ITEM

ETAPAS DA ATIVIDADE

00

Da
responsabilidade
dos
Gestores,
Supervisores
e
Lideranças
responsáveis pela
execução
das
...
ITEM

ETAPAS DA ATIVIDADE

01

Divulgar a APR e Instruir
todos os colaboradores sobre
a atividade / Área de
Trabalho.

PER...
02

Movimentação de pessoal,
ferramentas e materiais.

2.1- Queda do mesmo
nível;
2.2 - Esforço físico,
postura inadequada...
03

04

Movimentação de
equipamentos (guindaste
/munck/ PTA) até a frente de
serviço.

3.1 – Atropelamentos;

3.1.1 – Feri...
5.4 – Impacto sofrido
por pessoa;

5.5 – Prensagens de
membros;

06

Descarga de material com
auxilio de caminhão munck /
...
06
Descarga de material com
auxilio de caminhão munck /
guindaste (Içamentos de
carga). (cont.)

pessoa na carroceria ou l...
7.5.1 - Irritação ou lesão
ocular;

de uma área para outra.
7.5 – Projeções de
7.5.1.1 - Fazer uso de óculos de segurança ...
Apr 003  rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente

17,274 views

Published on

Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente

  1. 1. ITEM ETAPAS DA ATIVIDADE 00 Da responsabilidade dos Gestores, Supervisores e Lideranças responsáveis pela execução das atividades. (Empresas Prestadoras de Serviços - EPS´s) PERIGOS / RISCOS - Incidentes / Acidentes CONSEQUENCIAS - Dano pessoal (leve médio e grave); - Dano material; - Dano Ambiental; - Paralização / Interdição da atividade. RESPONSABILIDADES DOS GESTORES, SUPERVISORES E LÍDERES DE EXECUÇÃO DAS ATIVIDADES: - Não permitir o início de qualquer atividade sem a confecção, análise e liberação da documentação de SSMA pelo SESMT AKZO ou designada, necessária para a execução das atividades; - Fornecer todas as informações sobre as etapas de realização das atividades, sobre as ferramentas utilizadas, sobre as máquinas e equipamentos utilizados, etc. e o processo de execução das atividades, que estão indicadas nesta APR e demais documentos de SSMA; - Garantir que todos os envolvidos na execução das atividades, tenham conhecimento de todos os riscos, cuidados e medidas preventivas elencadas nos documentos de SSMA. - Não permitir execução de atividades não descritas nos documentos de SSMA; - Não permitir a adaptação de ferramentas de trabalho; - Usar de todos os recursos para a prevenção de acidentes/incidentes e adequação de áreas; - Usar e fazer usar todos os EPI´s e EPC´s exigidos e adequados à execução das atividades; - Coletar, classificar, segregar e descartar todos os resíduos gerados pela execução das atividades; - Paralisar imediatamente qualquer atividade que não estiver elencada nos documentos de SSMA, como também, burlar qualquer procedimento e normas de SSMA; - Garantir que todos os envolvidos cumpram todos os procedimentos de SSMA; - Responder Civil, Criminal e Administrativamente, por quebra de algumas dessas medidas preventivas expostas acima, bem como quebra dos demais procedimentos, normas e leis pertinentes e vigentes no ordenamento jurídico.
  2. 2. ITEM ETAPAS DA ATIVIDADE 01 Divulgar a APR e Instruir todos os colaboradores sobre a atividade / Área de Trabalho. PERIGOS / RISCOS 1.1 Profissionais não terem conhecimento das atividades. CONSEQUENCIAS 1.1.1- Atraso no desenvolvimento da tarefa, desperdício de material e perda de tempo. MEDIDAS PREVENTIVAS 1.1.1.1 Antes do inicio das atividades devera ser feito a divulgação da Analise Preliminar de Risco dando conhecimento aos envolvidos na atividade sobre os riscos inerentes a atividade. 1.1.1.2 Instruí-los sobre os EPI’s necessários: Capacete de Segurança com jugular, calçado de segurança com palmilha e biqueira de aço, protetor auditivo tipo plug ou concha, óculos de segurança, e outros que julgarem necessários. 1.1.1.3 Não acessar as unidades operacionais da PLANTA QUIMICA sem autorização prévia.
