SlideShare a Scribd company logo
1 of 90
Download to read offline
 
Premissa Conhecer  os jovens é condição previa para evangelizá-los. Não se pode amar nem evangelizar a quem não se conhece [...] § 10.
Juventude como Realidade Teológica CONVICÇÃO:
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
PONTO FUNDAMENTAL:  (atitude:   Convocar a juventude)   O seguimento de Jesus Cristo. parágrafo 53-66:
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
REFORÇOS IMPORTANTES:   (atitude:   Anunciar à juventude) 1. Pronunciamentos do Magistério sobre a juventude 2. Direito a Vida
1.Pronunciamentos do  Magistério sobre Juventude:
[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object]
[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
parágrafos 230-246 2.Direito à vida
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],parágrafo 236
[object Object],[object Object]
Pistas de Ação
[object Object],[object Object],[object Object],[1] Para um detalhamento destes campos de ação, pode-se consultar Anexo 6.
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
PERFIL INDISPENSÁVEL  A DESTACAR:   (atitude: Ouvir a juventude)   ,[object Object],[object Object]
[object Object],parágrafos 82-85
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[1]  Cf. Lc 15,11ss; Jo 8,1-11; Lc 23,39-43.
2. Formação Integral do(a) Discípulo(a)
[object Object],[object Object]
[object Object]
Dimensão psico-afetiva  Processo da personalização ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Dimensão psico-social  Processo de integração ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
Dimensão mística  Processo teológico-espiritual ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Dimensão sociopolítico-ecológica   Processo de participação-conscientização ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
Dimensão de capacitação Processo metodológico ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Pistas de Ação
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
NECESSIDADE URGENTE:   (atitude: Desafiar a igreja)   Ministério da Assessoria parágrafos 203-217
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Pistas de Ação
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
ELO DO DOCUMENTO:  (atitude: Definir projetos)  1.ESPIRITUALIDADE parágrafo 116-141
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Ao mesmo tempo em que a comunidade em suas orações apresenta os jovens a Maria, ela, também, apresenta Maria aos jovens. De grande valia são também as celebrações e as festas marianas, as peregrinações aos santuários de Nossa  Senhora, as   procissões em sua homenagem.   Jovens na Corda da Transladação do Círio de N. Sra. de Nazaré – Belém/PA Peregrinação dos Jovens a Serra da Piedade – Caeté/MG
Pistas de Ação
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
2. Discípulos e Discípulas  para a Missão  parágrafo 175-182
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],parágrafo 116
Pistas de Ação
[object Object],[object Object],[object Object],parágrafo 116
[object Object],[object Object],“ SE A JUVENTUDE VIESSE A FALTAR O ROSTO DE DEUS  IRIA MUDAR”
CRIAÇÃO E MONTAGEM:  MAURO COSTA RODRIGUES TEXTO :  DOCUMENTO 85 DA CNBB  IMAGENS:  INTERNET, ARQUIVO DO CMP E  ARQUIVO PESSOAL MAURO RODRIGUES

More Related Content

What's hot

Civilização do amor tarefa e esperança
Civilização do amor tarefa e esperançaCivilização do amor tarefa e esperança
Civilização do amor tarefa e esperançaPejota2015
 
Roteiro de encontros da cf2012 para grupos de jovens
Roteiro de encontros da cf2012 para grupos de jovensRoteiro de encontros da cf2012 para grupos de jovens
Roteiro de encontros da cf2012 para grupos de jovenspastoraldajuventudedors
 
O que é PJ? Pastoral da juventude 2016 (Caapiranga-AM)
O que é PJ? Pastoral da juventude 2016 (Caapiranga-AM)O que é PJ? Pastoral da juventude 2016 (Caapiranga-AM)
O que é PJ? Pastoral da juventude 2016 (Caapiranga-AM)Stanley Hall
 
Dgae da igreja no brasil, dom eduardo 2
Dgae da igreja no brasil, dom eduardo 2Dgae da igreja no brasil, dom eduardo 2
Dgae da igreja no brasil, dom eduardo 2domeduardo
 
COMO FALAR DE DEUS HOJE?
COMO FALAR DE DEUS HOJE?COMO FALAR DE DEUS HOJE?
COMO FALAR DE DEUS HOJE?domeduardo
 
Apostila preparacao catequese_de_adultos
Apostila preparacao catequese_de_adultosApostila preparacao catequese_de_adultos
Apostila preparacao catequese_de_adultosAntonio Cardoso
 
