Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Nutricia Cares about Training_Nutrição no ciclo de vida: Gravidez

914 views

Published on

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

Nutricia Cares about Training_Nutrição no ciclo de vida: Gravidez

  1. 1. Nutrição no ciclo de vida - Gravidez Setembro 2012
  2. 2. Aumento de peso na gravidezAumento do volume Maior desenvolvimento fetal – sanguíneo sanguíneo aproximadamente 200g/semana Lammi-Keefe CJ. 2008
  3. 3. Aumento de peso na gravidezConstrução de tecidos maternos Preparar a mãe para a lactação Desenvolvimento adequado do bebé 62% 30% 8% água gordura proteína Lammi-Keefe CJ. 2008
  4. 4. Aumento de peso na gravidez IMC Ganho total 1º Trim 2º e 3º Trim <18.5 12.5 - 18 Kg 2.3 Kg 0.5 Kg/semana18.5-24.9 11.5 – 16 Kg 1.6 Kg 0.4 Kg/semana24.9-29.9 7 – 11.5 Kg 0.9 Kg 0.3 Kg/semana >30 6 – 7 Kg - -Gémeos 15.9 – 20.4 Kg IMC = peso/ altura2  IMC prévio à gravidez Estas recomendações permitem o crescimento fetal adequado sem aumentar o tecido adiposo materno Caniço L. 2008; Institute of Medicine 2009
  5. 5. Aumento de peso em excesso nagravidez  Diabetes gestacional  HTA induzida pela gravidez  Apneia do sono e distúrbios do sono  Atraso na lactação  Pré-eclampsia  ↑ risco de complicações no parto  ↑ probabilidade de recorrer a cesariana  ↑ risco de excesso de peso no bebé até aos 3 anos Caniço L. 2008; Lammi-Keefe CJ. 2008
  6. 6. Necessidades nutricionais nagravidez Lammi-Keefe CJ. 2008
  7. 7. Necessidades nutricionais na gravidez • Proteínas  1,1g/kg peso • HC  45-55% • Lípidos  20-35% – Saturadas:7% – Monoinsaturadas: 10% – Polinsaturadas: 8% • Fibra  28g /diaAs necessidades devem ser calculadas de forma individualizada para assegurar o ganho de peso adequado ao IMC prévio à gravidez e garantir um parto de termo sem complicações Lammi-Keefe CJ. 2008
  8. 8. Necessidades nutricionais na gravidez  As necessidades estão aumentadas para assegurarFerro o desenvolvimento do feto e da placenta, bem como a produção de eritrócitos  Suplementação?  Necessidades extra são compensadas através da cessação das perdas menstruais, do ↑ da absorção intestinal e da mobilização das reservas energéticas  Necessidades iguais às das mulheres da mesma faixa etária Carne, fígado, feijão, soja, vegetais de folha verde, salsa, frutos secos, lentilhas, trigo e aveia Caniço L. 2008; Lammi-Keefe CJ. 2008
  9. 9. Necessidades nutricionais na gravidez  Controlo de cãibrasMagnésio  Crescimento do feto  Prevenção pré-eclâmpsia Vegetais folha verde, carne, cereais, frutos oleaginosos e leite  Necessidades iguais às das mulheres da mesma Cálcio faixa etária  Suplementar apenas em caso de défice (ex: vegan?) Leite e derivados, vegetais folha verde Caniço L. 2008; Lammi-Keefe CJ. 2008
  10. 10. Necessidades nutricionais na gravidez  Importante na síntese do DNA e na replicaçãoFolato celular  Défice pode causar lesões no tubo neural (1ª 4 semanas de gestação)  Prevenção de anemias megaloblásticas  Suplementação (400μg a 600μg)  A forma sintética do acido fólico é mais biodisponível que a encontrada naturalmente nos alimentos (folato) Feijão preto e frade, espinafres, ervilhas, leguminosas secas, soja, frutos secos, arroz integral Caniço L. 2008; Lammi-Keefe CJ. 2008
  11. 11. Necessidades nutricionais na gravidez  Potencia a absorção de ferro não-hemeVit. C  Necessidades ↑ (em 10mg) no ultimo trimestre (assegurar as reservas maternas necessárias ao rápido crescimento do feto) Kiwi, citrinos, morangos, papaia, brócolos, batata-doce, tomate, ananás  As necessidades de tiamina (B1) e riboflavina (B2)Vit. B estão ↑ (necessárias para a libertação de energia celular)  Tiamina  cereais integrais e carne  Riboflavina  vegetais folha verde, carne e lacticínios Caniço L. 2008; Lammi-Keefe CJ. 2008
