Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Os Desafios do Pré-sal e o Desenvolvimento Regional e Local Pensa Cone Leste 2009 São José dos Campos, 10.12.2009
A Macroplan <ul><li>Estudos prospectivos, planejamento e administração estratégica, gestão para resultados e gestão da ino...
Nota A elaboração deste trabalho utilizou informações de domínio público, segundo as indicações de fontes em cada lâmina
Abundância de recursos naturais pode ser um entrave ao desenvolvimento <ul><li>Na maioria dos países ricos em petróleo, mi...
Crescimento econômico e capital natural Fonte:  Thorvaldur Gylfason, Natural Resources, Education and Economic Development...
Fatores que dificultam o desenvolvimento <ul><li>Sobrevalorização da moeda nacional </li></ul><ul><li>Redução da eficiênci...
O caso da Noruega <ul><li>Incidência fiscal: 80% </li></ul><ul><li>Fundo soberano </li></ul><ul><li>Atenção à Educação </l...
Dimensões de uma estratégia de desenvolvimento  <ul><li>Educação e formação profissional de qualidade </li></ul><ul><li>Pe...
O caso Macaé <ul><li>Antes do petróleo, anos 70: 30.000 hab. </li></ul><ul><li>Atualmente: 170.000 hab. (2007) </li></ul><...
O caso Macaé  (Continuação) <ul><li>Somente 10% da população tem acesso a saneamento básico (2004) </li></ul><ul><li>Baixo...
O caso Stavanger, Noruega <ul><li>120.000 hab. </li></ul><ul><li>31,3% da população com educação superior </li></ul><ul><l...
O caso Aberdeen, Reino Unido <ul><li>212.000 hab. </li></ul><ul><li>A menor taxa de desemprego da Europa (2%) </li></ul><u...
O caso do Estado  do Espírito Santo Desenvolvimento da Logística Recuperação e Conservação dos Recursos Naturais Desenvolv...
O caso do Estado  do Espírito Santo Sistema de gerenciamento  e monitoramento de projetos Fonte:  Espírito Santo 2025 Plan...
Fonte:  Palestra de José Sergio Gabrielli de Azevedo para o CDES, Brasília, 20.10.2009  A Província do Pré-sal
O que fazer? <ul><li>Gestão estratégica do desenvolvimento </li></ul><ul><ul><li>Estratégia de desenvolvimento </li></ul><...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Os Desafios do Pré-sal e o Desenvolvimento Regional e Local

1,640 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Os Desafios do Pré-sal e o Desenvolvimento Regional e Local

