Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Um novo movimento litúrgico e a reforma de Bento XVI
 
 
 
 
A celebração do mistério de Deus é regulada pela autoridade da Igreja, que vem de Cristo pelos Apóstolos, que reflete por ...
<ul><li>última grande reforma: Concílio Vaticano II (1962-1965).  </li></ul><ul><li>No campo da liturgia, o Concílio propô...
<ul><li>falso conceito de liberdade  </li></ul><ul><li>adaptação  </li></ul><ul><li>relativização da norma  </li></ul><ul>...
<ul><li>“ O primeiro modo de favorecer a participação do povo de Deus no rito sagrado é a condigna celebração do mesmo; a ...
<ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
<ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
<ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
<ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
 
<ul><li>Sugestões </li></ul>
<ul><li>Missal Romano, principalmente a Instrução Geral para o Missal Romano (IGMR), facilmente encontrada na  internet,  ...
<ul><li>O modo da distribuição da Sagrada Comunhão </li></ul><ul><li>Quem está à frente dá o exemplo </li></ul><ul><li>Eli...
<ul><li>Sem comentários </li></ul><ul><li>Abaixar o volume </li></ul><ul><li>Despoluir o visual </li></ul><ul><li>Investir...
<ul><li>Melhorar o canto litúrgico </li></ul><ul><li>Presbitério livre </li></ul><ul><li>Favorecer a piedade Eucarística <...
<ul><li>Márcio Carvalho da Silva </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>acaminhoteologia.blogspot.com </li></ul>
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Deus de volta ao centro: um novo movimento litúrgico e a reforma de Bento XVI

2,590 views

Published on

A frequência dos católicos nas celebrações litúrgicas, especialmente a Missa dominical, gera perguntas sobre a qualidade destas celebrações e o reflexo que têm na vida de fé. As notas características da Igreja devem estar presentes também na liturgia. A celebração do mistério de Deus é regulada pela autoridade da Igreja, que vem de Cristo pelos Apóstolos, que reflete por todo o mundo a unidade da fé que professamos. Combater o relativismo doutrinário e litúrgico passa pela observância das normas, o esforço por celebrar bela e dignamente os sagrados mistérios. O Concílio Vaticano II, responsável pela maior reforma litúrgica da história da Igreja, sofreu de uma má aplicação, não só na liturgia, mas principalmente neste campo. O principal motivo apontado é um falso conceito de liberdade e a ignorância. Formou-se uma mentalidade de que a adaptação é mais importante que a norma, chegando a suprimi-la. O Papa Bento XVI tem provocado um novo movimento litúrgico e realizando a reforma da reforma não a toque de decretos, como poderia fazer, mas através do trabalho prudente e do exemplo. Propomos uma série de passos, das mais simples e mais urgentes até as mais trabalhosas, para revalorizar a sacralidade e a beleza da liturgia, colocando Deus de volta ao centro da celebração do mistério cristão.

Published in: Spiritual
  • Be the first to comment

Deus de volta ao centro: um novo movimento litúrgico e a reforma de Bento XVI

  1. 1. Um novo movimento litúrgico e a reforma de Bento XVI
  2. 6. A celebração do mistério de Deus é regulada pela autoridade da Igreja, que vem de Cristo pelos Apóstolos, que reflete por todo o mundo a unidade da fé que professamos.
  3. 7. <ul><li>última grande reforma: Concílio Vaticano II (1962-1965). </li></ul><ul><li>No campo da liturgia, o Concílio propôs, através da Constituição Sacrosanctum Concilium , os seguintes princípios: </li></ul><ul><ul><li>os fiéis devem participar plena, consciente e ativamente das celebrações litúrgicas; </li></ul></ul><ul><ul><li>revalorizar a Sagrada Escritura. </li></ul></ul>
  4. 8. <ul><li>falso conceito de liberdade </li></ul><ul><li>adaptação </li></ul><ul><li>relativização da norma </li></ul><ul><li>participação ativa = ativismo </li></ul>
  5. 9. <ul><li>“ O primeiro modo de favorecer a participação do povo de Deus no rito sagrado é a condigna celebração do mesmo; a arte da celebração é a melhor condição para a participação ativa. Aquela resulta da fiel obediência às normas litúrgicas na sua integridade, pois é precisamente este modo de celebrar que, há dois mil anos, garante a vida de fé de todos os crentes, chamados a viver a celebração enquanto povo de Deus, sacerdócio real, nação santa” </li></ul>
  6. 10. <ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
  7. 11. <ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
  8. 12. <ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
  9. 13. <ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
  10. 15. <ul><li>Sugestões </li></ul>
  11. 16. <ul><li>Missal Romano, principalmente a Instrução Geral para o Missal Romano (IGMR), facilmente encontrada na internet, e em todas as sacristias; </li></ul><ul><li>Instrução Redemptionis Sacramentum da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, disponível na internet ; </li></ul><ul><li>Constituição Conciliar Sacrosanctum Concilium , disponível na internet ; </li></ul><ul><li>para os demais sacramentos, seus respectivos Rituais </li></ul>
  12. 17. <ul><li>O modo da distribuição da Sagrada Comunhão </li></ul><ul><li>Quem está à frente dá o exemplo </li></ul><ul><li>Eliminar todo elemento não-litúrgico </li></ul>
  13. 18. <ul><li>Sem comentários </li></ul><ul><li>Abaixar o volume </li></ul><ul><li>Despoluir o visual </li></ul><ul><li>Investir na Beleza </li></ul><ul><li>Silêncio! </li></ul><ul><li>Celebrar a Missa, não um tema ou intenção </li></ul>
  14. 19. <ul><li>Melhorar o canto litúrgico </li></ul><ul><li>Presbitério livre </li></ul><ul><li>Favorecer a piedade Eucarística </li></ul><ul><li>Incentivar a Reconciliação </li></ul><ul><li>Acertar a homilia </li></ul><ul><li>Voltar Cristo para o centro </li></ul><ul><li>Todos voltados para Deus </li></ul>
  15. 20. <ul><li>Márcio Carvalho da Silva </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>acaminhoteologia.blogspot.com </li></ul>

×