  12. 12. Recomendações nutricionais Mastigar devagar (~30min) Ingerir apenas as porções recomendadas (ingestão em excesso pode levar a vómitos  malnutrição e desidratação) Não saltar refeições (5 a 6 refeições por dia) Evitar alimentos com elevado teor em açúcar (aumento de peso, síndrome de dumping) Limitar a ingestão de gordura (aumento de peso, náusea) Manter um estado de hidratação adequado (8 copos de água por dia) Manter uma ingestão adequada de fibra de forma a evitar ou tratar estado de obstipação Lammi-Keefe CJ. 2008
  13. 13. Exercício físicoRegular e de baixa ↓ 50% o risco de diabetes gestacional intensidade ↓ 40% o risco de pré-eclâmpsia Em caso de não existir contra-indicação medica, é aconselhável a gravida realizar pelo menos 30 minutos exercício físico regular O exercício físico deve ser ligeiro, tal como, andar a pé, dançar ou praticar natação Ingerir água durante e após o exercício físico Caniço L. 2008; Lammi-Keefe CJ. 2008
  14. 14. Mitos na gravidez Agora tenho de comer por 2… Ingerir o necessário para fornecer ao bebé os nutrientes indispensáveis Evitar os excessos, que podem ser prejudiciais para a saúde da placenta e do bebé Café é proibido! Evitar consumo excessivo durante o primeiro trimestre (>300mg/dia) – associado a aborto espontâneo A partir do 2º trimestre pode consumir até 200mg de cafeína/diaCafé curto: 45-100 mg; Coca-Cola (1 lata): 34 mg; Chá preto (1 chávena): 45 mg; Chá verde (1 chávena): 20 mg; Ice Tea (1 lata): 26 mg
  15. 15. Mitos na gravidezDurante a gravidez é natural ter desejos ou aversões por determinados alimentos  Desejo por um alimento pode estar relacionado com a desregulação do apetite (alterações hormonais e/ou passagem dos nutrientes para o feto)  Satisfazer os desejos desde que não se tornem excessivos  Comum aversão por alimentos e bebidas que consumia muito  Chá, café, álcool, alimentos fritos e ovos são aversões comuns no início da gravidez e alimentos doces no final da gestação Caniço L. 2008; Lammi-Keefe CJ. 2008
  16. 16. Importância da qualidade do sono ↑ Ganho de peso Baron KG. 2011
  17. 17. Sintomas gastrointestinais na gravidez Náuseas e vómitos Ao levantar: bolachas de água e sal Ingerir pequenas refeições ricas em glícidos complexos de 3/3h Ingerir líquidos entre as refeições Evitar grandes refeições e alimentos com muita gordura e muito condimentados Iogurte em alternativa ao leite Preferir alimentos frios aos quentes Ingerir vegetais de folha verde, devido ao seu teor de vit. K Chá de raiz de gengibre Caniço L. 2008; Lammi-Keefe CJ. 2008
  18. 18. Sintomas gastrointestinais nagravidez Azia  Preferir pequenas refeições, a refeições demasiado volumosas  Não ingerir alimentos condimentados  Não comer até 2 horas antes de se deitar  Dormir com a cabeceira mais altaRefluxo  Refeições pequenas e frequentes  Evitar alimentos com elevado teor em gordura ou irritantes para o estômago, como a cafeina Caniço L. 2008; Lammi-Keefe CJ. 2008
  19. 19. Chás na gravidezFolha de menta ajuda a aliviar náuseas, vómitos e flatulência Chá de limão efeito calmante, ajuda na irritabilidade, insónia e ansiedadeRaiz de gengibre ajuda a aliviar náuseas e vómitos Camomila ajuda nas insónias Lammi-Keefe CJ. 2008
  20. 20. Efeito do álcool na gravidez1º Trimestre aumenta o risco de aborto espontâneo  concentração sérica de vitaminasCompromete antioxidantes (essenciais para a protecção dos danos nos tecidos maternos e do feto  Absorção e utilização de acido fólico Caniço L. 2008; Lammi-Keefe CJ. 2008
  21. 21. Doenças de origem alimentar Durante a gravidez a função imunitária pode estar diminuída Sistema imunitário do bebé ainda não está formado Microorganismos ou outros compostos podem passar a placenta IRJ 2006
  22. 22. Obrigada!

×