Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Conversacoes sobre a cidade: Ideais de Espaço Urbano, Cidadania e Bem Comum

The research reveals visions of urban space as the common good, and actions to defend it taken by groups voluntarily organized into networks mediated by the Internet and mobile communication networks. Conversations caught on Facebook pages of two Italian groups (Basento's Park and The Garden in Motion group) and two Brazilians groups (Unocuppy Movement and Collective Yards group) were analysed. These groups have mobilized to regenerate degraded areas of the city of Potenza (Italy) and Salvador (Bahia / Brazil), in 2012-2013. Social Network Analysis procedures was applied to semantic networks extracted from comments on posts.

  • Be the first to comment

Conversacoes sobre a cidade: Ideais de Espaço Urbano, Cidadania e Bem Comum

  1. 1. Agenda ● Conceitos utilizados 5' ● Método, processos e ferramentas 10' ● Apresentação dos casos/ Respostas dadas pelas redes 15' ● Conclusões 5'
  2. 2. Mapa conceitual
  3. 3. ARS aplicada a Redes Semânticas ● Temas: Espaço Urbano; Visões em Conflito; Visões Políticas ● ARS: propriedades estatística da rede (estrutura) e não a lógica de sua formação (SW, livres de escala) ● Conceitos proeminentes: baseados em índices de centralidade dos nós da rede ● Exploração do contexto semântico e agrupamentos (comunidades) de conceitos ● Categorização dos conceitos
  4. 4. Grau = número de outros conceitos diretamente conectados a um conceito (extensão do vocabulário) Centralidade de proximidade = o quão perto um conceito está de todos os outros (importância do conceito na rede como um todo) Centralidade de autovetor = o quão perto um conceito está de outros conceitos que são importantes no que diz respeito ao Grau Centralidade de intermediação = quão frequentemente um conceito se posiciona no caminho mais curto entre qualquer outro par de conceitos (fluxo de informação)
  5. 5. Categorias Categoria Id. Definição Ator AT Qualquer indivíduo, agrupamento, categoria profissional ou papel desempenhado por indivíduos, entidade ou instituição, sejam eles declarados como agentes ou pacientes de ações, sejam eles objeto de avaliação ou juízo. Ação AC Qualquer ação física ou comunicativa que se verifica ou pode se verificar, com possível impacto sobre atores, espaço, instituições ou administração política e instituições sociais de qualquer natureza. Inclui a política. Evento, Instituição, Iniciativa ou Recurso EIR Qualquer iniciativa realizada ou idealizada, seja no espaço físico ou em foros instituiídos no âmbito das relações sociais, e os respectivos recursos utilizados ou disponíveis para sua consecução. Inclui os elementos espaciais (área, zona, cidade, lugar) a que se refere. Valor, Qualidade e Motivação VQM Julgamento atribuído a qualquer elemento das demais categorias de análise. Inclui referências ao tempo em que a ação se realiza.
  6. 6. Subcategorias Categ. Subcategoria Id. Definição EIR Recurso RE Meio ou instrumento utilizado para propor, projetar ou executar uma ação, tomar uma decisão ou fazer uma escolha. Elemento do Espaço EE Objeto ou conjunto de objetos que ocupam um espaço projetado sobre a Terra, presentes na realidade física, ou espaço topologicamente definido capaz de abrigá-los. Evento ou Iniciativa INI Acontecimento, idealizações ou empreendimentos propostos em foros das relações sociais, incluindo o mercado. VQM Qualidade da Ação QA Julgamento atribuído a qualquer elemento da categoria Ação (AC) Qualidade do Espaço QE Julgamento atribuído a qualquer Elemento do Espaço, da categoria EIR Tempo TP Referência ao tempo em que uma ação se realiza.
  7. 7. Parco del Basento (Potenza)
  8. 8. T1 - início Criação, apresentação e expansão do grupo Sedução [25/11/11 - abril 12] Nasce o Comitê Parco del Basento
  9. 9. T2 - conflito Confronto [18-30 abril 12] Discussão sobre a cidade e sobre as propostas
  10. 10. 29 de outubro de 2014
  11. 11. Movimento Desocupa (Salvador)
  12. 12. Rede Qtd. Nós Qtd. Links Diâmetro Densi- dade Grau médio Comprimento médio do caminho Qtd. Comuni- dades Espaço Urbano 76 152 7 0,05 4 3,2 6 Visões em Conflito – Grupo 97 200 8 0,04 4,12 3,28 7 Visões em Conflito – Representante 82 113 14 0,03 2,76 4,89 7 Política e a polis 43 63 8 0,07 2,93 3,58 6 Rede Qtd. Nós Qtd. Links Diâmetro Densidade Grau médio Comprimen to médio do caminho Qtd. Comuni- dades Espaço Urbano – O Bairro 56 93 8 0,06 3,3 3,4 7 Espaço Urbano – A Cidade 64 150 5 0,07 4,69 2,8 7 Conflito – Grupo 65 145 6 0,07 4,46 2,91 6 Política e o movimento 110 230 8 0,04 4,18 3,53 7 Grupo Parco del Basento Movimento Desocupa
