Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Flexão verbal

36,402 views

Published on

  • Be the first to comment

Flexão verbal

  1. 1.  As flexões dos verbos são as variações que eles apresentam para indicar número, pessoa, modo, tempo e voz. Neste segundo curso da série "Verbos", vamos estudar cada uma delas...
  2. 2.  Os verbos podem se referir a um único ser, e neste caso vão estar no singular; ou a mais de um ser, estando no plural. Essa indicação de número é acompanhada pela indicação da pessoa gramatical a que o verbo se refere: Viajo = forma da primeira pessoa do singular Viajas = forma da segunda pessoa do singular Viaja = forma da terceira pessoa do singular Viajamos = forma da primeira pessoa do plural Viajais = forma da segunda pessoa do plural Viajam = forma da terceira pessoa do plural.
  3. 3. Indicação de Pessoa Quando usamos os pronomes pessoais correspondentes, essasindicações de número e pessoa acima ficam claramente identificadas: Eu viajo Tu viajas Ele/Ela viaja Nós viajamos Vós viajais Eles/Elas viajam
  4. 4.  1ª pessoa (quem fala): eu (singular) ou nós (plural); 2ª pessoa (com quem se fala): tu (singular), vós (plural), você (singular), vocês(plural); 3ª pessoa (de que ou de quem se fala): ele, ela (singular), eles, elas (plural). Em várias regiões do país o pronome de tratamento você é empregado no lugar do pronome reto tu, de segunda pessoa. Assim, embora você desempenhe o papel de 2ª pessoa do discurso - com quem se fala -, por ser pronome de tratamento, gramaticalmente exige o verbo em 3ª pessoa. Veja e compare: Tu me amas. (2ª pessoa)  Você me ama. (3ª pessoa) 
  5. 5.  Assim, se tomarmos como exemplo o verbo amar no presente, notaremos as variações de pessoa e número: (Eu) amo: 1ª pessoa do singular (Tu) amas: 2ª pessoa do singular (Ele, você) ama: 3ª pessoa do singular (Nós) amamos: 1ª pessoa do plural (Vós) amais: 2ª pessoa do plural (Eles, vocês) amam: 3ª pessoa do plural.
  6. 6.  Os modos indicam as diferentes maneiras de um fato realizar-se. São três os modos verbais:  Indicativo;  Subjuntivo;  Imperativo.
  7. 7.  É o modo da certeza, empregado para expressar que algo seguramente acontece, aconteceu ou acontecerá: "Só vendo a dinheiro!".
  8. 8.  É o modo da dúvida, de incerteza e de hipótese utilizado para indicar a possibilidade de algo vir a acontecer: Se vocês estudassem, não teriam problemas no final do ano. Normalmente é empregado depois dos verbos que dão ideia de ordem, proibição, desejo, vontade, pedido, condição. Veja: Quero que você entregue as provas das fotos. Viajarei se você também for. Desejo que você seja muito feliz.
  9. 9.  É o modo pelo qual se expressa uma ordem, um pedido ou uma orientação: "Fica com ele, seu safado! Engole!". Uma ordem pode ser expressa também de forma mais delicada, como desde modo: "Por favor, me dê sua mão!". O imperativo pode ser afirmativo ou negativo. O negativo é sempre precedido de palavra negativa: Não peça biscoitos!
  10. 10.  A flexão de tempo indica o momento em que se dá o fato expresso pelo verbo. São três os tempos verbais básicos da língua portuguesa: Presente; Pretérito (que pode ser perfeito, imperfeito ou mais-que- perfeito); Futuro (que pode ser do presente ou do pretérito). Estes tempos, respectivamente, designam um fato ocorrido no momento em que se fala, antes do momento em que se fala e após o momento em que se fala.
  11. 11.  O presente do indicativo expressa uma ação que está ocorrendo no momento da fala ou uma ação que se repete ou perdura: · · Eu estudo muito.
  12. 12.  O pretérito, ou o passado, se subdivide em três tempos:  · Pretérito Perfeito;  · Pretérito Imperfeito; e  · Pretérito mais-que-perfeito.
