Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Messias Miranda Junior
Metabolismo dos Lipídeos
Messias.miranda@yahoo.com.br
Unidade Itapetininga - SP
Características dos lipídeos como reserva energética
Desempenham um papel relevante como fonte de alimentos devido ao seu ...
Digestão, absorção, transporte e armazenamento
1. As gorduras são emulsificadas no intestino delgado pelos sais biliares f...
Digestão, absorção, transporte e armazenamento
Quilomícrons
Composição:
•Apoliproteínas
•Triacilgliceróis
•Colesterol
•Fosfolipídeos
Liberação dos Ácidos Graxos dos Triacilgliceróis do Tecido Adiposo
Jejum adrenalisa e glucagon ativa adenil-ciclase hidrol...
β-oxidação dos Ácidos Graxos
• Estágio 1- um ácido graxo de cadeia
longa é oxidado para produzir
resíduos de acetil –CoA.
...
Metabolismo Lipídico
Metabolismo do Glicerol
Ser Utilizada na Glicólise ou Gliconeogênese
Glicólise ou Gliconeogênese
Ativação dos Ácidos Graxos
Produção de Acil-CoA no citoplasma
Transporte do Grupo Acil para as Mitocôndrias
Ação da Acil-carnitina translocase
Ácidos graxos com 14 ou mais carbonos
β-oxidação dos Ácidos Graxos
Ciclo de Lynen
β-oxidação do Ácido Palmítico (16 carbonos)
Número de Ciclos de Lynen e de Acetil-CoA em Ácido graxo com
16 carbonos
Número de Ciclos de Lynen
n – 1 = 16 – 1 = 7 cicl...
β-oxidação dos Ácidos Graxos Mono-Insaturados
β-oxidação dos Ácidos Graxos Poli-Insaturados
β-oxidação dos Ácidos Graxos de Cadeia Ímpar
Ciclo do Ácido
Cítrico
Corpos Cetônicos
Ocorre no fígado e é liberado na corrente sanguínea para outros
tecidos e órgãos
Exalada e
excretada na
u...
β-Hidroxibutirato como combustível
Nos tecidos produz acetil-CoA
Biossíntese de Ácidos Graxos
Ocorre no citoplasma
Acetil-CoA é gerado na mitocôndria pela:
•descarboxilação de piruvato;
•...
Transporte da Acetil-CoA para o Citoplasma
Síntese de
ácido graxo
Primeiro Passo: Formação de Malonil-CoA
Segundo Passo: Malonil transferido para a proteína
carreadora de acila
Síntese do Ácidos Graxos
Entra mais um grupo malonil e um
grupo acetila para aumentar a cadeia
Síntese do Ácidos Graxos
Metabolismo de lipídeos fsp
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Metabolismo de lipídeos fsp

Ingestão, digestão, absorção e metabolização de lipídeos.

