,5% de bom e excelente em todas as turmas. Niterói, março de 2018. O MBA Gestão Empreendedora - Educação em números 5 turmas 1.200 alunos matriculados e 1.036 formados 707 escolas da rede pública estadual atendidas 513.618 estudantes beneficiados
  5. 5. 8 MBA Gestão Empreendedora - Educação Livros da Coleção MBA Gestão Empreendedora - Educação. Representantes das instituições parceiras: Andrea Marinho de Souza Franco, Diretora de Educação do Sistema FIRJAN (2003-atual), Antonio Vieira Neto, Secretário de Educação do Estado do Rio de Janeiro (2015-2016), Sandra Mariano, Coordenadora do MBA Gestão Empreendedora - Educação (2010-atual) e Miriam Assunção de Souza Lepsch, Diretora-presidente da Fundação Euclides da Cunha de Apoio à UFF (2011-2014).
  6. 6. 9 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro MODELO DE GESTÃO DA OFERTA DO CURSO Histórico da concepção e formulação do MBA Gestão Empreendedora - Educação Melhorar a qualidade da educação básica no Brasil se constitui, atualmente, num dos maiores desafios no campo das políticas sociais. A baixa qualidade da educação básica brasileira tem tido grande destaque nos meios de comunicação a cada ano em que as avaliações nacionais são produzidas. Estudos que utilizaram dados dessas avaliações revelam o baixo desempenho dos alunos, taxas elevadas de repetência e abandono, e distorção idade/série. Do ponto de vista quantitativo, a expansão do sistema educacional brasileiro atingiu níveis bem elevados, mas, em relação aos indicadores de qualidade e equidade, existe um abismo entre os padrões desejados pela sociedade e necessários para o desenvolvimento nacional e a situação atual. O nível de desempenho acadêmico dos estudantes da educação básica é considerado um fator determinante para a competitividade de um país (OECD, 2015). Melhores níveis de aprendizagem estão associados a índices mais elevados de produtividade da força de trabalho impactando positivamente o desenvolvimento nacional. Sintonizada com os desafios de oferecer educação básica de qualidade, a Diretoria de Educação da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (FIRJAN), responsável pela gestão das redes de escolas do Serviço Social da Indústria (SESI) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) no Rio de Janeiro, estabeleceu uma parceria com o SESI – Departamento Nacional e propôs à Universidade
  7. 7. 10 MBA Gestão Empreendedora - Educação Federal Fluminense (UFF), em 2009, o desenvolvimento de um curso de especialização lato sensu que contribuísse para a formação dos gestores de sua rede de escolas. O desafio foi aceito pelos docentes da área de gestão e empreendedorismo da UFF. Após realizar imersão em escolas da rede SESI e SENAI de vários estados do Brasil e, também, conhecer a realidade das escolas públicas do Rio de Janeiro, os docentes construíram o projeto pedagógico do MBA Gestão Empreendedora - Educação abordando os principais desafios de gestão enfrentados pelos diretores de escola, de modo a contribuir para um exercício mais eficaz da liderança escolar seja no aspecto da gestão acadêmica como administrativa. A construção de um material didático customizado e dialógico foi importante fio condutor do curso e valorizado pelos seus egressos. A primeira turma teve seu início em 2010 e foi formada por 80 dirigentes de escolas das Redes SESI dos 27 estados da federação, 20 diretores de escolas indicados pela SEEDUC e 40 diretores de escolas municipais distinguidos com o Prêmio SESI Qualidade de Educação, num total de 160 diretores. Alunos da Turma de 2017 do MBA Gestão Empreendedora - Educação.
  8. 8. 11 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro No ano seguinte, respondendo à avaliação que se faz ao final do curso, os concluintes destacaram o desenvolvimento de competências gerenciais aliando teoria e prática com significado para a realidade escolar. Esse resultado justificou a solicitação, pelo SESI/RJ, de uma nova turma do MBA Gestão Empreendedora – Educação para atender, especificamente, a mais quarenta (40) gestores de escolas das redes SESI e SENAI do Rio de Janeiro, como também oitenta (80) diretores de escolas públicas, dentre eles 40 dirigentes de escolas situadas no entorno das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), totalizando 120 gestores escolares. Essas turmas se configuraram como experiências-piloto bem sucedidas, que deram origem à parceria de que trata o presente relatório. A construção da Parceria Público-Privada Em 01 dezembro de 2011, os Sistemas FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) e FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) apresentaram a PROPOSTA PARA UM BRASIL + COMPETITIVO1 com ações conjuntas nas áreas de energia, logística, banda larga e educação. O objetivo era reduzir custos e aumentar a produtividade das empresas brasileiras, avançando, assim, na competitividade. O Brasil apresenta indicadores de qualidade na educação muito baixos, quando se analisa a série histórica do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), com base nos resultados do Sistema Nacional de Avaliação da Escola Básica (SAEB). E a qualidade da educação básica é uma questão crucial para tornar o Professor Saulo Barroso Rocha, Chefe do Departamento de Empreendedorismo e Gestão/UFF (2016 - atual) e Wagner Victer, Secretário de Educação do Estado do Rio de Janeiro (2016 - atual) na formatura da Turma de 2017 do MBA Gestão Empreendedora - Educação. 1 Proposta para um Brasil + Competitivo: http://www.fiesp.com.br/noticias/firjan-e-fiesp-firmam-parceria-inedita- para-melhorar-competitividade/
  9. 9. 12 MBA Gestão Empreendedora - Educação país mais competitivo. Uma das ações decorrentes da PROPOSTA relativa à área da educação foi o investimento na formação dos gestores escolares das redes estaduais de Rio de Janeiro e São Paulo. ASecretariadeEstadodeEducaçãodoRiodeJaneiro(SEEDUC),porsuavez,aofazerodiagnósticodos problemas da rede estadual de ensino, em 2010, detectou que as escolas passavam por dificuldades devido à gestão escolar pouco eficiente e pouco profissionalizada, à falta de critérios de seleção de diretor, à inexistência de sistemas de estímulo, e à ausência de metas e de metodologia de gestão.2 Para atuar no complexo ambiente escolar, onde há uma forte interação entre atores que cumprem diferentes papéis, que lidam com a compatibilização de interesses diversos fora e dentro da escola, e onde há um jogo de poder imanente, a falta de conhecimentos e ferramentas de gestão para lidar de modo mais organizado e eficaz com as questões do cotidiano escolar, tanto do ponto de vista do professor como do diretor da escola, afeta de modo crucial a gestão da escola. Diante dos problemas detectados, para garantir a melhoria da qualidade da educação pública estadual de ensino, com uma gestão escolar profissionalizada, a SEEDUC implementou quatro eixos principais que norteariam todas as ações para tornar a gestão das escolas mais eficientes, como: seleção de diretores escolares, definição de metas para a rede, as regionais e as unidades escolares, sistema de reconhecimento por resultados e implantação de metodologia de gestão. A proposta de formação de gestores com enfoque empreendedor, já executada pela UFF desde 2010 para atender as redes SESI e SENAI, convergiu com a demanda da SEEDUC de formação gerencial dos gestores escolares da rede estadual como política de estado. 2 SEEDUC, Secretaria de Estado de Educação. Relatório de Gestão e Políticas Públicas. Rio de Janeiro, 2014. Eduardo Eugênio Gouveia Vieira, presidente do Sistema FIRJAN (1995-atual), em aula inaugural do MBA Gestão Empreendedora - Educação, em abril de 2012, Rio de Janeiro. Alexandre dos Reis, Diretor Superintendente do SESI e IEL/RJ (2016-atual).
  10. 10. 13 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro Neste contexto, no início de 2012, a FIRJAN celebrou termo de convênio com a SEEDUC visando contribuirparaaformaçãodosgestoresdeescolaspúblicasnousodosconhecimentoseferramentas da gestão educacional, tendo como base o desenvolvimento de condutas empreendedoras. Esta iniciativa se tornou a principal política pública de formação de diretores de escola. Cumprindo o seu compromisso de apoiar o desenvolvimento do estado, a FIRJAN contratou a Universidade Federal Fluminense, por intermédio de sua fundação de apoio, para oferecer o curso de pós-graduação lato sensu MBA Gestão Empreendedora – Educação para 1.200 gestores de escolas públicas do estado do Rio de Janeiro, no período de 2012 a 2017, tanto diretores gerais como diretores adjuntos e agentes de acompanhamento de gestão escolar. A oferta do MBA Gestão Empreendedora - Educação para formação de gestores também foi abraçada pela Federação das Indústrias de São Paulo, por meio do SESI-SP, para atender a rede pública estadual do referido estado. Descrição da proposta de formação para gestores escolares do MBA Gestão Empreendedora – Educação O MBA Gestão Empreendedora – Educação adotou o modelo semipresencial, com um encontro presencial por mês, com 15 disciplinas distribuídas em 18 meses, compondo uma carga horária total de 360 horas. Nas pesquisas que buscaram apurar a percepção da qualidade do curso, foi possível observar que a quase totalidade dos cursistas o recomendaram para outros gestores. Aula inaugural do MBA Gestão Empreendedora - Educação, em São Paulo, realizada na sede da FIESP, que contou com a presença de Paulo Skaf, Presidente da FIESP (2004 - atual), Professor Roberto Salles, Reitor da UFF (2006- 2014), Professor Walter Vicioni, Diretor-Superintendente do SESI-SP (2008-atual) e Valéria Souza, representante da Secretaria de Estado de Educação de São Paulo, e Cláudia do Canto, representante do Sistema FIRJAN.
  11. 11. 14 MBA Gestão Empreendedora - Educação Identificou-se também que os conteúdos relacionados ao desenvolvimento de competências e habilidades de liderança, gestão de pessoas, gestão de processos e negociação foram os mais valorizados pelos participantes. Evidenciou-se a valorização dos aprendizados relacionados ao desenvolvimento de soft skills para o exercício da gestão escolar. As premissas pedagógicas sobre as quais se fundamenta o projeto pedagógico do curso MBA Gestão Empreendedora – Educaçãoestão alicerçadas no respeito aos contextos vividos pelos gestores, reforçado pelo diálogo e pela troca de experiências entre profissionais oriundos de diferentes contextos em que se inserem; na percepção das complexas relações entre a gestão, a educação, o ensino, a cultura, a tecnologia, a sociedade e o ambiente como condições para o adequado desenvolvimento institucional; no fortalecimento do compromisso com a melhoria da qualidade dos processos de gestão como instrumento para o aprimoramento da organização escolar. Considerando essas premissas, foram estabelecidos os seguintes objetivos formativos: • Formar gestores empreendedores em educação, capazes de intervir de forma criativa e inovadora na gestão escolar, no seu papel de líder da escola, tanto pedagógico quanto administrativo; • Desenvolver competências em gestão, com ênfase na atitude empreendedora e na inovação, materializada em um percurso curricular integrado e multidisciplinar; • Capacitar professores para o planejamento de projetos de intervenção na escola utilizando as bases conceituais da gestão organizacional. A proposta de formação empreendedora de que trata este relatório é norteada por dois enfoques de desenvolvimento: • O foco no desenvolvimento do comportamento empreendedor, o qual valoriza a atitude empreendedora, a criatividade, a liderança, o trabalho em equipe, a tomada de decisão, a resolução de problemas, a comunicação e a negociação e a responsabilidade social e ambiental. • Ofoconodesenvolvimentoenaadministraçãodaorganização,osquaisenvolvem a reflexão estratégica, a análise de oportunidades e de riscos, a gestão de processos, de pessoas e financeira, o marketing, a coleta de dados e sua análise, assim como a análise dos dados e dos indicadores de qualidade, de produtividade e de inovação. Estes dois enfoques se articulam a partir de conteúdos conceituais que norteiam a proposta curricular do curso, permitindo a formação de um gestor empreendedor e inovador. Compondo uma carga horária total de 360 horas, que sustentam a formação do gestor educacional empreendedor, o curso foi oferecido na modalidade semipresencial, por meio de atividades realizadas a distância e em encontros presenciais. O currículo do curso organizou-se em 15 disciplinas de 24 horas cada, conforme ilustra a figura 1.
  12. 12. 15 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro Figura 1: Módulos e disciplinas do curso MBA Gestão Empreendedora - Educação A estrutura curricular, com base neste enfoque, possibilitou uma abordagem multidisciplinar e integradora do conteúdo do curso. As disciplinas, ligadas organicamente entre si, articulam- se também tanto com o domínio específico quanto com a prática. Isso permitiu a realização dos estudos com flexibilidade, promovendo uma maior adaptação a suas possibilidades e aspirações individuais em relação ao curso, sem prejuízo da qualidade acadêmica. As disciplinas foram oferecidas uma a uma, de tal modo que o cursista pôde se dedicar, sempre, a uma única disciplina de cada vez e a cada vez que a disciplina entrava no ar na plataforma de ensino, ele tomava conhecimento, imediatamente, do: • Conteúdo das Aulas e das atividades de fixação do conteúdo presentes em cada uma das aulas, e do • Plano de Atividades da disciplina, onde constam as atividades a distância que seriam objeto de avaliação e a maneira como o cursista seria avaliado em toda a disciplina. As avaliações se dividiam em presenciais e a distância. As Avaliações a Distância equivalem a 4 pontos de um total de 10 pontos e foram realizadas por meio da plataforma de ensino no período de quatro semanas da disciplina. Essas atividades avaliativas compreendem a participação em fóruns de discussão, atividades individuais de produção de texto, exercícios, trabalhos e demais atividades que constam no Plano de Atividades de cada disciplina. Módulo Empreendedorismo INEM - Inovação e Empreendedorismo LID - Liderança e Comportamento Empreendedor Módulo Gestão PROC - Gestão de Processos ESTR - Estratégia GRH - Gestão de Pessoas MKT - Marketing e Comunicação NEG - Negociação e Mediação de Conflito FIN - Gestão Financeira TED - Tecnologia da Informação Aplicada à Educação Módulo Educação PPE - Políticas Públicas de Educação PROE - Práticas Organizacionais na Escola ARE - Ambiente Regulatório da Educação AVED - Avaliação e Qualidade na Escola Módulo Final PLEM - Plano de Empreendimento Módulo Nivelamento ANT - Ambientação em Novas Tecnologias
  13. 13. 16 MBA Gestão Empreendedora - Educação As Avaliações Presenciais equivalem a 6 pontos de um total de 10 pontos. São individuais e ocorriam ao final de cada disciplina, durante os encontros presenciais obrigatórios. De caráter conclusivo, envolvem o conteúdo abordado ao longo da disciplina. Por se tratar de um curso semipresencial foram previstos, periodicamente, encontros cuja presença era obrigatória. Estes encontros tiveram um calendário previamente estabelecido em conjunto pela UFF, SEEDUC e FIRJAN/SESI-RJ, ao qual o cursista tinha acesso assim que iniciava o curso. Os encontros presenciais ocorriam nos turnos da manhã e tarde. Agenda dos Encontros Presenciais 8:00 Recepção dos cursistas com um coffee break 9:00 Apresentação do resultado da avaliação dos cursistas da disciplina imediatamente anterior ao encontro 9:15 Aula de revisão da disciplina que se encerrava 10:15 pausa para café 10:30 às 12:30 Avaliação da aprendizagem da disciplina que se encerrava 12:30 às 13:30 pausa para almoço e disponibilização do gabarito da prova realizada 13:30 às 15:30 Aula presencial da disciplina que se iniciava Aula de abertura do MBA Gestão Empreendedora - Educação.