  13. 13.  Transmite a ideia de uma ação completamente concluída em época passada. Pode ser simples ou composto: · · Eu estudei muito para a prova de hoje. (simples) · · Eu tenho estudado muito para a prova de hoje (composto)
  14. 14.  Transmite a ideia de uma ação habitual ou contínua: Eu estudava quase todo o dia. Também pode transmitir a idéia de uma ação que vinha acontecendo, mas foi interrompida por outra ação: Ela estudava no quarto quando começou a chover. É também o tempo em que normalmente são narradas as histórias. Veja este trecho do conto O príncipe sapo: Há muitos e muitos anos um rei vivia feliz com sua linda filha num castelo perto de um bosque. A princesa gostava de brincar ali com sua bola de ouro em volta do poço. O pretérito imperfeito é reconhecido pela presença das desinências -va / -ve ou -ia / -ie.
  15. 15.  Expressa uma ação ocorrida no passado e anterior a outra ação também passada: Quando o professor percebeu, a criança já estudara a matéria. (simples)Percebeu: Pretérito perfeito (ação ocorrida no passado). Estudara: pretérito mais-que-perfeito (ação ocorrida no passado, mas antes da ação de perceber)
  16. 16.  O Pretérito mais-que-perfeito pode ser simples ou composto. O Pretérito mais-que-perfeito simples é reconhecido pela presença  das desinências -ra / -re: · Quando o professor percebeu, a criança já estudara a matéria. No português brasileiro, na língua coloquial, emprega-se com maior frequência o Pretérito mais-que-perfeito na forma composta: · Quando o professor percebeu, a criança já tinha estudado a matéria.
  17. 17.  Há dois tipos de futuro: Futuro do presente  Futuro do pretérito
  18. 18.  Expressa a ideia de uma ação que ocorrerá num tempo futuro em relação ao tempo atual. Também pode ser simples ou composto. O futuro do presente simples é reconhecido pela presença das desinências tônicas -re- e -ra-: · · Amanhã estudaremos a matéria. E você, estudará?.(simples) · · No próximo fim de semana, já terei estudado toda a matéria. (composto)
  19. 19.  Expressa a ideia de uma ação futura que ocorreria desde que uma condição tivesse sido atendida antes.  O futuro do pretérito é reconhecido pela presença de -ria / -rie: · · Ganharíamos o prêmio acumulado se tivéssemos apostado na loteria.
  20. 20.  O presente do subjuntivo indica um fato incerto no presente, podendo também expressar dúvida, possibilidade, suposição, ou formar frases isoladas manifestando desejo.  É empregado, normalmente, depois de expressões como convém que, é necessário que, é possível que, tomara que, talvez, etc.: É necessário que ele estude.
  21. 21.  O pretérito imperfeito do subjuntivo indica um fato incerto ou improvável ou um fato que poderia ter ocorrido mediante certa condição. Frequentemente esse tempo verbal é acompanhado da palavra se, condicional: Se estudasse mais, a menina teria passado de ano.
  22. 22.  O futuro do subjuntivo expressa um acontecimento possível no futuro; aparece acompanhado das palavras quando e se: Quando o país for um lugar melhor, as pessoas pararão de pensar em si mesmas e se focarão nos outros. O futuro do subjuntivo geralmente faz correlação temporal com o futuro do presente do indicativo, como é o caso da forma verbalfor (futuro do subjuntivo), que está em correlação temporal compararão e focarão (futuro do presente do indicativo).
  23. 23.                A questão abaixo, elaborada pela Fundação Carlos Chagas, apareceu em recente prova de concurso para Analista Judiciário do TRT - 2ª Região:                  O verbo indicado entre parênteses deverá flexionar-se numa forma do singular para preencher corretamente a lacuna da frase:   (A) Quando se ...... (deixar) encantar pela tecnologia em si mesma, os homens tornam-s e alienados.(B) Aos homens libertários jamais ...... (dever) incomodar o pluralismo dos valores sociais. (C) Não se ...... (compreender) as razões pelas quais os homens se encantam com o mundo da mercadoria. (D) ...... (decorrer) do mau emprego da tecnologia as situações em que o homem perde sua dignidade. (E) Caso se ...... (vincular) à tecnologia os imperativos éticos, ela trabalhará a favor do homem.
