Apoio associação agricultores

791 views

Published on

Published in: News & Politics
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
791
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
603
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apoio associação agricultores

  1. 1. Assembleia Legislativa do Estado da Bahia Gabinete da Deputada Estadual Ângela Sousa (PSD) 030/2014 Data: 16.06.14 Associação de Pequenos Agricultores reafirma apoio à deputada Ângela Sousa Diretores e membros da Associação dos Pequenos Agricultores de Ilhéus, Una, Buerarema e São José da Vitória reafirmaram o apoio à reeleição da deputada estadual Ângela Sousa (PSD), por entender que a parlamentar tem sido atuante, defensora dos interesses do povo da Bahia e, principalmente, por estar na luta, desde o início da batalha, contra a demarcação de terras no Sul da Bahia. De acordo com diretores da Associação, a deputada estadual Ângela Sousa tem sido a única parlamentar na Assembleia Legislativa da Bahia que tem se engajado nessa luta para que os pequenos agricultores possam continuar em suas propriedades, garantindo o sustento de suas famílias e produzindo alimentos para abastecer a região. O presidente da Associação dos Pequenos Agricultores de Ilhéus, Una, Buerarema e São José da Vitória, Abiel Silva, reconheceu o trabalho da deputada estadual Ângela Sousa e assegurou que a parlamentar esteve presente em todos os movimentos, reuniões e sessões realizadas para discutir a questão da demarcação de terras, sendo uma voz dos pequenos agricultores nessa luta para garantir a propriedade dos pequenos agricultores e estabelecer a paz na região. Por esse motivo ele defende que é preciso renovar o mandato da deputada Ângela Sousa para que essa voz possa continuar em defesa não somente dos pequenos agricultores, mas de toda a região. Em reunião realizada recentemente em Buerarema, membros da Associação dos Pequenos Agricultores afirmaram que nesse período de eleição é comum encontrar candidatos que apareçam se colocando como defensores das causas dos produtores, mas alertam que é preciso estar atento e reconhecer o trabalho de quem verdadeiramente está nessa batalha contra a demarcação. “Todo apoio é bem vindo, se soma à essa luta, mas não podemos esquecer e deixar de apoiar aqueles que desde o início foram para a frente, encamparam essa defesa e mostraram que estão do nosso lado. E a deputada estadual Ângela Sousa é a nossa representante, por isso é que estaremos juntos para renovar o seu mandato. É uma questão de justiça e gratidão”, afirmaram os pequenos agricultores. A deputada estadual Ângela Sousa agradeceu pelo apoio e explicou que o conflito gerado pelo processo de demarcação, retirando mais de 47 mil hectares de terras produtivas dos pequenos agricultores para entregar a supostos índios, é um problema de toda a região, daí a necessidade também do envolvimento de toda a comunidade regional, incluindo prefeituras desses municípios, câmaras de vereadores, órgãos, associações, entidades e clubes de serviços. “Não podemos estar nessa luta sozinhos”. De acordo com a deputada, desde o ano de 2008 que vem alertando os governos para esse conflito e como nenhuma ação mais eficaz foi realizada, a situação foi se agravando, com o registro de mortes e com inúmeros casos de pequenos produtores que tiveram suas terras invadidas, foram expulsos de suas propriedades, sendo
  2. 2. espancados e humilhados. Nesse período a deputada realizou sessão especial na Assembleia Legislativa, promoveu reuniões com o governador Jaques Wagner, com secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos da Bahia e com o Ministro da Justiça na tentativa de buscar uma solução para esse problema. Ângela Sousa também participou de todos os movimentos, caminhadas, protestos, reuniões e sessões em Brasília para discutir o problema. “A luta precisa continuar. É preciso respeitar os direitos de mais de 20 mil famílias das regiões de Una, Ilhéus, Buerarema e São José que hoje vivem da agricultura familiar e que podem perder suas propriedades, fruto das mãos calejadas de uma vida inteira de suor e trabalho”, complementou a deputada estadual. Ângela Sousa conclamou toda a comunidade regional para que entre na luta junto com os deputados federais e senadores para que seja aprovada a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 215 que atribui ao Congresso Nacional a competência exclusiva para aprovar a demarcação das terras tradicionalmente pelos índios e ratificar as demarcações já homologadas.

×