Da sala de aula para o (meu) mundo e vice-versa: O papel da Língua Estrangeira no Ensino Fundamental

247 views

Published on

Apresentação elaborada para o Seminário de Professores da Rede Municipal de Educação de Novo Hamburgo, em 2014.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
247
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Da sala de aula para o (meu) mundo e vice-versa: O papel da Língua Estrangeira no Ensino Fundamental

  1. 1. Da sala de aula para o (meu) mundo e vice-versa: O papel da Língua Estrangeira no Ensino Fundamental Seminário de Professores - 2014 Rede Municipal de Educação de Novo Hamburgo Profa. Raquel Salcedo Gomes
  2. 2. Concepções A língua não é (apenas) um código ou um sistema de signos, é um universo de sentidos no qual a humanidade está imersa e que a constitui. Estamos na linguagem e existimos/somos a partir dela. A aprendizagem é um processo permanente que se dá mediado pela interação com outras pessoas e objetos, podendo ocorrer a partir de uma intencionalidade ou não.
  3. 3. Língua inglesa como língua franca da aldeia global. Poder simbólico / capital linguístico e cultural. Língua que exclui / inclui. Necessidade de exame crítico das oportunidades de ensino e de sua qualidade no contexto brasileiro (LONGARAY, 2009) LE na sociedade e na escola Língua Adicional = língua que também é nossa
  4. 4. Especificidades do ensino de LE Foco na comunicação e na ação Necessidade de input / practice / output Avaliação processual (PCNs) Relação da LE com outras disciplinas
  5. 5. Fundamentação de minha prática Sociointeracionismo ou Teoria Sociocultural de Vygotsky Influência da Linguística Saussuriana, da Semiótica, do Dialogismo de Bakhtin e da Teoria Autopoiética de Maturana e Varela
  6. 6. Unidades didáticas Topic Text Genre Grammar Livros didáticos do PNLD
  7. 7. Topics Relacionados às temáticas que perpassam a vida dos adolescentes: videogames, jogos, esportes, atividades de tempo livre, universo escolar, família, música, cinema, internet, relacionamentos interpessoais.
  8. 8. Text Genres Gêneros textuais variados: cartazes, cartões, tabelas, apresentações, álbuns, scrapbooks, blogs, diálogos, cartões postais, cartas, jogos, resenhas, anúncios publicitários etc.
  9. 9. Grammar Tópicos gramaticais adequados ao gênero e ao nível de ensino, de maneira progressiva e recorrente.
  10. 10. Metodologia Input: apresentação dos conteúdos através de textos e/ou tabelas, infográficos, listas Practice: atividades em pares, grupos ou individuais, exercícios de compreensão textual, ampliação de vocabulário e gramaticais Output: elaboração de um produto final pelos alunos
  11. 11. Práticas - 2013 Nature Cycles (4o Ano) Gaming & Circus (5o Ano) My favorites (7o Ano) A vacation postcard (8o Ano) My life: past, present and future (9o Ano)
  12. 12. Avaliação Processo dinâmico, sistemático e contínuo que possibilita a interpretação qualitativa do trabalho realizado e do conhecimento aprendido (PCNs) Permite repensar a própria prática. Consideração à ZDP. “Despertar o estudante para diferentes graus de proficiência e interesse na língua e cultura sob estudo.” (SCHLATTER
  13. 13. Referências GOMES, R. S. Textualidade sincrética em blogs produzidos por estudantes do EF. Dissertação de Mestrado. UNISINOS, 2013. GOMES, R. S. A aplicação da Pedagogia de Projetos no Estágio Supervisionado de ensino de LE no Curso de Letras da UNISINOS. TCC. UNISINOS, 2008. LANTOLF, J.; APPEL, G. Vygotskian Approaches to Second Language Research. New Jersey: Ablex Publishing Corporation, 1994. LONGARAY, E. GLOBALIZAÇÃO, ANTIIMPERIALISMO E O ENSINO DE INGLÊS NA ERA PÓS- MODERNA. Tese de Doutorado. UFRGS, 2009. SCHLATTER, M. O ensino de leitura em língua estrangeira na escola: uma proposta de letramento. In: Calidoscópio, Vol. 7, n. 1, p. 11-23, jan/abr 2009. VYGOTSKY, L. Pensamento e linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

×