TERTÚLIA | “EDUCAÇÃO: A ARMA DA ESPERANÇA NA GUINÉ-BISSAU”
MIGUEL SILVA
É diretor do programa Engenheiros
Sem Fronteiras d...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Tertúlia sobre a “EDUCAÇÃO: A ARMA DA ESPERANÇA NA GUINÉ-BISSAU” Lancamento bambaram programa_v2

2,518 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,518
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2,129
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Tertúlia sobre a “EDUCAÇÃO: A ARMA DA ESPERANÇA NA GUINÉ-BISSAU” Lancamento bambaram programa_v2

  1. 1. TERTÚLIA | “EDUCAÇÃO: A ARMA DA ESPERANÇA NA GUINÉ-BISSAU” MIGUEL SILVA É diretor do programa Engenheiros Sem Fronteiras da TESE, ONGD Portuguesa, e docente na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, nos Mestrados de Relações Internacionais e Estudos Africanos. Viveu e trabalhou na Guiné-Bissau, onde geriu projetos de cooperação para o desenvolvimento e coordenou ações de avaliação e diagnóstico. Foi Coordenador Executivo do Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto, onde é investigador e editor da revista“Africana Studia”. IR. DINA HENRIQUES É membro da Congregação das Servas Nossa Senhora de Fátima. Licenciada em Ensino de Biologia e Geologia, lecionou Ciências Naturais. Entre 2003 e 2007 viveu em Moçambique, dando apoio à comunidade de Mavila, na Diocese de Inhambane. Em 2007 assumiu a criação do primeiro curso superior de Educadores de Infância na Guiné-Bissau, tendo estado na génese da primeira Escola de Educadores de Infância de Bissau, onde viveu até ao início de 2013. LUÍS VICENTE Atual coordenador do Gabinete de Projetos Especiais da Câmara Municipal de Rio Maior, tem dinamizado diversos ciclos de conferências sobre a Guiné-Bissau: “Da multidimensional encruzilhada ao bem comum Guineense”, “Extensão da Plataforma Continental da Guiné-Bissau versus Economia do Mar”e“Elo de Gerações”. É autor do blogbissauorg e é convidado frequentemente pelo Jornal Diário de Notícias e pela RTP/RTP África como analista económico e político. ERNESTO DABÓ Ao longo destes quarenta anos produziu dezenas de canções, participou em inúmeras iniciativas de índole cultural, prosseguiu a sua formação tendo concluído licenciatura e mestrado em Direito Internacional. Hoje, Ernesto Dabó, um dos pioneiros da música moderna guineense, é um dos principais depositários da memória artístico-cultural do pós-independência do pais de Amilcar Cabral. CHAPITÔ | 23 SETEMBRO 2013 | 19H00 ENTRADALIVRE MAIS INFORMAÇÕES EM WWW.FECONGD.ORG INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES: ANDRE.OLIVEIRA@FECONGD.ORGFEC

×