  14. 14. 17 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro Foram programados encontros específicos extraordinários para a realização de Verificação Suplementar (VS) pelos alunos que não obtiveram média suficiente para aprovação nas disciplinas. A última disciplina, Plano de Empreendimento (PLEM), é direcionada ao processo de elaboração do trabalho final de curso. Esta disciplina apresentava uma dinâmica própria, diferente das anteriores. A construção do Plano de Empreendimento parte de um edital fictício elaborado pelo coordenador da disciplina que simula um programa de financiamento com verba também fictícia direcionada aos projetos dos alunos. O cursista deveria elaborar sua proposta de intervenção com foco na melhoria da qualidade da educação de sua escola a partir da análise dos resultados de avaliações estaduais. O cursista trabalhava sob orientação de um professor e cumpria uma agenda com atividades e prazos a serem desenvolvidas por meio do ambiente virtual de aprendizagem ao longo da disciplina. Desta forma, os constructos da administração aprendidos durante o Curso são a base para a elaboração de um Plano de Empreendimento voltado para a ações concretas de melhoria da educação praticada na escola. O Curso tem a sua culminância com a apresentação pública dos Planos de Empreendimento numa exposição do seu conteúdo na forma de pôster, avaliados por uma banca examinadora formada por professores do curso. Dia de avaliação dos Planos de Empreendimento apresentados à banca de examinadores
  15. 15. 18 MBA Gestão Empreendedora - Educação Modelo de gestão em parceria O modelo de parceria adotado pelas instituições envolvidas no projeto foi fundamental para manter e apoiar o educando ao longo do curso. Um coordenador acadêmico da UFF acompanhava o desenvolvimento das disciplinas, bem como um coordenador de tutoria orientava o trabalho dos professores-tutores junto aos alunos durante todo o período em que as disciplinas estavam disponíveis na plataforma de ensino. Ao término de cada disciplina, foram elaborados relatórios de acompanhamento do curso que incluíam uma avaliação que os alunos realizavam mensalmente. O resultado da avaliação dos alunos era divulgado no encontro presencial subsequente à realização da disciplina com os comentários sobre o desempenho do curso e dos alunos. Os relatórios foram disponibilizados aos parceiros e discutidos em reuniões periódicas ou sempre que alguma questão importante necessitou ser resolvida. Em todos os encontros presenciais, os parceiros SEEDUC, FIRJAN/SESI e UFF estavam presentes e acompanharam todas as etapas da agenda do dia. Antoine Lousão, Superintendente de Recrutamento, Seleção e Desenvolvimento de Pessoas da SEEDUC (2014); Luiz Carlos Becker, Subsecretário de Gestão de Pessoas da SEEDUC (2010 - 2014); Wilson Risolia, Secretário de Educação do Estado do Rio de Janeiro (2010 - 2015); Chris Day, professor da The University of Nottingham, palestrante convidado para a aula inaugural; Claudia do Canto Wilkoszynski, então Analista de Projetos Especiais do SESI/RJ; Hozana Cavalcante Meirelles, Gerente de Educação Básica do SESI/RJ (2009-2015); Sandra Mariano, coordenadora do MBA Gestão Empreendedora - Educação (2010 - atual); e Maria Lúcia Paulino Telles, Diretora Superintendente do SESI/RJ (2009-2015).
  16. 16. 19 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro IMPLEMENTAÇÃO DO MBA GESTÃO EMPREENDEDORA - EDUCAÇÃO NO RIO DE JANEIRO A inscrição dos interessados no curso acontecia por adesão, ou seja, diretores e vice-diretores em exercício poderiam se candidatar às vagas abertas a cada edição do curso. Nos dois últimos anos, foi aberta a possibilidade de agentes de acompanhamento de gestão escolar (AAGE), também, se candidatarem. Assim, as 1.200 vagas objeto do contrato foram preenchidas com a oferta de cinco turmas durante o período de vigência do contrato, com a participação de 600 diretores gerais, 432 diretores adjuntos e 168 AAGEs. A tabela 1 mostra a distribuição de alunos e a taxa de conclusão por turma. Tabela 1: Edições do curso MBA Gestão Empreendedora 2012/2017 TURMAS INÍCIO TÉRMINO FORMADOS 1a . Edição 2012 2013 169 2a . Edição 2013 2014 198 3a . Edição 2014 2015 172 4a . Edição 2015 2016 342 5a . Edição 2016 2017 155 TOTAL 1.036
  17. 17. 20 MBA Gestão Empreendedora - Educação A taxa de conclusão de 86,3% dos cursistas é, para as modalidades semipresencial e a distância, um raro desempenho. Credita-se ao acompanhamento intensivo e cooperativo das instituições parceiras a garantia de uma taxa de evasão bastante pequena, quando se compara com a maioria dos cursos que adotam essa modalidade. Externalidades positivas relacionadas ao projeto Destacam-se três externalidades positivas realizadas ao longo do projeto, a saber: a produção de 15 vídeos contendo histórias de diretores de escolas que alcançaram alto desempenho de aprendizagem de seus estudantes; a realização de pesquisa “O impacto da liderança dos diretores sobre os resultados dos alunos das escolas de ensino médio do estado do Rio de Janeiro”, realizada pela UFF e pela The University of Nottingham, com financiamento do SESI-RJ e apoio da SEEDUC; e a construção de laboratórios para a educação a distância e melhoria de espaços acadêmicos na UFF. Os vídeos da coleção “Histórias de Sucesso de Gestão na Educação” foram produzidos em parceria com o Departamento de Cinema e Vídeo da UFF, e estão disponíveis no canal Youtube, de mesmo nome. Os resultados da pesquisa foram apresentados no relatório “Sete mensagens importantes sobre liderança em escolas públicas estaduais do Rio de Janeiro”, disponível em http:// www.firjan.com.br/publicacoes/publicacoes-de-economia/sete-mensagens-importantes- sobre-lideranca-em-escolas-publicas-estaduais-do-rio-de-janeiro.htm Além disso, o Brasil passou a fazer parte do International Successful School Principalship Project (ISSPP), contribuindo para a discussão sobre gestão e liderança na escola. Palestra do Professor Chris Day, da The University of Nottingham (Reino Unido) em Aula Inaugural da Turma de 2013 do MBA Gestão Empreendedora - Educação.
  18. 18. 21 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro
  19. 19. 22 MBA Gestão Empreendedora - Educação Palestra do Professor Brian Perkins, da Universidade de Columbia (Nova Iorque, EUA), na Aula Inaugural da Turma de 2014 do MBA Gestão Empreendedora - Educação, na sede da Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro. Encontro presencial em que os estudantes do MBA Gestão Empreendedora - Educação, recebem o material didático impresso de apoio ao curso.
  20. 20. 23 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro AVALIAÇÃO DO MBA GESTÃO EMPREENDEDORA – EDUCAÇÃO: TURMAS 2012 A 2017 Apresentação e análise dos dados Ao final de cada edição de turmas do MBA Gestão Empreendedora - Educação, os concluintes responderam a um questionário impresso, no qual avaliam o curso em vários aspectos, os quais se passa a relatar. Os questionários impressos foram digitados e os dados compilados. Os números apresentam a média de todas as respostas de todas as turmas ao longo do curso. Sobre as características gerais dos participantes do curso, verifica-se que são majoritariamente do sexo feminino e possuem entre 40 e 49 anos, conforme se apresenta nos gráficos 1 e 2. Gráfico 1: Gênero dos Participantes
  21. 21. 24 MBA Gestão Empreendedora - Educação Gráfico 2: Idade dos participantes O perfil do gestor educacional egresso do curso MBA Educação Empreendedora coincide com a média nacional, segundo estudo de Drabach e Freitas, no que tange ao sexo: 81,7% de mulheres e 18,3% de homens. Igualmente, com relação à idade, a maioria dos egressos do curso está na faixa de 40 a 49 anos e o estudo mencionado mostra que 47,6% dos gestores escolares no Brasil estão nesta mesma faixa de idade. Portanto, é plausível que exista uma relação direta entre idade e tempo de experiência no cargo de gestão escolar, considerando que uma trajetória no magistério como professor anterior ao exercício da função de diretor é indispensável. Quando perguntados sobre como classificariam o curso MBA Gestão Empreendedora, pelo gráfico 3 verifica-se que, ao reunir as classificações de excelente e bom, o índice foi de 99,5%. Gráfico 3: Classificação do curso do curso MBA Gestão Empreendedora 2012/2017 Pelo alto percentual com o qual os participantes expressaram sua satisfação em terem cursado o MBA Gestão Empreendedora, acredita-se que o curso atendeu seus objetivos de formação de gestores empreendedores e despertou o interesse neles de atuar mais colaborativamente na busca da melhoria dos resultados de aprendizagem dos alunos da escola. Quando arguidos se recomendariam o MBA Gestão Empreendedora aos colegas gestores da rede estadual de educação, a resposta apresentada foi que 100% dos participantes entendem que o curso tem impacto positivo nos que o concluem (gráfico 4). n=809
  22. 22. 25 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro Gráfico 4: Opinião dos participantes sobre a recomendação do curso MBA Gestão Empreendedora 2012/2017 Este percentual, ao mesmo tempo que expressa um contentamento por terem concluído o curso, denota que os gestores escolares têm necessidade de que outros colegas passem pela formação empreendedora para que possam trocar experiências e crescer juntos. A melhoria da qualidade da aprendizagem interessa a todos e a troca de experiência entre escolas reafirma esse compromisso. Aos gestores foi permitido o intercâmbio de ideias e de resultados positivos conquistados em suas escolas, assim como o debate sobre ações que não atingiram os resultados esperados. A percepção dos participantes sobre a qualidade do material didático foi positiva. Um total de 97,6% dos respondentes opinaram favoravelmente sobre a adequação do material didático à realidade da escola, conforme se vê na gráfico 5. Gráfico 5: Percepção sobre a qualidade do material didático do curso MBA Gestão Empreendedora 2012/2017 No gráfico 6, apresenta-se a média das notas dos participantes em cada disciplina oferecida. Nota-se que o aproveitamento foi bastante satisfatório, com as médias variando entre 7,5 e 8,3, considerando todas as turmas compreendidas pelo convênio nesses cinco anos.
  23. 23. 26 MBA Gestão Empreendedora - Educação Legenda das Siglas das Disciplinas ANT: Ambientação em Novas Tecnologias INEM: Inovação e Empreendedorismo LID: Liderança e Comportamento Empreendedor PROC: Gestão de Processos ESTR: Estratégia GRH: Gestão de Pessoas MKT: Marketing e Comunicação NEG: Negociação e Mediação de Conflito FIN: Gestão Financeira TED: Tecnologia da Informação Aplicada à Educação PPE: Políticas Públicas de Educação PROE: Práticas Organizacionais na Escola ARE: Ambiente Regulatório da Educação AVED: Avaliação e Qualidade na Escola PLEM: Plano de Empreendimento Gráfico 6: Média das notas dos participantes por disciplinas do curso MBA Gestão Empreendedora 2012/2017 No tocante ao nível de satisfação dos participantes com as disciplinas cursadas, a valoração foi bastante positiva, variando entre 84,2% e 96,6%, como mostra o gráfico 7. Gráfico 7: Média da avaliação do nível de satisfação dos participantes por disciplinas do curso MBA Gestão Empreendedora 2012/2017
  24. 24. 27 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro Este resultado vem corroborar os dados obtidos por meio das questões que tratam da percepção geral do curso e de sua indicação para outros colegas. Estes dados, apresentados nos gráficos 3 e 4, mais a média da avaliação de cada uma das disciplinas ao longo de todas as turmas no período de vigência do convênio apresentadas no gráfico 7, atestam indubitavelmente, que houve por parte dos participantes do curso MBA Gestão Empreendedora um sentimento de que os 18 meses de curso realizados pelos 1200 participantes foi proveitoso e compensador. E, apesar dos inúmeros incidentes de percurso enfrentados por cada um deles durante o período, e que não foram poucos, a sensação de participar de um curso único no Brasil, especialmente elaborado para eles, foi gratificante e enriquecedora para sua formação. Quando perguntados se o PLEM foi bem estruturado e organizado verifica-se que, na opinião da maioria, a condução do Plano permitiu um desenvolvimento adequado e no tempo suficiente para alcançar os objetivos propostos. As opções compreendidas entre concordo e concordo plenamente perfazem 96%, conforme mostra o gráfico 8. Gráfico 8: Percepção dos participantes sobre a condução do PLEM pelo curso MBA Gestão Empreendedora 2012/2017 E no que respeita à contribuição oferecida pela realização do PLEM, quando se agrupam as opções concordo e concordo plenamente, a percepção de 98,7% dos participantes foi a de que o Plano permitiu a oportunidade de crescimento profissional, conforme se apresenta no gráfico 9. Gráfico 9: Percepção dos participantes do curso MBA Gestão Empreendedora 2012/2017 sobre a contribuição do PLEM para o crescimento profissional n=980
  25. 25. 28 MBA Gestão Empreendedora - Educação O trabalho final, o Plano de Empreendimento (PLEM), consiste na culminância do curso, no qual cada participante escolhe qual o problema, dentre tantos, por ele identificado como crucial para a melhoria da qualidade do ensino da sua escola. A partir da explicitação do problema, ele desenvolve uma proposta utilizando os conhecimentos, as metodologias e as técnicas apreendidas em cada uma das disciplinas oferecidas. Além da importância de se debruçar sobre uma questão importante a resolver na sua escola, cada participante é desafiado a construir uma proposta factível que poderá ser implementada a qualquer tempo, se lhe oferecerem os recursos previstos para sua concretização. Por esta razão, a opinião dos participantes do curso sobre o PLEM é importante e reveladora do atendimento aos objetivos do curso. Temáticas abordadas nos PLEM/2016 e 2017 Com base nos problemas levantados e nas ações propostas para melhorar a qualidade do ensino na escola, a coordenação do curso analisou os 342 Planos de Empreendimento elaborados pelos formandos de 2016 e 143 Planos dos de 2017, formando um total de 485 planos analisados. Em cada Plano de Empreendimento foram identificados os temas/problemas descritos, e em vários casos aparecem mais de um tema tratado. Esses problemas descritos se relacionam ao que percebem ser o desafio maior a ser superado, o que permite chegar a algumas conclusões sobre o que mais aflige os gestores escolares hoje. Primeiramente, apresenta-se na tabela 2 um quadro resumido dos temas/problemas, com o percentual de ocorrência e um breve comentário. Tabela 2: Temas/problemas abordados nos Planos de Empreendimento do curso MBA Gestão empreendedora 2016/2017 Tema/problema % Comentários Inovações pedagógicas 42% Percebe-se que a maior preocupação dos diretores está no modo como os professores preparam aulas para torná-las mais atraentes e, assim, motivar os alunos a aprender, a se interessarem pelo estudo, a verem sentido no aprendizado Utilização da tecnologia no ensino das disciplinas 29,2% Eles sentem que os professores não sabem usar a tecnologia no ensino, efetivamente, para além do uso das ferramentas de edição de texto. Embora muitas escolas já estejam equipadas com recursos de informática, estes não são usados para disponibilizar jogos de aprendizagem e outros objetos de ensino multimídia. A melhoria do desempenho escolar 41,4% Agrupando as propostas que visam, especificamente, a melhoria no desempenho das disciplinas oferecidas, a melhoria do desempenho em matemática e em língua portuguesa, leitura, escrita e interpretação de textos figuram entre as preocupações mais frequentes.
  26. 26. 29 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro Formação continuada dos professores 15,4% A necessidade de melhorar o desempenho dos docentes na sala de aula, de se dedicarem mais às múltiplas formas de ensinar e de avaliar os alunos, enfim de se comprometer mais com o projeto de melhoria e desenvolvimento da escola compõem um número expressivo de temas tratados Planejamento escolar 27,3% Em decorrência do aprendizado na utilização dos constructos de administração na gestão da escola oferecidos pelo curso, temas que envolvem o planejamento escolar de modo a envolver a comunidade escolar aparecem com frequência Relação da escola com a família e a comunidade 20%  Temas que envolvem a relação da escola com a comunidade e a família são também alvo importante dos trabalhos apresentados. O destaque nesta análise dos temas que mais preocupam os gestores escolares participantes são as ações voltadas para a necessidade de mudanças nos processos de organização da escola e a na prática docente, que vão além das mudanças que, ainda, precisam ser alcançadas nas condições de trabalho do professor, na carreira, no salário etc. A falta de metodologias e práticas de gestão mais efetivas e o despreparo do corpo docente para enfrentar a grande questão evidenciada nas avaliações, ou seja, a qualidade da educação oferecida, dominam os temas dos Planos. Isto pode ser constatado quando grande parte das ações propostas dizem respeito à necessidade de o professor preparar aulas mais atraentes e diversificar a metodologia de ensino com formas diferentes de tratar os conteúdos, usar mais os objetos/jogos de aprendizagem disponíveis e dominar as técnicas de construção para elaborar novos objetos. A partir das análises dos Planos de Empreendimento, também aparece com destaque entre os participantes o entendimento de que é papel da gestão da escola desenvolver entre seus docentes a compreensão de que a escola é um campo de aprendizagem não só para o aluno, mas para o professor também. A atuação competente de cada professor deve ser valorizada e as experiências exitosas compartilhadas entre pares de sua escola e de outras unidades escolares. Isso motiva os melhores professores e estimula os que precisam melhorar. A cultura escolar, embora seja constituída por um conjunto de fatores intrínsecos e extrínsecos à própria escola, de fato, traduz mais diretamente a cultura dos docentes que ali trabalham. Isto significa que, ao influenciar a natureza das interações entre os professores, a cultura docente é de vital importância na determinação da qualidade dos processos educativos. Enfim, os temas abordados com mais frequência mantêm uma distribuição similar, independente de cargo, região ou tamanho das escolas. A análise dos Planos sugere que os gestores parecem compreenderqueomaiordesafioparaamelhoriadaeducaçãoéapromoçãodemelhoresmaneiras de ensinar, de formas de capacitar e envolver o professor e de interagir com a comunidade.
