Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Lisboa dos Descobrimentos

3,598 views

Published on

Lisboa dos Descobrimentos, monumentos, Belém, representatividade, trabalho aluno

Published in: Education
  • Be the first to comment

Lisboa dos Descobrimentos

  1. 1. LISBOA DOS
  2. 2. Portugal, país de aventureiros e marinheiros corajosos, foi pioneiro na descoberta de novas rotas marítimas que potenciaram o encontro de civilizações. De Lisboa partiram as expedições que iniciaram o processo de conquista do Norte de África e da expansão colonial rumo ao ouro, escravos e especiarias. Num passeio pela nossa capital revivemos este período grandioso onde os testemunhos do Mundo Novo inspiraram vários arquitetos.
  3. 3. Acompanha-me numa viagem até ao século XVI que terá o seu inicio … AGORA
  4. 4. Mosteiro dos Jerónimos Este monumento do séc. XVI, do reinado de D. Manuel I, foi consagrado à descoberta do Caminho Marítimo para a Índia. Neste local Vasco da Gama ouviu missa na noite antes de partir para a Índia e daqui sairam as naus de Pedro Alvares Cabral, que chegariam ao Brasil. De arquitetura manuelina, este mosteiro é a mais notável construção religiosa de Portugal do seu tempo, estando classificado como Monumento Nacional desde 1907 e como Património Mundial da UNESCO desde 1983. Em 7 de julho de 2007 foi eleito como uma das Sete Maravilhas de Portugal.
  5. 5. Capela de S. Jerónimo Iniciada em 1514 por Diogo de Boitaca e concluida por Rodrigo Afonso, de estilo manuelino, dentro dos terrenos da cerca dos Monges Jerónimos do Mosteiro de Santa Maria de Belém, é um monumento que impressiona todos os que o vêem pela primeira vez. Situa-se numa colina sobre Belém e a partir do jardim obtém-se uma vista deslumbrante sobre o Tejo. Nesta capela esteve sepultado Pina Manique, fundador da Casa Pia de Lisboa.
  6. 6. Torre de Belém Inicialmente cercada pelas águas em todo o seu perímetro, progressivamente foi envolvida pela praia, até se incorporar hoje à terra firme. Esta fortificação integrava o plano defensivo da barra do rio Tejo e o projeto de construção desta torre data do reinado de D. João II, no entanto só foi posto em prática no reinado do seu sucessor, D. Manuel I, entre 1515 e 1519.  Classificada como Património Mundial pela UNESCO desde 1983, foi eleita como uma das Sete maravilhas de Portugal em 7 de julho de 2007. Hoje é um espaço cultural onde se realizam exposições e concertos.
  7. 7. Padrão dos Descobrimentos Tem a forma de uma caravela e está decorado com 16 figuras, cada uma com sete metros de altura. Por lá, estão representadas personalidades ligadas aos descobrimentos, como Gil Eanes, Fernão Mendes Pinto, Pedro Álvares Cabral e Vasco da Gama. No topo e proa do edifício, olhando diretamente para o rio Tejo, está a figura do infante D. Henrique, com nove metros de altura. O edifício original, de autoria do arquiteto Cottinelli Telmo, foi construído em 1940 para a Exposição do Mundo Português. Contudo, só em 1960 é que o edifício que hoje conhecemos foi erguido.
  8. 8. Casa dos Bicos - Fundação José Saramago Este edifício foi mandado construir em 1523, por Brás de Albuquerque, filho do governador da Índia, Afonso de Albuquerque, após uma viagem a Itália, e teve como modelo o Palácio dos Diamantes, tendo sido um dos poucos sobreviventes do terramoto de Lisboa de 1755.  A fachada é decorada em pedra esculpida em forma de pirâmide, como se fossem pontos de diamantes e nos dois últimos pisos estão janelas em estilo manuelino.  O interior foi restaurado para acolher a Fundação José Saramago, pensada para a apresentação de eventos culturais e para a biblioteca do Nobel português.
  9. 9. Mosteiros dos Jerónimos Torre de Belém Padrão dos Descobrimentos Casa dos Bicos
  10. 10. Ó mar salgado, quanto do teu sal São lágrimas de Portugal! Por te cruzarmos, quantas mães choraram, Quantos filhos em vão rezaram! Quantas noivas ficaram por casar Para que fosses nosso, ó mar!   Fernando Pessoa, “Mar Português”,1934
  11. 11. Trabalho realizado por:Trabalho realizado por: Tiago GouveiaTiago Gouveia 9º A9º A nº 19nº 19 Fontes: Google

×