Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
INSTITUTO FEDERAL DE                  EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA                             DO PIAUÍ                 ...
Gás      ≠          Vapor   2
Exemplo:Bolhas formadas aoaquecermos a água,                     e as existentes no                     interior de um cop...
Explicação:              VAPOR (água)• Pode ser liquefeito por uma simples  diminuição de temperatura ou aumento  da press...
Explicação:               GÁS (refrigerante)• O gás utilizado na gaseificação de  bebidas é o CO2.• O CO2 dissolve-se no l...
PROPRIEDADES DOS GASES• A maioria dos gases são compostos  moleculares, com exceção dos gases  nobres (formados por átomos...
PROPRIEDADES DOS GASES                         7
CARACTERÍSTICAS FÍSICAS        DOS GASES• Grande               • Não      apresentam  compressibilidade;     volume fixo;•...
LEIS DOS GASES• Transformações isotérmicas;• Transformações isobáricas;• Transformações isovolumétricas.                  ...
LEIS DOS GASES1ªLei - Lei de Boyle: transformaçõesisotérmicas• temperatura constante;                                     ...
LEIS DOS GASESExemplo de uma transformação isotérmica:Toda vez querespiramosaplicamos aLei de Boyle.                      ...
LEIS DOS GASES• Compressão: a pressão aumenta, o gás  comprime-se em um espaço menor (o  volume diminui);• Expansão: a pre...
LEIS DOS GASES2ªLei - Lei de Charles e Gay-Lussac:• transformações isobárica;• transformações isovolumétrica.             ...
LEIS DOS GASESTransformação isobárica• é aplicada em máquinas térmicas como:  motores a vapor ou a combustão interna.• Oco...
LEIS DOS GASES                 15
LEIS DOS GASESTransformação isovolumétrica• Ocorre a volume constante;                               16
LEIS DOS GASES(Cesgranrio) O gráfico abaixo mostra astransformações sofridas por um gás idealquando variamos a sua tempera...
LEIS DOS GASES(Cesgranrio) O gráfico abaixo mostra astransformações sofridas por um gás idealquando variamos a sua tempera...
LEI GERAL DOS GASES                      19
EQUAÇÃO DE CLAPEYRON                       20
HIPÓTESE DE AVOGADRO“Volumes iguais de gases nas mesmascondições de pressão e temperaturacontém igual número de moléculas ...
TEORIA CINÉTICA DOS GASES• Todo gás é formado por partículas  minúsculas        em         movimento  livre, desordenado, ...
TEORIA CINÉTICA DOS GASESExemplo:           • pneu de automóvel                                 23
TEORIA CINÉTICA DOS GASES• Fórmula: Ecin = k.T                        24
TEORIA CINÉTICA DOS GASES                        25
DESVIOS DO   COMPORTAMENTO IDEALOs desvios ocorrem em função             datemperatura e da pressão:• Os desvios aumentam ...
DESVIOS DOCOMPORTAMENTO IDEAL                      27
EQUAÇÃO DE VAN DER WAALS• J. D. Van der Waals corrigiu a  equação dos gases ideais, elaborando  uma equação empírica que l...
EQUAÇÃO DE VAN DER WAALS                       29
REFERÊNCIAS• BROWN, T. L.; LEMAY, H. E. Jr.;  BURSTEN, B. E. – Química: a ciência  central. – São Paulo: Pearson Prentice ...
REFERÊNCIAS• SANTOS, W. L. P; MÓL, G. S. Química e  sociedade, vol. único. – São Paulo:  Geração, 2005.• USBERCO, J; SALVA...
32
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Estudo dos gases slides