  3. 3. 02 Movimentação de pessoal, ferramentas e materiais. 2.1- Queda do mesmo nível; 2.2 - Esforço físico, postura inadequada; 2.3 - Prensamento de membros; 2.4 - Radiação solar. 2.1.1 – Luxações, ferimentos diversos, 2.2.1 - Dores musculares, lombalgias. 2.3.1 – Cortes, esmagamentos de membros. 2.4.1 – Insolação, desidratação. 2.1.1.1 Redobrar a atenção durante a movimentação de materiais, verificando se o caminho esta obstruído; 2.1.1.2 Procurar andar com cuidado e observar se os pisos estão escorregadios, analisando a existência de buracos, saliências que possa a vir ocasionar acidente. 2.1.2.1 Sempre utilizar carinho de mão ou de quatro rodas para transportar cargas com peso superior a 23 Kg; 2.1.2.2 Manter a coluna sempre reta. Evitar permanecer por longo tempo em situação de postura desconfortável 2.3.1.1 Ao depositar materiais no chão coloque-os sobre calços de madeira, evitando o risco de prensagem de mãos e pé e facilitando o içamento caso seja necessário; 2.3.1.2 Os materiais devem ser armazenados e estocados de modo a não prejudicar a circulação de colaboradores e acesso aos respectivos equipamentos de combate a incêndio. 2.4.1.1 Tomar bastante agua e utilizar protetor solar.
  4. 4. 03 04 Movimentação de equipamentos (guindaste /munck/ PTA) até a frente de serviço. 3.1 – Atropelamentos; 3.1.1 – Ferimentos diversos, fraturas, lesões. 3.2 – Tombamento da máquina. 3.2.1 – Acidentes diversos, danos materiais. Isolamento e Sinalização 4.1 – Quedas de pessoa 4.1.1 – Entorses, luxações. de mesmo nível. 3.2 – Impacto sofrido por pessoa. 05 Carga/ descarga, transporte e 5.1 – Queda de armazenamento manual de material; materiais. 4.2.1 – Lesões, ferimentos. 5.1.1 – Ferimentos diversos, danos materiais; 5.2 – Queda de pessoa de mesmo nível; 5.2.1 - Luxações, entorses; 5.3 – Queda de pessoa de nível diferente; 5.3.1 – Fraturas, contusões; 3.1.1.1 – O operador do equipamento devera transitar sempre na velocidade máxima de 10 km/h. 3.1.1.2 – O equipamento devera ser dotado de sinais luminosos e dotado de sinal de ré. 3.2.1.1 – O operador devera sempre estar atento ao acessar as áreas, avaliando os locais antes de acessalos. 4.1.1.1 – Manter se atento na área de trabalho, observando se não há existência de buracos, saliências no piso ou se o mesmo não é escorregadio. 4.2.1.1 - Ter atenção redobrada ao movimenta-se com material/ferramentas próximo a terceiros, evitando atingi-los. 5.1.1.1 – Manter atenção redobrada durante carga e descarga manual dos materiais evitando deixar cair sobre colaboradores; realizar armazenamento de forma correta evitando assim o tombamento dos materiais. O local para armazenamento deverá possuir piso nivelado que permita o armazenamento seguro. 5.2.1.1 - Manter as passagens e acessos desobstruídos, evitando passar em locais escorregadios. Estar atento no ambiente de trabalho ao desloca se de uma área para outra. 5.3.1.1 – Fazer uso de cinto de segurança tipo PQD para trabalhos em altura. Quando proceder a
  5. 5. 5.4 – Impacto sofrido por pessoa; 5.5 – Prensagens de membros; 06 Descarga de material com auxilio de caminhão munck / guindaste (içamentos de carga). 5.4.1 – Escoriações, lesões. 5.5.1 – Esmagamento de membros. 6.1 – Içamento do material. 6.1.1 – Acidentes diversos. 6.2 – Tombamentos. 6.2.1 – Danos materiais, ferimentos. 6.3 – Atropelamento 6.3.1 – lesões, escoriações. 6.4 - Queda de pessoa de nível diferente. 6.4.1 – Fraturas, contusões. carga/descarga sobre a carroceria manter para não se desequilibrar ou enroscar luvas; 5.4.1.1 – Não realizar movimentos bruscos próximos a terceiros, mantendo total atenção durante toda atividade. 