Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Ansiedade Social<br />
Sinais de alerta da ansiedade social<br /><ul><li> Preocupar-se acerca do que os outros pensam de si
 Ser difícil concentrar-se ou lembrar-se do que as pessoas estão a dizer
Focar a atenção sobre si, e estar dolorosamente atento ao que diz e faz quando está com os outros
 Ser incapaz de pensar no que dizer quando está com pessoas
 Sentir-se tenso, inibido e apreensivo nas relações com os outros
Ter sentimentos de insegurança e inferioridade face aos outros
Ter medo de ser  avaliado ou de ser o centro das atenções
Ter medo que os outros encontrem alguma falha ou pensem que é estranho ou incompetente
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Ansiedade social

2,341 views

Published on

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Ansiedade social

  1. 1. Ansiedade Social<br />
  2. 2. Sinais de alerta da ansiedade social<br /><ul><li> Preocupar-se acerca do que os outros pensam de si
  3. 3. Ser difícil concentrar-se ou lembrar-se do que as pessoas estão a dizer
  4. 4. Focar a atenção sobre si, e estar dolorosamente atento ao que diz e faz quando está com os outros
  5. 5. Ser incapaz de pensar no que dizer quando está com pessoas
  6. 6. Sentir-se tenso, inibido e apreensivo nas relações com os outros
  7. 7. Ter sentimentos de insegurança e inferioridade face aos outros
  8. 8. Ter medo de ser avaliado ou de ser o centro das atenções
  9. 9. Ter medo que os outros encontrem alguma falha ou pensem que é estranho ou incompetente
  10. 10. Ter receio de serapresentado a pessoas. De falar em público. De ir a festas
  11. 11. Sentir-se tenso, incapaz de descontrair, corar, tremer quando está com os outros</li></li></ul><li>Impactos concretos na qualidade de vida<br />A ansiedade social fá-lo sentir-se diferente dos<br />outros de uma forma negativa, o que afecta a <br />sua auto-estima e a sua confiança para fazer coisas. Sente-seinferiorizado e incapaz<br />E começa a agir em sintonia com aquilo que pensa e sente, pelo que se auto-limita e isola cada vez mais, perdendo assim a oportunidade de descobrir que a sua vida pode ser diferente<br />
  12. 12. Impactos concretos na qualidade de vida<br />Com o passar do tempo pode aperceber-se que afinal...<br />...Não escolheu o curso que realmente queria<br />...Recusou oportunidades de trabalho e/ou promoções<br />na sua carreira profissional<br />... Deixou fugir a(o) namorada(o)<br />...Está muito isolado e só<br />...Cada vez mais o mundo se restringe ao seu espaço<br />...<br />Sente-se frustrado, incompreendido, com raiva e deprimido<br />
  13. 13. Lógica de tratamento<br />Partimos do pressuposto que aprendemos a ser ansiosos em situações sociais como resultado das nossas experiências<br />Sabemos contudo que é possível aprender novos comportamentos e apagar os antigos que não são úteis <br />
  14. 14. Lógica de tratamento<br />O que vamos aprender ?<br />
  15. 15. Lógica de tratamento<br />Desenvolver conhecimentos sobre<br />a ansiedade e a ansiedade social<br />Desenvolver mais controle sobre a<br />ansiedade <br />Aprender a focar a atenção fora e a preocupar-se menos em parecer ansioso ou a ser avaliado <br />Desenvolver novos padrões de pensamento Restruturação cognitiva <br />Desenvolver competências sociais.<br />Comunicação. Assertividade<br />
  16. 16. Lógica de tratamento<br />Como o vamos fazer?<br />
  17. 17. Lógica de tratamento<br />Em grupo. Aprendendo que não estamos sós. Que há outras pessoas com problemas semelhantes <br />Ensaindo novos comportamentos no ambiente protegido do grupo, onde todos estão em igualdade de circunstâncias. Aprendendo com os outros<br />Realizando trabalhos de casa, que permitem consolidar a aprendizagem sessão a sessão<br />Realizando pequenos testes fora do grupo, para desafiar os nossos medos e aumentar a nossa confiança<br />

×