Conflito

9,871 views

Published on

Published in: Health & Medicine
0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
9,871
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
10
Actions
Shares
0
Downloads
660
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Conflito

  1. 1. Desenvolvimento Pessoal e Profissional Conflitos
  2. 2. INTRODUÇÃO Este trabalho é concebido no âmbito da disciplina de Desenvolvimento Pessoal e Profissional, sendo o tema deste trabalho “Os conflitos”. Ao longo do trabalho será abordado o conceito de conflito, os tipos, as causas, entre outros parâmetros que estão ligados direta ou indiretamente aos conflitos e à vida em sociedade. Para a realização desta apresentação os recursos utilizados como métodos de pesquisa foram: recurso á internet e a livros ligados ao tema. 2
  3. 3. CONCEITO DE CONFLITO Conflito é designado como uma ocorrência de pelo menos dois impulsos ou motivos incompatíveis, que são sentidos por uma pessoa. Este envolve pessoas ou grupos quando existem ideias e/ou interesses opostos, pois isto acontece quando há um estado de insatisfação e frustração entre as partes envolvidas. 3
  4. 4.  Desde sempre, o ser humano, enquanto membro, de uma sociedade de grande ou pequena dimensão, esta sujeito a cumprir obrigações, direitos, deveres e mais que isso, terá de saber lidar com os conflitos próprios da comunidade onde se insere.  De facto, o conflito encontra-se presente nos diversos sistemas sociais, independentemente do tempo e espaço. Livro: Conflito e negociação (Cunha, Pedro 2008. 2º edição) 4
  5. 5. Discrepância de interesses e opiniões Parcerias As origens mais comuns nos conflitos entre o Homem Discordância nos valores políticos e/ou religiosos Competição pelo poder Diferenças de objetivos e perspetivas 5
  6. 6. Podemos desde já salientar, utilizando uma expressão de Friedberg,1995: “O universo complexo das relações humanas e da interação social é sempre potencialmente instável e conflitual” . Livro: Conflito e negociação (Cunha, Pedro 2008. 2º edição) 6
  7. 7. Na vida em sociedade surgem inúmeras formas de conflito, as que seguem são as mais frequentes. Livro: Conflito e negociação (Cunha, Pedro 2008. 2º edição) 7
  8. 8. Conflito Interpessoal (conflito entre pessoas) Conflito Intrapessoal (conflito interno) Conflito Intergrupal (conflito entre grupos) 8
  9. 9. Conflito Nacional (conflito a nível nacional ) Conflito Intragrupais (conflito no seio do grupo) Conflito Internacional (conflito entre países/civilizações ) 9
  10. 10. Conflito Politico (conflito entre partidos/oposições) Conflito Laboral (conflito no meio profissional) Conflito Religioso (conflito entre crenças/tradições) 10
  11. 11. OS CONFLITOS PODEM ASSUMIR 4 TIPOS: Conflito Atração - Atração  Ocorre quando temos de fazer uma escolha de situações atraentes, teremos que rejeitar uma delas, já que não podem ser realizadas em simultâneo. Conflito Repulsão – Repulsão  Surge quando se está perante duas alternativas desagradáveis, e há vontade de as rejeitar, mas tem dificuldade em fazê-lo simultaneamente. Se o não fizer, implica automaticamente que qualquer das opções se imponha. Este tipo de conflito é mais complexo e dificulta a sua resolução, tendo em conta o conflito anterior. Consultado: http://prof.santanaesilva.pt/gestao_de_empresas/trabalhos_06_07/word/Gest%C3%A3o%20de%20Conflitos.pdf 11
  12. 12. Conflito Atração – Repulsão  É o tipo de conflito em que a pessoa está perante situações de decisão, com vantagens e desvantagens, em que o indivíduo tem de decidir se deve aproximar-se ou afastar-se, ao mesmo tempo, lhe causa atração e receio. Este conflito pode ser considerado como o mais frequente, pois refere-se a situações constituídas por pontos positivos e por outros negativos. Dupla Atração – Repulsão  Por último, o de "dupla atração – repulsão" em que a pessoa tem de decidir entre dois alvos, qualquer deles com aspetos positivos e negativos. São situações difíceis em que têm de se tomar em consideração vários fatores, tais como: o valor e atração pelo objetivo, a sua proximidade, as vantagens e as desvantagens. Consultado: http://prof.santanaesilva.pt/gestao_de_empresas/trabalhos_06_07/word/Gest%C3%A3o%20de%20Conflitos.pdf 12
  13. 13. Tendo em atenção tudo o que foi referido anteriormente, o conflito é um elemento que deve de ser compreendido e explorado, a fim de podermos conhecer o conflito em si , para estarmos aptos a lidar com eles. O conflito pode ser:  Latente: não é evidente e não existe uma clara consciência da sua existência  Percebido: os elementos envolvidos percebem a existência de um conflito, contudo não se verificam manifestações abertas do mesmo  Sentido: já atinge ambas as partes envolvidas, ou seja existe emoção e a forma consciente do conflito  Manifesto: já atingiu as partes envolvida, mas já se manifesta a terceiros e pode vir a interferir na dinâmica de um grupo/organização. 13 Consultado: http://www.slideshare.net/guest24db3f/1193416403-tipos-de-conflito-e-sua-caracterizacao
  14. 14. COMO GERIR OS CONFLITOS Para uma resolução ou minimização dos conflitos é preciso ter em conta alguns passos:  Criar um meio afetivo e harmonioso  Saber lidar com as necessidades, pensamentos ou ideias individuais  Construir um ambiente de partilha e aceitação  Olhar para o futuro e aprender com o passado  Conciliar as diversas opções tendo em vista interesses mútuos  Desenvolver efetividade nas interações sociais  Estabelecer ferramentas de comunicação 14
  15. 15. FORMAS DE INTERVIR NOS CONFLITOS: Quando se verifica uma situação de conflito poderemos recorrer:  À negociação – dialogar e/ou chegar a um acordo com a parte envolvida no conflito;  À mediação – analisar os interesses em comuns entre as partes, estudar alternativas de solução e estimular possíveis soluções;  À conciliação- tentar convencer as partes a alcançarem um acordo que, mesmo não sendo totalmente satisfatório, poderá limitar o conflito e minimizar perdas. 15
  16. 16. CONCLUSÃO Com a realização deste trabalho foi possível adquirir novos conhecimentos mais aprofundados sobre os conflitos, tipos de conflito, as suas respetivas causas, entre outras temáticas. Para além disso, com este estudo, conclui-se que a vida em sociedade é demasiado complexa, sendo o ser humano um ser em constante interação e socialização com o outro, pode-se classifica-lo como um ser conflituoso. Contudo foi possível concluir também que nem todos os conflitos são negativos. Os conflitos são assim uma base na vida em sociedade, porque para além de lidar com eles constantemente, o ser humano evolui e aprende com os mesmos. 16
  17. 17. BIBLIOGRAFIA Cunha, Pedro (2008). Conflito e negociação. 2º edição Conflitos. [Em linha]. Disponível em http://prof.santanaesilva.pt/gestao_de_empresas/trabalhos_06_07/word/Gest %C3%A3o%20de%20Conflitos.pdf [Consultado em 04/11/2013] Tipos de conflitos e sua caracterização. [Em linha]. Disponível em http://www.slideshare.net/guest24db3f/1193416403-tipos-de-conflito-e-suacaracterizacao [Consulado em 12/11/2013] 17

×