A rizicultura

9,769 views

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
9,769
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
155
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A rizicultura

  1. 1. Trabalho realizado por: Aluno: Igor Lança Nº:10 Turma: 9ºF Ano letivo: 2012-2013 Disciplina: Geografia
  2. 2. A rizicultura  A rizicultura é a agricultura do arroz, alimento muito nutritivo e a base da gastronomia oriental. A nível mundial, 90% do arroz é produzido e consumido na Ásia. A seguir aos países asiáticos, fica o Brasil, um grande produtor de arroz.  Na Europa, é a Itália o principal produtor de arroz. A rizicultura é uma importante forma de agricultura, pois abrange 11% da terra arável no planeta. A rizicultura pratica-se há mais de 7000 anos! O arroz é a 3ª maior cultura cerealífera a seguir do milho e do trigo.
  3. 3. Os 10 maiores produtores de arroza nível mundial em 2005 7. Myanmar 1.China 4. Vietname 2. Índia 3. Bangladesh 10. Japão 9. Brasil 5. Tailândia 6. Indonésia 8. Filipinas
  4. 4.  O arroz foi introduzido em Rizicultura em Portugal Portugal nos séculos XI e XII, no reinado de D.Dinis, a partir de sementes provenientes da Andaluzia (sul de Espanha). Foi esse o rei responsável por tornar pântanos e outros terrenos próprios para a prática da rizicultura. Em Portugal, podemos encontrar campos de arroz principalmente nos vales dos rios Mondego, Tejo, Sorraia, Sado e Mira, e na zona da Ria de Aveiro. No Norte do país o cultivo do arroz é impedido pelas baixas temperaturas. Atualmente, a produção nacional ronda as 1 250 toneladas por ano. Os portugueses são o povo da Europa que mais
  5. 5. Rizicultura tradicional A rizicultura tradicional é praticada maioritariamente no continente asiático. No sudeste asiático pratica- se também rizicultura em socalcos. A China foi o primeiro país do mundo a praticar a rizicultura, devido à concentração de fatores favoráveis, como o clima húmido e a ocorrência de monções. A rizicultura tradicional exige numerosa mão-de-obra, usa adubos naturais e o arroz é colhido e ceifado manualmente. A produção é lenta e produz-se menos arroz que com a rizicultura moderna.
  6. 6. Rizicultura moderna A rizicultura moderna pratica-se essencialmente nos países desenvolvidos. Mais de 75% dos terrenos destinados à rizicultura são abastecidos com sistemas de irrigação, ou seja, essa rizicultura não «espera» pela água da chuva nem pelas cheias de um rio. A rizicultura moderna produz uma maior quantidade de arroz e mais rapidamente que a rizicultura tradicional, usando pesticidas e fertilizantes químicos. O arroz é ceifado por máquinas, os terrenos são preparados por tratores e a mão-de- obra é reduzida.
  7. 7. O ciclo do arroz: da preparação dos terrenos à sementeira O cultivo do arroz ocorre em várias etapas, apelidadas de «ciclo do arroz». Geralmente, é no Inverno (em Portugal) que os arrozais estão em repouso depois da última colheita. De seguida é a época das chuvas e os campos de arroz ficam inundados. Na Primavera começa um novo ciclo do arroz: as máquinas desentopem as valas para a drenagem e irrigação dos arrozais. Em meados de Abril, ocorre a gradagem (aplanagem dos terrenos) que permite retirar as ervas daninhas do solo. Através da gradagem forma- se uma lama que é adequada para o enraizamento do arroz pré- germinado. Agora, já se pode começar a sementeira e o arroz pode ser semeado com um trator ou com um avião; ou manualmente (o rizicultor divide, por meio de canas, os terrenos em lotes mais pequenos – balizar), a pé, numa bóia ou numa barca.
  8. 8. Preparação dos terrenos: drenagemArrozais no Inverno Sementeira Preparação dosDivisão dos terrenos: balizar terrenos: gradagem
  9. 9. O ciclo do arroz: da adubação à colheita No mês de Junho há a adubação (o arroz pode retirar os nutrientes do solo, ou então adicionam-se adubos), que pode ser a pé, de avião, ou de trator . Após a adubação, vem a monda (eliminação de ervas daninhas): antigamente esse trabalho era feito manualmente por mondadeiras, mas atualmente é de avião ou de trator, com produtos químicos que aceleram o crescimento do arroz. Com a colocação desses produtos químicos os arrozais têm de estar com pouca água, que é controlada através de comportas. Chegado o mês de Setembro, é época de ceifar o arroz: antigamente era feita à mão, mas hoje em dia essa prática limita-se ao corte do que a ceifeira mecânica não «apanha». Por fim o arroz é secado em secadores mecânicos ou em eiras, é descascado e, através de um aparelho de nome tarara, os grãos inteiros são separados da casca e dos grãos partidos (atualmente esse trabalho é feito em fábricas). Agora, o arroz está pronto para consumo. As palhas são retiradas dos arrozais e acaba assim o ciclo do arroz, que se reiniciará na seguinte Primavera.
  10. 10. Eliminação de ervas daninhas: mondaAdubação dos arrozais Limpeza dos campos Ceifa manual (ceifeira) (ou então) Ceifa mecânica
  11. 11. O arroz O arroz é um alimento nutricionalmente riquíssimo: possui fósforo, ferro, antioxidantes, vitamina E e vitaminas do complexo B e diminui a chance de contração de diabetes, cancros e doenças cardíacas. Existem inúmeras variedades de arroz(mais de 120 000!), como arroz vermelho e arroz preto. O arroz integral é mais nutritivo que o arroz branco. O arroz selvagem, apesar de ser chamado de arroz, é, na verdade, uma outra espécie de gramíneas. O arroz alimenta atualmente 2,4 biliões de pessoas e fornece cerca de 20% da energia e 15% das proteínas diárias necessárias ao ser humano.
  12. 12. Algumas variedades de arroz Arroz selvagem Arroz integral Arroz preto Arroz vermelho
  13. 13. Arte com arrozNo verão, as plantações de arroz noJapão adquirem diferentestonalidades, desde variações de verdeaté branco e preto. Na provínciajaponesa de Aomori, artistascombinaram diferentes mudas«coloridas» de arroz, que, vistas decima, são autênticas obras primas.
  14. 14. Bibliografia  http://pt.wikipedia.org/wiki/Arroz  http://pt.wikipedia.org/wiki/Rizicultura  http://www.tuasaude.com/beneficios-do-arroz/  http://bocaberta.org/2009/07/arte-nas-plantacoes-de-arroz-do- japao.html  http://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Arroz/Ar rozIrrigadoBrasil/cap01.htm  http://bordadocampo.com/arroz/cultivo-arroz/  http://www.google.pt/imghp?hl=pt-PT&tab=wi

×