  24. 24.   **** Trata-se de uma questão de concordância. O verbo fica no singular caso o sujeito esteja no singular. Deve-se então colocar a frase na ordem direta para identificar o sujeito e ver em que número ele se encontra. A alternativa que atende ao que a Banca pede é a (B). Transpondo a frase para a ordem direta, temos: “O pluralismo dos valores socais jamais deve incomodar aos homens libertários”. O núcleo do sujeito (pluralismo) determina a flexão no singular da locução “deve incomodar”.  Em (A) o sujeito da oração é “os homens”, explícito na oração seguinte, por isso o verbo “deixar(-se)” deve se flexionar no plural (“se deixam encantar”).   Em (C) ocorre voz passiva sintética e o verbo “compreender” concorda com o sujeito “razões” (“as razões não se compreendem”, ou seja, “não são compreendidas”).    Em (D) o núcleo do sujeito é “situações”. Na ordem direta, teríamos: “As situações (...) decorrem do mau emprego da tecnologia”.    Em (E) também ocorre voz passiva, e o sujeito “os imperativos éticos” determina que o verto esteja no plural (“Caso os imperativos éticos se vinculem”, isto é “sejam vinculados à tecnologia”).
  25. 25. Prova: FCC - 2008 - TRT - 19ª Região (AL) - Técnico Judiciário - Área Administrativa1. Considere o emprego das formas verbais nas frases não produzem riqueza e que produzam riqueza.  É correto afirmar que: a) Ambas as frases apresentam o mesmo sentido, já que se emprega o mesmo verbo, com flexão idêntica. b) Na 2° frase, o emprego da forma verbal indica uma possibilidade, enquanto na 1° , o fato é real e concreto. c) A mudança de flexão entre produzem e produzam deve-se ao fato de uma forma ser negativa e outra, positiva.d) Houve equívoco na flexão do verbo, que admite apenas a forma produzem, registrada na 1° frase. e) Ambas as formas encontram-se na voz ativa e não aceitam ser transpostas para a voz passiva.
  26. 26. Prova:  FCC - 2012 - TRT - 6ª Região (PE) - Técnico Judiciário - Área Administrativa2. Uma vez ...... as limitações fundamentais da condição humana, é possível dominar a fantasia e ...... as possibilidades concretas que se ...... para todos nós. a) aceita - testar – abremb) aceitas - testar – abremc) aceita - testarem – abred) aceitas - testar – abree) aceita - testarem - abrem
  27. 27. Prova: FCC - 2012 - TRT - 6ª Região (PE) - Analista Judiciário - Área Judiciária3. O verbo indicado entre parênteses deve flexionar-se no plural para preencher corretamente a lacuna da seguinte frase:a) Nenhuma das concepções de dignidade, postuladas por diferentes crenças, ...... (alcançar) uma validade efetivamente universal.b) Não se ...... (atribuir) às burocracias, nesse texto, o mérito de tomar a iniciativa de atender aos interesses públicos.c) A terceirização e a comercialização da saúde, para dom Odilo Scherer, ...... (constituir) um profundo desrespeito aos mais pobres.d) Raramente se ...... (dispensar) aos mais pobres o mesmo cuidado médico das clínicas particulares.e) Quantas vezes já se ...... (aplicar) aos burocratas dos serviços essenciais alguma sanção por sua negligente abulia?