  27. 27. 30 MBA Gestão Empreendedora - Educação Professores do MBA Gestão Empreendedora - Educação (UFF). Professores homenageados na Formatura da Turma de 2014 do MBA Gestão Empreendedora - Educação.
  28. 28. 31 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro CONTRIBUIÇÃO DO MBA PARA A MELHORIA DA EDUCAÇÃO PÚBLICA O projeto pedagógico do curso MBA Gestão Empreendedora foi planejado com a plena convicção de que a liderança exercida pelo diretor da escola é primordial para os processos de desenvolvimento profissional do conjunto de docentes de sua escola, que repercute na melhoria da qualidade das aulas ministradas por eles, e que, em última instância, faz com que a escola cumpra o papel que a sociedade espera. Os constructos centrais das áreas de administração tratados pelo curso incluíram, também ,abordagens sobre empreendedorismo e constructos relevantes da área de educação, cuja interface comosprimeirosmostrou-seessencial.Comessaabordagem,ocursovisouapresentaraosdiretores escolares aspectos relacionados aos processos de organização do espaço escolar, com ênfase na melhoria das práticas pedagógicas da escola, e no uso de ferramentas de gestão concernentes, para que pudessem aplicá-las na melhoria dos processos organizacionais de sua escola. Sobre a utilização dos conteúdos estudados nas disciplinas oferecidas pelo curso MBA Gestão Empreendedora, ficou evidente, nos depoimentos realizados pelos egressos nas pesquisas efetuadas durante a vigência do convênio, que os conhecimentos e ferramentas de gestão adquiridos os ajudaram no seu papel de líder pedagógico, cuja missão última é de garantir que os alunos de sua escola aprendam.
  29. 29. 32 MBA Gestão Empreendedora - Educação Para assumir a liderança pedagógica frente à comunidade escolar, os relatos dos gestores demonstram a necessidade da incorporação de novos conhecimentos sobre os processos de avaliação e de compartilhamento desses conhecimentos e práticas pertinentes com os docentes da escola, o que refletiu na busca de metodologias de ensino e de avaliação mais adequadas a cada turma/ano escolar. Durante as atividades avaliativas realizadas por meio da plataforma de ensino, verificou-se que várias práticas criativas e bem-sucedidas foram adotadas pelos professores, com vistas a um melhor desempenho docente. Houve um direcionamento a proporcionar condições de recuperação da aprendizagem dos alunos. Ficou visível, nas falas dos gestores, que o maior comprometimento dos professores com a qualidade da educação foi um dos resultados obtidos com as ações e procedimentos implementados. Ao se tratar a avaliação externa como uma ferramenta útil para melhorar os resultados da escola, há manifestações dos egressos no sentido de observar um envolvimento maior da comunidade escolar e uma maior participação das famílias dos alunos, melhoria no clima da escola e, ainda, evidências de mudança na gestão, por meio de ações mais participativas e democráticas. Durante os cinco anos de vigência (2012 a 2017), a cada nova edição de turma, atentos ao contexto que se apresentava e às sugestões dos cursistas e dos parceiros nas avaliações permanentemente realizadas no fechamento de cada disciplina e na conclusão de cada turma, a coordenação do curso e os professores reavaliavam algumas práticas e inseriram conteúdos novos com vistas a promover um diálogo mais efetivo com a realidade vivida no chão das escolas pelos cursistas. Com esse procedimento, o projeto pedagógico adquiriu uma dinamicidade que repercutiu na percepção dos atores envolvidos como fruto de uma gestão democrática de fato, que, por sua vez, refletiu no baixo percentual de evasão (13,7%), longe daquele que se verifica em programas de EAD, e na avaliação positiva dos concluintes (100% avaliaram o curso com excelente e bom somados, recomendando o curso para seus colegas, e a média de satisfação com as disciplinas do curso foi 93,1%). As mudanças educacionais dependem dos professores e de sua formação, assim como da transformação de suas práticas pedagógicas na sala de aula. No entanto, as mudanças necessárias têm mais chances de prosperar se elas acontecerem, também, ao nível das organizações escolares e do seu funcionamento. É necessário um investimento no projeto educativo da escola que articule a gestão com a formação contínua dos professores. A escola é um ambiente educativo também para o professor, onde trabalhar e formar são atividades indissociáveis. A ênfase do curso MBA Gestão Empreendedora – Educação foi desenvolver competências específicas em gestão com base em princípios empreendedores na formação do gestor escolar. Formar gestores empreendedores, capazes de despertar práticas inovadoras no planejamento, na execução e na avaliação dos processos educacionais e administrativos da escola foi o objetivo principal desta formação. A parceria da FIRJAN e FIESP com as secretarias estaduais de Educação do Rio de Janeiro e de São Paulo e a Universidade Federal Fluminense, aliado ao resultado expresso na avaliação dos egressos, nos permite afirmar que o objetivo foi alcançado.
  30. 30. 33 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro ANEXOS
  31. 31. 34 MBA Gestão Empreendedora - Educação ANEXO 1: Alunos MBA formados (1036) NOME MATRÍCULA UFF TÍTULO PLEM ADEILZA DE SOUZA GERALDO L205.113.001 LIBERDADE EM CLAVE DE SOL ADILCILENE GOMES DA ROCHA L205.113.002 CAMINHOS E ESCOLHAS: ELEVANDO O COEFICIENTE DE APROVEITAMENTO NOS ESTUDOS ADILEA DE CARVALHO CASTRO DE AZEVEDO L205.113.003 ESPAÇO DO CONHECIMENTO ADOLFO CORDEIRO DA SILVA L205.113.004 TECNOLOGIA E MÍDIAS: AÇÃO INOVADORA NA PRODUÇÃO DE TEXTOS E LEITURA ADRIANA ALMEIDA DA PAZ L205.113.005 MUSEU DAS PALAVRAS ADRIANA APARECIDA GUIMARÃES DA FONSECA L205.115.001 APRENDIZAGEM BASEADA EM PROJETOS ADRIANA CÂNDIDA DE SOUZA L205.114.394 COMUNICANDO VÍDEO AULAS ADRIANA CANDOTTI DE OLIVEIRA L205.112.300 PROJETO VÍDEOAULA ADRIANA CONCEIÇÃO SANTOS DA SILVA L205.114.395 PROJETO DE MONITORIA DA APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA ADRIANA DO NASCIMENTO QUERIDO L205.113.221 SALAS INTERATIVAS: POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS NO COTIDIANO ESCOLAR ADRIANA FELIX PATRICIO DE LIMA L205.113.222 IMAGEM EM AÇÃO ADRIANA GASPAR COUTINHO L205.112.001 OTIMIZANDO A BIBLIOTECA PARA EXCELÊNCIA ACADÊMICA ADRIANA GUEDES DE FIGUEIREDO L205.112.002 ESPAÇO DE INOVAÇÃO DAS LINGUAGENS: ESCRITA, FALADA, CORPORAL, NÃO-VERBAL E DIGITAL NO CIEP 257 ADRIANA MARIA RABHA LIMA L205.112.263 A BUSCA DE AULAS MAIS ATRATIVAS ADRIANA MARQUES DA SILVA L205.113.223 MERITI EM REDE DA PAZ ADRIANA MOTTA BATISTA L205.116.001 EDUCAÇÃO FISCAL PARA A CIDADANIA ADRIANA PEREIRA DOS SANTOS L205.116.002 ENSINO DA MATEMÁTICA COM FOCO NA EDUCAÇÃO HÍBRIDA ADRIANA PINTO DE FREITAS FERREIRA L205.114.396 PORTFÓLIO: CONSTRUINDO VIDA ALBA MARIA SOUZA DO NASCIMENTO L205.116.053 SALA INTERDISCIPLINAR INTERATIVA ALCIDEA DUTRA PETALI L205.112.004 USO CONSCIENTE DA INTERNET ALCINÉA SOUZA RODRIGUES DA SILVA L205.114.397 MATEMATICANDO ALCINEIDY MOTTA NASCIMENTO L205.115.002 SHOW DE GOLFE ALCIONE MOURA L205.113.226 DESCOMPLICANDO A MATEMÁTICA SE LIGANDO NA TECNOLOGIA ALDICEA DA ROCHA CHARLES DE REZENDE L205.113.227 MOTIVAÇÃO: DO QUERER AO FAZER ALDINÉIA CARVALHO MACIEL MARETTA L205.116.003 SALAS DE AULAS TEMÁTICAS ALDOVAH PAES DE OLIVEIRA JUNIOR L205.115.287 REFORÇO ESCOLAR MATEMÁTICA E LÍNGUA PORTUGUESA ALEIR NUNES COSTA L205.112.291 ALUNO MONITOR - APRENDIZAGEM MULTIDISCIPLINAR ALESSANDRA DA SILVA FERRAZ L205.114.691 ALUNO TALENTO ALESSANDRA DA SILVA GOMES DE AZEREDO L205.112.005 SALAS TEMÁTICAS ALESSANDRA DAS GRAÇAS BRAGA LIMA L205.115.003 LEITORES EM AÇÃO ALESSANDRA DE OLIVEIRA DA SILVA L205.113.006 CEDAS: LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS EXATAS FACILITANDO A APRENDIZAGEM
  32. 32. 35 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro ALESSANDRA DE SOUZA SANTOS L205.115.004 PROJETO LABORATÓRIO DE MATEMÁTICA: A MATEMÁTICA NA PRÁTICA ALESSANDRA FERREIRA ALEXANDRE L205.112.006 SALA MULTIDISCIPLINAR: JOGOS.COM ALESSANDRA GLÓRIA FERNANDES L205.114.698 FATOS E LETRAS ALESSANDRA GUIDA DOS SANTOS L205.115.005 REFORÇANDO: A VOZ E A VEZ DOS ESTUDANTES ALESSANDRA MAGALHÃES PIRES GUEDES L205.113.007 LABORATÓRIO PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA E DISCIPLINAS AFINS ALESSANDRA RANGEL DE ALMEIDA GODINHO L205.114.585 DIFICULDADES X OPORTUNIDADES. MELHORANDO AS CONDIÇÕES MEDIANTE NOVOS CURSOS ALESSANDRA RIBEIRO GUIMARÃES DA SILVA L205.115.007 SALA DE ARTES ALESSANDRA ROSA DOS SANTOS FERREIRA L205.113.231 O ENSINO DA MATEMÁTICA ATRAVÉS DE NOVAS TECNOLOGIAS ALEX BERNARDO DE MEDEIROS L205.112.264 EDUCAÇÃO SEMIPRESENCIAL NO ENSINO MÉDIO REGULAR ALEX SOUZA DA SILVA L205.114.398 REINVENTANDO A ESCOLA - REESTRUTURANDO O ENSINO E A APRENDIZAGEM EM BUSCA DA QUALIDADE ALEXANDRA KELLY DAS NEVES PECINALLI L205.112.289 MELHORIAS NO ID ALEXANDRA OLIVEIRA MOURA DE ALMEIDA L205.115.142 AVALIAÇÃO ONLINE. APRENDIZADO, APLICAÇÃO E FEEDBACK ALEXANDRE DE FARIA VIERA L205.113.008 TODOS “ON LINE” ALEXANDRE DOS SANTOS DA SILVA L205.115.008 ESCOLA EM CENA ALEXANDRE ERNESTO TAVARES L205.114.618 AMBIENTE VIRTUAL DE PROGRESSÃO PARCIAL ALEXANDRE FERNANDES DA MOTTA L205.113.230 CALCULANDO NA INFORMÁTICA ALEXANDRE HATCHER DA SILVA PAVIE L205.116.005 O USO DO XADREZ COMO FERRAMENTA DE DESENVOLVIMENTO DO RACIOCÍNIO NA ESCOLA ALEXANDRE JOSÉ JATOBÁ L205.113.009 CANTINA CULTURAL: COLETIVO DE CINEMA PEDRO DO MUNDO ALEXANDRE PACOBAHYBA RAPOSO L205.114.628 PROTAGONISMO INDIVIDUAL ALEXANDRE PRUCOLI ROSA L205.116.006 SALA MULTIMÍDIA, RECURSOS E PESQUISA ALEXANDRO PEREIRA DA SILVA L205.116.007 A UTILIZAÇÃO DO ESPORTE COMO FERRAMENTA MOTIVACIONAL PARA O DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL NO ENSINO MÉDIO ALEXSANDRA PAULA DA SILVA L205.112.007 SEU FUTURO, SUA ESCOLHA ALEXSANDRO DA SILVA L205.115.009 PROFESSOR DESCOMPROMISSADO X EDUCAÇÃO ATUAL ALEXSANDRO PEREIRA DE FREITAS L205.115.010 A TECNOLOGIA COMO SUPORTE À EDUCAÇÃO ALICE BARCELLOS DE ALMEIDA LOPES GOMES L205.115.327 DE OLHO NO FUTURO: A IMPORTÂNCIA DO USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EM SALA DE AULA ALINE CARVALHO L205.114.399 MONITORIA ESCOLAR EM AÇÃO: UMA JANELA DE OPORTUNIDADE AO ENSINO- APRENDIZAGEM ALINE DE MORAES MONTEIRO L205.115.012 ENFRENTANDO A INDISCIPLINA ATRAVÉS DE AÇÕES CORRETIVAS ALINE DE PAULA ALVES DRUMOND L205.113.011 ENSINO MÉDIO: RECONSTRUINDO O DESEJO DE APRENDER ALINE FERREIRA NEVES DE SOUZA L205.115.011 EDUCAÇÃO NA PRÁTICA- IMPLEMENTANDO A SALA DE CIÊNCIAS NATURAIS
