Planejamento estrategico, tático e operacional

67,184 views

Published on

Planejamento estrategico, tático e operacional

  1. 1. Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves
  2. 2. PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves
  3. 3. Quando um Administrador fica o tempo todo resolvendo problemas operacionais e sufocado pelo excesso de tarefas ele é chamado de... APAGADOR DE INCÊNCIO OU GERENTE BOMBEIRO Isso significa que ele não tem visão estratégica e se torna um gerente “tarefeiro” TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  4. 4. Quando um Administrador fica o tempo todo em devaneios, imerso em seus próprios pensamentos, ele é chamado de... SONHADOR OU LUNÁTICO Isso significa que ele não realiza ou desenvolve a visão estratégica na prática e se torna um gerente “maluco” TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  5. 5. O segredo está no meio termo entre imaginar, ter tempo para programar e realizar o planejado. Só prática não resolve... Só sonho, não consolida. O Planejamento Estratégico em uma organização deve ter sempre este compromisso de projeção futura com realizações mensuráveis. TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  6. 6. PLANEJAMENTO • É um processo desenvolvido com o objetivo de alcançar uma determinada situação almejada, de modo mais eficiente e eficaz, otimizando esforços e recursos existentes na organização. • Para isso, existem diversos níveis de planejamento praticados por uma organização. • O planejamento é um processo gerencial, ou seja, pensar em planejamento significa, portanto, pensar em gerenciamento. TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  7. 7. FUNDAMENTOS DO PLANEJAMENTO TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 7 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  8. 8. IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO • • Focaliza esforços. • Maximiza a eficiência. • Reduz o impacto do ambiente. • Define parâmetros de controle. • Atua como fonte de motivação e comprometimento. • Potencializa o autoconhecimento organizacional. • TGA II Proporciona senso de direção. Fornece consistência. Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 8 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  9. 9. TIPOS DE PLANEJAMENTO TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 9 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  10. 10. PLANEJAMENTO POR NÍVEL ORGANIZACIONAL TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 10 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  11. 11. PLANEJAMENTO Características Objetivos e Metas Estratégico Objetivos e Metas Planejamento Estratégico Meios para atingir os objetivos e as metas Meios para Tático atingir os objetivos e as metas Planejamento Tático Métodos operacionais e alocação de recursos TGA II Níveis Características Operacional Métodos operacionais e alocação de recursos Planejamento Operacional Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Tipos Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  12. 12. PLANEJAMENTO NÍVEL Institucional Intermediário Operacional TGA II PLANEJAMENTO CONTEÚDO Estratégico Genérico e sintético Tático Menos genérico e mais detalhado Operacional Detalhado e analítico PRAZO CARACTERISTICAS Longo Macroorientado: aborda a empresa como uma totoalidade Médio Aborda cada unidade de trabalho ou cada unidade de custo separadamente Curto Microorientado: aborda cada tarefa ou operação isoladamente Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  13. 13. PLANEJAMENTO TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  14. 14. ORGANOGRAMA PRESIDENTE GERENTE FINANCEIRO GERENTE DE MARKETING GERENTE DE RH GERENTE FINANCEIRO TGA II GERENTE DE PRODUÇÃO GERENTE DE PRODUÇÃO GERENTE DE MARKETING GERENTE DE RH Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  15. 15. Planos Táticos Planos Operacionais Fluxo de Caixa Planejamento Financeiro Investimentos Aplicações Produção Planejamento Estratégico Planejamento da Produção Manutenção Abastecimento Planejamento de Marketing Planejamento de RH TGA II Alcance dos Objetivos Departamentais Vendas Propaganda Treinamento Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  16. 16. PLANEJAMENTO TÁTICO • O planejamento tático tem por objetivo otimizar determinada área e não a organização como um todo, isto é, trabalha com decomposições dos objetivos, estratégias e políticas estabelecidos no planejamento estratégico. • O planejamento tático é desenvolvido em níveis organizacionais inferiores, ou seja, é realizado no nível gerencial ou departamental, tendo como principal finalidade a utilização eficiente dos recursos disponíveis para a consecução de objetivos previamente fixados, segundo uma estratégia predeterminada, bem como as políticas orientadoras para o processo decisório organizacional. TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  17. 