SITBRAZIL 2011 - (PT) Usabilidade em Programas ABAP

654 views

Published on

Slides da Palestra do SAP Inside Track São Leopoldo 2011, por Mauricio Cruz

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

SITBRAZIL 2011 - (PT) Usabilidade em Programas ABAP

  1. 1. A Usabilidade em Programas ABAP© SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  2. 2. A Usabilidade em Programas ABAP Mauricio Roberto Cruz Consultor ABAP desde 2006 Consultor PI desde 2008 Entusiasta JAVA/Android/UX Editor do blog “ABAP Zombie” http://abapzombie.com/© SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  3. 3. • Conceitos• Porque se preocupar com a Usabilidade?• Análise de um caso real• Criando programas orientados aos usuários• Ferramentas e Técnicas• Guias e Referências © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  4. 4. Usabilidade – A facilidade de uso e aprendizado de um objeto criado por humanos Design de Interação (IxD/DxI) – Diz como um produto/sistema deve se comportar de acordo com a experiência do usuárioExperiência do Usuário (UX) – como uma pessoa se sente e reage ao utilizar um sistema/produto © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  5. 5. • Interfaces mais simples e mais fáceis de usar• Menor índice de erros causados por desentendimentos• O programa terá uma vida útil maior no sistema• E o seu trabalho vai ficar ainda mais profissional! © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  6. 6. © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  7. 7. Usuário – Ele quer alguma coisa! Consultor SD – Ele sabe o que usuário deseja! Desenvolvedor ABAP – Ele irá criar o que o Consultor SD disser que o Usuário deseja© SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  8. 8. © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  9. 9. FS001 – Arquivo de Ordens de Vendas• O que o programa deve fazer: – Extrair os dados de Ordens de Vendas, baseado em data/nr. da OV/ tipo da OV e gravá-los em um arquivo de texto (.txt). – Criar um arquivo na máquina do usuário / servidor © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  10. 10. • Consultor SD – Definiu todas as regras necessárias e sumarizou todas as transações e tabelas de onde os dados serão extraídos – Definiu também um layout para o arquivo com o usuário final• Desenvolvedor ABAP – Criou o programa todo 100% de acordo com a especificação funcional © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  11. 11. Tela de Seleção do Programa:Mensagem de Sucesso: © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  12. 12. • Teste Unitário ABAP – Terminado, está tudo funcionando corretamente!• Teste Unitário SD – Terminado, está tudo funcionando conforme eu especifiquei!• Teste de Aceitação do Usuário – O programa está errado! © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  13. 13. • A modelagem de dados foi feita corretamente• Os requerimentos de negócio foram cobertos pelo programa• Não haviam erros no Layout do Arquivo Porém… © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  14. 14. Ninguém pensou em como esse programa iria ser usado! Nós trabalhamos para o usuário final, mas aindaassim nós costumamos ignorar seus pensamentos e aquilo que ele realmente precisa… © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  15. 15. Você já se encontrou nessa situação, ondeparece que o usuário não sabe “mexer como computador”, não conseguindo entender como um programa “simples e correto” funciona?© SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  16. 16. E a culpa é dele mesmo?© SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  17. 17. Primeiro a Modelagem de Dados… ou Primeiro a Interação com o Usuário?© SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  18. 18. • Porque o software está sendo criado?• Como o usuário vai utilizar o software?• O que pode ser criado baseado em suas necessidades?© SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  19. 19. © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  20. 20. • O Design de Interação é uma das responsabilidades do Desenvolvedor ABAP• Um Desenvolvedor ABAP conhece as limitações técnicas do sistema• Baseado em sua experiência em desenvolvimentos passados ele pode dar diversas sugestões para o design do programa © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  21. 21. Isso é o que usuário realmente queria:© SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  22. 22. • Cenários e Casos de Uso – Cenário de Interação do Usuário • Casos de usos nesses cenários• Protótipos – Wireframes – Protótipos com Navegação © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  23. 23. • As atividades relacionadas ao usuário devem ser aplicadas em quaisquer projetos, não importando seu tamanho• Desenvolvedor ABAP Sênior envolvido no Blueprint e no levatamento de requisitos• Metodologias ágeis podem ter um Sprint 0 dedicado somente à usabilidade• Não existem custos adicionais e mais qualidade será entregue ao usuário final © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  24. 24. ABAP UX Guideline• SAP Design Guild – ABAP Development Guideline http://www.sapdesignguild.org/Técnicas• Pesquisas com os usuários• Personas• Testes de Usabilidade © SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  25. 25. Q&A© SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo
  26. 26. Muito Obrigado! Mauricio Roberto Cruz mauriciorcruz@gmail.com @mrc_cruz http://abapzombie.blog.br/ http://sapcastbrasil.wordpress.com/© SAP Inside Track Brazil 2011 – São Paulo e São Leopoldo

×