  33. 33. 36 MBA Gestão Empreendedora - Educação ALINE ROCHA BASTOS L205.113.233 PARCERIA PARA UM BOM DESEMPENHO ESCOLAR ALLISON MARASSI PENA L205.114.400 EDUCAÇÃO COM CORDAS ALZEIR DE MATTOS D’AVILA L205.112.206 APRENDENDO A APRENDER COM AULAS ATRATIVAS AMANDA BATISTA DA SILVA L205.115.013 MONITORIA DE MATEMÁTICA - DESENVOLVENDO O PROTAGONISMO JUVENIL AMANDA BEATRIZ ARAUJO DE OLIVEIRA L205.115.014 OFICINAS: EM BUSCA DO DESENVOLVIMENTO DO NÍVEL DE PROFICIÊNCIA ANA ANGELICA DOS REIS ALVES DE PAIVA L205.113.010 EDUCAÇÃO MUSICAL NOVAS PERSPECTIVAS ANA ANGELICA RANGEL MARTINS L205.115.288 BIBLIOTECANDO.... ANA CARMEM DE OLIVEIRA REIS L205.112.265 ESPAÇO EMPREENDEDOR: APRENDIZAGEM EMPREENDEDORA ANA CECILIA ALVES PEREIRA COELHO L205.113.234 AS CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA: DA TEORIA À PRÁTICA ANA CLAUDIA SIQUEIRA DA SILVA BASTOS L205.112.008 SALA DE INTELIGÊNCIA: JOGOS LÚDICOS E ELETRÔNICOS ANA CRISTINA BEMFICA E SILVA L205.113.235 PARCERIAS INTERCONECTADAS: EJA DESBRAVANDO TALENTOS AUTOSSUSTENTÁVEIS ANA CRISTINA DE LIMA RAMOS L205.112.009 SALAS TEMÁTICAS ANA CRISTINA JUNQUEIRA DE ALMEIDA L205.114.692 EDUCAR ATRAVÉS DO ESPORTE É TRANSFORMAÇÃO SOCIAL ANA CRISTINA MACEDO LIMA L205.113.236 A ARTE HUMANA E TECNOLÓGICA ANA CRISTINA SOUZA DA SILVA L205.116.020 SALA DE MULTIMEIOS ANA LÚCIA COUTO TORRI FELIX L205.115.015 PROJETO NOVAS TECNOLOGIAS NA ESCOLA ANA LUCIA DE SOUZA BLANC MENDES L205.116.009 EM BUSCA DE UMA PRÁTICA TRANSFORMADORA ANA LÚCIA DE SOUZA GOMES L205.115.016 SALA DE ALUNO - ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA ANA LUCIA GOMIDE GOMES DE ARAUJO L205.115.359 MONITORIA É PRECISO ANA LUCIA MANFREDO BOUÇAS L205.112.010 O ESPAÇO DO CONHECIMENTO ANA LÚCIA MEDELLA BRAGA L205.113.013 FABRICANDO IDEIAS,DESAFIANDO SABERES,CONSTRUINDO CONHECIMENTOS. ANA LUCIA RIBEIRO BATISTA L205.115.017 ESCOLA FORMA PROTAGONISTAS, TRANSFORMANDO SONHOS EM SUCESSO ANA LUCIA RIBEIRO CRESPAUMER L205.113.014 PROJETO LAM – LABORATÓRIO DE APRENDIZAGEM MATEMÁTICA ANA MARIA CONDE PINTO L205.113.015 LER: MANIA DE SABER ANA MARIA DIAS L205.114.611 CINEMA NA ESCOLA ANA MARIA MELLO GOMES DA SILVA L205.116.011 MELHORIA DA APRENDIZAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA PARA A 1ª SÉRIE DO EM ANA MARIA QUEIROZ L205.112.012 COMUNICAÇÃO ATRAVÉS DAS MÚLTIPLAS LINGUAGENS ANA PATRICIA ALVES PIZZANO L205.112.297 NAVEGANDO NAS ONDAS DA RÁDIO ARARAS ANA PAULA BRUNO BESSA L205.112.013 ITINERÁRIO PEDAGÓGICO DO COLÉGIO ESTADUAL JOSÉ LEITE LOPES / NAVE ANA PAULA DE JESUS DA SILVA L205.115.018 VEM E APRENDE CEIAA - UM PROJETO DE REFORÇO DA APRENDIZAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA ANA PAULA DE OLIVEIRA BRITO L205.112.014 BIBLIOTECA LEITURA VIVA ANA PAULA FREITAS RODRIGUES L205.115.143 VENCENDO DESAFIOS E DESENVOLVENDO PROTAGONISMO NUMA ESCOLA INTEGRAL
  34. 34. 37 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro ANA PAULA GUIMARÃES FURTADO PEREIRA L205.115.019 MATEMÁTICA ATRAVÉS DE JOGOS ANA REGINA AYRES DA SILVA E SILVA L205.114.616 CONSTRUINDO VALORES NA ESCOLA E NA SOCIEDADE ATRAVÉS DA LEITURA ANA RITA MOREIRA MARINI L205.115.020 DE OLHO NA APRENDIZAGEM ANA SHIRLEY LEITE IZIDORO L205.114.401 APRENDENDO A APRENDER ANA TÉRCIA MARTINS GIL BARRETO L205.112.015 PARA QUE SERVE A MATEMÁTICA? ANAQUEL GONÇALVES ALBUQUERQUE L205.113.237 QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL: UM TESOURO A DESCOBRIR ANDERSON ROBERTO SILVA L205.114.602 AMBIENTE PEDAGÓGICO MULTITECNOLÓGICO: EXPANDINDO AS POSSIBILIDADES DO LIED ANDRE CAVALCANTE DE CARVALHO L205.113.238 ESPORTE CIDADÃO ANDRÉ LUIS DOS SANTOS BARROSO L205.115.021 LENDO E APRENDENDO: BIBLIOTECA ENQUANTO ESPAÇO VITAL DE CONHECIMENTO ANDREA CRISTINA DE CARVALHO GONÇALVES L205.115.098 ENCENAR PARA RECUPERAR ANDRÉA DE ARAÚJO L205.116.054 A MÍDIA NA APRENDIZAGEM DO FONSECA ANDREA DE FATIMA CALLEGARIO VIEIRA DE OLIVEIRA L205.112.266 ESPAÇO POLIVALENTE ANDRÉA DIAS BATISTA DE SOUZA L205.115.290 LÍNGUA PORTUGUESA - O USO DE RECURSOS ANDRÉA DO NASCIMENTO L205.115.023 O USO DAS MÍDIAS DIGITAIS NO ENSINO MÉDIO REGULAR NOTURNO ANDREA GARCIA GODOY L205.115.363 O FUTURO COMEÇA AGORA: NÚCLEO ESPORTIVO CIEP 306 ANDREA LIMA MONT’ALVÃO L205.114.529 FAZENDO ARTE NO CESA ANDREA LOUZADA AZEVEDO L205.114.530 APRENDIZAGEM COM AUTONOMIA PARA UMA ESCOLA MAIS EFICAZ ANDREA MATHIAS DE LIMA MAIA L205.115.032 “NENHUM JOVEM A MENOS” UNINDO FORÇAS CONTRA A EVASÃO ESCOLAR ANDRÉA MONTEIRO DA SILVA L205.112.016 REVISTA DIGITAL ANDREA NEGRI RAMOS RANGEL L205.115.144 PENSO, LOGO RESOLVO ANDREA NUNES DA CRUZ CONSTANCIO L205.113.241 LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS NATURAIS E MATEMÁTICA ANDRÉA PERUCCI HUDSON SIMAS L205.115.024 ANJOS DA GUARDA UM MODELO DE MONITORIA ESCOLAR ANDRÉA VERDAN SIMÕES RODRIGUES L205.115.099 QUEM LÊ, IMAGINA E VIAJA... ANDREIA PAIVA MACHADO TUTUNJI L205.115.025 SEMINÁRIO DE EDUCAÇÃO - POR UMA ESCOLA SEM MUROS ANGELA DONATO CORRÊA L205.116.056 ENSINO HÍBRIDO NO ENSINO MÉDIO ANGELA LUCIA DE SALES CONRADO L205.115.292 MATEMÁTICA DINÂMICA ANGELA MARIA DA CONCEIÇÃO FERREIRA L205.112.017 MONITORANDO A DEPENDÊNCIA ÂNGELA MARIA GONÇALVES FELIX L205.115.089 CONTROLANDO A INFREQUÊNCIA NA EJA ANGELA MARIA PINHEIRO GAIDZINSKI L205.112.018 EDUCAR ATRAVÉS DO ESPORTE: CORRER, SALTAR E ESTUDAR ANGELA SOLIDÉIA ESCANO L205.114.402 DEPENDÊNCIA VIRTUAL ANGÉLICA DE ALVARENGA SILVA SOUZA L205.116.012 PROTAGONISMO E TECNOLOGIA NA ESCOLA ANGELINES DA COSTA ROCHA L205.114.403 CONECTANDO O CEES ANGELITA ALEXANDRINO DE CASTRO PEREIRA L205.116.013 EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR ANGELITA DE GOVEA LIMA NASCIMENTO DA CONCEIÇÃO L205.113.242 VIVER E APRENDER MATEMÁTICA ANGELO JOSE NASCIMENTO SOUZA L205.115.352 PROJETO APROVAR ANGELO LUIZ DOS SANTOS L205.113.016 ESPORTE É NA ESCOLA
  35. 35. 38 MBA Gestão Empreendedora - Educação ANITA FERREIRA DE PAULO ROCHA L205.115.026 INFORMATIZAR PARA FORMAR ANNE CHRISTIE REZENDE DO NASCIMENTO L205.113.243 SALA DE RECURSO INTERATIVO PARA REFORÇO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA ANTONIO ALEXANDRE DOS SANTOS NETO L205.113.017 MÁRIO REFORÇANDO SUAS BASES ANTÔNIO CARLOS ANTAS TAVARES L205.114.565 AGREGANDO VALORES AOS ALUNOS DO ENSINO MEDIO ANTONIO CARLOS DE OLIVEIRA SANTOS L205.112.268 NOVA EJA ANTÔNIO CARLOS DIAS LEMOS L205.115.145 ESTRUTURAÇÃO DA UNIDADE ESCOLAR PARA IMPLANTAÇÃO DO ENSINO MÉDIO ANTONIO CARLOS DO VALLE SANTOS L205.113.018 DEPENDÊNCIAS ACESSÍVEIS NA PLATAFORMA MOODLE ANTÔNIO CARLOS LOPES DA COSTA L205.115.354 MATEMÁGICA - PROBLEMÁTICA EM AÇÃO ANTONIO CARLOS ROSÁRIO REZENDE L205.116.014 MATEMÁTICA PARA TODOS ANTÔNIO CARLOS THAUMATURGO CORRÊA JUNIOR L205.114.404 REVITALIZAÇÃO: A CHANCE DE UM NOVO OLHAR ANTÔNIO CLEMENTE DE FRANÇA L205.114.621 ENTRELAÇOS POSSÍVEIS: POR UM ENSINO INTERDISCIPLINAR ANTONIO DE PADUA CASTELLO BRANCO CUNHA L205.113.019 VENCENDO A MESMICE ANTONIO JORGE MOTA CAMPOS L205.115.293 SALA TEMÁTICA DE AVALIAÇÃO ANTONIO JOSÉ NIDDAN PEREIRA L205.115.294 FAZES-ME FALTA: CRIANDO UMA SALA DE LEITURA NO C.E. GANDHI APARECIDA DE OLIVEIRA FRANTELMO CAVALHEIRO L205.115.146 ESPAÇO MULTIDISCIPLINAR PROFª MARIA APARECIDA GUERRA APARECIDA GORETTI FRANCISCO HIPÓLITO L205.114.405 MATEMÁTICA PARA VIDA: UMA ATITUDE DE EDUCACÃO E CIDADANIA ARLETE RIBEIRO ROZENDO GOMES L205.115.295 OS CAMINHOS PARA CHEGAR AO BOM DESEMPENHO: A LEITURA, A ESCRITA, A PRÁTICA PEDAGÓGICA E O PAPEL DA ESCOLA DEMOCRÁTICA NO PROCESSO ENSINO- APRENDIZAGEM ARNALDO DELGADO MACEDO FILHO L205.114.406 REFORÇANDO CONTEÚDOS ATAIDE DE CASTRO L205.113.020 PEDRAS NO CAMINHO AUREA LINO PASSOS MACHADO L205.112.020 FOCANDO AS METAS: NIVELAMENTO EM LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA AYRES DO CARMO BOTELHO JUNIOR L205.116.016 COMO EU LEIO MEU MUNDO BÁRBARA GONÇALVES TOPINI L205.115.101 RESSIGNIFICANDO A LEITURA E A ESCRITA BENEDICTO SOARES CARLOS JUNIOR L205.115.027 SALA MULTIAMBIENTADA LÚDICA E DE JOGOS BIANCA GUIMARÃES PESSANHA L205.116.017 UTILIZAÇÃO DOS RESULTADOS DAS AVALIAÇÕES EXTERNAS PARA MELHORIA CONTINUA DO PROCESSO DE ENSINO/ APRENDIZAGEM DA ESCOLA BRUNA GUEDES PEREIRA L205.116.021 OFICINAS EXPERIMENTAIS BRUNO DE BARROS RAMIREZ L205.114.407 ESPAÇO@SOMOSUM.COM CAIO TAVARES E SILVA L205.116.022 GRUPO DE ESTUDOS ALÉM DO CURRÍCULO CARISA RIBEIRO PINTO L205.115.102 APRENDIZAGEM PARA O FUTURO CARLA CRISTINA ALVES E SOUZA DE FREITAS L205.115.028 O ENSINO INTEGRAL E A ATRATIVIDADE PARA OS EDUCANDOS CARLA CRISTINA DE OLIVEIRA BERNARDO L205.115.029 IMPLEMENTANDO A AVALIAÇÃO ONLINE COMO RECURSO INOVADOR NA RECUPERAÇÃO PARALELA
  36. 36. 39 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro CARLA FILOMENA CAMPELLO LIMA L205.112.021 VEJA, ISTO É: O MUNDO CABE NA SALA DE AULA CARLA GUEDES MARTINS L205.112.207 ABRINDO PORTAS E MENTES CARLA JACQUELINE CORREA SAMPAIO VIANNA PEREIRA L205.116.151 #HEBESUCESSO! CARLA LÚCIA DE OLIVEIRA FLORES MOURA L205.115.148 AULAS INOVADORAS, ALUNOS INTERESSADOS E UMA APRENDIZAGEM DINÂMICA CARLA MARA FERREIRA CRUZ DA FONSECA L205.112.022 APRENDENDO A LER A VIDA CARLA MARIA ABEND FLORIPES L205.116.023 LABORATÓRIO DE TECNOLOGIA MÓVEL CARLA MARIA ARAUJO MELLO LIMA L205.113.021 ALUNO VIAJANTE: O APRENDIZ ALTERNATIVO CARLA MARQUES CARNEIRO LESSA L205.114.408 MATEMÁTICA: ADQUIRINDO CONHECIMENTO ATRAVÉS DA EXPERIÊNCIA CARLOS ALBERTO MENDES DOS SANTOS L205.114.660 TECNOLOGIA, AFETO IMPACTANDO NA APRENDIZAGEM CARLOS ALEXANDRE LOBO L205.112.023 SALAS DE AULA AMBIENTADAS CARLOS BARBOSA DE OLIVEIRA L205.114.586 PROJETO PRAZER DA LEITURA, UMA VISÃO DE FUTURO CARLOS FELIPE LEITÃO BOTELHO L205.115.031 APROPIAÇÃO DE RESULTADOS - PARA MELHORAR A APRENDIZAGEM E A EFICÁCIA DA ESCOLA CARLOS FREDERICO COSTA DE ABREU L205.114.603 RENOVA CEJA CARLOS GUILHERME VON MONTFORT L205.114.409 ENSINO MÉDIO INTEGRADO PORTUGUÊS- INGLÊS CARLOS JOSÉ PESTANA MOREIRA L205.112.024 O PAPEL DAS SALAS DIGITAIS TEMÁTICAS NO CONTEXTO INTEGRADOR DA ESCOLA CARLOS MARCELO CORREA DA SILVA L205.113.022 REPENSANDO A ORGANIZAÇÃO DO NOSSO COLÉGIO CARLOS RAFAEL RODRIGUES L205.115.149 OFICINA DE TEATRO: EM MEIO AO AMBIENTE CARLOS ROBERTO RODRIGUES L205.112.295 AMPLIAÇÃO E REESTRUTURAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR CARLOS ROBERTO SILVA DE MELLO L205.115.382 IMPLANTAÇÃO DA EJA: UM PROJETO PERMANENTE DE MELHORIA NA APRENDIZAGEM DE ALUNOS COM DISTORÇÃO IDADE-SÉRIE CARLOS SILVA LOÇASSO L205.116.057 REVITALIZANDO A PRÁTICA DAS CIÊNCIAS E SUAS TECNOLOGIAS CARMEM TERESINHA PONTES DA COSTA L205.114.587 ATELIÊ DA PALAVRA CARMEN CARRERA JARDINEIRO FILHA L205.113.023 LÓGICA NO COTIDIANO CARMEN LÍGIA SIMÕES VALENÇA L205.115.033 SUPERANDO LIMITES CARMEN LÚCIA DUARTE DE OLIVEIRA FERREIRA L205.116.024 GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA: RECONSTRUINDO CONCEITOS COM OFICINAS DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA CARMEN LUCIA SOARES DE SOUZA MELLO L205.113.024 OS BENEFÍCIOS DE PERMANECER NA ESCOLA CASSIA DE OLIVEIRA MONTEIRO NASCIMENTO L205.114.410 AMBIENTE ESCOLAR: UMA PROPOSTA DIFERENCIADA CÁSSIA PATRICIA TOMAZ DA COSTA GONÇALVES L205.112.025 LETRAMENTO DIGITAL DOS PROFESSORES: NOVAS ALTERNATIVAS PEDAGÓGICAS CASSIANA MARIA ARRUDA FERREIRA L205.114.531 SALA DE ARTE E CULTURA CATIA BATISTA RAIMUNDO L205.116.025 CLUBE DE LEITORES CATIA MARIA MACEDO PIRES L205.112.296 AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM CÁTIA VALÉRIA DÓRIA DA SILVA L205.115.103 CONSTRUINDO O COMPROMISSO SOCIAL: FAMÍLIA DE MÃOS DADAS COM A ESCOLA
