Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Relatório da sequênca didática sobre cantigas de roda

4,328 views

Published on

Atividades sobre cantigas de roda desenvolvidas em uma turma de 1° ano do ensino fundamental.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Relatório da sequênca didática sobre cantigas de roda

  1. 1. Escola Municipal de Ensino Fundamental Irmã Dulce Docente: Manuela Amancio da silva Relatório da sequência didática “Cantigas de roda” Delmiro Gouveia-Al Novembro/2015
  2. 2. Relatório da sequência didática Cantigas de roda A referente sequência foi aplicada em uma turma de 1° ano, com 28 alunos, no horário vespertino. Foi um tema muito bom, aceito por toda turma com alegria e empolgação, pois as cantigas de roda apresentam em seus elementos, literatura, música, canto, dança, movimento e poesia, que são instrumentos imprescindíveis para serem trabalhadas dentro e fora da sala de aula, possibilitando assim o desenvolvimento de nossas crianças, nos aspectos cognitivos, lingüísticos, sócio-afetivos, psicomotores e culturais; além de disso, o trabalho com as cantigas de roda se torna muito rico, por serem um tipo de gênero textual muito conhecido pelas crianças, o que facilita muito, durante o processo de ensino aprendizagem, tornado a aprendizagem prazerosa e significativa. As mesmas são também brincadeiras que despertam nas crianças o interesse em aprender a ler e escrever, pelas quais, estas se sentem motivadas, por mais que não leiam convencionalmente, a reconhecer a melodia, entonação e letra da cantiga, identificando e decodificando as palavras automaticamente e fazendo usos interativos da língua. Enfim, trabalhar com cantigas de roda traz muitas possibilidades de aprendizagem para nossos educandos. As atividades propostas foram desenvolvidas durante uma semana, de forma interdisciplinar; a única dificuldade apresentada foi a falta de material didático, e o uso de atividades complementarem para fixação dos conteúdos, pois a escola não tem como arcar com as atividades impressas; mas nem por isso, tornou-se as atividades inválidas, pois existe sempre o plano “B” para um professor competente e comprometido pelo o que faz e acredita.
  3. 3. Desenvolvimentosdas atividades: 1° dia: Estudo da música “O Cravo brigou com a Rosa” Nesta atividade, foi contemplada o estudo de rimas, a leitura e identificação de palavras, bem como, a interpretação oral da música. Em outro momento, trabalhou-se separação silábica com as palavras desta cantiga. 2° dia: “As cantigas de roda trazem uma história.” (Relacionando a cantiga com a nossa realidade). Refletindo sobre a letra da cantiga de roda “O Cravo brigou com a Rosa”. Iniciei cantando a cantiga com eles, logo após, contei a história de um homem chamado Cravo que namorava com uma mulher chamada Rosa, onde os dois só viviam brigando... A partir desta história surgiram vários temas que foram questionados, como a violência contra a mulher, a lei Maria da Penha, a convivência nos dias de hoje, o casamento, etc. Todos os alunos participaram contando casos de violência que ocorriam dentro de casa; foi um momento de reflexão e aprendizagem. Atividade foi finalizada, com o desenho dos personagens da cantiga e exposição em mural na sala de aula.
  4. 4. 3° dia: Conhecendo um pouco sobre as cantigas de roda, e listagem das cantigas conhecidas pela turma. Esta atividade foi iniciada através de uma conversa sobre as origens das cantigas de roda, como elas são transmitidas de geração a geração e amostra de vídeos com algumas delas. Logo após, fiz um levantamento com a turma de nomes de cantigas de roda conhecidas pela mesma, no qual, repassei para um cartaz e pedi que fizessem a cópia no caderno.
  5. 5. 3° dia: Atividade em grupo Após a construção coletiva da lista de cantigas de roda, propôs no dia seguinte, a ilustração em grupo de quatro cantigas de roda que eles mais gostavam. Foi um momento de muita interação e o resultado foi surpreendente!
  6. 6. A atividade foi finalizada com a apresentação e canto para a outra turma, e cópia no caderno das cantigas de cada grupo, bem como, identificação das palavras que rimam. 4° dia: Trabalhando o gênero textual bilhete. Esta atividade foi iniciada através de explanação sobre o bilhete e suas características, logo após, foi feito coletivamente um bilhete direcionado aos pais dos alunos, solicitando que mandassem uma cantiga de roda de sua infância. Todos os alunos fizeram a cópia do bilhete e levaram aos pais. Foram dois dias de espera e o resultado foi uma negação: só três pais participaram da pesquisa, por isso não pude construir o gráfico proposto na sequência. Por isso, em matemática, trabalhei apenas quantidades de cantigas de roda da listagem realizada na outra atividade, além de números de letras, de sílabas e vogais.
  7. 7. 5° dia: Dramatizando e cantando as cantigas de roda. Hora de colocar a imaginação em prática! Essa atividade foi maravilhosa, pois todos os alunos puderam participar, resgatando cantigas antes desconhecidas por eles. Foi um momento lindo, onde pude ver nos olhinhos da criançada um brilho diferente e um gostinho de quero bis!
  8. 8. 6° dia: Ditados dos personagens das cantigas de roda e atividades de letras embaralhadas, além de brincadeiras no pátio. Uso do livro “Canta e dança” de Suzana Sanson e Graça Lima.
  9. 9. 7° dia: Oficina de arte em E.V. A – Tema: personagens das cantigas de roda. Nossa sequência foi finaliza com a realização desta oficina. Foi um sucesso!!!
  10. 10. Olha o resultado!
  11. 11. Conclusão: Trabalhar com cantigas de sempre foi meu foco, pois sempre defendi a ideia de que as cantigas de roda possibilitam o desenvolvimento global das crianças, além de facilitar no processo de alfabetização das mesmas. É surpreendente, como a cada ano, o trabalho com cantigas de roda traz bons resultados na aprendizagem de nossos alunos. É maravilhoso ver nossas crianças lendo as primeiras palavras, cantando belas melodias, se empolgando em cada atividade desenvolvida. O trabalho com as cantigas de roda este ano trouxe muitos resultados, como o desenvolvimento da leitura e da escrita; possibilitou também a motivação pela busca do conhecimento e o resgate dessas canções, hoje quase tão esquecida pelas crianças. Além disso, propôs uma reflexão sobre os hábitos das pessoas e o modo de vida delas. Realmente um trabalho digno de aplauso! Hoje, todos querem cantar e brincar de cantigas de roda. Uma conquista valiosa para os dias de hoje, onde a tecnologia toma conta das pessoas e rouba a afetividade das mesmas. Finalizo com a frase da autora Lydia Hortélio, que traz uma reflexão para nós educadores: “É preciso desenvolver uma inteligência sensível, encontrar caminhos para a alegria e afirmar a vida na interligação. E se quisermos verdadeiramente fazer justiça às crianças, teremos que desafiá-las em sua graça e poder, através de sua própria cultura.”

×