Successfully reported this slideshow.
Your SlideShare is downloading. ×

1- Ácidos nucleicos ALUNOS.pptx

Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Upcoming SlideShare
ppt 4 - Ciclo celular.pptx
ppt 4 - Ciclo celular.pptx
Loading in …3
×

Check these out next

1 of 35 Ad
Advertisement

More Related Content

Recently uploaded (20)

Advertisement

1- Ácidos nucleicos ALUNOS.pptx

  1. 1. Ácidos nucleicos Biologia e Geologia – 11ºAno 1
  2. 2. 2 Como se explicam as parecenças entre pais e filhos?
  3. 3. 3 Apesar da biodiversidade há uma unidade estrutural, funcional e molecular comum a todos os seres vivos – a CÉLULA 1- Célula procariótica, 2- Célula eucariótica animal; 3- Célula eucariótica vegetal
  4. 4. 4 Como foi descoberto o DNA? 1- Gregor Mendel Entre 1856 e 1865, trabalhando com ervilheiras, desvendou aos princípios básicos da herança biológica, que ficaram conhecidos como Leis de Mendel.
  5. 5. 5 2- Johann Friedrich Miescher
  6. 6. 6 3- Joachim Hammerling Hammerling utilizou nas suas experiências uma alga do género Acetabularia, unicelular mas de grandes dimensões (cerca de 2 cm).
  7. 7. 7 Experiência A Que conclusão se pode tirar deste resultado? Como o núcleo está no pé, isto permitiu que toda a alga fosse regenerada. O núcleo é a estrutura responsável pela manutenção da vida, regeneração e crescimento da célula.
  8. 8. 8 Experiência B Que conclusão se pode tirar destes resultados? O pé da alga contém algo responsável pela regeneração das porções perdidas da acetabulária.
  9. 9. 9 Experiência C Que conclusões tira desta experiência? O núcleo contém informação necessária para regenerar toda a alga. Ou seja, a alga vai manifestar as características que estão “escritas” no núcleo vindo da outra alga.
  10. 10. 10 4- Frederick Griffith Em 1928 estudava bactérias responsáveis pela pneumonia (Diplococus pneumoniae), de forma arredondada e unidas duas a duas. HIPÓTESE: Um constituinte das bactérias S mortas pode transformar bactérias R vivas.
  11. 11. 11 Atividade pág. 12
  12. 12. 12 Os lotes de ratos foram injetados com as soluções A, B, C e D. MÉTODO RESULTADOS
  13. 13. 13 5- Oswald Avery A equipa de Avery, em 1944, interessou- se sobre a natureza bioquímica do material genético, levando a cabo uma série de experiências. 0 1 2 3 4
  14. 14. 14
  15. 15. 15 6- Hershey e Chase (1952) Em 1953, estes cientistas utilizaram vírus que infetam bactérias (chamados bacteriófagos), contribuindo com os seus trabalhos para afirmar que a molécula de DNA é o suporte da informação genética. Constituição dos vírus T2
  16. 16. 16 Modo de atuação dos vírus T2 Vírus observado ao Microscópio electrónico http://recursos.cnice.mec.es/biosfera/p rofesor/animaciones/ciclo_litico.swf
  17. 17. 17
  18. 18. 18 ATIVIDADE PRÁTICA – “Como extrair o DNA a partir de células de tecidos vegetais?” Pág. 17 do manual adotado
  19. 19. As moscas da espécie Drosophila melanogaster (mosca da fruta) são organismos que começaram a ser usados em estudos de genética por Thomas Morgan e continua a ser um dos principais objetos de estudo. 19 Thomas Morgan (1866 – 1945)
  20. 20. 20 DNA Ácido Desoxirribonucleico
  21. 21. 21 Nucleótido – monómero dos ácidos nucleicos Numeração dos átomos de carbono
  22. 22. 22
  23. 23. 23 Bases nitrogenadas PIRIMIDINAS (anel simples) Bases nitrogenadas PURINAS (anel duplo)
  24. 24. Ligação entre nucleótidos da mesma cadeia 24
  25. 25. 25 Os nucleótidos unem-se entre si por ligações entre o radical fosfato de um nucleótido e o carbono 3’ da pentose do nucleótido seguinte. O processo repete-se no sentido 5’  3’ As características de cada indivíduo depende: • Do número de nucleótidos • Da ordem dos nucleótidos • Do tipo de nucleótidos Cadeia polinucleotídica
  26. 26. Percentagem de bases nitrogenadas e relação entre elas no DNA de várias espécies 26 Erwin Chargaff 1905 - 2002 Entre 1944 e 1952 – Chargaff e seus colaboradores Analisaram amostras de DNA de diferentes espécies e calcularam a percentagens relativas das bases nitrogenadas.
  27. 27. 27 Regra de Chargaff Conclusão:
  28. 28. 28 1950 – Rosalind Franklin e Maurice Wilkins • Usando a técnica da difração do raio-X, amostras de DNA cristalizado foram bombardeadas. • Os padrões obtidos permitiram concluir que a molécula de DNA deveria ter uma estrutura em hélice. • Observações realizadas com o microscópio electrónico revelaram que a espessura de uma molécula de DNA ( 2nm) é dupla da de uma cadeia polinucleotídica (1nm). Rosalind Franklin (1920-1958) Maurice Wilkins (1916-2004)
  29. 29. 1953 – Watson e Crick Combinaram todos os conhecimentos que existiam sobre a estrutura do DNA e a sua composição e construíram um modelo - Modelo da Dupla Hélice • Duas cadeias polinucleotídicas dispostas de forma antiparalela. • Cadeias unidas por ligações de hidrogénio entre as bases complementares. • Nucleótidos na mesma cadeia unidos por ligações fosfodiéster.
  30. 30. 30 http://www.sciencebuddies.o rg/science-fair- projects/project_ideas/Geno m_GC_Calculator.shtml Calculadora online do nº de bases numa amostra de DNA
  31. 31. 31 RNA Ácido ribonucleico
  32. 32. 32 Bases nitrogenadas PIRIMIDINAS (anel simples) Bases nitrogenadas PURINAS (anel duplo)
  33. 33. 33 Molécula de RNA
  34. 34. 34 P P P P P RNA mensageiro (mRNA) RNA de transferência (tRNA) Ribossoma RNA ribossomal (rRNA) Local de ligação ao aminoácido Local de reconhecimento do mRNA (anticodão) Tipos de RNA
  35. 35. 35 Principais diferenças entre RNA e do DNA

×