Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Fósseis

3,373 views

Published on

  • Be the first to comment

Fósseis

  1. 1. Os detectives dos fósseis <br /><ul><li>O ramo das Ciências da Terra e da Vida que se dedica ao estudo dos fósseis chama-se PALEONTOLOGIA.
  2. 2. Os cientistas que fazem o papel de “detectives de fósseis “ são chamados de PALEONTÓLOGOS.
  3. 3. Através do estudo dos fósseis eles conseguem reconstituir a história da Terra e dos seus seres vivos
  4. 4. Mas o trabalho destes cientistas não é nada fácil!</li></li></ul><li>O que são Fósseis?<br />Fósseis são restos de seres vivos que viveram no nosso planeta há muitos anos, ou vestígios da sua actividade, e que ficaram preservados nas rochas ou noutros materiais.<br />
  5. 5. Fósseis noutros Materiais…<br />Nos desertos, as areias sopradas pelo vento, auxiliam com frequência a formação de fósseis. <br />Foi este o modo que conduziu à preservação de ninhos de ovos de dinossauros, descobertos no deserto de Gobi, na Mongólia.<br />As dunas de areia móvel também cobrem árvores erectas, que com o tempo podem vir a petrificar-se.<br />Secção de madeira fossilizada, silicificada. Triásico, EUA<br />
  6. 6. Alguns dos fósseis mais perfeitos que se têm encontrado, estão incluídos em massas de âmbar amarelo. <br />Esta substância não é mais do que uma resina seca e endurecida pelo tempo, que foi segregada por certas árvores ancestrais.<br /> Não é raro encontrar insectos em fragmentos de âmbar. <br />Embora alguns deles tenham vivido há milhões de anos, podem estudar-se tão fácil e completamente como os da actualidade. <br />Nos gelos da Sibéria encontraram-se vários corpos completos de mamutes que viveram há muitos milhares de anos.<br />A sua idade? 40 000 anos! <br />No Verão de 1977 foi descoberto um mamute bebé de sete meses<br />
  7. 7. Podem ser Fósseis…<br /><ul><li>Partes do corpo </li></ul>de um ser vivo:<br />tubarão-branco-gigante<br /><ul><li>A totalidade do corpo:
  8. 8. Vestígios (ou marcas) da actividade </li></ul>do ser vivo: <br />Ovos<br />Coprólito (excremento fossilizado) de mamífero. <br />Pegadas<br />
  9. 9. Que Informações nos dão…<br />… as pegadas?<br />… os coprólitos?<br />… os ovos?<br />Dinossauro herbívoro <br />…que tipo de alimentação tinha o animal - Se era herbívoro ou carnívoro.<br />… Se era um animal que punha poucos ovos ou muitos;<br />… em que tipo de local gostava de fazer os ninhos.<br />… Se era um animal bípede ou quadrúpede;<br />… se era solitário ou andava em manadas;<br />… qual o seu peso, altura e tamanho aproximado.<br />
  10. 10. O que é a fossilização?<br />A fossilização é o conjunto de processos físico-químicos que levam à formação de fósseis .<br />É um processo que pode levar milhões de anos!<br />Para que se dê a fossilização de um organismo é necessário que ele, partes dele, ou apenas os seus rastos ou marcas, fiquem rapidamente ao abrigo:<br /><ul><li>dos agentes da erosão;
  11. 11. da decomposição;
  12. 12. da ingestão por outros animais.</li></li></ul><li>Moldagem<br />As partes duras dos organismos vão desaparecendo deixando nas rochas as suas marcas (impressões), ou seja, o organismo é destruído mas o molde persiste. <br />Moldes externos : o organismo, ao morrer, cai sobre os sedimentos, deixando impressas as suas características estruturais externas<br />O fóssil A corresponde a um molde externo da trilobite e o B ao molde interno.<br />Moldes internos: o interior do organismo enche-se de sedimentos que reproduzem os detalhes da sua estrutura interna<br />Aqui trata-se de uma impressão ou marca porque foi originada por vestígios de uma folha de planta que foi rapidamente decomposta e desapareceu. O que ficou conservado foi a marca ou impressão dessa planta.<br />
  13. 13. Mineralização<br />As partes duras dos organismo tais como ossos, conchas, desaparecem, ficando no lugar deles minerais.<br />Ex: Aqui a matéria viva do esqueleto do dinossauro foi substituída por minerais das rochas que se encontravam à sua volta, originando um fóssil <br />Ex: Certos vestígios de actividade orgânica também podem mineralizar: as cascas de ovos de dinossáurio podem mineralizar; os excrementos também podem mineralizar, originando coprólitos.<br />Ex: Um outro exemplo são os troncos silicificados de árvores. Neste caso, a celulose do esqueleto orgânico da planta é totalmente substituída por sílica. Os espaços vazios originais são também preenchidos por sílica. Assim, a estrutura interna do tronco é preservada <br />
  14. 14. Mumificação ou Conservação<br />Todo ou quase todo o ser vivo fica conservado, mesmo as suas partes moles. Após a morte, o ser vivo é envolvido por uma substância (como por exemplo, o gelo ou o âmbar) que permite a sua conservação.<br />Exemplos de mumificação:<br />  Insectos conservados em âmbar.<br />  Mamutes conservados no gelo.<br />
  15. 15. Fósseis vivos <br />São espécies de seres vivos que existem desde há muitos milhões de anos.Mantiveram as suas características ao longo do tempo, pois adaptaram-se bem aos variados ambientes que a Terra atravessou.<br />Actualmente existem fósseis destes seres e também existem exemplares vivos. <br />Celacanto<br />Gingkobiloba<br />Nautilus<br />
  16. 16. Coral<br />500 M.a. – actualidade<br />Vivem apenas em ambientes de águas calmas, quentes e pouco profundas<br />Amonite<br />248 M.a. – 66 M.a.<br />Importância do estudo dos fósseis<br /> Permitem estudar a evolução da vida na Terra<br /> Permitem conhecer espécies que já se extinguiram.<br />Permitem datar as rochas e determinar ambientes antigos.<br />Fóssil de Fácies<br />Fóssil de Idade<br />

×