  37. 37. 40 MBA Gestão Empreendedora - Educação CELANIRA LIBERATORI VELASQUES L205.112.026 RELAÇÃO INTERPESSOAL E INDISCIPLINA - MELHORES METAS CÉLIA REGINA GOMES ARAUJO MOREIRA L205.115.150 ESCOLA VIVA E INTERATIVA CELINA COTRIM DE SOUZA MIRANDA L205.114.411 UM NOVO OLHAR SOBRE O ENSINO MÉDIO CÉLIO CESAR RODRIGUES DA SILVA L205.112.208 MÍDIAS NA EDUCAÇÃO: UMA NOVA VISÃO DE ENSINO CENI MARQUES DE BRITES COUTINHO L205.112.027 BIBLIOTECA ATIVA CENIRA RIBEIRO GOMES L205.116.026 LER, PENSAR E AGIR CESAR RANGEL SUHETT L205.112.257 OFICINAS PARA GERAÇÃO DE RENDA INFORMAL CHARLENE DE OLIVEIRA MOURA SILVA L205.115.151 MUDANDO A PRÁTICA CHARLES OLIVEIRA MAGALHÃES L205.112.258 SALAS AMBIENTES: PENSANDO E ORGANIZANDO ESPAÇOS PARA UMA EDUCAÇÃO INOVADORA CHARLES TAVORA MANASF L205.114.693 SALA DE INFORMÁTICA CHEILA RODRIGUES MACEDO L205.115.036 IMPLEMENTANDO AS DIVERSAS TECNOLOGIAS PARA A DIVERSIFICAÇÃO DO APRENDIZADO CHRISTIANNE MULLER LISBOA FRAGA L205.114.413 VIRGÍLIO: BUSCANDO A DIFERENÇA! CINTHYA LUIZA SANT’ANNA SILVA DE ARAUJO L205.116.019 SALÃO DE JOGOS CÍNTIA NASCIMENTO MOURA CUPTI L205.116.028 DE OLHO NO FUTURO! FACULDADE E EMPREGO CINTIA SOARES DE SOUZA VIEIRA L205.115.037 COM CIÊNCIA PARA APRENDIZAGEM CISLÂNDIA BESSA GONÇALVES L205.115.038 CIÊNCIAS DA NATUREZA: EU CURTO CLAUDIA BECKER L205.112.029 SALA DE INFORMÁTICA? NÃO. SALA CONECTADA. CLÁUDIA CÁSSIA FAJARDO PETRAGLIA L205.112.030 MÚSICA E DANÇA - CONVIVER RESPEITANDO A VIDA CLAUDIA CORREA DA SILVA L205.113.026 MONITORIA CONEXÃO CLAUDIA CRISTINE ZAMBOTI FRANCISCO L205.114.661 NO ROOSEVELT PRESENÇA FAZ DIFERENÇA CLAUDIA DA SILVA GALVÃO L205.114.619 MATEMÁTICA: RESSIGNIFICANDO CONCEITOS CLAUDIA DE OLIVEIRA SILVA GAMA L205.113.027 SALA MULTIDISCIPLINAR: BRINCANDO E APRENDENDO CLAUDIA DE PAIVA LIMA L205.114.588 EVA –EXTENSÃO VIRTUAL DE APRENDIZAGEM CLAUDIA DE PAULA BELMUDES MARTINS L205.114.414 SALA MULTIMÍDIA DE MATEMÁTICA CLAUDIA DE SOUZA AMARAL LOPES L205.112.031 REFORÇO ESCOLAR: EM BUSCA DO TEMPO PERDIDO CLAUDIA FERNANDES RIOS L205.113.028 LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA ITINERANTE CLAUDIA GOMES DE OLIVEIRA COSTA L205.113.029 EDUCAÇÃO PROFISSIONALIZANTE: A ESPERANÇA EM ITAOCA CLAUDIA JULIANA DO NASCIMENTO PORTO SILVA L205.114.415 RÁDIO ESCOLAR CEIB CLÁUDIA LOPES SIMÕES AGOSTINHO L205.115.296 A IMPORTÂNCIA DA FORMAÇÃO DO PROFESSOR NO SUCESSO DO ALUNO CLAUDIA MARCIA DOS ANJOS MACHADO L205.113.030 O USO DAS NOVAS TECNOLOGIAS PARA A MELHORIA DO DESEMPENHO ESCOLAR CLÁUDIA MARIA BATISTA DE MELLO L205.115.297 A LEITURA COMO INSTRUMENTO DE APRENDIZAGEM CLÁUDIA MARIA MARQUES SOMMA L205.112.032 A ESCOLA VENCENDO OBSTÁCULOS: EDUCAÇÃO DE SUCESSO CLAUDIA MARIA SANTANNA MARTINS L205.116.029 TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E PROFISSIONALIZAÇÃO NO ENSINO MÉDIO
  38. 38. 41 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro CLÁUDIA PIMENTEL FLORENÇO L205.115.364 VERDE QUE TE QUERO VERDE (AMPLIANDO A “CABECINHA DE PORCO”) CLAUDIA REGINA DA SILVA BRAGA L205.115.298 REAVALIANDO CLAUDIA REGINA PEREIRA DE OLIVEIRA L205.114.589 ALEGRIA DE ESCREVER CLÁUDIA RIBEIRO CATRIB SEIXAS L205.112.230 CIÊNCIA DA MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS CLÁUDIA ROKLINE BEZERRA TOMAZ VARGAS L205.115.039 APLICATIVO: ZELLOO TEEN CLAUDIA TEIXEIRA LIMA L205.114.416 PROJETO PAPE CLAUDINEA MONTEIRO DE ARAUJO L205.114.417 INOVANDO A MATEMÁTICA RUMO AO SUCESSO CLEIDE DELGADO XAVIER L205.115.097 ISSO É MESMO “FUNDAMENTAL” CLEMENTINA OLIVIA DA CUNHA MOREIRA DA HORA L205.116.030 COMBATE À EVASÃO DOS ALUNOS DO 2º ANO DO ENSINO MÉDIO CLEONICE ARCANJO DOS SANTOS COSTA L205.116.031 MELHORIA DA APRENDIZAGEM EM MATEMÁTICA CLEUZINEIA FRONTELMO DA SILVA L205.113.031 ATI - “APRENDIZAGEM COM TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO.” CLÓVIS CORREIA DE OLIVEIRA FILHO L205.114.418 IGAI: PRÁTICAS EMPREENDEDORAS DE MELHORIA DO AMBIENTE ESCOLAR NA E.E. VILAR DOS TELES COSME LUIS MAIA ANTUNES L205.115.040 LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA COM USO DE JOGOS MATEMÁTICOS CREUSA MARIA SILVA TORRES L205.116.143 BIBLIOTECA MÓVEL CRISTIANE DA COSTA DOMINGUES PINHEIRO L205.114.419 CONECTA DIRCEU CRISTIANE DE OLIVEIRA MARTINS CARVALHO L205.115.041 OS RECURSOS TECNOLÓGICOS COMO FERRAMENTA NO PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM CRISTIANE GOMES DE AQUINO PACHECO L205.116.032 PROTAGONISMO JUVENIL REVITALIZANDO O CIEP 331 CRISTIANE JARDIM FONSECA DE ABREU L205.114.420 NIVELAMENTO DOS ALUNOS DAS TURMAS DE 1º ANO CRISTIANE MARIA PINTO DE SOUZA L205.115.042 CIRCUITO DOS CAMPEÕES CRISTIANE MEDEIROS QUINTELA DA VEIGA SOARES L205.115.272 PROMOVENDO A MATEMÁTICA COM OFICINAS PEDAGÓGICAS CRISTIANE NERY DE FREITAS BASTOS L205.112.298 SALA INTERATIVA: UMA INICIATIVA À PESQUISA E PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO CRISTIANI SANTOS FERNANDES BASTOS L205.112.033 BRINCANDO COM A LÓGICA: APRENDENDO A PENSAR CRISTIANO ALEX DA SILVA L205.114.702 A ARTE DE LER MATEMÁTICA CRISTIANO DUARTE ZAMBLUTE L205.115.152 TECNOLOGIA EDUCACIONAL NO COMBATE À INFREQUÊNCIA CRISTINA APARECIDA DE LIMA SILVA ALMEIDA L205.114.590 MATEMÁTICA DIVERTIDA CRISTINA DA SILVA POSSAS L205.115.043 CULTIVANDO A LEITURA CRISTINA FRANÇA DA SILVA FERREIRA L205.112.034 REDESCOBRINDO O PRAZER DE ESTUDAR CRISTINA GOMES DA SILVA L205.115.104 REFORMA DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA CRISTINA GONCALVES DA SILVA DE AZEVEDO L205.113.032 ESPAÇOS DE EXPERIMENTOS CRISTINA HELENA COELHO BARATA SOARES L205.115.105 SALA AMBIENTE CYNTHIA MARTINELLI L205.115.044 JAYME DIGITAL DANIEL DA ROCHA AMORIM L205.114.644 CÍRCULOS DE ESTUDOS INTEGRADOS DANIELLE MACHADO DO NASCIMENTO L205.113.033 PRATICANDO MATEMÁTICA DARCY RESENDE NEGREIROS L205.115.328 PROJETO: FAZENDO ARTE
  39. 39. 42 MBA Gestão Empreendedora - Educação DARLEIA CRISTINA DOS SANTOS L205.114.435 ESCREVER E SABER DARLENE APARECIDA DONATO FERREIRA DE MELLO L205.113.034 C. E. BÉLGICA: TRANSFORMANDO PARA VENCER DAVID DE MELLO SILVA L205.113.035 AGRICULTURA LEGAL – UM MODELO DE APRENDIZAGEM DAYSE FERREIRA DA FONSECA L205.115.367 PROJETO DE REVITALIZAÇÃO DO ENSINO NO CIEP 350 DEBORA HELENA DA SILVA L205.113.036 EU CONSTRUO MEU FUTURO TECNOLÓGICO DEISE DE BRITO PERFEITO SOARES L205.115.273 TUDO POR UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NO HISPANO BRASILEIRO DEISE DE OLIVEIRA LIMA MELLO L205.114.591 LEITURA: FORMAÇÃO E CIDADANIA DEJALDO DE LIMA SOARES L205.114.592 ESCOLA ABERTA, CIDADÃO ALERTA DEMIAN DIAS LANNES L205.112.035 CRIAÇÃO DE SALA DE RECURSOS PARA REFORÇO ESCOLAR EM MATEMÁTICA DENISE DE MORAES PINTO DO NASCIMENTO L205.116.033 LENDO, ESCREVENDO E INTERAGINDO DENISE DOS SANTOS PEIXOTO L205.115.300 LEITURA EM AÇÃO DENISE DOS SANTOS TERRA BERÇOT L205.114.645 SALÃO DE CIÊNCIAS DENISE GUINANCIO ERTHAL L205.112.036 APRENDENDO A APRENDER - “FAZENDO NOVAS LEITURAS” DENISE MARTINS DE AZEVEDO L205.113.037 APRENDIZAGEM ATRAVÉS DA TELA DENISE RAMOS DE CARVALHO VASCONCELLOS L205.112.037 SALAS DE AULA CONECTADAS DENISE SALLES MARQUES L205.113.038 CONECTADOS DENISE SANTOS SILVA ALBUQUERQUE L205.116.034 APRENDIZAGEM EM SINTONIA DENISY TOSTES DO COUTO SARAQUINO L205.116.035 ENSINO E APRENDIZAGEM NO CE MANOEL RODRIGUES DE BARROS: INVESTINDO EM NOVAS METAS DENIZE MARIA MARQUES FALCÃO L205.115.153 EMPREENDEDORISMO NA ESCOLA: PREPARANDO O ALUNO PARA O MUNDO DIAMANTINO SANTIAGO ALVES DE OLIVEIRA L205.116.036 CAMINHANDO AO SEU LADO DIANE GARCIA L205.112.038 BIBLIOTECA VIVA – COMUNITÁRIA & ITINERANTE DORACI PEREIRA DA COSTA L205.113.039 SALA INTERATIVA BRINCANDO SE ENSINA, JOGANDO SE APRENDE DORILÉA BASTOS DA ROSA L205.115.385 INTERDISCIPLINARIDADE E CULTURA:”UMA VISÃO DE FUTURO” DOUGLAS TEIXEIRA CARDELLI L205.115.301 TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO: CAMINHO PARA O SUCESSO DULCE CORREIA DE OLIVEIRA SILVA L205.113.040 LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA: SALAS AMBIENTES DULCE LENE ALVES MARTINS DE MORAES L205.115.154 A MÍDIA E A APRENDIZAGEM NO CIEP 253 GUIMARÃES ROSA EDILEA CORREA ROCHA L205.113.041 DESCOBRINDO O VALOR DO SABER EDILENE PINTO DA FONSECA GABRIEL L205.115.329 NOVAS MANEIRAS DE APRENDER AS NOVAS TECNOLOGIAS NA APRENDIZAGEM EDILEUZA BATISTA DE ALELUIA L205.115.155 A ARTE COMO ESTÍMULO DA APRENDIZAGEM EDJELMA VIRGINIA DE OLIVEIRA SILVA L205.114.532 BIBLIO LIVRE: ESPAÇO DE LEITURA, CRIATIVIDADE E SOCIALIZAÇÃO EDLAMAR PEREIRA DO NASCIMENTO L205.114.653 LABORATORIO MATEMÁTICO: ESPAÇO DE MANIPULAÇAO DA VIDA LÓGICA EDMILSON SEVERINO DE SOUZA L205.114.699 APRENDENDO MATEMÁTICA COM SCRATCH EDNA MARA PESSOA FERREIRA L205.114.455 REVISA TIM
