Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Mympel2012 sergiolagoa

695 views

Published on

Apresentação do Painel de Pecha-Kuchas sobre temas/trabalhos/sentidos/reflexões das unidades curriculares MPeL

Published in: Education
  • Be the first to comment

Mympel2012 sergiolagoa

  1. 1. Identidade Virtual,Autenticidade e Transparência no Ensino OnlineUnidade curricular: Educação e Sociedade em RedeProfessor: António TeixeiraMestrando: Sérgio Lagoa
  2. 2. IDENTIDADE CREDIBILIDADE AUTENTICIDADETRANSPARÊNCIA VERDADE
  3. 3. Eu e o Outro: Autenticidade A minha relação com o Outro Relação torna-se inautêntica se não sou verdadeiro • Ainda que a fonte seja credível, será a Informação informação verdadeira?
  4. 4. VerdadeVerdade = correspondência com os factos?Verdade = aquilo que é verificável?Verdade = validação pela maioria?
  5. 5. Transparência Transparência ou opacidade?  Partilha de informação na rede  Transparência de identidade Versus  Uso indiscriminado dePaul Virilio, “A Inércia Polar” nicks  Inautenticidade
  6. 6. Transparência na Educação Online  Vantagens da transparência na educação online:  Feedback (apreciações críticas do nosso trabalho)  Aprendizagem colaborativa  Exposição de fraquezas  Conduz ao aperfeiçoamento individual  Riscos: devassa da vida privada Morten Paulsen
  7. 7. Avaliação dos cursos online O ensino online enfrenta um problema que deve ser tomado seriamente: a fraude académica e o plágio: •Como validar a identidade dos alunos? •Como legitimar as aprendizagens se não for resolvido o problema da autenticidade?•Como ter a certeza que o estudante, do outro lado do computador, é verdadeiro?
  8. 8. O problema da credibilidade das IES  Valores académicos:  Honestidade  Confiança  Justiça  Respeito  Responsabilidade  Exige-se de um estudante:  Honestidade  Autenticidade  Verdade
  9. 9. Autenticidade e Credibilidade A inautenticidade e os problemas de verificação de identidade dos estudantes conduzem as IES a um outro problema: o da credibilidade dos seus cursos, o que pode afetar irremediavelmente a sua credibilidade social
  10. 10. Estratégias de combate a fraudes e plágios no ensino a distância Exames Verificação Formas depresenciais visual dos comunicação (blended candidatos: visual e learning) videoconferên auditiva cia síncronas
  11. 11. Ferramentas de deteção de plágio
  12. 12. Ferramentas de deteção de plágio Solução ou… nem por isso! A existência destas ferramentas não impede a prática de plágio: a maior parte delas limita-se a fazer uma análise do documento (em vários formatos) ou links (URL) enviados pelo utilizador e procurar correspondências aproximadas na internet.
  13. 13. Estratégias de combate a fraudes e plágios Os mais avançados meios tecnológicos de identificação de indivíduos incluem dispositivos de reconhecimento de voz, leitores de dados biométricos (reconhecimento facial, reconhecimento de voz e de impressões digitais), leitores de impressões digitais, etc. Mas o problema subsiste: toda esta tecnologia envolve dinheiro e a relação custo/benefício pode impedir que tais sistemas de controlo da identidade sejam aplicados.
  14. 14. Estratégias de combate a fraudes e plágios no ensino a distânciaUniversidade Estudante
  15. 15. Estratégias de combate a fraudes e plágios ConstruçãoFontes Instrumentos Momentos de um perfil do estudante
  16. 16. Estratégias de combate a fraudes e plágios no ensino online testes online participação em fóruns marcação de sessões de chat (com ou sem videoconferência) elaboração de artigos participação em trabalhos de grupo elaboração de portefólios individuais de estudo Registo do IP do aluno Exames individuais em comunicação síncrona
  17. 17. Transgredindo fronteiras  Deveremos continuar a outorgar às escolas e universidades o privilégio de serem as transmissoras de conhecimento se já não são detentoras exclusivas desse mesmo conhecimento?Pierre Lévy, Cibercultura
  18. 18. Tendências para o futuro Reconhecimento do valor dasaprendizagens informais ou não formais Generalização dos processos RVCC (reconhecimento, validação e certificação de competências)
  19. 19. Tendências para o futuroAumento dos cursos de formação: ALV (aprendizagem ao longo da vida) /Falta de recursos económicos para dar formação a toda a população adulta Desenvolvimento do ensino online e da aprendizagem colaborativa
  20. 20. Contatos www.sergiolagoa.net msalagoa@gmail.comObrigado!

×