  1. 1. Os Desafios do Pré-sal e o Desenvolvimento Regional e Local Pensa Cone Leste 2009 São José dos Campos, 10.12.2009
  2. 2. A Macroplan <ul><li>Estudos prospectivos, planejamento e administração estratégica, gestão para resultados e gestão da inovação </li></ul>NOSSOS PRODUTOS ALGUNS DE NOSSOS CLIENTES
  3. 3. Nota A elaboração deste trabalho utilizou informações de domínio público, segundo as indicações de fontes em cada lâmina
  4. 4. Abundância de recursos naturais pode ser um entrave ao desenvolvimento <ul><li>Na maioria dos países ricos em petróleo, minerais e outros recursos naturais, o desenvolvimento econômico, no longo prazo, tende a ser menor do que em países menos dotados desses recursos </li></ul><ul><li>No período 1970-1998, de 65 países ricos em recursos naturais, apenas 4 lograram se desenvolver satisfatoriamente: </li></ul>Fonte: Thorvaldur Gylfason, Natural Resources, Education and Economic Development, University of Iceland, 2000 Botswana, Indonésia, Malásia e Tailândia
  5. 5. Crescimento econômico e capital natural Fonte: Thorvaldur Gylfason, Natural Resources, Education and Economic Development, University of Iceland, 2000 Participação do capital natural na riqueza nacional 1994 (%) Crescimento anual do PIB per capita 1965 - 1998 (%) 10 8 6 4 2 0 -2 -4 Y: -0.0946X + 2.4894 R 2 : 0.2805 0 10 20 30 40 50 60
  6. 6. Fatores que dificultam o desenvolvimento <ul><li>Sobrevalorização da moeda nacional </li></ul><ul><li>Redução da eficiência econômica e desigualdade social </li></ul><ul><li>Falso sentimento de segurança </li></ul><ul><li>Negligência com a Educação </li></ul>Fonte: Thorvaldur Gylfason, Natural Resources, Education and Economic Development, University of Iceland, 2000
  7. 7. O caso da Noruega <ul><li>Incidência fiscal: 80% </li></ul><ul><li>Fundo soberano </li></ul><ul><li>Atenção à Educação </li></ul><ul><ul><li>Formação universitária: 1980: 26%; 1998: 62% da população </li></ul></ul><ul><li>Capacitação tecnológica e inovação </li></ul><ul><li>Desenvolvimento da indústria local com padrões internacionais de competitividade </li></ul>Fonte: Thorvaldur Gylfason, Natural Resources, Education and Economic Development,University of Iceland, 2000
  8. 8. Dimensões de uma estratégia de desenvolvimento <ul><li>Educação e formação profissional de qualidade </li></ul><ul><li>Pesquisa, desenvolvimento e inovação </li></ul><ul><li>Planejamento urbano e infraestrutura social: Saneamento, saúde, habitação e segurança pública </li></ul><ul><li>Logística </li></ul><ul><li>Sustentabilidade ambiental </li></ul><ul><li>Competitividade sistêmica e atração de investimentos de fornecedores de bens e serviços </li></ul><ul><li>Diversificação econômica </li></ul>
  9. 9. O caso Macaé <ul><li>Antes do petróleo, anos 70: 30.000 hab. </li></ul><ul><li>Atualmente: 170.000 hab. (2007) </li></ul><ul><li>Desde 1980, crescimento de 700% do PIB </li></ul><ul><li>PIB per capita: R$ 36.000,00 (2005) </li></ul><ul><li>4.000 empresas se instalaram na cidade desde os anos 70 </li></ul>Fonte: IBGE
  10. 10. O caso Macaé (Continuação) <ul><li>Somente 10% da população tem acesso a saneamento básico (2004) </li></ul><ul><li>Baixo aproveitamento das oportunidades de emprego pela população local original </li></ul><ul><li>Aumento de 322% na taxa de homicídios </li></ul><ul><li>35º município do Estado do Rio de Janeiro quanto à razão entre a renda dos 10% mais ricos e dos 40% mais pobres </li></ul>Fonte: IBGE
  11. 11. O caso Stavanger, Noruega <ul><li>120.000 hab. </li></ul><ul><li>31,3% da população com educação superior </li></ul><ul><li>Menor taxa de criminalidade do país </li></ul>Fonte: Hatakenake, Sachi; Westnes, Petter; Gjelsvik, Martin; Lester, Richard K. The Regional Dynamics of Innovation: A Comparative Case Study of Oil and Gas Industry Development in Stavanger and Aberdeen, MIT, Cambridge, 2006 <ul><li>Atuação integrada dos governos local, regional e nacional </li></ul><ul><li>Obrigatoriedade de transferência de tecnologia para as empresas locais </li></ul><ul><li>Normas ambientais e de segurança rigorosas </li></ul><ul><li>Indução da cooperação entre empresas do setor de petróleo e as universidades locais </li></ul>
  12. 12. O caso Aberdeen, Reino Unido <ul><li>212.000 hab. </li></ul><ul><li>A menor taxa de desemprego da Europa (2%) </li></ul><ul><li>Grande contração de empresas do setor petróleo (cerca de 1000) </li></ul>Fontes: Hatakenake, Sachi; Westnes, Petter; Gjelsvik, Martin; Lester, Richard K. The Regional Dynamics of Innovation: A Comparative Case Study of Oil and Gas Industry Development in Stavanger and Aberdeen, MIT, Cambridge, 2006 Aberdeen City Council, Social and Environment Problems in Abeerden City, 2008 <ul><li>Fortes investimentos em infraestrutura econômica e social </li></ul><ul><li>Exigência de utilização de mão de obra local para as empresas instaladas na cidade </li></ul><ul><li>Aplicação de parte da arrecadação oriunda do petróleo em infraestrutura e educação </li></ul><ul><li>Investimentos em áreas deprimidas da cidade </li></ul><ul><li>Incentivos financeiros para autodesenvolvimento profissional </li></ul>
  13. 13. O caso do Estado do Espírito Santo Desenvolvimento da Logística Recuperação e Conservação dos Recursos Naturais Desenvolvimento da Rede de Cidades Redução da Violência e da Criminalidade Fortalecimento da Identidade e Melhoria da Imagem Capixaba Fonte: Espírito Santo 2025 Plano de Desenvolvimento, junho 2006 Estratégia de Desenvolvimento 2025 Capital Social e Qualidade das Instituições Capixabas Interiorização do Desenvolvimento Inserção Estratégica Regional Agregação de Valor à Produção e Diversificação Econômica Erradicação da Pobreza e Redução das Desigualdades Desenvolvimento do Capital Humano
  14. 14. O caso do Estado do Espírito Santo Sistema de gerenciamento e monitoramento de projetos Fonte: Espírito Santo 2025 Plano de Desenvolvimento, junho 2006 Estratégia de Desenvolvimento 2025 11 grupos de projetos estratégicos
  15. 15. Fonte: Palestra de José Sergio Gabrielli de Azevedo para o CDES, Brasília, 20.10.2009 A Província do Pré-sal
  16. 16. O que fazer? <ul><li>Gestão estratégica do desenvolvimento </li></ul><ul><ul><li>Estratégia de desenvolvimento </li></ul></ul><ul><ul><li>Projetos estratégicos </li></ul></ul><ul><ul><li>Gerenciamento intensivo </li></ul></ul><ul><li>Ampliação do capital institucional e social </li></ul>

×