  40. 40. 43 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro EDSON DE SOUZA PEREIRA L205.116.037 IMPLANTAÇÃO DO LABMAT EDUARDO FERREIRA DA SILVA L205.112.039 LABORATÓRIO MÓVEL DE TECNOLOGIA EDUARDO GOMES BRASIL L205.115.156 MEGA CIÊNCIAS: DIMINUINDO A DISTÂNCIA ENTRE TEORIA E PRÁTICA DOCENTE EDUARDO MANOEL REIS DA CRUZ L205.116.146 FACILITADOR DE INFORMAÇÃO: BENEFÍCIO A TODOS EDUARDO PACHECO DA COSTA L205.115.377 UMA NOVA METODOLOGIA DE ENSINO: POR MEIO DO ENSINO E APRENDIZAGEM EM SALAS AMBIENTES EDUARDO VASCONCELLOS L205.115.064 PROJETO DE INTEGRAÇÃO GLOBAL COMO UMA DISCIPLINA INTEGRADORA NO CIEP 117 CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE BRASIL ESTADOS UNIDOS ELAINE CORRÊA NETTO DA SILVA L205.114.533 PROJETO INTEGRADO PARA MELHORIA DO CONHECIMENTO ELAINE CRISTINA DE MATTOS FERNANDES VICTORINO DE SOUZA L205.115.344 PROJETO FAMÍLIA É A BASE ELAINE DE OLIVEIRA E SILVA PEREIRA L205.114.456 ECO HORTA, DA ESCOLA PARA CASA ELAINE DE OLIVEIRA GAYOSO L205.114.646 JARDIM LITERÁRIO ELAINE GASPAR FERREIRA L205.112.040 PROJETO MULTIMÍDIA - APRENDIZAGEM MULTIDISCIPLINAR ELAZARO MOSES MOKRABE L205.113.042 LEITURA EM AÇÃO ELEN RIBEIRO DOS SANTOS L205.113.043 DESPERTANDO PARA A VIDA ELIANA APARECIDA DE ANDRADE L205.112.041 GESTÃO PARTICIPATIVA E APRENDIZAGEM ELIANA BARRETO DE SOUZA DE CARVALHO L205.114.457 ESPAÇO CULTURAL CACILDA BECKER ELIANE BARROS DE ALMEIDA L205.115.274 LITERATURA INFANTIL NO DESPERTAR DA CIDADANIA ELIANE FONSECA BORGES L205.112.269 CEDAS: INTERNET NA EDUCAÇÃO FACILITANDO A COMUNICAÇÃO ELIANE MARINHO RAMALHO DOMINGUES L205.113.044 TUDO AZUL ELIANE MURY FRANÇA L205.116.059 SALAS AMBIENTE, APRENDER VIVENCIANDO ELIANE NOGUEIRA DOS SANTOS OLIVEIRA L205.114.459 COMBATENDO A EVASÃO, INFREQUÊNCIA E REPROVAÇÃO ELIANE PARDINHO DE JESUS L205.115.157 MÃO NA MASSA - CONSTRUINDO UM LABORATÓRIO DE BIOLOGIA ELIANE TARSITANO BAPTISTA L205.115.046 PROJETO AULAS ATRATIVAS, UMA MOTIVAÇÃO NA EDUCAÇÃO ELIANE XAVIER CARDOSO DE CAMPOS L205.112.210 LAPAM ELIAS MOREIRA SILVA L205.116.039 PROJETO SUCESSO DE REFORÇO ESCOLAR ELIDA DA SILVA LOPES L205.115.158 DIDÁTICA DO COTIDIANO: REAPRENDENDO A ARTE DE ENSINAR ELIELTON MOREIRA RIGUETTI L205.115.047 OFICINAS E DESAFIOS MATEMÁTICOS: NOVAS OPORTUNIDADES DE APRENDER ELIEZER RIBEIRO DA SILVA L205.112.043 CIRCUITO CEMBRA DE APOIO À LEITURA E AO CONSUMO CONSCIENTE ELIOMAR COSTA MACHADO L205.115.049 MUDAR PARA TRANSFORMAR ELISABETE MARIA DA SILVA SOUZA SANTOS L205.113.045 LABORATÓRIO DE LINGUAGENS E DAS CIÊNCIAS DA NATUREZA ELISABETE MEDEIROS THIENGO DALVI L205.115.050 APRIMORAR É PRECISO ELISIA MARIA NOGUEIRA MOTA DE CAMPOS MATILETI L205.112.292 VALORIZANDO NOSSO MESTRE: “PROFESSOR, SEM VOCÊ NÃO DÁ” ELIZABETE BARBOSA DE OLIVEIRA RAMOS L205.115.051 REPENSANDO A PROGRESSÃO PARCIAL
  41. 41. 44 MBA Gestão Empreendedora - Educação ELIZABETE GOMES DA COSTA L205.112.044 REFORÇO ONLINE NO COMBATE À EVASÃO ESCOLAR ELIZABETH CASTANHEIRA CAVALCANTI L205.114.460 É HORA DE ESTUDAR # PARTIU... ELIZABETH CRISTINA CAMPOS CONCILIO L205.113.046 BOAS IDEIAS & BONS NEGÓCIOS ELIZABETH CRISTINA EWBANK VASCONCELLOS L205.114.662 PREPARANDO PARA O FUTURO – ADULTO DE SUCESSO ELIZABETH DE SANTANA PRATA L205.112.301 SALA DE LEITURA: AMBIENTE DE APRENDIZAGEM ELIZABETH DINIZ SOARES L205.115.330 NO MEIO DO CAMINHO TEM A BIBLIOTECA ELIZABETH GUIMARÃES CAVALLO L205.115.302 A LÍNGUA PORTUGUESA E O RESGATE DO BOM RENDIMENTO E RELACIONAMENTO ESCOLAR ELIZABETH LEOCADIO DE SOUZA L205.116.040 ABDALA TECENDO REDES DIGITAIS ELIZABETH RAPHAEL DA SILVA L205.113.244 VARANDÃO DE LEITURA ELIZANE PINHEIRO COSTA L205.115.303 LEITURA E INTEGRAÇÃO NO COTIDIANO ESCOLAR ELLAINE DIAS RIBEIRO AMÉRICO L205.113.047 SALAS DE AULA MULTIMÍDIA ELSON PINTO PEREIRA L205.115.052 MONITORIA COM USO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL ELZA AMARAL DE CARVALHO CARDOSO L205.112.045 EDUCAÇÃO INCLUSIVA ENDRIKA ELEONORA PEREIRA DE SOUZA L205.115.053 BIBLIOTECA VIVA ENIR DE CARVALHO FERREIRA L205.113.049 ACÁCIA – TRANSIÇÃO DE SUCESSO ERICA ALVES APOLINÁRIO. L205.115.159 UTILIZANDO FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS NA RECUPERAÇÃO PARALELA. ERICA CRISTINA DOS SANTOS BARREIROS MACHADO L205.113.284 REVISANDO E APRENDENDO ATRAVÉS DA TELEAULA ERICA FARIAS LARANGEIRA L205.115.160 ESPAÇO INTEGRADO DE SABERES - BIBLIOTECA INTERATIVA ERICA VANESSA DA COSTA VARELA L205.115.054 SALAS TEMÁTICAS - UTILIZAÇÃO DE MONITORIA PARA RECUPERAÇÃO DE ESTUDOS ERNANE TAVARES MILAGRE L205.115.055 “INTERPRETAR PARA LIBERTAR” ESTER NUNES DA SILVA DUTRA L205.115.337 LENDO, ESCREVENDO E INTERAGINDO ETELVINA MARIA LISBOA PEREIRA L205.114.461 MONITORIA ORIENTADA EURENICE FERNANDES SILVA L205.113.050 PADRE MADUREIRA UM PASSAPORTE PARA O SUCESSO EVELINE DE SANTANA SOLEDADE AMORIM L205.115.304 NÃO SEI, MAS QUERO SABER FABIANA DOS SANTOS DOMINGUES DE MELO L205.115.106 AS SALAS TEMÁTICAS E OS RECURSOS TECNOLÓGICOS NA CONSTRUÇÃO DA APRENDIZAGEM PARA O ALUNO DO SÉC. XXI FABIANA FREITAS MONTEIRO L205.113.051 JORNAL JP REFORÇO ESCOLAR EM LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA FABIANA MARIA MONTEIRO DA FONSECA TEIXEIRA L205.116.149 CONSCIENTIZAÇÃO E CONSERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO PÚBLICO ESCOLAR FABIANA SIMÕES FREITAS DA SILVA L205.116.042   FABIANA SODRÉ DE SOUZA L205.115.056 A IMPORTÂNCIA DE UM ESPAÇO MULTIMÍDIA PARA LEITURA LUGAR INTEGRADO FABIO RODRIGUES MILIONI L205.113.052 REFORÇAR PARA RECUPERAR FABÍOLA FIGUEIRA IECHER L205.115.057 FAMÍLIA NA ESCOLA, UMA PARCERIA QUE DÁ CERTO FATIMA APARECIDA CAMPOS GUIMARÃES L205.112.046 PROJETO LEITURA NA ESCOLA - “FORMANDO LEITORES” FATIMA DA COSTA CARVALHO L205.115.358 GESTÃO PARTICIPATIVA EM BUSCA DE MELHORES RESULTADOS NO ENEM
  42. 42. 45 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro FÁTIMA FERNANDES DA SILVA L205.114.462 MOTIVAÇÃO DOS DOCENTES PARA AULAS ATRATIVAS NO LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS FELLIPE PAGANO VERDINI L205.115.058 SALAS AMBIENTES UMA SAÍDA PARA A ATRATIVIDADE DAS AULAS FERNANDA DA SILVA FRAZÃO L205.116.060 ESCOLA SUSTENTÁVEL FERNANDA DE ALMEIDA RINALDI L205.113.444 POR UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE FERNANDA DE SIQUEIRA DIAS L205.115.059 PROJETO PRÉ-ENEM FERNANDA FATIMA DOS SANTOS L205.115.161 EDUCAÇÃO CORPORAL, POR UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA FERNANDA FERREIRA MANZELLA L205.114.463 BARÃO: TODOS COM O FOCO NA APRENDIZAGEM, NO ALUNO FERNANDA FLORENCIO DA SILVA CARNEIRO L205.115.060 CERF: EDUCAÇÃO E ARTE FERNANDA MACHADO FONTES L205.112.237 LABÓTICA PEDAGÓGICA FLAVIA GONÇALVES DA SILVA MENDES L205.113.053 RECUPERAÇÃO DE ESTUDOS: UMA BUSCA PELA QUALIDADE NA EDUCAÇÃO FLÁVIA RAQUEL CRESPO DE JESUS L205.112.047 NOVAS TECNOLOGIAS IMPULSIONANDO E POTENCIALIZANDO A APRENDIZAGEM FLAVIO ALVES DE ANDRADE L205.115.061 “COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS, COMPETÊNCIAS CUMPRIDAS” FLAVIO CESAR DE SOUZA BARBOSA L205.113.245 QUEBRANDO AS BARREIRAS DA COMUNICAÇÃO FLÁVIO DA SILVA MIRANDA L205.115.062 A UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL COMO FERRAMENTA DE MELHORIA DA APRENDIZAGEM E REDUÇÃO DA EVASÃO ESCOLAR FRANCINE SOARES SIQUEIRA L205.115.162 FOCO NO ENEM FRANCISCA ERIVAN MARTINS MEDINA L205.112.048 IMPLEMENTAÇÃO DE SALA AMBIENTE FRANCISCO DA SILVA GOMES JUNIOR L205.114.465 ORIENTAÇÃO PARA O ENEM COMO MOTIVAÇÃO AOS ESTUDANTES FRANCISCO JOSÉ RIBEIRO PACHECO L205.115.063 FÍSICA NOS ESPORTES FRANCISNEIA CHAVES DE CARVALHO L205.113.054 EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: PREPARAÇÃO PARA O MERCADO DE TRABALHO DE FORMA EMPREENDEDORA. GABRIELA BARRETO DE OLIVEIRA L205.115.107 LEMBRANÇAS PERDIDAS, MEMÓRIAS RESGATADAS: LENDO O PASSADO PARA ESCREVER O PRESENTE GECILENE IVONE MANFREDI L205.115.163 SOMOS MAIS. O LÚDICO E A EXPERIÊNCIA IMEDIATA COM MATIZES DA ARTE COMO FERRAMENTA DE SENSIBILIZAÇÃO PARA MELHORIA DA APRENDIZAGEM. GEIZA VASCONCELOS DUTRA VALENTE L205.113.055 SALA MULTIMÍDIA GEORGE MAX COSTA SARZÊDAS L205.112.050 CÉLULAS DE APRENDIZAGEM GERALDO LOPES RODRIGUES L205.113.056 SALAS DE AULAS MIDIÁTICAS GERALDO ROSMANINHO DE PINHO L205.115.065 TODOS SOMOS UM GERUSA ELENA FORT PINHEIRO L205.112.089 COMPORTAMENTO NA MEDIDA CERTA GIBSA OLIVEIRA FURLAN L205.115.305 SOS MEU COLEGA GILBERTO SIMPLICIO DE OLIVEIRA L205.112.211 OBSERVATÓRIO CULTURAL MARIA ZULMIRA TORRES GILSON FERREIRA DA COSTA L205.115.066 A CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE RECLASSIFICAÇÃO E DE PROGRESSÃO PARCIAL NO AVA GIOVANI ALVES FERREIRA L205.115.108 MOVIMENTANDO A EDUCAÇÃO
  43. 43. 46 MBA Gestão Empreendedora - Educação GIOVANNI MONTEIRO L205.114.663 INTERDISCIPLINARIDADE HOLÍSTICA GISELE DA SILVA SANTOS L205.116.045 A APLICAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS EM EDUCAÇÃO NA COMUNIDADE ESCOLAR GISELE SILVEIRA DE SOUZA DA SILVA L205.112.212 ESCOLA LEITORA - OTIMIZANDO A BIBLIOTECA ESCOLAR GISELIA DA SILVA PEREIRA L205.115.067 REVITALIZAÇÃO DA SALA DE INFORMÁTICA GISLENE AMARO DE ALBUQUERQUE L205.113.057 PROJETO ALUNO: PRESENTE! GISLENE MEDEIROS GOMES BARBOSA L205.112.278 CURSO PREPARATÓRIO PARA INGRESSO NAS UNIVERSIDADES GLADYS BAPTISTA L205.113.058 SALAS TEMÁTICAS – INOVAÇÃO NA APRENDIZAGEM GLAUCE REGINA DE MELLO SANTOS ANDRADE L205.114.467 COLÉGIO ESTADUAL SOL NASCENTE A CAMINHO DO RESULTADO GLAUCIA MARIA DE AZEVEDO L205.115.306 ESCOLA, ESPAÇO PARA TRANSFORMAÇÃO GLAUCIA MARIA DOS SANTOS SANTIAGO L205.114.534 REPENSANDO A REALIDADE ESCOLAR GLAUCIA PONTES SOUZA DA SILVA L205.116.046 MATEMÁTICA NAS PROFISSÕES GLEICI HERINGER L205.112.051 LER É PRECISO! GLEICY DA SILVA DIAS VASCONCELOS L205.115.068 A FREQUÊNCIA ESCOLAR E O PROCESSO DE APRENDIZAGEM GLÓRIA CRISTINA CAMARGO NONATO VARA L205.112.052 MATEMÁTICA AO ALCANCE DE TODOS GLORIA MARIA BARROSO FERNANDES L205.113.059 A ARTE DE LER A VIDA GLÓRIA VIRGÍNIA DIAS DA ROCHA BEZERRA L205.114.638 AÇÕES PARA MELHORIA DO DESEMPENHO DA ESCOLA GONÇALINA DOS SANTOS L205.115.069 A AUTOESTIMA COMO ALIADA DO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM GRACE CLEA CAMPELO MATOS FALCAO L205.113.060 REFORÇA MAT GRACIELE LOPES PEREIRA L205.114.535 OFICINAS DE LETRAMENTO PARA EDUCAÇÃO SEMIPRESENCIAL GRACILETE ELZA DA CONCEIÇÃO CALHAU L205.113.063 LEITURA MUSICAL GRAZIELA DA SILVA MOREIRA L205.113.061 ESPAÇO OLHAR DIGITAL GREGSON BARROS DA SILVA L205.115.070 MATEMÁTICA EM AÇÃO GUILHERMINA BORGES DE ARAUJO L205.115.307 MONITORIA: UM APRENDIZADO COLABORATIVO HELAINE CRISTINA RODRIGUES SCHWENCK L205.115.080 ALUNO COMPETENTE E TECNOLOGIA HELENICE BARBOSA DOS SANTOS L205.114.593 O TEATRO RESOLVE: REPRESENTAÇÃO, EXPRESSÃO E COMUNICAÇÃO HELENISE RODRIGUES DA COSTA L205.115.109 TRABALHOS AVALIATIVOS, REFLEXÕES: UMA PERSPECTIVA DE APRENDIZADO OU REPROVAÇÃO? HELOISA CONCEIÇÃO DOS SANTOS MACIEL L205.114.470 MEU LUGAR É NA ESCOLA HELOÍSA HELENA PEREIRA L205.115.175 A RECUPERAÇÃO DE ESTUDOS ATRAVÉS DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO HELOISE DOS SANTOS MAIA L205.116.047 O DESVELAMENTO DO TEATRO AUGUSTO BOAL: UMA CONTRIBUIÇÃO PARA A LÍNGUA PORTUGUESA HUDSON SILVA SANTOS L205.115.071 SALA DE LEITURA: UM RECURSO PARA A APRENDIZAGEM DA LÍNGUA PORTUGUESA HUMBERTO FERREIRA DA SILVA L205.115.308 CULTURA DA PAZ, CULTURA DO FELLINI IANÊ GARCIA DE ALMEIDA L205.115.072 INTERAGIR PARA AGIR IDALINA DA SILVA CLEMENTE L205.114.471 SALA DE RECURSOS IDEMILSON DA SILVA L205.115.073 DUTRA: UMA ESCOLA DE SUCESSO