Campanha da fraternidade 2013
Campanha da fraternidade 2013Campanha da fraternidade 2013
Campanha da fraternidade 2013Rinaldo Santos
 
Pensamento papa bento xvi sobre os meios comunicação
Pensamento  papa bento xvi sobre os meios comunicaçãoPensamento  papa bento xvi sobre os meios comunicação
Pensamento papa bento xvi sobre os meios comunicaçãodomeduardo
 

What's hot (19)

Catequese com adultos doc 80 +
Catequese com adultos doc 80 +Catequese com adultos doc 80 +
Catequese com adultos doc 80 +
 
A Juventude Quer Viver
A Juventude Quer ViverA Juventude Quer Viver
A Juventude Quer Viver
 
Civilização do amor tarefa e esperança
Civilização do amor tarefa e esperançaCivilização do amor tarefa e esperança
Civilização do amor tarefa e esperança
 
Finalidade da catequese no DNC cj
Finalidade da catequese no DNC cjFinalidade da catequese no DNC cj
Finalidade da catequese no DNC cj
 
Juventude
JuventudeJuventude
Juventude
 
Evangelizacao Da Juventude
Evangelizacao Da JuventudeEvangelizacao Da Juventude
Evangelizacao Da Juventude
 
Quem é Esse Jesus
Quem é Esse JesusQuem é Esse Jesus
Quem é Esse Jesus
 
Cifa 2013
Cifa 2013Cifa 2013
Cifa 2013
 
Roteiro de encontros da cf2012 para grupos de jovens
Roteiro de encontros da cf2012 para grupos de jovensRoteiro de encontros da cf2012 para grupos de jovens
Roteiro de encontros da cf2012 para grupos de jovens
 
Jornal novos horizontes fev 2013
Jornal novos horizontes fev 2013Jornal novos horizontes fev 2013
Jornal novos horizontes fev 2013
 
O que é PJ? Pastoral da juventude 2016 (Caapiranga-AM)
O que é PJ? Pastoral da juventude 2016 (Caapiranga-AM)O que é PJ? Pastoral da juventude 2016 (Caapiranga-AM)
O que é PJ? Pastoral da juventude 2016 (Caapiranga-AM)
 
Dgae da igreja no brasil, dom eduardo 2
Dgae da igreja no brasil, dom eduardo 2Dgae da igreja no brasil, dom eduardo 2
Dgae da igreja no brasil, dom eduardo 2
 
COMO FALAR DE DEUS HOJE?
COMO FALAR DE DEUS HOJE?COMO FALAR DE DEUS HOJE?
COMO FALAR DE DEUS HOJE?
 
Material de apoio à iniciação cristã
Material de apoio à iniciação cristãMaterial de apoio à iniciação cristã
Material de apoio à iniciação cristã
 
Apostila preparacao catequese_de_adultos
Apostila preparacao catequese_de_adultosApostila preparacao catequese_de_adultos
Apostila preparacao catequese_de_adultos
 
Campanha da fraternidade 2013
Campanha da fraternidade 2013Campanha da fraternidade 2013
Campanha da fraternidade 2013
 
Pensamento papa bento xvi sobre os meios comunicação
Pensamento  papa bento xvi sobre os meios comunicaçãoPensamento  papa bento xvi sobre os meios comunicação
Pensamento papa bento xvi sobre os meios comunicação
 
Guimarães e Vizela - 2010
Guimarães e Vizela - 2010Guimarães e Vizela - 2010
Guimarães e Vizela - 2010
 
Formação de catequistas
Formação de catequistasFormação de catequistas
Formação de catequistas
 

Viewers also liked

Sistema de informação para a comunicação da Pastoral da Juventude
Sistema de informação para a comunicação da Pastoral da JuventudeSistema de informação para a comunicação da Pastoral da Juventude
Sistema de informação para a comunicação da Pastoral da JuventudeJean José
 
Temas da Formação
Temas da FormaçãoTemas da Formação
Temas da FormaçãoJMVSobreiro
 
Subsídio Uruguaiana
Subsídio UruguaianaSubsídio Uruguaiana
Subsídio UruguaianaRafael Barros
 
3ª gincana pj_sao_mateus
3ª gincana pj_sao_mateus3ª gincana pj_sao_mateus
3ª gincana pj_sao_mateusUliane Ribeiro
 
