Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Sessão Científica Bolsista Juliana Campos - 2014.2

261 views

Published on

Artigo Consultado: Anatomy-based image processing analysis of the running pattern of the perioral artery for minimally invasive surgery.

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Sessão Científica Bolsista Juliana Campos - 2014.2

  1. 1. Anatomy-based image processing analysis of the running pattern of the perioral artery for minimally invasive surgery Sang-Hee Lee a, Minho Lee b, Hee-Jin Kima Sang-Hee et. al., Anatomy-based image processing analysis of the running pattern of the perioral artery for minimally invasive surgery. British Journal of Oral and Maxillofacial Surgery 52 (2014) 688–692. Bolsista: Juliana Campos
  2. 2. Análise do processamento de imagem com base na Anatomia do percurso da artéria perioral para cirurgias minimamente invasivas Sang-Hee Lee a, Minho Lee b, Hee-Jin Kima Sang-Hee et. al., Anatomy-based image processing analysis of the running pattern of the perioral artery for minimally invasive surgery. British Journal of Oral and Maxillofacial Surgery 52 (2014) 688–692. Bolsista: Juliana Campos
  3. 3. A região perioral é complexa, com anatomia superficial e estruturas profundas (como vascularização, inervação, arcabouço ósseo, muscular, dentes e gorduras) intimamente relacionadas e de fundamental importância. Artéria Carótida Comum → Artéria Carótida Externa → Artéria Facial → Artéria Perioral
  4. 4. Já Pinar et. al., 2005, classificaram o percurso perioral da artéria facial como: angular (22%) , nasal (60%) , alar (12%), labial superior (4%), e hipoplásica (2%) em 25 cadáveres turcos. A manipulação cirúrgica descuidada diante da artéria perioral pode resultar em complicações vasculares como a necrose do lábio e aro alar. Koh et al., 2003, classificaram baseados em 47 cadáveres Koreanos 6 padrões anatômicos: testa (4%) , angular (36%) , nasal (44%) , alar (3%) , labial superior (7%) e labial inferior (6%).
  5. 5. Estudo baseado em descrições anatômicas de áreas adjacentes como ponto referencial. São essas: Músculo Bucinador Modíolo Comissura Labial
  6. 6. A linha reta que liga a margem da mandíbula, e os pontos de ramificação foi definida como a linha perioral.
  7. 7. Cada curva foi descrita como uma matriz. Foi analisada a densidade relativa de cada pixel pela adição de todas as matrizes e contando a sobreposição de cada posição. MATLAB MathWorks, Natick, MA, USA.
  8. 8. O curso de execução da artéria perioral tem dois padrões nesse estudo: Oblíquia 78% Vertical 22%
  9. 9. A localização do ponto R foi significativamente diferente nos dois padrões encontrados. A artéria perioral demonstrou que sua ramificação labial superior é a mais divergente. A localização da artéria labial inferior foi similar em ambos os casos. A principal diferença entre os dois padrões de funcionamento de artéria perioral era o local do ponto de ramificação do ramo alar da artéria labial superior.
  10. 10. Há um pulso facial que pode ser palpado no ponto FE, e o ponto R pode ser identificado como o ponto ao lado da ala do nariz. No padrão oblíquo está dentro da inflexão superior da artéria facial no lábio superior ao nível do terço inferior do lábio superior, enquanto que o padrão vertical é na fronteira do vermelhão do lábio superior sob a ala do nariz.
  11. 11. Exame da área de distribuição da artéria perioral usando um processamento de imagem recentemente desenvolvido com um protocolo em que as imagens dimensionais são digitalizadas para matrizes de formulário de comprimento binário. A ciência da imaginologia médica está fazendo um grande progresso e é possível adquirir coordenadas multidimensionais de várias estruturas anatômicas. Utilidade em tratamentos cirúrgicos e tem o potencial para ser útil em diversas áreas de pesquisa.

×