  44. 44. 47 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro IGNEZ D’AVILA CONVEN L205.115.353 PRÉ-ENEM ÍLDICA SILVA GARCIA L205.113.062 LABORATÓRIO DE MATEMÁTICA ILMA BAPTISTA DE SOUZA L205.112.213 UM NOVO TEMPO: MONITORIA NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM NA ESCOLA ILMA COZENDEY SEPULVIDA MONTEIRO L205.113.247 FEITICEIROS DA LEITURA ILMAR BRAZ L205.116.018 A INFORMÁTICA COMO INSTRUMENTO DE APRENDIZAGEM ILTON SAMPAIO DE ARAUJO L205.115.110 APRENDENDO COM A SÉTIMA ARTE ILZA DOS SANTOS L205.113.064 SALA DE INFORMÁTICA EDUCATIVA INALDA DINIZ DOS SANTOS L205.116.150 UMA QUADRA PARA A ESCOLA ISABEL CRISTINA ALVES DE CASTRO GUIDÃO L205.115.111 CAFÉ LITERÁRIO: UM PROJETO INTERDISCIPLINAR ISABELA MARIA SIGGELKOW DE ALMEIDA L205.113.248 LABRORATÓRIO DE BIOLOGIA VEGETAL ISADORA RAINHA DE CASTRO L205.113.065 MUCHO GUSTO! BEM VINDO AO MUNDO HISPÂNICO ISALIRA RAMOS FRANCO GUIMARAES GOMES L205.115.164 NAS ONDAS DA LEITURA ISAURA CONSTÂNCIA DO RÊGO L205.114.703 TRABALHANDONA FRONTEIRAESCOLA- COMUNIDADE ITALA VALERIA DEL GIUDICE DOS SANTOS L205.113.066 ESCOLA NOSSA IURI RIBEIRO FELICIANO SUHETT L205.116.049 CONHECENDO A COMUNIDADE IVOLANDA MAGALI RODRIGUES DA SILVA L205.116.050 A CASA DE VEGETAÇÃO COMO ESPAÇO DIALÓGICO-METODOLÓGICO IVY MACHADO DE MOURA E SOUZA L205.115.346 EDUCAÇÃO FORA DA CAIXA IZABEL CRISTINA DE LIMA RAMOS DORNELAS L205.115.074 CONTEXTUALIZANDO A MATEMÁTICA NO MUNDO DAS “ARTES” IZABEL MARIA BRITO TOLEDO L205.112.053 A TEORIA E A PRÁTICA – JUNTO E MISTURADO IZAN MASCARENHAS SILVA JUNIOR L205.116.051 MUDANDO A REALIDADE ESCOLAR A PARTIR DA INFOCRACIA JACKELINE DE FREITAS BAPTISTA L205.113.251 VIVENCIANDO A TEORIA JACQUELINE DE JESUS CAMPOS SOUZA L205.116.052 NUVENS DO SABER JACQUELINE RIBEIRO CABRAL L205.113.067 “CAFÉ LITERÁRIO NO CIEP 259” JACQUELINE SÁ MUYLAERT L205.116.061 LABORATÓRIO DIDÁTICO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA JACQUELINE SCHMIDT ALVES GARCIA L205.115.165 FEIRA LITERÁRIA JACQUELINE SILVA DOS SANTOS FERREIRA L205.115.166 QUEM PLANTA IDEIAS, COLHE FRUTOS. JACQUELINE XAVIER STEIN L205.115.075 BAIXO NÍVEL DE APROVEITAMENTO NA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA JAILSON RODRIGUES SIMAS L205.115.077 SALA DE LEITURA: APRENDER E (ES)COLHER... JALDETE SANTOS MOURA L205.115.078 RESSIGNIFICANDO O TEMPO PEDAGÓGICO EM UM CENTRO DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS JÂNAINA FRANÇA DA SILVA L205.115.124 DE OLHO NO FUTURO: LEITURA E TECNOLOGIA JANE MARIA VIMERCATE L205.115.313 O ENEM COMEÇA AGORA JANE RODRIGUES CHAMSIM L205.113.069 SALAS AMBIENTAIS JANE SILVA CHAGAS L205.115.167 PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA FRANCESA: A IMPORTÂNCIA DA LÍNGUA PORTUGUESA NO APRENDIZADO JANE STELLA SOUZA DE SIQUEIRA L205.115.081 O EFEITO DA INFREQUÊNCIA NA APRENDIZAGEM JANETE CABRAL DA SILVA LIMA L205.114.704 REPENSANDO O “APRENDER”
  45. 45. 48 MBA Gestão Empreendedora - Educação JANETE MARIA NUNES DA SILVA L205.114.604 ESPAÇO CULTURAL-CAMINHO DO MEIO JANIA CRISTINA DA SILVA SOARES L205.114.474 ABSENTEÍSMO DISCENTE JANINE MELLO PIRES L205.113.253 LABORATÓRIOS TECNOLÓGICOS: UMA NOVA VISÃO DE APRENDIZAGEM JAQUELINE BARCELLOS DA ROCHA L205.112.214 ARTESANATO NA ESCOLA EM PRINCÍPIO DE EMPREENDEDORISMO JAQUELINE CALDAS VIANNA L205.115.082 TEATRO COMO ENSINO-APRENDIZAGEM JAQUELINE DA COSTA VELHO RANGEL ROSA L205.114.475 JORNAL ESCOLAR: AS MÍDIAS COMO INSTRUMENTOS DE APRENDIZAGEM JAQUELINE GOMES ALVES L205.116.167   JARANEY CAMACHO PEREIRA L205.116.062 ORIENTAÇÃO SEXUAL “UMA ESCOLA NA DIVERSIDADE” JARBAS CORREA DA SILVA JUNIOR L205.112.055 SALA MULTIMÍDIA, EM BUSCA DA APRENDIZAGEM JEANE CRISTINA DUARTE PINTO L205.115.355 JOGOS NO ENSINO DE MATEMÁTICA JEANI CARVALHO COUTINHO FALCÃO L205.116.063 ESCOLA E FAMÍLIA: UMA PARCERIA DE SUCESSO JECILDA MARIA NICODEMOS DE PAIVA L205.115.338 PIDE: PROJETO DE INICIAÇÃO DESPORTIVA JEFFERSON ALBERNAZ L205.115.083 DEPENDÊNCIA ONLINE JOANA D’ARC DE MATOS L205.113.070 RECUPERAÇÃO PARALELA EM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM JOANA PASSOMIDES RODRIGUES L205.114.476 COMBATENDO A EVASÃO ESCOLAR NO ENSINO MÉDIO NOTURNO JOÃO ABELAR TEIXEIRA L205.114.543 GANHANDO ASAS JOÃO CARLOS ROCHA DE LIMA L205.112.279 CURSO DE MONITORIA: APRENDENDO A ENSINAR JOÃO GILBERTO OLIVEIRA DE JESUS L205.115.094 LENDO E REVIVENDO JOÃO LUCIANO CARNEIRO DA SILVA L205.115.169 EDUCAÇÃO CONTINUADA JOAO PAULO DE OLIVEIRA FARIA L205.113.254 COMUNICAÇÃO DE SERVIÇOS: UMA INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA JOÃO PAULO MOREIRA NASCIMENTO L205.115.275 GET UP - GESTÃO DE EDUCAÇÃO E TALENTOS COM URGÊNCIA E PRECISÃO JOÃO QUERINO DOS SANTOS NETTO L205.114.477 PLENO DESEMPENHO JOAQUIM HORACIO DE SOUZA FILHO L205.112.056 CASA DA MÃE PRESENTE: FORMA PRAZEROSA DE BUSCAR O CONHECIMENTO JUNTO AOS SEUS FILHOS JOELMA DOS REIS THEMOTEO L205.115.112 SUCATA E MATEMÁTICA JOELMA VIEIRA DA SILVA SOUZA L205.115.085 ACESSO PARA TODOS JONATHAN LIMA ANGELO L205.116.152 RENDIMENTO INSATISFATÓRIO NA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA JORGE ANTONIO PAES LOPES L205.112.280 SÁBADOS LETIVOS TEMÁTICOS JORGE CESAR FERREIRA L205.114.567 IMPLANTAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE SALA DE LEITURA JORGE LUIZ DE AZEVEDO CHRISTIANES L205.114.536 APRENDIZAGEM ON LINE JORGE LUIZ NEVES DE OLIVEIRA L205.115.086 VÍDEO AULAS: CRIAÇÃO DE ESTÚDIO DE GRAVAÇÃO DE VÍDEO AULAS DAS DISCIPLINAS DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA JOSE AMBROSIO DOS SANTOS L205.113.072 MAIS IDEB JOSÉ LIMA GOLOBERTO L205.115.361 DEPENDÊNCIA DIGITAL JOSÉ MEDEIROS DE PAULA L205.112.259 O USO DE NOVAS TECNOLOGIAS NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO
  46. 46. 49 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro JOSÉ NILDO ONOFRE DE AMORIM L205.116.153   JOSÉ PEREIRA LIMA DA COSTA NETO L205.114.479 BALANÇO MAS NÃO CAIO! JOSÉ PEREIRA LIMA FILHO L205.113.075 OFICINA CRIATIVA: “CONSTRUINDO UM NOVO ESPAÇO DO SABER” JOSELI RAMOS PONTES L205.114.694 LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS -ULTRAPASSANDO BARREIRAS JOSELITO CUMIAL DAS CHAGAS L205.115.087 TRANSFORMANDO INFORMAÇÃO EM CONHECIMENTO JOSEMAR DE OLIVEIRA SOUTO JÚNIOR L205.115.088 O PAPEL DO CE SENADOR SÁ TINOCO NA INSERÇÃO DOS ESTUDANTES AO MERCADO DE TRABALHO JOSIANE KNUST SAMPAIO L205.113.449 MONITORIA POSITIVA JOSIANE OLIVEIRA DE SOUZA L205.115.362 UMA ESCOLA PARA TODOS JOSILENE SOARES CONCOLE L205.113.076 SUPERAÇÃO JOYCE VASCONCELLOS RODRIGUES L205.116.064 APRENDIZAGEM EM SINTONIA COM O SÉCULO 21 JUCIEDA RODRIGUES DOS SANTOS RAMOS L205.113.077 MÚSICA NO IERP: UM NOVO JEITO DE APRENDER COM SUCESSO JUCILÉA LOPES CARVALHO L205.114.480 MOEDA BRA$EAL JÚLIA ANDRÉA DOS SANTOS DE MORAES L205.115.170 ELIMINANDO LACUNAS MATEMÁTICAS JULIANA CRISTINA FRANÇA DOS SANTOS L205.113.078 MERGULHANDO NO UNIVERSO DA LEITURA JULIANA LOPES GASPAR L205.116.065 LABORATÓRIO MÓVEL DE INFORMÁTICA: VIAJANDO E AMPLIANDO O CONHECIMENTO ATRAVÉS DA TECNOLOGIA JULIANA OLIVEIRA DOS SANTOS L205.115.310 INTEGRAR E INOVAR PARA MELHOR ENSINAR JULIANA PEIXOTO COSTA MARQUES L205.112.057 REFORÇO ESCOLAR – FERRAMENTA PARA MINIMIZAR A DEFASAGEM DE APRENDIZAGEM JULIANA PINHEIRO FREITAS L205.113.079 MELHORANDO O DESEMPENHO NAS AVALIÇÕES EXTERNAS JULIANA SERAFIM DA SILVA LIMA SILVEIRA L205.116.066 EDUCAÇÃO INTEGRAL: INOVANDO COM A TECNOLOGIA JULIO CESAR AMARO DE ALBUQUERQUE L205.115.331 CIEP 195 ANÍBAL MACHADO PROJETO TRANSFORMANDO VIDAS, PARA TRANSFORMAR UMA REALIDADE. JULIO COSME FRANCISCO L205.114.481 O USO DE ESTRATÉGIASALTERNATIVAS NA NEJA JULIO EUGENIO CAMARA MOURA COSTA L205.112.058 O USO DE MONITORIA NO REFORÇO ESCOLAR JULZELIA NORONHA DA SILVA SOUSA L205.114.566 HORA DA VITÓRIA! JUPIACIARA DOS SANTOS MATTOS L205.115.095 CARRINHOS DA APRENDIZAGEM JUSSARA MAURICIO ROSA L205.114.605 LABORATÓRIO DE QUÍMICA ALTERNATIVO KARLA CRISTINA COELHO CORRÊA L205.114.528 BIBLIOTECA VIVA, VIVA A BIBLIOTECA KARLA VERONICA LOPES DE ANDRDE L205.114.482 OFICINAS EM AÇÃO KARYN SILVA LIMA L205.112.059 COMPLEMENTAÇÃO PROFISSIONAL - TÉCNICO EM ANÁLISES QUÍMICAS KÁTIA BITTENCOURT MARTINS L205.115.125 BIBLIOTECA ESPAÇO CASA COMUM KÁTIA BONFIM FERNANDES BATISTA L205.116.067 A QUADRA ESPORTIVA COMO INSTRUMENTO DE INTEGRAÇÃO KATIA CRISTINA VANFFOSSEN L205.116.068 DIVERSIDADE E INOVAÇÃO:RESGATE DA IDENTIDADE ESCOLAR KATIA DOS SANTOS SOUZA L205.113.080 REVITALIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS (BIOLOGIA, FÍSICA E QUÍMICA) DO COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR CLÓVIS MONTEIRO
