Estação vila madalena

288 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
288
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
99
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Estação vila madalena

  1. 1. Vila MadalenaNascida como Vila dos Farrapos no ano de 1910 (século XX), a Vila Madalenalevou muitos anos para chegar ao "status" de bairro moderno. Somente na décadade 50, as ruas de terra começaram a ceder lugar ao asfalto e a Vila foiganhando, em seu arruamento, os contornos de um bairro planejado. A existênciados cemitérios de São Paulo e do Araçá movimentou a região por muitos anos,integrando-a à rotina da cidade. Com sua localização privilegiada, pela proximidadedo bairro de Pinheiros e com a tranquilidade de suas ruas, a Vila Madalena passounos últimos anos por grandes transformações.De bairro ocupado predominantemente pela classe média, evoluiu com osurgimento de muitas incorporações de prédios de apartamentos de padrão médioalto e mesmo de altíssimo padrão.Uma característica marcante do bairro foi o surgimento, num ritmo crescente eespontâneo, de restaurantes e bares charmosos que começaram a atrair a presençade artistas e intelectuais que os elegeram como pontos preferidos paraseus encontros de boemia. Aos poucos esses bares e restaurantes foram setornando lugares famosos e de interesse turístico e cultural. É hoje, um pontodo encontro da boemia paulista. Vila Madalena está hoje no distrito de Pinheiros.Em época recente, mais precisamente no ano de 1999, a Cia. do Metrô inaugurouuma moderna estação do transporte subterrâneo, a Estação Vila Madalena,integrada à linha Verde que vai até o bairro de Ana Rosa, atravessando ao longoda avenida Paulista, até cruzar com a linha azul, mais conhecida como norte-sul.
  2. 2. Infraestrutura e IndustrializaçãoTodavia, as crescentes e contínuas exportações de produtosagrícolas, expressivamente o café, permitiram o aglutinamento das primeirasindústrias de São Paulo, favorecidas com o excesso de mão-de-obra imigrantedisponível, alocadas junto às margens do rio, perto dos ramais ferroviários. Asfábricas vão desenhar um novo perfil urbano e econômico na cidade, acelerando seucrescimento e ampliando sua infraestrutura de transportes e energia. Esse processode industrialização vai se acelerando nos anos 30, com a crise do café e da bolsa deNova York, consolidando sua importância na economia paulista.A cidade amplia velozmente sua mancha urbana, atingindo os limites dos RiosTietê e Pinheiros, estruturando nela extensa rede de bondes elétricos emelhoramentos urbanos.As exportações crescentes de café levaram à capitalização de recursos quepermitiram a formação das primeiras indústrias de São Paulo, favorecidas como excesso de mão-de-obra imigrante disponível. Implantadas ao longo dos terrenosdas várzeas dos rios, como as dos Rios Pinheiros e Tietê, por onde passavamas ferrovias. As fábricas irão criar o novo perfil urbano e econômico da cidade,acelerando seu crescimento e ampliando a infraestrutura de transportes e energia.
  3. 3. O processo de industrialização vai se acelerar nos anos 30, com a crise do café emfunção da quebra da Bolsa de Nova York, consolidando sua importância na economiapaulista.As ferrovias passam a articular uma rede de subúrbios operários constituídosno entorno de suas estações, dando início a um processo preliminar demetropolização.A cidade amplia velozmente sua mancha urbana atingindo os limites dos Rios Tietê ePinheiros, estruturada numa extensa rede de bondes elétricos e melhoramentosurbanos diversos, principalmente em sua área central, em início de verticalização. OViaduto do Chá rompe a barreira do Vale do Anhangabaú e promove a expansão debairros de elite na parte nova da cidade (como Jardins América, Paulista eEuropa, Alto de Pinheiros etc.), enquanto consolidam-se os bairros e vilas operáriasnas proximidades das fábricas. O automóvel se torna comum na cenaurbana, transformando praças tradicionais e espaços públicos em áreas deestacionamento.

×