32,149 views

Published on

Estudo dos gases slides

  1. 1. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ CAMPUS PICOSMinistrante: Micaela Neiva T. da S. Moura 1
  2. 2. Gás ≠ Vapor 2
  3. 3. Exemplo:Bolhas formadas aoaquecermos a água, e as existentes no interior de um copo de refrigerante. 3
  4. 4. Explicação: VAPOR (água)• Pode ser liquefeito por uma simples diminuição de temperatura ou aumento da pressão.• A bolha só subirá para a superfície quando a pressão do vapor dentro dela se torna igual à pressão atmosférica. 4
  5. 5. Explicação: GÁS (refrigerante)• O gás utilizado na gaseificação de bebidas é o CO2.• O CO2 dissolve-se no líquido devido ao aumento na pressão e diminuição da temperatura. 5
  6. 6. PROPRIEDADES DOS GASES• A maioria dos gases são compostos moleculares, com exceção dos gases nobres (formados por átomos isolados);• No estado gasoso as moléculas encontram-se muito mais separadas uma das outras do que nos estados sólidos e líquidos; 6
  7. 7. PROPRIEDADES DOS GASES 7
  8. 8. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DOS GASES• Grande • Não apresentam compressibilidade; volume fixo;• Grande • São miscíveis entre expansibilidade; si em qualquer proporção.• Grande dilatabilidade; 8
  9. 9. LEIS DOS GASES• Transformações isotérmicas;• Transformações isobáricas;• Transformações isovolumétricas. 9
  10. 10. LEIS DOS GASES1ªLei - Lei de Boyle: transformaçõesisotérmicas• temperatura constante; 10
  11. 11. LEIS DOS GASESExemplo de uma transformação isotérmica:Toda vez querespiramosaplicamos aLei de Boyle. 11
  12. 12. LEIS DOS GASES• Compressão: a pressão aumenta, o gás comprime-se em um espaço menor (o volume diminui);• Expansão: a pressão diminui, o gás expande-se (o volume aumenta). 12
  13. 13. LEIS DOS GASES2ªLei - Lei de Charles e Gay-Lussac:• transformações isobárica;• transformações isovolumétrica. 13
  14. 14. LEIS DOS GASESTransformação isobárica• é aplicada em máquinas térmicas como: motores a vapor ou a combustão interna.• Ocorre à pressão constante; 14
  15. 15. LEIS DOS GASES 15
  16. 16. LEIS DOS GASESTransformação isovolumétrica• Ocorre a volume constante; 16
  17. 17. LEIS DOS GASES(Cesgranrio) O gráfico abaixo mostra astransformações sofridas por um gás idealquando variamos a sua temperatura, pressãoou volume, nos permite afirmar que o gásevolui:a) Isobaricamente de 1 a 2.b) Isotermicamente de 2 a 3.c) Isobaricamente de 3 a 4.d) Isometricamente de 4 a 2.e) Isometricamente de 3 a 4. 17
  18. 18. LEIS DOS GASES(Cesgranrio) O gráfico abaixo mostra astransformações sofridas por um gás idealquando variamos a sua temperatura, pressãoou volume, nos permite afirmar que o gásevolui:a) Isobaricamente de 1 a 2.b) Isotermicamente de 2 a 3.c) Isobaricamente de 3 a 4.d) Isometricamente de 4 a 2.e) Isometricamente de 3 a 4. 18
  19. 19. LEI GERAL DOS GASES 19
  20. 20. EQUAÇÃO DE CLAPEYRON 20
  21. 21. HIPÓTESE DE AVOGADRO“Volumes iguais de gases nas mesmascondições de pressão e temperaturacontém igual número de moléculas oumols”.• Relaciona-se com o volume molar:“o volume ocupado por um mol de qualquergás”. V = constante x n 21
  22. 22. TEORIA CINÉTICA DOS GASES• Todo gás é formado por partículas minúsculas em movimento livre, desordenado, contínuo e com alta velocidade;• As partículas deUm gás estão muitoafastadas umas dasoutras; 22
  23. 23. TEORIA CINÉTICA DOS GASESExemplo: • pneu de automóvel 23
  24. 24. TEORIA CINÉTICA DOS GASES• Fórmula: Ecin = k.T 24
  25. 25. TEORIA CINÉTICA DOS GASES 25
  26. 26. DESVIOS DO COMPORTAMENTO IDEALOs desvios ocorrem em função datemperatura e da pressão:• Os desvios aumentam quando: – a temperatura diminui, tornando significante próximo a temperatura na qual o gás é convertido em líquido; – a pressão aumenta. 26
  27. 27. DESVIOS DOCOMPORTAMENTO IDEAL 27
  28. 28. EQUAÇÃO DE VAN DER WAALS• J. D. Van der Waals corrigiu a equação dos gases ideais, elaborando uma equação empírica que levasse em conta as forças atrativas e o volume finito delas;• Num gás real, a pressão é menor do que a prevista pela lei dos gases ideais devido à existência de forças atrativas intermoleculares. 28
  29. 29. EQUAÇÃO DE VAN DER WAALS 29
  30. 30. REFERÊNCIAS• BROWN, T. L.; LEMAY, H. E. Jr.; BURSTEN, B. E. – Química: a ciência central. – São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.• FELTRE, R. Química Geral, vol. 1 – 6 ed. – São Paulo: Moderna, 2004.• PERUZZO, F. M. CANTO, E. L. – Química na abordagem do cotidiano, vol. 1. – 4 ed. – São Paulo: Moderna, 2006. 30
  31. 31. REFERÊNCIAS• SANTOS, W. L. P; MÓL, G. S. Química e sociedade, vol. único. – São Paulo: Geração, 2005.• USBERCO, J; SALVADOR, E. - Química Geral, vol. 1 - 14 ed. – São Paulo: Saraiva, 2009. 31
  32. 32. 32

×