5.5.1.1 – Evitar expor os membros em locais de atrito ou prensagens. Calçar os materiais para não sofrer prensagens e facilitar a pega. 6.1.1.1 – Antes do inicio da atividade inspecionar as cintas, cabos de aço, estropos e manilhas, caso identifique alguma avaria descartar o material. O equipamento em geral devera ser inspecionado através de check list. 6.1.1.2 - Após prender a cinta ou cabos de aço no material a ser içado, só iniciar o içamento quando se certificar que todos estejam afastados do seu raio de ação. Deverá ser utilizada corda guia amarrada à carga para direcionamento da mesma 6.1.13 - Durante a realização de movimentação de cargas, não permitir a permanência de pessoas estranhas ao serviço ou mesmo sob carga suspensa. 6.2.1.1 – Realizar patolamento do caminhão munck sob prancha de madeira (calços) verificado quanto ao nivelamento do terreno e a instabilidade, isolamento da área. 6.3.1 – O caminhão devera ser dotado de alarme de ré, sempre transitar com faróis acessos e velocidade de 10km. 6.4.1.1 – Fazer uso de cinto de segurança tipo PQD. O caminhão deve ser equipado com guarda corpo, cabo guia (linha de vida) escada de acesso para carroceria. Não é permitida a movimentação do caminhão com
  6. 6. 06 Descarga de material com auxilio de caminhão munck / guindaste (Içamentos de carga). (cont.) pessoa na carroceria ou lança aberta. 6.5.1.1 – Fazer uso de protetor auricular tipo plug. 6.5 – Exposição a ruído. 6.5.1 – Perda auditiva. 6.5.1.2 – Para atividade de içamento de cargas acima de 5.000 toneladas com o guindaste ou de 4.000 toneladas com o munck somente será autorizada se a mesma apresentar plano de Rigger liberado pelos 6.6 – Falha mecânica/ 6.6.1 - Atraso no respectivos responsáveis com assinaturas e carimbos. falha humana. desenvolvimento da atividade, 6.5.1.3 – Toda atividade de içamento é obrigatório uso Acidentes diversos. de PT – permissão de trabalho. 6.6.1.1 - Sempre antes do inicio das atividades realizar check list nos equipamentos envolvidos no processo. - Nenhuma atividade de içamento pode ser realizada a menos de 5,20 metros de distancia de redes energizadas. - Observação: na pagina 10 segue anexo Tabela de raios de delimitação de zonas de risco, controlada e livre 07 Organização de material e limpeza da área. 7.1 – Movimentação de 7.1.1 – Acidentes diversos, pessoal com material ou batidas contra, lesões. ferramenta. 7.2.1 – Problemas 7.2 – Poeiras; respiratórios; 7.3 – Ruído; 7.3.1 – Perda auditiva; 7.4 – Quedas de pessoa 7.4.1 – Contusões, fraturas. de mesmo nível; 7.1.1.1 – Ter atenção redobrada ao movimenta-se com material/ferramentas próximo a terceiros, evitando atingi-los. 7.2.1.1 – Fazer uso de respirador PFF2 durante a execução da atividade. 7.3.1.1 – Fazer uso de protetor auricular tipo plug. 7.4.1.1 – Manter as passagens e acessos desobstruídos, evitando passar em locais escorregadios. Estar atento ao ambiente ao desloca se
  7. 7. 7.5.1 - Irritação ou lesão ocular; de uma área para outra. 7.5 – Projeções de 7.5.1.1 - Fazer uso de óculos de segurança durante a partículas e/ou corpo atividade. estranho nos olhos 7.6.1 – Esmagamento dos 7.6.1.1 – Evitar expor os membros membros. (inferiores/superiores) em locais de prensagens ou 7.6 – Prensagens e atrito. atrito de membros 7.7.1 - Entorses, luxações 7.7.1.1 - Fazer uso dos acessos seguros. Usar o cinto inferiores/superiores. de segurança tipo paraquedista atracado em linha de 7.8.1 - Danos materiais, vida ou local fixo, na altura do tórax ou acima. Fazer uso 7.7 - Quedas de pessoa ferimentos diversos. de linha de vida presa à estrutura segura. de nível diferente; 7.8.1.1- Fazer uso das ferramentas amarradas junto ao corpo; Para descida de material, o mesmo devera estar 7.8 – Quedas de amarrado com corda de boa qualidade, fazendo uso de material; roldana ou guindalto quando necessário. 08 Meio Ambiente 8.1- Resíduos gerados 8.1.1- Poluição visual e do nas atividades descritas: solo. embalagens plásticas em geral, e de produtos químicos. 8.1.1.1- Fazer a separação correta dos resíduos: papel (coletor azul), plástico (coletor vermelho),armazenando os mesmos em baias de acordo com a especificação dos materiais;

×