  13. 13. Parco del Basento – Espaço Urbano comunidades proeminentes
  14. 14. Grupo Parco del Basento ● Deseja obter um espaço dedicado ao tempo livre de acesso aberto ao uso de todos ● Denuncia a falta de manutenção da infraestrutura urbana pela administração pública ● Relaciona cidadão diretamente com a participação ● Visão republicana de democracia: cidadãos, atores politicamente autônomos, devem poder participar de uma práxis comum
  15. 15. Movimento Desocupa – Espaço Urbano Bairro 2 de Julho comunidades proeminentes
  16. 16. Movimento Desocupa – Espaço Urbano A Cidade comunidades proeminentes
  17. 17. Movimento Desocupa ● Contra a degradação do espaço urbano ● Contra a apropriação dos estoques fundiários/imóveis na área central da cidade ● Não há discussão de ideias/propostas de solução ● Predomina convocação para estar presente em eventos e discussões sobre o que o se deve ou não discutir
  18. 18. Potenza x Salvador Redes “ego”
  19. 19. Parco (iniciativa) Desocupa (movimento)
  20. 20. Parco del Basento – Conflito Grupo comunidades proeminentes nós grau >= 4
  21. 21. Parco del Basento – Conflito Representante comunidades proeminentes
  22. 22. Posição Degree Closeness Centrality Eigenvector Centrality Betweenness Centrality 1 potenza potenza potenza potenza 2 parco_del_basento parco_del_basento parco_del_basento parco_del_basento 3 rappresentante idea area_ex_cip_zoo rappresentante Posição Degree Closeness Centrality Eigenvector Centrality Betweenness Centrality 1 cittadella_dei_ saperi idea cittadella_dei_ saperi idea 2 idea cittadella_dei_sape ri idea cittadella_dei_saperi 3 proposta proposta potenza insieme Representante Grupo
  23. 23. Representante Visões de Potenza Redes “ego” Grupo
  24. 24. Grupo comunidades proeminentes nós grau >= 3 Movimento Desocupa – Conflito
  25. 25. Posição Degree Closeness Centrality Eigenvector Centrality Betweenness Centrality 1 joão_henrique joão_henrique joão_henrique joão_henrique 2 movimento movimento movimento movimento 3 prefeitura/comunidade moradores comunidade comunidade Movimento Desocupa – Conflito
  26. 26. Parco del Basento - Conflito Grupo ● Solicita recuperação das funções centrais do Centro Histórico e reconversão de áreas degradadas fora do centro em área verde destinada a atividades culturais e de lazer Representante ● Aposta em um único projeto como fator impulsionador do crescimento da cidade e afirma que os trabalhos de manutenção em curso são suficientes para atender às solicitações do grupo
  27. 27. Movimento Desocupa - Conflito ● Clima de aberto antagonismo com o prefeito ● O prefeito é vinculado com uma LOUOS “imoral” ● Acusa o prefeito pela falta de estudos para planejar intervenções e por não consultar a comunidade ● Solicita implantação de equipamentos e serviços no Bairro 2 de Julho
  28. 28. Parco del Basento – Política comunidades proeminentes
  29. 29. Movimento Desocupa – Política comunidades proeminentes nós grau >= 4
  30. 30. Parco del Basento ● Cidadão => cidadania ativa, participação ● Falta de confiança na Administração Pública e nos Políticos ● Ideais sem coloração partidária ● Visão desiludida da política enquanto defesa do bem comum “abbiamo perso la vera essenza della parola: 'politica' significava l'amministrazione della 'polis' per il bene di tutti, la determinazione di uno spazio pubblico al quale tutti i cittadini partecipano” (Rocco Tolve)
  31. 31. Movimento Desocupa ● Apartidarismo ● Receio de que os Partidos instrumentalizem o movimento ● Contra o político profissional e o vale-tudo eleitoral ● Movimento associado a “controle social”
  32. 32. Rede Posição Betweenness Centrality Rede 1 – Bairro 2 de Julho 1 moradores 2 movimento_desocupa 3 prefeitura Rede 2 – A Cidade 1 movimento_desocupa 2 pessoas 3 grupo Rede 3 – Conflito 1 joão_henrique 2 movimento 3 comunidade Rede 4 – Política 1 partido 2 pt 3 movimento MovimentoDesocupa–Atores–CentralidadedeIntermediação
  33. 33. Criação – 1/10/2012 Il Giardino in Movimento
  34. 34. Il Giardino in Movimento comunidades proeminentes nós grau >= 3
  35. 35. Canteiros Coletivos Criação – fevereiro /2012
  36. 36. Canteiros Coletivos comunidades proeminentes
  37. 37. Canteiros Coletivos Rede “ego” - Participar
  38. 38. Espaço urbano como bem comum Parco del Basento Il Giardino in Movimento Movimento Desocupa Canteiros Coletivos0 1 2 Ter acesso Vincular Propor Fazer Il Giardino in Movimento Canteiros Coletivos Parco del Basento Movimento Desocupa

×