Slide do trabalho de introdução a nutrição

20,181 views

Published on

Published in: Education
1 Comment
6 Likes
Statistics
Notes
  • muito bom !
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
20,181
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
222
Comments
1
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Slide do trabalho de introdução a nutrição

  1. 1. Nutrição: Origem e Atuação<br />Caio César<br />Eva Moreira<br />Jéssica<br />Lumara<br />Maria Cândida<br />Natiele Carvalho<br />
  2. 2. Pré-história<br />Consumo de Alimentos ofertados pela natureza;<br />Evolução da sociedade (caça, agricultura, fixação);<br />Conhecimento do que era bom para o homem;<br />
  3. 3. Mundo<br />A primeira profissional da área surge na guerra de Criméia;<br />Primeiras dietas para casos especiais são registradas na Escócia;<br />É na Alemanha, em 1914, que surgem os primeiros trabalhos relativos aos alimentos;<br />
  4. 4. A primeira Associação Profissional de Dietistas<br /> ou Associação Americana de Dietética<br />Foi criada em Cleveland em 1917 e teve como objetivos:<br /> melhorar a nutrição do ser humano;<br /> desenvolver a ciência da nutrição e dietética; <br /> promover a ciência da nutrição e de áreas afins<br />
  5. 5. Outros dados<br />Na França, em 1915, a Sociedade Científica de Higiene Alimentar de Paris é reconhecida como de utilidade pública;<br />No Japão também acontece a criação do Centro de Estudos de Alimentação e o Curso de Dietética;<br />Na Suécia inicia-se treinamentos profissionais para dietistas atuarem em serviços de alimentação para coletividades, hospitais, e também para as forças armadas;<br />
  6. 6. É na União Soviética, que se cria o primeiro Instituto Científico dedicado ao estudo de nutrição;<br />1945 foi fundada, , a Organização das Nações Unidas (ONU) e, sub-ligada a esta, a Organização para Agricultura e Alimentação (FAO), com sede em Roma;<br />Em 1946, a Organização Mundial da Saúde (OMS), com sede em Genebra, inicia a divulgação e execução de programas específicos ligados à produção e estudos sobre alimentos, marcando o aperfeiçoamento profissional da nutrição;<br />
  7. 7. América do Sul<br />Escudeiro incentiva na Argentina, a partir de 1926, a criação do Instituto Nacional de Nutrição em Buenos Aires;<br />Em seguida a Escola Nacional de Dietista;<br />Depois foi criado o Curso de nível universitário no Instituto Nacional de La Nutricion;<br />
  8. 8. Brasil<br />Acontece na Holanda, em Amsterdam, em 1952 o 1º Congresso Internacional de Dietética, e com ele a criação de cursos em outros países da Europa, África e América do Sul;<br /><ul><li>Na universidade de São Paulo, inicia-se em 1939 o primeiro curso para formação de euducadores e inspetores sobre alimentação;
  9. 9. Os cursos acompanham as tendências de cada epóca;</li></li></ul><li>Com a aprovação do curriculum mínimo, em 1962, mais trinta e quatro cursos foram criados até o ano de 1988, e atualmente registramos através dos conselhos regionais de nutricionistas, 44 cursos no território brasileiro;<br />A Lei nº 5.276, de 24 de abril de 1967, regulamentou a profissão do nutricionista;<br />Em 20 de outubro de 1978, foi sancionada a Lei nº 6.583, que criou os Conselhos Federal e Regionais de Nutricionistas ;<br />A instalação dos Regionais foi feita a partir de 1980.<br />A criação do primeiro Programa Nacional de Alimentação e Nutrição, em 1972, impulsionou a criação dos cursos de Nutrição<br />
  10. 10. Inicialmente sentia-se a necessidade do profissional junto às unidades hospitalares;<br />Conta hoje o país com aproximadamente 10.000 (dez mil) nutricionistas, com perspectivas de expansão;<br />E a área de atuação diversificou-se um pouco, desde 1939 (data do 1º curso) até hoje.<br />
  11. 11. Áreas de Atuação<br />
  12. 12.
  13. 13.
  14. 14.
  15. 15. Breve Histórico<br />1939 - criação do primeiro curso de Nutrição, na Universidade de São Paulo. 1<br />1949 - Criação da Associação Brasileira de Nutricionistas (ABN). Esta entidade deu origem à Federação Brasileira de Nutrição(FEBRAN).         1950/1975 - ampliação do número de cursos, de nutricionistas e de áreas de atuação; regulamentação da profissão.         1976/1984 - instituição do 2º Programa Nacional de Alimentação e Nutrição (INAN).         1980 - Criação do Conselho Federal de Nutricionistas (CFN) e dos Conselhos Regionais de Nutricionistas (CRN).         1985/2000 - Intensificação da mobilização e politização da categoria. Substituição da Federação Brasileira de Nutrição (FEBRAN) por Associação Brasileira de Nutrição (ASBRAN). <br />
  16. 16.       1991 - Estabelecidas as áreas de atuação do nutricionista, pela Lei nº 8.234.         2005 - Resolução CFN nº 380, estabelece as áreas de atuação do nutricionista, que são: Alimentação Coletiva: 1) Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN): Alimentação Escolar e Alimentação do Trabalhador. 2) Nutrição Clínica: hospitais, clínicas em geral, clínicas em hemodiálises, instituições de longa permanência para idosos e spa; ambulatórios; banco de leite humano (BLH); lactários/centrais de terapia nutricional; atendimento domiciliar. 3) Saúde Coletiva: políticas e programas institucionais; atenção básica em saúde; vigilância em saúde. 4) Docência: ensino, pesquisa e extensão (graduação e pós-graduação) e coordenação de cursos. 5) Indústria de Alimentos: desenvolvimento de produtos. 6) Nutrição em Esportes: clubes esportivos; academias e similares. 7) Marketing de Alimentos e Nutrição.         2005 - I Congresso Nacional do Sistema CFN/CRN         2007 - II Congresso Nacional do Sistema CFN/CRN e comemoração dos 40 anos de regulamentação da profissão.<br />Fonte: http://www.cfn.org.br/<br />

×