  47. 47. 50 MBA Gestão Empreendedora - Educação KATIA ISABEL DE LIMA COSTA L205.112.271 XADREZ, UM ATALHO PARA APRENDIZAGEM KATIA TEREZA DONATO L205.115.171 APRENDENDO MATEMÁTICA NO MUNDO VIRTUAL KATIUSCIA RANGEL DE PAULA L205.115.096 MATEMÁTICA 360º KEILA ALVES SIQUEIRA L205.113.258 UM AMBIENTE INOVADOR KELLY CRISTINA DE OLIVEIRA ANDRADE L205.112.299 META: QUAL É A SUA? KELLY SANTOS PEREIRA L205.116.069 CONSTRUÇÃO DE UM ESPAÇO COMPLEMENTAR DE ENSINO E CONVIVÊNCIA: UMA OPORTUNIDADE PARA CONVIVER E APRENDER KEZIA SOARES DE SOUZA L205.112.060 PLANO DE ESTUDOS NA WEB – EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA KISHNORAY LOPES DA SILVA L205.115.311 A HORA DA LEITURA NA ESCOLA DE EJA; UMA VIA DE MÃO DUPLA LADI CAMPOS DE SOUZA L205.113.081 AULA VAGA? TÔ FORA! LAICE RODRIGUES ALVES DE SOUZA L205.115.176 LINGUAGEM,LÓGICA,AÇÃO LÂNIA RÉGIA ALVES  - PROJETO PRE-VEST LAURILENA DE ALMEIDA SILVA L205.115.090 CARRINHO DA LEITURA LEANDRO NUNES RIBEIRO L205.114.594 EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA LEANDRO TIMOTHEO MUNIZ L205.115.091 A LEITURA NO MUNDO DA VIDA LEDIMAR PEREIRA DE PINHO DE SOUZA L205.115.332 MELHORIA DA APRENDIZAGEM: UM SONHO POSSÍVEL LEIDIANE BARCELOS SANTOS L205.116.070 JOGOS 360º LEILA REGINA MEDEIROS BARTOLINI SILVA L205.115.092 TECNOLOGIA SUSTENTÁVEL E PROFICIÊNCIA LENI LANE LOTA KLANN L205.115.093 GESTÃO DA APRENDIZAGEM EFICAZ LENIZE REIS MACHADO ECCARD L205.115.126 PROFESSOR- PROFISSÃO DO FUTURO? LEONARDO BALUT LAGROTERRA L205.113.082 ESPORTE NA ESCOLA: UM SALTO PARA O FUTURO LEONARDO DOS SANTOS ARAUJO L205.115.312 APLICANDO A TEORIA DAS JANELAS QUEBRADAS AO AMBIENTE ESCOLAR LEONARDO VALENTE DA SILVA L205.112.061 EM BUSCA DE UMA EDUCAÇÃO SUSTENTÁVEL LICIO BOECHAT NUNES L205.112.282 SALA TEMÁTICA & LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS LÍDICE MAGNA ITAPEASSÚ BORGES L205.116.072 LEITURA EM AÇÃO LIENE DE MATTOS WERMELINGER L205.114.538 LEITURA DIVERTIDA LIGIA MOREIRA LEITE L205.114.483 DESVENDANDO O MUNDO DA LEITURA LILIAN ANDRADE MACEDO CHAVES L205.115.190 “CULTIVANDO SABERES COLHENDO CIDADÃOS” LILIAN BARBOSA ARNAUS L205.116.073 INCREMENTANDO OFERTA DA MODALIDADE NEJA LILIAN BONINI SOARES L205.112.062 FÍSICA & MATEMÁTICA: UM ENCONTRO NO AMBIENTE MIDIÁTICO LILIAN DE CARVALHO RIBEIRO L205.112.063 A VIRTUALIDADE COMO FERRAMENTA NO AUXÍLIO À PROGRESSÃO PARCIAL LILIAN MARIA PESSANHA DA ROCHA L205.115.172 PROJETO: SALA INTERATIVA DE MATEMÁTICA LILIANA NOGUEIRA BARRETO L205.113.085 VAMOS CRIAR LILIANE DA SILVA ALVES L205.115.341 REPENSANDO FAZERES, DESPERTANDO SABERES, FAZENDO A EDUCAÇÃO. LINNEIA BRITO DE MEDEIROS BRAVO L205.114.484 APROVAÇÃO TOTAL. NADA DE PROGRESSÃO PARCIAL LISANDRA DE ABREU NERY L205.113.086 SALA DO PROFESSOR
  48. 48. 51 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro LÍVIA MARIA DI STASIO SILVA L205.116.147 ESCOLA: LUGAR DE FAMÍLIA REUNIDA E ACOLHIDA LUCI KELLEN DUARTE LAPETER L205.115.173 MATEMATICANDO LUCIA CIPRIANO DA SILVA L205.113.088 CAPACITAR PARA MELHOR ENSINAR LUCIA DE JESUS DUARTE L205.112.283 AUTONOMIA PEDAGÓGICA POSSÍVEL: UMA PEDAGOGIA AFETIVA-COGNITIVA, INCLUSIVA, AUTONOMIA EM COMPANHIA... LUCIA HELENA ANDRADE CORREA L205.115.174 UMA ESCOLA RUMO AO FUTURO O DESAFIO JÁ COMEÇOU LÚCIA HELENA VALENTIM SOUZA L205.115.314 LENDO E APRENDENDO COM AS MÍDIAS LUCIA MARIA GONÇALVES DA CRUZ SANTOS L205.112.260 SALA MULTIMÍDIA: NOVAS TECNOLOGIAS PARA POTENCIALIZAR O ENSINO E A APRENDIZAGEM LÚCIA MIGUEL L205.115.191 UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO EDMODO POR PROFESSORES E ALUNOS DA EJA DO C.E. ALFREDO PUJOL, PARA MELHORIA DA PROEFICIÊNCIA EM MATEMÁTICA LUCIA SOARES TEIXEIRA L205.112.305 ESPAÇO ATRATIVO INTERDISCIPLINAR LUCIA TAVARES CARVALHO L205.113.286 SALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAL LUCIANA BACKER BOARETTO L205.114.705 ESCREVENDO PARA A VIDA LUCIANA CONCEIÇÃO PEREIRA DE SOUZA L205.114.485 “AMBIENTALIZAÇÃO DO ESPAÇO ESCOLAR” LUCIANA COSTA CARDOSO DIAS L205.115.372 REAVALIAÇÃO - SALA 1: SALA INTERATIVA E COM RECURSOS MULTIMÍDIAS LUCIANA DE ALMEIDA BRANCO CARMO L205.112.307 SALAS TEMATIZADAS, APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA LUCIANA DE AZEVEDO PEREIRA L205.115.177 O REPRESENTANTE DE TURMA E O SEU PAPEL NO SUCESSO DA CLASSE LUCIANA DE FIGUEIREDO SOUZA L205.115.178 DIVERTIDAMENTE TRAÇANDO SABERES DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA NUMA PERSPECTIVA LÚDICA E INTERDISCIPLINAR LUCIANA DE MEDEIROS FREITAS L205.115.179 LABORATÓRIO DE PESQUISA DIGITAL LUCIANA FIGUEREDO PIRES L205.112.284 REFORÇO DA APRENDIZAGEM: UMA PRÁTICA NECESSÁRIA NA ESCOLA LUCIANA MADUREIRA DA CUNHA L205.113.089 SAERJ GAME LUCIANA SANTOS VIANA L205.115.180 PROJETO OFICINA DE ARTE LUCIANA SILVA PARREIRAS L205.116.148 BIOLOGIA E NUTRIÇÃO – TORNANDO OS HÁBITOS ALIMENTARES MAIS SAUDÁVEIS LUCIANA SILVA PARREIRAS LUCIANE DE SOUZA MENEZES L205.114.487 INCLUSÃO LUCIANE PIRES FELIPE L205.115.256 CIEP 433- TOGO RENAN “KANELA” VER, OUVIR, COMER, CHEIRAR E TOCAR, OS SENTIDOS NO MUNDO DOS CONCEITOS LUCIANO DE ANDRADE ZEFERINO L205.114.488 SALA MULTIMÍDIA LUCIENE DA SILVA L205.115.181 PROJETO SER TOP, AÇÕES PARA SER, ESTAR E REALIZAR NA ESCOLA E NA SOCIEDADE LUCIENE OLIVEIRA DOS SANTOS L205.114.625 AVALIAÇÃO INTERDISCIPLINAR LUCIETTE DA SILVA PEREIRA L205.114.489 ¿VAMOS A JUGAR? LUCIMAR RODRIGUES L205.116.075 ESCOLA: UM ESPAÇO DE VIDA LUDIANA SOARES DA SILVA L205.112.064 IMPLEMENTAÇÃO DE LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA LUÍS ANTONIO RUFINO L205.115.182 SALAS DIGITAIS TEMÁTICAS E ENSINO INTEGRADOR
  49. 49. 52 MBA Gestão Empreendedora - Educação LUIS AUGUSTO RODRIGUES SILVA L205.112.215 MONITORAMENTO DA FREQUÊNCIA DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO LUIS OTAVIO DE ALMEIDA LEMGRUBER L205.112.216 BIBLIOTECA EM AÇÃO LUÍSA HELENA DO NASCIMENTO L205.114.490 CEAV AÇÃO: PROTAGONISTA É O ALUNO LUIZ ANTIOGENES GALVÃO L205.116.076 SALA MULTIMÍDIA NO COMBATE À INFREQUÊNCIA LUIZ ANTONIO DA SILVA CAVALHEIRO L205.112.065 ESCOLA E FAMÍLIA: PARCERIA DE SUCESSO LUIZ ANTONIO MORAIS BOMFIM L205.115.184 SIMULANDO O FUTURO LUIZ MAGNO NUNES DE SOUZA L205.115.185 ESCOLA PARA TODOS LUIZETE PEREIRA DE CARVALHO L205.113.090 HORTA ESCOLAR LUZIA DA PENHA CARVALHO BRAGA L205.113.091 PROJETO: A VOLTA DO COORDENADOR DE ÁREA: “UM NOVO SIGNIFICADO PARA A APRENDIZAGEM MAGALI ALVES BEZERRA L205.115.192 O USO DA TECNOLOGIA COMO FACILITADORA DA APRENDIZAGEM DO ALUNO NA ESCOLA MAGALI DE SOUZA BULLE DE SOUZA L205.114.491 ∑@T3MÁT1C4 S1GN1F1C4T1V@ NO NEY MAGALI GONÇALVES CARDOZO L205.113.092 FAMÍLIA NA ESCOLA MAGDA CAETANO GONÇALVES L205.112.302 MATEMÁTICA SEM BARREIRAS MAGNA ALMEIDA DE SOUZA L205.115.316 PROCESSO DE ENSINO. APRENDIZAGEM RESPONSABILIDADE DE TODOS MAÍSA SANTOS SILVA DE ARAÚJO L205.113.287 LER É VIAJAR SEM TIRAR OS PÉS DO CHÃO MALBIA DOS SANTOS DOMICIANO LACERDA L205.113.093 INOVAR PARA TRANSFORMAR DE FORMA MULTIDISCIPLINAR MARA DE SOUZA E SILVA L205.113.094 “CAPACITAR PROFESSORES COM ENFOQUE NA PRÁTICA” MARA KELE DA CUNHA COELHO L205.113.095 HORTA INTERDISCIPLINAR MARCELLA PANCOTE SALLES LORETTI L205.115.199 PROJETO DE MONITORIA UM NOVO OLHAR SOBRE A DIFICULDADE DA APRENDIZAGEM MARCELLO FREIRE L205.113.096 IMPORTÂNCIA DO LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS FÍSICAS - BIOLÓGICAS E QUÍMICA NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM MARCELO CASTRO E SILVA BELFORT L205.113.097 EDUCAÇÃO COM “PROTAGONISMOS”: PARA UM AMADURECIMENTO DO ALUNO COM INTELIGÊNCIA E RESPONSABILIDADE MARCELO DA COSTA CARVALHO L205.114.492 MÍDIA PARA TODOS MARCELO DA MOTTA MENDONCA L205.112.272 LEITURA: CONSTRUÇÃO E LIBERTAÇÃO MARCELO DOS SANTOS DE SOUZA L205.113.098 PROJETO INTERAÇÃO MULTIDISCIPLINAR MARCELO DOS SANTOS GAMA L205.116.078 AMBIENTE DE TRABALHO MULTIDISCIPLINAR MARCIA APARECIDA DE CASTRO REZENDE PESTANA L205.113.099 FLUXO ESCOLAR – AUMENTAR A APROVAÇÃO E DIMINUIR A REPROVAÇÃO: EIS A QUESTÃO… MARCIA BARBOSA RODRIGUES L205.113.288 CIÊNCIA VIVA MARCIA CARDOSO DE CARDOSO L205.115.373 COMPETÊNCIAS PARA A VIDA MARCIA CRISTINA BRAHIM DA SILVA JUNQUEIRO L205.115.186 O PROTAGONISMO JUVENIL NA CONSTRUÇÃO DE UMA ESCOLA DE QUALIDADE MARCIA CRISTINA GONÇALVES MORAES REIS L205.116.141 ESCOLA DE PAIS MARCIA CRISTINA SIQUEIRA L205.116.079 FÍSICA NA PRÁTICA MARCIA FERRAZ DA SILVA BRITO L205.112.066 EU CONTO, VOCÊ CONTA, NÓS CONTAMOS: MULTIPLICANDO LEITORES MARCIA GLORIA LIMA DE SOUZA L205.113.101 PLUGADO NO CEJA MARCIA HALLIDAY SANTANNA L205.113.102 PROJETO 100% DIGITAL MARCIA MARAVILHAS L205.112.067 FEIRA INTEGRADA
  50. 50. 53 RELATÓRIO FINAL Rio de Janeiro MÁRCIA MARILIA DA SILVA DOS SANTOS L205.114.493 PROJETO VÍDEO MÁRCIA MARINHO DANIELLI L205.115.200 ESPAÇO ALTAS HABILIDADES #PARTIUSALADEACELERAÇÃO MARCIA REGINA CAMPOS DE ALMEIDA L205.116.144 IMPLANTAÇÃO DAS SALAS TEMÁTICAS MÁRCIA REGINA RIBEIRO DA CRUZ SILVA L205.115.321 O LABORATÓRIO DE MATEMÁTICA: UMA INOVAÇÃO PARA O SUCESSO ESCOLAR MARCIA RIBEIRO DE PAIVA L205.112.294 CIRANDA DA MATEMÁTICA MÁRCIA SOARES DE OLIVEIRA L205.115.365 UTILIZAÇÃO E APRIMORAMENTO DA TECNOLOGIA NO AMBIENTE ESCOLAR MÁRCIA VALÉRIA DA SILVA TELES L205.114.654 DESA: O IMPACTO DA SUSTENTABILIDADE NA EDUCAÇÃO MARCIO AUGUSTO SILVA DE ARAUJO L205.113.104 CLASSES INTERATIVAS - UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA MÁRCIO DA SILVA DE LIMA L205.116.080 AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA COM ÊNFASE NOS RESULTADOS MARCIO HENRIQUES FONSECA L205.115;388 AVALIAÇÕES INTERDISCIPLINARES MÁRCIO RIBEIRO ANDRÉ L205.115.201 DESMISTIFICANDO A MATEMÁTICA MARCIUS CLAYTON PINHEIRO VIEIRA L205.116.081 ESCOLA SEM PAPEL MARCO ANTONIO MUNIZ Y ROSADO L205.112.068 TESTES INTEGRADOS EM UM COLÉGIO PÚBLICO MARCO AURELIO GOMES FERREIRA L205.112.069 BIBLIOTECA NA ESCOLA MARCOS ANTONIO DINIZ L205.113.183 TENDA DOS DESAFIOS MARCOS ANTÔNIO MONTEIRO L205.115.187 REATIVAÇÃO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA COM O OBJETIVO DE AUXILIAR A APRENDIZAGEM INTERDISCIPLINAR MARCOS AURELIO CORRÊA DA SILVA L205.116.082 REINVENTANDO-SE COM A LEITURA MARCOS DE OLIVEIRA ROCHA L205.115.127 SALA DE MULTIMÍDIA. AÇÃO INOVADORA PARA A APRENDIZAGEM MARCOS EXPEDITO PAIXÃO L205.112.071 PREPARAÇÃO PARA O TRABALHO MARCOS FREITAS C DE ALBUQUERQUE L205.113.105 EDUCAÇÃO DE QUALIDADE: REPENSANDO O SABER. MARGARETE MONTEIRO PINTO L205.113.106 POR UMA ESCOLA DE QUALIDADE MARGARETH MICAS JARDIM MARIANO L205.113.108 MARGARETH MICAS JARDIM MARIANO MARGARETH PERNE PAIVA L205.113.109 ATENÇÃO ALUNOS! MARIA ANGELICA DE ALMEIDA MATTOS L205.112.072 CONHECENDO O NOSSO RIO DE JANEIRO MARIA ANGÉLICA DE AZEREDO CALÁBRIA L205.114.657 PATRULHA DO ALMIRANTE MARIA ANGÉLICA PINHEIRO RAYOL SILVEIRA L205.116.083 VIVA AS CIÊNCIAS MARIA ANGELICA SOARES SILVA L205.115.188 SE LIGA NA MISSÃO- TUTORIA MARIA ANGELICA VIEIRA DE OLIVEIRA L205.115.342 AVALIAÇÃO: BOM FLUXO É SINÔNIMO DE BONS RESULTADOS? MARIA APARECIDA DA CONCEIÇÃO THIAGO L205.114.695 RESSIGNIFICANDO A APRENDIZAGEM MARIA APARECIDA DA SILVA L205.112.073 SALA DO FUTURO MARIA APARECIDA DE OLIVEIRA ROCHA L205.114.495 JOVENS EM AÇÃO. COM MARIA APARECIDA EVANGELISTA BITTENCOURT L205.115.189 MÍDIAS DIGITAIS COMO SUPORTE PARA A APRENDIZAGEM MARIA APARECIDA RAVONI MASSA L205.115.254 LENDO E ENTENDENDO MARIA BETHANIA FERREIRA LOPES L205.113.110 SALA VIRTUAL MARIA CANDIDA TINOCO TRINDADE SOARES L205.115.318 EDUCAÇÃO INOVADORA: DESAFIOS E POSSIBILIDADES PARA A FORMAÇÃO DO ALUNO DO SÉCULO XXI

×