Estudos da CNBB 103 Pastoral Juvenil no Brasil
Estudos da CNBB 103 Pastoral Juvenil no BrasilEstudos da CNBB 103 Pastoral Juvenil no Brasil
Estudos da CNBB 103 Pastoral Juvenil no BrasilSebastian Gomes Silva
 
Juventude e participação política no século xxi
Juventude e participação política no século xxiJuventude e participação política no século xxi
Juventude e participação política no século xxiJonas Araújo
 
A importância do jovem na politica (revisado)
A importância do jovem na politica (revisado)A importância do jovem na politica (revisado)
A importância do jovem na politica (revisado)poponapolitica
 
Os desafios da evangelização na era digital
Os desafios da evangelização na era digitalOs desafios da evangelização na era digital
Os desafios da evangelização na era digitalAline Amaro da Silva
 
4 elementos para o sucesso no evangelismo
4 elementos para o sucesso no evangelismo4 elementos para o sucesso no evangelismo
4 elementos para o sucesso no evangelismoprfavinho
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.Rodrigo Ribeiro
 
Dicas para trabalhar com os jovens
Dicas para trabalhar com os jovensDicas para trabalhar com os jovens
Dicas para trabalhar com os jovensPatricia Montenegro
 
Apostila evangelismo pessoal
Apostila evangelismo pessoalApostila evangelismo pessoal
Apostila evangelismo pessoalMarcos Lino
 
é Hora De Evangelizar
é Hora De Evangelizaré Hora De Evangelizar
é Hora De Evangelizarwagner souza
 

Viewers also liked (20)

Sistema de informação para a comunicação da Pastoral da Juventude
Sistema de informação para a comunicação da Pastoral da JuventudeSistema de informação para a comunicação da Pastoral da Juventude
Sistema de informação para a comunicação da Pastoral da Juventude
 
Temas da Formação
Temas da FormaçãoTemas da Formação
Temas da Formação
 
Subsídio Uruguaiana
Subsídio UruguaianaSubsídio Uruguaiana
Subsídio Uruguaiana
 
Campanha Contra o Extermínio da Juventude
Campanha Contra o Extermínio da JuventudeCampanha Contra o Extermínio da Juventude
Campanha Contra o Extermínio da Juventude
 
3ª gincana pj_sao_mateus
3ª gincana pj_sao_mateus3ª gincana pj_sao_mateus
3ª gincana pj_sao_mateus
 
Estudos da CNBB 103 Pastoral Juvenil no Brasil
Estudos da CNBB 103 Pastoral Juvenil no BrasilEstudos da CNBB 103 Pastoral Juvenil no Brasil
Estudos da CNBB 103 Pastoral Juvenil no Brasil
 
Introdução Bíblica
Introdução BíblicaIntrodução Bíblica
Introdução Bíblica
 
Juventude e participação política no século xxi
Juventude e participação política no século xxiJuventude e participação política no século xxi
Juventude e participação política no século xxi
 
A importância do jovem na politica (revisado)
A importância do jovem na politica (revisado)A importância do jovem na politica (revisado)
A importância do jovem na politica (revisado)
 
Juventudes
Juventudes Juventudes
Juventudes
 
O Evangelismo e a igreja.ppt
O Evangelismo e a igreja.pptO Evangelismo e a igreja.ppt
O Evangelismo e a igreja.ppt
 
Os desafios da evangelização na era digital
Os desafios da evangelização na era digitalOs desafios da evangelização na era digital
Os desafios da evangelização na era digital
 
4 elementos para o sucesso no evangelismo
4 elementos para o sucesso no evangelismo4 elementos para o sucesso no evangelismo
4 elementos para o sucesso no evangelismo
 
1 coríntios 4
1 coríntios 41 coríntios 4
1 coríntios 4
 
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
 
Evangelismo Criativo
Evangelismo CriativoEvangelismo Criativo
Evangelismo Criativo
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
 
Dicas para trabalhar com os jovens
Dicas para trabalhar com os jovensDicas para trabalhar com os jovens
Dicas para trabalhar com os jovens
 
Apostila evangelismo pessoal
Apostila evangelismo pessoalApostila evangelismo pessoal
Apostila evangelismo pessoal
 
é Hora De Evangelizar
é Hora De Evangelizaré Hora De Evangelizar
é Hora De Evangelizar
 

