Saídas Profissionais

17,576 views

Published on

Published in: Education
1 Comment
3 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
17,576
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
231
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
1
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Saídas Profissionais

  1. 1. Escola E B 2 3 de Montelongo Saídas profissionais/ Ecolhas vocacionais Que futuro??? 2008/2009 Área de Projecto
  2. 2. Capítulo I: Cursos científico-humanísticos
  3. 3. Capítulo I: Cursos científico-humanísticos: Os cursos científico-humanísticos são destinados a aluno que desejam ingressar no ensino superior (universitário ou politécnico). Têm a duração de três anos lectivos correspondentes aos 10.º, 11.º e 12.º anos de escolaridade, após os quais os alunos obtêm um diploma que certifica a conclusão do Ensino Secundário., o que possibilita a candidatura ao ensino superior. Os cursos científico-humanísticos destinam-se, principalmente, aos alunos que, tendo concluindo o 9º ano de escolaridade ou equivalente, pretendam obter uma formação do nível secundário tendo em vista o prosseguimento de estudos para o ensino superior. Estes cursos estão orientados para o prosseguimento de estudos e apresentam cinco variantes: - Ciências e tecnologias; - Ciências socioeconómicas; - Ciências sociais e humanas; - Línguas e Humanidades; - Artes visuais.
  4. 4. Os planos de estudo decorrem do conceito de currículo nacional, traduzido numa matriz que integra disciplinas obrigatórias e opcionais. A permeabilidade é assegurada entre os cursos de nível secundário de educação que tenham afinidade de planos de estudo, tendo em vista facilitar a alteração do percurso formativo do aluno e permitir-lhe prosseguir os estudos noutro curso, no ano de escolaridade seguinte.
  5. 5. Capítulo II: Escolas secundárias Cursos superiores
  6. 6. Capítulo II: Escolas secundárias: As escolas secundárias são aquelas que nos permite prosseguir os estudos depois de um 9ºano concluído. Onde já podemos prosseguir o curso que pretendemos seguir após o 12ºano concluído. Existem vários tipos de escolas secundárias, como: Escolas profissionais; Escolas secundárias (de acesso normal). As escolas secundárias que nos interessam são aquelas que nos são mais próximas: - A escola secundária com 3º ciclo do ensino básico de Fafe. Esta escola situa-se na cidade de Fafe. Este estabelecimento de ensino de Fafe tem 3º ciclo e ensino secundário. Nesta escola pode-se prosseguir estudos nos seguintes cursos de prosseguimento de estudos: Ciências e Tecnologias, Ciências Sociais e Humanas e Línguas e Humanidades. É a única escola de ensino secundário em Fafe.
  7. 7. - A escola secundária com 3ºciclo do ensina básico de Francisco de Holanda. Esta escola situa-se na cidade e Guimarães. Este estabelecimento de ensino de Guimarães tem 3º ciclo e ensino secundário. Nesta escola pode-se prosseguir estudos nos seguintes cursos de prosseguimento de estudos: Ciências e Tecnologias, Ciências Sociais e Humanas, Línguas e Humanidades, Ciências Socioeconómicas e Artes Visuais. - A escola secundária com 3ºciclo do ensino básico Martins Sarmento. Esta escola situa-se na cidade de Guimarães. Este estabelecimento de ensino de Guimarães tem 3º ciclo e ensino secundário. Nesta escola pode-se prosseguir estudos nos seguintes cursos de prosseguimento de estudos: Ciências e Tecnologias, Ciências Sociais e Humanas, Línguas e Humanidades, Ciências Socioeconómicas e Artes Visuais.