17. PLANEJAMENTO TÁTICO • Características Principais: – Processo permanente e contínuo; – Aproxima o estratégico do operacional; – Aproxima os aspectos incertos da realidade; – É executado pelos níveis intermediários da organização; – Pode ser considerado uma forma de alocação de recursos; – Tem alcance mais limitado do que o planejamento estratégico, ou seja, é de médio prazo; – Produz planos mais bem direcionados às atividades organizacionais. TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  18. 18. PLANEJAMENTO TÁTICO • Representa uma tentativa da organização de integrar o processo decisório e alinhá-lo à estratégia adotada, para orientar o nível operacional em suas atividades e tarefas, a fim de atingir os objetivos organizacionais anteriormente propostos (CHIAVENATO, 1994). TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  19. 19. PLANEJAMENTO TÁTICO • Questões essenciais: – O quê fazer? – Dá para fazer? – Vale a pena fazer? – Quem faz? – Como fazer bem? – Funciona? – Quando fazer? TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  20. 20. Planos Táticos Planos Operacionais Fluxo de Caixa Planejamento Financeiro Investimentos Aplicações Produção Planejamento Estratégico Planejamento da Produção Manutenção Abastecimento Planejamento de Marketing Planejamento de RH TGA II Alcance dos Objetivos Departamentais Vendas Propaganda Treinamento Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  21. 21. PLANEJAMENTO OPERACIONAL • Preocupa-se com os métodos operacionais e alocação de recursos: – Detalhamento das etapas do projeto; – Métodos, processos e sistemas aplicados; – Pessoas: responsabilidade, função, atividades/tarefas; – Equipamentos necessários; – Prazos e cronograma. TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  22. 22. PLANEJAMENTO OPERACIONAL • Planos que especificam os detalhes de como devem ser alcançados os objetivos organizacionais globais; • Detalhado e analítico; • Curto prazo; • Microorientado; • Como fazer: – Procedimento (método); – Orçamento (recursos); – Programação (tempo); – Regulamento (comportamento). TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  23. 23. PLANEJAMENTO OPERACIONAL Análise dos objetivos Planejamento do uso do tempo Elaboração do orçamento Planejamento dos recursos Estrutura organizacional Avaliação dos riscos TGA II Estabelecimento do cronograma Políticas e procedimentos Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  24. 24. PLANEJAMENTO OPERACIONAL Análise dos objetivos Identificação das atividades Programação do trabalho Cronograma TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  25. 25. PLANEJAMENTO OPERACIONAL Atividade 1 1 mês 0 Atividade 6 1 mês 5 Atividade 7 1 mês TGA II 6 Atividade 2 9 meses 1 Atividade 5 6 mês 4 Atividade 3 1 semana 2 Atividade 4 6 meses 3 Atividade n n mês n Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  26. 26. PLANEJAMENTO POR NÍVEL ORGANIZACIONAL TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 26 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  27. 27. PAPEL DOS OBJETIVOS NO PLANEJAMENTO • Objetivos são resultados, propósitos, intenções ou estados futuros que as organizações pretendem alcançar, por meio da alocação de esforços e recursos numa determinada direção. • Os objetivos podem ser classificados de acordo com: – Natureza (rentabilidade, produtividade, participação no mercado, satisfação dos clientes, desempenho socioambiental etc). – Nível de formalização (explícitos ou implícitos). – Processo de definição (tradicional topo-base ou administração por objetivos). TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 27 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  28. 28. HIERARQUIA DE OBJETIVOS TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 28 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  29. 29. PROCESSO DE ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 29 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  30. 30. ANÁLISE ESTRATÉGICA DO AMBIENTE ORGANIZACIONAL • Antes de formular uma estratégia, os administradores precisam analisar as principais tendências de seu ambiente externo e conhecer as competências e os recursos de que a organização dispõe. • A análise SWOT é uma ferramenta gerencial para analisar, de forma integrada, o processo de análise estratégica, depois de identificadas as oportunidades e ameaças ambientais e os pontos fortes e fracos da organização. TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 30 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  31. 31. SISTEMAS DE DEFINIÇÃO DE OBJETIVOS • A perspectiva tradicional de definição dos objetivos baseia-se numa perspectiva hierárquica cujo sentido de orientação é do topo para a base da organização. • A idéia da nova abordagem é o envolvimento de todos os membros organizacionais no processo de definição dos objetivos. • Esse novo sistema de definição dos objetivos é denominado administração por objetivos (APO). TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 31 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  32. 32. ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVOS - VANTAGENS • Foco nas tarefas e atividades diretamente relacionadas ao cumprimento dos objetivos; • Obriga os administradores a estabelecerem prioridades, metas e medidas de desempenho; • Estimula a participação, a motivação e o comprometimento de todos os funcionários; • Proporciona uma clarificação de funções, responsabilidades e autoridade; • Aumenta a capacidade da empresa de responder às alterações do ambiente externo; • Maior ligação entre os objetivos gerais da empresa e os objetivos individuais. TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 32 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  33. 33. ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVOS - DESVANTAGENS • Depende do apoio e empenho da administração de topo; • Pode ser inútil e desmotivador em ambientes ou fases de mudança dinâmica; • Sobrevaloriza os objetivos individuais em detrimento dos objetivos organizacionais; • Concentra os esforços no curto prazo em prejuízo do planejamento de longo prazo; • TGA II Pode consumir tempo excessivo e dar origem a demasiada burocracia. Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 33 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  34. 34. FUNDAMENTOS DA ESTRATÉGIA EMPRESARIAL TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 34 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  35. 35. ESTRATÉGIAS DELIBERADAS E EMERGENTES TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 35 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  36. 36. PROCESSO DE ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 36 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  37. 37. NÍVEIS DE DECISÃO ESTRATÉGICA TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 37 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  38. 38. ANÁLISE ESTRATÉGICA DO AMBIENTE ORGANIZACIONAL • Antes de formular uma estratégia, os administradores precisam analisar as principais tendências de seu ambiente externo e conhecer as competências e os recursos de que a organização dispõe. • A análise SWOT é uma ferramenta gerencial para analisar, de forma integrada, o processo de análise estratégica, depois de identificadas as oportunidades e ameaças ambientais e os pontos fortes e fracos da organização. TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 38 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  39. 39. ANÁLISE SWOT TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 39 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  40. 40. FORMULAÇÃO ESTRATÉGICA DE NÍVEL CORPORATIVO TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 40 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  41. 41. ESTRATÉGIAS DE CRESCIMENTO • Estratégia de expansão direta: – Estratégia de penetração de mercado. – Estratégia de desenvolvimento de produto. – Estratégia de desenvolvimento de mercado. • • Fusões e aquisições. Diversificação: – Relacionada. • TGA II – Não relacionada. Integração: – Vertical. – Horizontal. Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 41 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  42. 42. ESTRATÉGIAS DE RETRAÇÃO • Estratégia de saneamento: – Reestruturação. – Reengenharia. – Downsizing. • Estratégia de saída: – Desinvestimento. – Liquidação. TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 42 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  43. 43. FORMULAÇÃO ESTRATÉGICA DE NÍVEL DE NEGÓCIO • A estratégia de nível de negócio tem como objetivo definir como a unidade de negócio deve competir para conseguir alcançar uma posição de superioridade em relação a seus concorrentes. • A estratégia de negócio deve: – Definir como cada unidade estratégica de negócio deve competir. – Posicionar a organização de forma a possuir uma vantagem competitiva sobre os seus competidores. TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 43 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  44. 44. FORMULAÇÃO ESTRATÉGICA DE NÍVEL FUNCIONAL • As estratégias de nível funcional são formuladas pelos departamentos da empresa e constituem planos de ação que servem para sustentar a estratégia de nível de negócio. • É por meio das estratégias funcionais que se define o papel de cada área funcional (ex: RH ou marketing) de forma a apoiar a estratégia de negócio. • É fundamental que as estratégias funcionais sejam coordenadas entre si para evitar conflitos e a natural tendência de tratar o departamento como uma unidade organizacional independente. TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 44 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  45. 45. IMPLEMENTAÇÃO E CONTROLE ESTRATÉGICO • A implementação estratégica é uma das mais etapas difíceis do processo de administração estratégica e engloba a execução de um conjunto de tarefas e ações gerenciais com o objetivo de colocar a estratégia em prática. • Toda estratégia deve ser avaliada e controlada para que se verifique se ela está sendo implementada corretamente e para que sejam tomadas medidas corretivas quando se percebem desvios significativos. TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves 45 Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com
  46. 46. DÚVIDAS? Prof. MARCOS CRUZ mdccruz01@gmail.com Marcos Cruz https://sites.google.com/site/marcoscruztga2/ TGA II Fund. de Administração - Prof.ª Rosangela Alves Prof. Marcos Cruz – mdccruz01@gmail.com

×