Similar to Juventude como realidade teológica e convite ao seguimento de Cristo

Documento 85-cnbb (1)
Documento 85-cnbb (1)Documento 85-cnbb (1)
Documento 85-cnbb (1)Pejota2015
 
Cf2013 apresentacao-2-parte
Cf2013 apresentacao-2-parteCf2013 apresentacao-2-parte
Cf2013 apresentacao-2-parteAntonia Santos
 
Campanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGAR
Campanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGARCampanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGAR
Campanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGARWilmar Santin
 
Campanha da Fraternidade f2013 apresentacao-2-parte
Campanha da Fraternidade f2013 apresentacao-2-parteCampanha da Fraternidade f2013 apresentacao-2-parte
Campanha da Fraternidade f2013 apresentacao-2-parteBernadetecebs .
 
Como pregar para jovens
Como pregar para jovensComo pregar para jovens
Como pregar para jovensRCCPBJovem
 
Análise do capítulo i da encíclica veritatis splendor
Análise do capítulo i da encíclica veritatis splendorAnálise do capítulo i da encíclica veritatis splendor
Análise do capítulo i da encíclica veritatis splendorJAVE DE OLIVEIRA SILVA
 
Cristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptx
Cristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptxCristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptx
Cristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptxMartin M Flynn
 
Definitivo missão
Definitivo   missãoDefinitivo   missão
Definitivo missãopmgv5
 
blog do irmão pedro magalhaes
blog do irmão pedro magalhaesblog do irmão pedro magalhaes
blog do irmão pedro magalhaespmgv5
 
Diretrizes 2011 2015
Diretrizes  2011  2015Diretrizes  2011  2015
Diretrizes 2011 2015MNEstudio
 
Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora 2011-2015 (DGAE 2011-2015)
Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora 2011-2015 (DGAE 2011-2015) Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora 2011-2015 (DGAE 2011-2015)
Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora 2011-2015 (DGAE 2011-2015) Bernadetecebs .
 
K papel leigoigrejahojeigrejasinacio19out11
K papel leigoigrejahojeigrejasinacio19out11K papel leigoigrejahojeigrejasinacio19out11
K papel leigoigrejahojeigrejasinacio19out11LFKlein
 
Como formar Discípulos Missionários para jesus.pptx
Como formar Discípulos Missionários para jesus.pptxComo formar Discípulos Missionários para jesus.pptx
Como formar Discípulos Missionários para jesus.pptxNuno Melo
 
Diretriz evangelizacao juventude
Diretriz evangelizacao juventudeDiretriz evangelizacao juventude
Diretriz evangelizacao juventudeAlice Lirio
 

Similar to Juventude como realidade teológica e convite ao seguimento de Cristo (20)

Documento 85-cnbb (1)
Documento 85-cnbb (1)Documento 85-cnbb (1)
Documento 85-cnbb (1)
 
Cf2013 apresentacao-2-parte
Cf2013 apresentacao-2-parteCf2013 apresentacao-2-parte
Cf2013 apresentacao-2-parte
 
Campanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGAR
Campanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGARCampanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGAR
Campanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGAR
 
Campanha da Fraternidade f2013 apresentacao-2-parte
Campanha da Fraternidade f2013 apresentacao-2-parteCampanha da Fraternidade f2013 apresentacao-2-parte
Campanha da Fraternidade f2013 apresentacao-2-parte
 
Encontro com Cristo
Encontro com Cristo  Encontro com Cristo
Encontro com Cristo
 
6º Encontro ano da fé documento de aparecida
6º Encontro ano da fé   documento de aparecida6º Encontro ano da fé   documento de aparecida
6º Encontro ano da fé documento de aparecida
 
O rosto da Palavra.pptx
O rosto da Palavra.pptxO rosto da Palavra.pptx
O rosto da Palavra.pptx
 
Como pregar para jovens
Como pregar para jovensComo pregar para jovens
Como pregar para jovens
 
Análise do capítulo i da encíclica veritatis splendor
Análise do capítulo i da encíclica veritatis splendorAnálise do capítulo i da encíclica veritatis splendor
Análise do capítulo i da encíclica veritatis splendor
 
Catequese Renovada
Catequese RenovadaCatequese Renovada
Catequese Renovada
 
Cristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptx
Cristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptxCristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptx
Cristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptx
 