  8. 8. - A escola secundária 2º e 3º ciclo e com ensino básico Santos Simões. Esta escola situa-se na cidade de Guimarães. Este estabelecimento de ensino de Guimarães tem 2º e 3º ciclo e ensino secundário. Nesta escola pode-se prosseguir estudos nos seguintes cursos de prosseguimento de estudos: Ciências e Tecnologias, Ciências Sociais e Humanas, Línguas e Humanidades, Ciências Socioeconómicas e Artes Visuais. Cursos superiores: O curso de Línguas e Humanidades dá para prosseguir os estudos para vários cursos superiores, como: - Artes perfurativas; - Estudos africanos, orientais, portugueses, teatrais, artísticos e culturais, europeus e internacionais; - Turismo;
  9. 9. - Linguística; - Língua e literaturas modernas e administração editorial; - Tradução e assessoria de direcção; - Tradução e intérpretes; - Tradução e interpretação da língua gestual portuguesa; - Direito; - Arqueologia; - Ciências políticas, documentais e editorais; - Comunicação social; - Ciências sociais e humanas; - Documentação e arquivista; - Filosofia; - Geografia do desenvolvimento regional e de planeamento; - História ou História de arte; - Jornalismo e comunicação; - Sociologia e serviço social; - Relações internacionais.
  10. 10. Capítulo III: Carga horária nos cursos Disciplinas a frequentar Avaliações
  11. 11. Capítulo III: Carga horária nos cursos: O ensino secundário tem menos horas de aulas, no que no ensino básico, porque pretendemos prosseguir estudos. No 10.º ano iremos ter ……. Horas por semana, ou seja, ……… por ano. No 11.º ano iremos ter ……. Horas por semana, ou seja, ……….. Por ano. E no 12.º ano iremos ter ……… horas por semana, ou seja, ……. Por ano. …… horas anuais …… horas semanais 12.º ano de escolaridade …… horas anuais …… horas semanais 11. ano de escolaridade …… horas anuais … .. horas semanais 10. ano de escolaridade Horas anuais Horas semanais Ano de escolaridade
  12. 12. Disciplinas a frequentar: Para prosseguir os estudos nas escolas secundárias não temos todas as disciplinas como até ao 9.º ano de escolaridade obrigatória. Para isso vamos ter disciplinas gerias e as opcionais. Disciplinas Gerais: Disciplinas opcionais: Área de projecto História Educação física Filosofia Língua estrangeira I, II ou II Português Matemática Aplicada às Ciências Sociais Literatura Portuguesa Língua estrangeira I, II ou II Latim Geografia
  13. 13. Avaliações: A avaliação destes cursos faz-se segundo diferentes modalidades: - Avaliação formativa: é continua sistemática, realizando-se ao longo de todo o ano, e tem função diagnóstica, no sentido de se obter informação acerca do desenvolvimento das aprendizagens do aluno. - Avaliação sumativa interna: constitui um balanço das aprendizagens do aluno e é dada a conhecer no final da cada período lectivo (é expressa numa escala de 0 a 20 valores para cada disciplina). Sociologia Psicologia Literaturas de Língua Portuguesa Língua estrangeira I, II ou III Latim B Geografia C Filosofia A Grego Economia C Direito Clássicos de literaturas Ciência Política Aplicações informáticas B Antropologia
  14. 14. - Avaliação sumativa externa: os alunos que frequentam estes cursos têm de efectuar exames nacionais, nos anos terminais, na disciplina de Português, na disciplina específica trienal e nas duas disciplinas bienais da componente específica nos seus anos terminais. Principais características das diferentes modalidades de avaliação: Exames nacionais que os alunos realizaram nos cursos científico-humanísticos: No final do 11.º e 12.º anos de escolaridade, concretizada na realização de exames nacionais. Quantitativa Sumativa Externa Nos finais dos períodos lectivos Quantitativa Sumativa Interna Ao longo do ano lectivo Qualitativa Formativa Momentos Natureza Modalidades de Avaliação <ul><li>Português </li></ul><ul><li>Disciplina trienal estruturante </li></ul><ul><li>Disciplina bienal estruturante iniciada no 11.ºAno de escolaridade. </li></ul>12.º Ano <ul><li>Filosofia </li></ul><ul><li>Disciplina bienal estruturante iniciada no 10.º ano de escolaridade </li></ul>11.º Ano Exames nacionais Anos de escolaridade

×