Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Um Levantamento de Métodos de Avaliação de Arquiteturas de Software Específicas

2,633 views

Published on

Resumo em formato de apresentação do paper "Um Levantamento de Métodos de Avaliação de Arquiteturas de Software Específicas", dos pesquisadores Lucas de Oliveira e Elisa Nakagawa.

Published in: Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Um Levantamento de Métodos de Avaliação de Arquiteturas de Software Específicas

  1. 1. Um Levantamento deMétodos de Avaliação deArquiteturas de Software Específicas Orlando da Silva Junior 22108015-3
  2. 2. Objetivo• Identificar métodos de avaliação de arquiteturas específicas (referência, SOA e aspectos);• Analisar os métodos de avalição de qualidade de arquiteturas específicas;• Permitir que os profissionais escolham corretamente os métodos através da apresentação das vantagens e desvantagens;• Prover um cenário para novos métodos.
  3. 3. Conceitos• A arquitetura de um software é a estrutura desse sistema;• Ela é útil para garantir a qualidade do software;• Uma arquitetura abrange elementos de sistema, propriedades externas desses elementos e como esses elementos se relacionam.
  4. 4. Conceitos• Avaliar uma arquitetura é importante porque ela é a base de todo o sistema;• Uma avaliação consiste na análise da estrutura do sistema quanto à sua qualidade;• Essa análise permite que problemas no sistema sejam descobertos antes que este seja desenvolvido;
  5. 5. Conceitos• SAAM é um método de avaliação baseado na investigação e descrição dos cenários compostos pela aplicação: – Cenário direto: a arquitetura suporta o cenário – Cenário indireto: a arquitetura precisa ser ajustada para suportar o cenário• Utiliza-se de variados tipos de stakeholders e dá ao arquiteto um trade- off (dúvida na escolha) aceitável.
  6. 6. Conceitos• ATAM é um método de avaliação baseado em trade-offs, considerando ares técnicos e gerenciais;• A avaliação é feita com base em atributos de qualidade de arquiteturas (performance, manutenibilidade, confiabilidade, etc.);• Não fornece técnicas, mas apresenta heurísticas e utiliza modelos teóricos.
  7. 7. Conceitos• A arquitetura de referência utiliza o conhecimento do domínio da aplicação para a construção do software;• SOA não utiliza o conhecimento do domínio, mas permite que ele seja compreendido através de serviços que representem as funcionalidades;• A arquitetura orientada a aspectos visa separar em aspectos os interesses do sistema.
  8. 8. Conceitos• Arquiteturas de referência são genéricas e visam atender as considerações dos stakeholders conforme um domínio específico;• Por isto, não há um método específico para a avaliação desse tipo de arquitetura;• Sendo assim, SAAM E ATAM não podem ser aplicados diretamente em arquiteturas de referência;
  9. 9. Conceitos• Baseado no SAAM, o ASAAM é um método próprio para a avaliação de POA;• ASAAM identifica os aspectos arquiteturais e classifica os cenários da arquitetura;• Seu principal benefício é o suporte ao gerenciamento dos aspectos arquiteturais da aplicação de modo explícito.
  10. 10. Conceitos• Em SOA, a existência de requisitos que são distribuídos implica na avaliação da arquitetura quando ela já está pronta;• Embora incompletos para esse tipo, SAAM e ATAM podem ser utilizados;• O método Q-ImPrESS pode ser utilizado para avaliar a evolução de arquiteturas que contenham serviços durante a fase de projeto.
  11. 11. Resultados• Ainda existem poucos métodos ou métodos consolidados para a avaliação de arquiteturas;• Métodos de avaliação específicos e extensões de métodos existentes ainda são escassos;• Os estudos nessa área são recentes e os métodos de avaliação têm pouca maturidade.

×