Definitivo missão
Definitivo   missãoDefinitivo   missão
Definitivo missão
 
blog do irmão pedro magalhaes
blog do irmão pedro magalhaesblog do irmão pedro magalhaes
blog do irmão pedro magalhaes
 
Diretrizes 2011 2015
Diretrizes  2011  2015Diretrizes  2011  2015
Diretrizes 2011 2015
 
Encontro com Cristo
Encontro com CristoEncontro com Cristo
Encontro com Cristo
 
Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora 2011-2015 (DGAE 2011-2015)
Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora 2011-2015 (DGAE 2011-2015) Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora 2011-2015 (DGAE 2011-2015)
Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora 2011-2015 (DGAE 2011-2015)
 
Diretrizes
Diretrizes Diretrizes
Diretrizes
 
K papel leigoigrejahojeigrejasinacio19out11
K papel leigoigrejahojeigrejasinacio19out11K papel leigoigrejahojeigrejasinacio19out11
K papel leigoigrejahojeigrejasinacio19out11
 
Como formar Discípulos Missionários para jesus.pptx
Como formar Discípulos Missionários para jesus.pptxComo formar Discípulos Missionários para jesus.pptx
Como formar Discípulos Missionários para jesus.pptx
 
Diretriz evangelizacao juventude
Diretriz evangelizacao juventudeDiretriz evangelizacao juventude
Diretriz evangelizacao juventude
 

Recently uploaded

Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoInsituto Propósitos de Ensino
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoInsituto Propósitos de Ensino
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiamaysa997520
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 
Oração Alma De Cristo
Oração Alma De CristoOração Alma De Cristo
Oração Alma De CristoNilson Almeida
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxCelso Napoleon
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 

Recently uploaded (11)

Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 
Oração Alma De Cristo
Oração Alma De CristoOração Alma De Cristo
Oração Alma De Cristo
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
 
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 

Juventude como realidade teológica e convite ao seguimento de Cristo

  • 1.  
  • 2. Premissa Conhecer os jovens é condição previa para evangelizá-los. Não se pode amar nem evangelizar a quem não se conhece [...] § 10.
  • 3. Juventude como Realidade Teológica CONVICÇÃO:
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7. PONTO FUNDAMENTAL: (atitude: Convocar a juventude) O seguimento de Jesus Cristo. parágrafo 53-66:
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19. REFORÇOS IMPORTANTES: (atitude: Anunciar à juventude) 1. Pronunciamentos do Magistério sobre a juventude 2. Direito a Vida
  • 20. 1.Pronunciamentos do Magistério sobre Juventude:
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 36.
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 41.
  • 42.
  • 43.
  • 44. 2. Formação Integral do(a) Discípulo(a)
  • 45.
  • 46.
  • 47.
  • 48.
  • 49.
  • 50.
  • 51.
  • 52.
  • 53.
  • 54.
  • 55.
  • 56.
  • 57.
  • 58.
  • 60.
  • 61.
  • 62. NECESSIDADE URGENTE: (atitude: Desafiar a igreja) Ministério da Assessoria parágrafos 203-217
  • 63.
  • 64.
  • 65.
  • 66.
  • 67.
  • 68.
  • 69.
  • 71.
  • 72.
  • 73. ELO DO DOCUMENTO: (atitude: Definir projetos) 1.ESPIRITUALIDADE parágrafo 116-141
  • 74.
  • 75.
  • 76.
  • 77.
  • 78. Ao mesmo tempo em que a comunidade em suas orações apresenta os jovens a Maria, ela, também, apresenta Maria aos jovens. De grande valia são também as celebrações e as festas marianas, as peregrinações aos santuários de Nossa Senhora, as procissões em sua homenagem. Jovens na Corda da Transladação do Círio de N. Sra. de Nazaré – Belém/PA Peregrinação dos Jovens a Serra da Piedade – Caeté/MG
  • 80.
  • 81.
  • 82. 2. Discípulos e Discípulas para a Missão parágrafo 175-182
  • 83.
  • 84.
  • 85.
  • 86.
  • 88.
  • 89.
  • 90. CRIAÇÃO E MONTAGEM: MAURO COSTA RODRIGUES TEXTO : DOCUMENTO 85 DA CNBB IMAGENS: INTERNET, ARQUIVO DO CMP E ARQUIVO PESSOAL MAURO RODRIGUES