  28. 28. Prova:  FCC - 2012 - TRF - 2ª REGIÃO - Técnico Judiciário - Segurança e Transporte4. O verbo que, dadas as alterações entre parênteses propostas para o segmento grifado, deverá ser colocado no plural, está em:  a) Não há dúvida de que o estilo de vida ... (dúvidas)b) O que não se sabe ... (ninguém nas regiões do planeta)c) O consumo mundial não dá sinal de trégua ... (O consumo mundial de barris de petróleo)d) Um aumento elevado no preço do óleo reflete-se no custo da matéria- prima ... (Constantes aumentos)e) o tema das mudanças climáticas pressiona os esforços mundiais ... (a preocupação em torno das mudanças climáticas)
  29. 29. Prova: FCC - 2012 - TRE-SP - Técnico Judiciário - Artes Gráficas5. ...... tomar medidas que ...... a sobrevivência de algumas espécies de aves na região. a) Eram necessários – garantissem b) Eram necessárias – garantissemc) Era necessário – garantissed) Eram necessárias – garantissee) Era necessário - garantissem
  30. 30. Prova: FCC - 2012 - TRE-SP - Técnico Judiciário - Artes Gráficas6. O verbo que se mantém corretamente no singular, mesmo com as alterações propostas entre parênteses para o segmento grifado, está em:  a) quando a peste negra varreu populações inteiras (as epidemias) b) quanto mais gente houvesse no mundo (mais habitantes) c) O tom alarmista acerca do crescimento populacional arrefeceu (As profecias) d) A humanidade terá de colocar toda sua inventividade à prova  (Os homens) e) Existe um consenso (hipóteses diversas)
  31. 31. Prova: FCC - 2012 - TJ-RJ - Comissário da Infância e da Juventude7. Substituindo-se o elemento grifado pelo segmento que está entre parênteses, o verbo que deverá flexionar-se no plural está em:  a) Clarice (Juntamente com o marido, Clarice) se encontrava no exterior... b) A voz nova e solitária (A voz que poucos conheciam) em seguida iria encontrar obstáculos ... c) O nome de Clarice (A ficção de autoras intimistas) [...] tinha aqui pequena repercussão. d) ... como está dito por toda parte (em todos os jornais). e) Ao contrário do que se (os desavisados) pensa ...
  32. 32. Prova: FCC - 2012 - TJ-RJ - Comissário da Infância e da Juventude8. O verbo indicado entre parênteses deverá flexionar-se numa forma do plural para preencher adequadamente a lacuna da frase:  a) É grande o prazer que ...... (proporcionar) ao professor valer-se de máquinas de escrever mecânicas para redigir textos mais complexos. b) As tentações a que não ...... (costumar) furtar-se um usuário do computador não se colocam para os que usam máquina de escrever. c) Não ...... (competir) aos jovens de hoje ponderar as vantagens ou as desvantagens de uma engenhoca a que nunca foram apresentados. d) Será que ...... (haver) de consolar um prisioneiro americano essas duvidosas vantagens do uso das máquinas de escrever? e) Sobre muito poucos ...... (poder) ainda exercer algum fascínio o uso das já arqueológicas máquinas de escrever mecânicas.
  33. 33. Prova: FCC - 2012 - TJ-RJ - Comissário da Infância e da Juventude9. Em épocas passadas, alguns poetas se ...... atrelados a convenções literárias tão rígidas que, em alguns casos, os ...... de encontrar uma voz original e únicaPreenchem corretamente as lacunas da frase acima, na ordem dada:  a) mantém - impedirão b) manteram - impediam c) mantiveram - impediram d) manteriam - impedira e) mantinham - impedia
  34. 34. Prova: FCC - 2012 - TJ-RJ - Analista Judiciário – Psicologia10. O verbo indicado entre parênteses deverá flexionar-se numa forma do singular para preencher adequadamente a lacuna da frase: a) Não ...... (corresponder) aos surpreendentes desdobramentos da descoberta do DNA análoga evolução no plano das questões éticas. b) Mesmo a um pesquisador de ponta não ...... (haver) de convir as disputas éticas, pois ele ainda engatinha nessa nova descoberta. c) De todas as projeções que se ...... (fazer) a partir da manipulação do DNA, a mais assustadora é a programação de tipos pessoais. d) A um direitista não ...... (deixar) de assustar, quando isso não lhe convém, iniciativas econômicas que o Estado reivindica para si. e) Não ...... (parecer) uma incongruência, para os esquerdistas, os excessos personalistas do líder de um movimento socialista.
  35. 35. 1)B2)B3)C4)D5) E6)B7) E8)D9) C10)B
  36. 36.  http://www.jurisway.org.br/ http://www.questoesdeconcursos.com.br/pesquisar/disciplina/ portugues/assunto/flexao-nominal-e-verbal?di=1&page=5&pp=&  http://www.chicoviana.com/concursos.php?id=589

×