  • Be the first to comment

Metabolismo de lipídeos fsp

  1. 1. Messias Miranda Junior Metabolismo dos Lipídeos Messias.miranda@yahoo.com.br Unidade Itapetininga - SP
  2. 2. Características dos lipídeos como reserva energética Desempenham um papel relevante como fonte de alimentos devido ao seu alto valor energético de 9 Kcal/g. Biomoléculas de reserva. Absorção: Diariamente ingerimos cerca de 25g-105g de triglicerídeos. Outros lipídeos tb sao ingeridos como fosfolipídios, o colesterol e as vitaminas lipossolúveis. Armazenamento: de ácidos graxos na forma de TG é o mais. Quando hormônios sinalizam a necessidade de energia metabólica, promove-se a liberação destes TG com o objetivo de convertê-los em ácidos graxos livres, os quais serão oxidados para produzir energia.
  3. 3. Digestão, absorção, transporte e armazenamento 1. As gorduras são emulsificadas no intestino delgado pelos sais biliares formando micelas mistas de triacilgliceróis. 2. Lipases intestinais hidrolisam os triacilgliceróis . 3. Os ácidos graxos são absorvidos na mucosa intestinal e reconvertidos em triacilgliceróis. 4. Os Triacilgliceróis juntamente com o colesterol e as apoliproteinas formam o quilomícron. 5. Os quilomícrons migram para o sistema linfático, depois para a corrente sanguínea e seguem para os tecidos. 6. Ativada pela apoC-II, a lipoproteína lipase libera ácido graxo e glicerol. 7. Os ácidos graxos entram nos adipócitos. 8. Os ácidos graxos são oxidados como combustíveis, reesterificados para a armazenagem ou utilizados para a síntese de membranas celulares.
  4. 4. Digestão, absorção, transporte e armazenamento
  5. 5. Quilomícrons Composição: •Apoliproteínas •Triacilgliceróis •Colesterol •Fosfolipídeos
  6. 6. Liberação dos Ácidos Graxos dos Triacilgliceróis do Tecido Adiposo Jejum adrenalisa e glucagon ativa adenil-ciclase hidrolise do baixa glicemia triacilglicerol em Ác. Graxos e glicerol Tecidos para produzir energia Fígado para produzir triacilgliceróis, fosfolipídeos ou glicose (gliconeogênese)
  7. 7. β-oxidação dos Ácidos Graxos • Estágio 1- um ácido graxo de cadeia longa é oxidado para produzir resíduos de acetil –CoA. • Estágio 2- os grupos acetil são oxidados a CO2, NADH+H+, FADH2 e GTP através do ciclo do ácido cítrico. • Estágio 3- os elétrons provenientes das reações acima passam pela cadeia respiratória produzindo ATP.
  8. 8. Metabolismo Lipídico
  9. 9. Metabolismo do Glicerol Ser Utilizada na Glicólise ou Gliconeogênese Glicólise ou Gliconeogênese
  10. 10. Ativação dos Ácidos Graxos Produção de Acil-CoA no citoplasma
  11. 11. Transporte do Grupo Acil para as Mitocôndrias Ação da Acil-carnitina translocase Ácidos graxos com 14 ou mais carbonos
  12. 12. β-oxidação dos Ácidos Graxos Ciclo de Lynen
  13. 13. β-oxidação do Ácido Palmítico (16 carbonos)
  14. 14. Número de Ciclos de Lynen e de Acetil-CoA em Ácido graxo com 16 carbonos Número de Ciclos de Lynen n – 1 = 16 – 1 = 7 ciclos de Lynen 2 2 Portanto, se em cada Ciclo são produzidos um NADH+H+ e um FADH2, ao total, serão produzidas 7 moléculas de NADH+H+ e um FADH2, produzindo um total de 28 ATPs. Nómero de Moléculas de Acetol CoA n = 16 = 8 acetil CoA 2 2 Se cada acetil CoA que entra no Ciclo do Ácido Cítrico produzem 3 NADH+H+, um FADH2 e 1 GTP, que produzem 10 ATPs, 8 acetil CoA x 10 ATPs = 80 ATPs Total = 80 + 28 = 108 ATPs menos 2 ATPs da etapa de ativação = 106 ATP
  15. 15. β-oxidação dos Ácidos Graxos Mono-Insaturados
  16. 16. β-oxidação dos Ácidos Graxos Poli-Insaturados
  17. 17. β-oxidação dos Ácidos Graxos de Cadeia Ímpar Ciclo do Ácido Cítrico
  18. 18. Corpos Cetônicos Ocorre no fígado e é liberado na corrente sanguínea para outros tecidos e órgãos Exalada e excretada na urina Outros tecidos: produz energia
  19. 19. β-Hidroxibutirato como combustível Nos tecidos produz acetil-CoA
  20. 20. Biossíntese de Ácidos Graxos Ocorre no citoplasma Acetil-CoA é gerado na mitocôndria pela: •descarboxilação de piruvato; •oxidação de ácidos graxos; •degradação de corpos cetônicos; •degradação de aminoácidos. Quando a demanda por ATP é baixa, a energia contida na acetil CoA mitocondrial pode ser estocada como gordura pela síntese de ácidos graxos. Em humanos, esta biossíntese ocorre principalmente no fígado, glândulas mamárias, adipócitos e rins. A síntese de ácidos graxos ocorre no citossol. A membrana mitocondrial é impermeável para a saída da acetil-CoA. Por isso, o acetil-CoA é transportado para o citossol na forma de citrato.
  21. 21. Transporte da Acetil-CoA para o Citoplasma Síntese de ácido graxo
  22. 22. Primeiro Passo: Formação de Malonil-CoA
  23. 23. Segundo Passo: Malonil transferido para a proteína carreadora de acila
  24. 24. Síntese do Ácidos Graxos Entra mais um grupo malonil e um grupo acetila para aumentar a cadeia
  25. 25. Síntese do Ácidos Graxos

    Be the first to comment

    Login to see the comments

  • jamilson24

    May. 4, 2017
  • RsLima07

    Nov. 21, 2017
  • Sara1404

    May. 29, 2018
  • THALINEMILANYDADIAS

    Feb. 6, 2019
  • NbiaMirandaMenezes

    Dec. 4, 2019
  • tiagocastro3726

    Apr. 21, 2020

Ingestão, digestão, absorção e metabolização de lipídeos.

Views

Total views

6,387

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

2

Actions

Downloads

120

Shares

0

Comments

0

Likes

6

×