Slideology pencils

1,834 views

Published on

Published in: Education

Slideology pencils

  1. 1. Slide:ologyA arte e a ciência paracriar apresentações queimpressionam - Parte 1Preparado por Marcelo de Menezes baseado no livro de Nancy Duarte
  2. 2. Introdução Como criar ideias, traduzi-las em figuras, ordená-las corretamente, e então exibi-las de um modo natural e personalizado.
  3. 3. Use a ferramenta certa do modo certo Um slide com mais de 50 palavras é um teleprompter e com mais de 75 palavras é um documento. Documento Teleprompter Apresentação
  4. 4. Encontre sua inspiraçãoO melhor processo criativorequer o afastamento datecnologia e confiança nosinstrumentos de expressão –canetas, lápis e giz de cera.
  5. 5. Gere ideias criativas explorando o mapeamento de palavras
  6. 6. BrainstormingOs lembretespermitem que asideias sejamcapturadas,classificadas erearranjadasconformenecessário.
  7. 7. Qualquer que seja seu método de brainstorm.Lembre-se das seguintes orientações:
  8. 8. Classificação de Diagramas Hoje é quase impossível se comunicar sem usar formas para simbolizar diversos tipos de relacionamentos e suas interações.
  9. 9. Tipos de Diagramas 1. Fluxo 2. Estrutura 3. Agrupamento 4. Radial 5. Pictórico 6. Gráfico
  10. 10. Fluxo Linear: Construção em fluxo ilustra o processo com um ponto inicial e final. O diagrama pode seguir uma linha reta ou ser uma série de etapas ao longo da linha.
  11. 11. Fluxo Circular: Fluxo que representa um processo contínuo sem ponto final. Qualquer formato circular fechado pode funcionar.
  12. 12. Fluxo Divergente e Convergente: Fluxo que ocorre quando dois ou mais elementos ou colidem ou se separam um do outro como uma bifurcação.
  13. 13. Fluxo Multiderecional: Fluxo que expressa relacionamentos complexos – fluxogramas, por exemplo. Muitas vezes esses fluxos resultam de uma combinação dos tipos anteriores.
  14. 14. Estrutura Matrizes: Estruturas que comparam os dados com pelo menos dois conjuntos de dados diferentes. Um conjunto de dados pode inclusive ser do tipo sim/não, como uma lista.
  15. 15. Estrutura Árvores: Estruturas que indicam hierarquia claras. As relações podem ser expressas entre qualquer número de objetos.
  16. 16. Estrutura Camadas: Estruturas que mostram elementos que se amontoam ou são colocados um sobre o outro. Elas podem descrever tanto hierarquia quanto sequência.
  17. 17. AgrupamentoSobreposição: Agrupamentos que se sobrepõem eindicam conjuntos, interesses ou responsabilidadescompartilhadas. Às vezes, eles geram um novoformato ou área da sobreposição.
  18. 18. Agrupamento Fechamento: Agrupamentos que surgem quando os formatos se combinam para criar outros formatos. Quando se quer expressar que o todo é maior do que as partes.
  19. 19. Agrupamento Cercado: Agrupamentos que são cercados e contêm pelo menos um elemento que envolve outro. Agrupar assim indica quais elementos fazem parte de uma ordem superior, e quais se mantêm sozinhos.
  20. 20. Agrupamento Vinculado: Agrupamentos que são vinculados com um elemento unificante ao grupo de itens.
  21. 21. Radial De um ponto: Ocorre quando um feixe direcional surge de um gráfico ou de um local que possui um claro ponto de origem.
  22. 22. Radial Com um centro: Cria uma relação de pai-filhos. Os elementos externos conectam com um elemento central que mantém a familiaridade deles.
  23. 23. Radial Sem centro: Sugere que os elementos se conectam pela proximidade ou atração mútua. Eles estão ligados a uma área central.
  24. 24. Pictórico Processo: Um instantâneo de como as coisas funcionam sequencialmente como um produto ou sistema.
  25. 25. Pictórico Revelação: Uma ilustração da informação oculta apresentada em fatias, camadas ou de outro modo expondo coisas que funcionem internamente.
  26. 26. PictóricoDireção: Mostra onde ir ou como chegar emalgum lugar.
  27. 27. Pictórico Localização: Apresenta onde alguma coisa está no contexto geográfico, topográfico, sistema ou forma. Esses diagramas chamam a atenção para uma localização específica.
  28. 28. Pictórico Influência: Demonstra o impacto resultante de diversos elementos que interagem entre si.
  29. 29. Gráficos Comparação: Justaposição de dois ou mais conjuntos de informação para ilustrar diferenças.
  30. 30. Gráficos Tendência: Um parâmetro de dados representa tempo, para indicar uma tendência. A mudança durante o tempo é o aspecto mais importante desses diagramas.
  31. 31. Gráficos Distribuição: Expressão de um padrão em aparente desigualdade de dados.
  32. 32. Expondo Dados Slides de dados não são realmente sobre dados. Eles dizem respeito ao significado dos dados. Apenas mostre dados na sua apresentação se eles o ajudarem a ilustrar melhor suas conclusões.
  33. 33. Cinco Regras do Slide de Dados 1. Diga a verdade 2. Vá direto ao ponto 3. Pegue a ferramenta certa para o trabalho 4. Destaque o que é importante 5. Mantenha-o simples
  34. 34. 1. Diga a verdade Evite adornar seus dados com detalhes desnecessários ou adornos. Platéias analíticas, científicas ou de engenharia tendem a supor que seus dados não são substancias o suficiente.
  35. 35. Que gráfico torna mais fácil a visualização dos dados?
  36. 36. 2. Indo Direto ao Ponto Responda a pergunta: Qual a mensagem a ser assimilada? É nela que você tem que focar seus dados.
  37. 37. 3. Pegando a Ferramenta CertaGráficos em Barra são visualmente mais precisospodem acomodar maiores conjuntos de dados.
  38. 38. 3. Pegando a Ferramenta Certa Gráficos em Pizza funcionam apenas para mostrar grandes diferenças em proporção.
  39. 39. D!ca • Sempre insira seu primeiro dado para o gráfico de pizza na posição 12h. • Limite um gráfico de pizza em oito seções. • Porcentagens no gráfico de pizza devem totalizar 100%.
  40. 40. 4. Destacando o que é Importante Fundo: O fundo deverá empregar cores neutras. Dados: Deverá ter contraste suficiente para permitir que o diferencie claramente. Ênfase: Existe no primeiro plano e deve destacar de maneira enfática a mensagem principal dos dados.
  41. 41. Fundo Dados Ênfase ResultadoO gráfico final contém todos os dados, mas usa ocontraste para atrair o olho para a informação queé de fato crucial.
  42. 42. 5. Mantenha-o Simples Evite todas as distrações visuais desnecessárias e a mensagem se tornará muito mais clara.
  43. 43. Remoção de Gráficos A remoção de efeitos 3D faz com que os dados apareçam mais precisos visualmente.
  44. 44. Fim da Parte 1 Esse material didático é a parte 1 de 2 sobre o livro Slide:ology de Nancy Duarte. Obrigado! Críticas e sugestões escreva para marcelodmnzs@gmail.com Follow em: @MarceloDMnzs

×