Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Modais de transporte logística

5,744 views

Published on

Trabalho sobre todos os Modais e Intermodadlidade

Published in: Education
  • Be the first to comment

Modais de transporte logística

  1. 1. Introdução
  2. 2. Modalidade Dutoviária
  3. 3. Principais dutos do Brasil • GASODUTOS • OLEODUTOS • MINERODUTOS
  4. 4.  CONFIÁVEL  DANOS E PERDAS REDUZIDA  ECONOMIA DE ENERGIA  LIMITADA  ACIDENTES AMBIENTAIS  LENTIDÃO  LICENÇAS AMBIENTAIS
  5. 5. Modal Ferroviário
  6. 6. Tipos de Vagões Ferroviários:
  7. 7. Modal aéreo Segundo Curiel 2001: “carga aérea é considerado todo material transportado por meio de aeronaves, cujo os valores agregados são bastante elevados para justificar esse modal.”
  8. 8. Aeronaves  Full pax : passageiros e cargas;  Full cargas: somente cargas ;  Combi: misto de carga e passageiro;  Calculo de cubagem  Multiplica –se altura x largura x comprimento x quantidade e divide pelo fator de cubagem .
  9. 9. Tópicos Vantagens: Ideal para o transporte de mercadorias com prioridade de entrega; Normalmente estão localizados próximos aos centros de produção, industrial ou agrícola; redução de custo de embalagem, uma vez que não precisa ser tão robusta, pois a mercadoria é menos manipulada; Desvantagens: Frete elevado em relação aos outros modais; Capacidade de carga reduzida; Custo elevado da sua infra-estrutura;
  10. 10. Modal Aquaviário
  11. 11. B/L (Bill of landing)
  12. 12. Tipos de Navios:
  13. 13. Modal Rodoviário
  14. 14.  É o modal de transporte mais utilizado no brasil  Atinge praticamente todos os pontos do território nacional  O transporte é feito por rodovias  Utiliza-se de carretas, caminhões, camionhetes e vans
  15. 15.  Calculado sobre o peso ou área ocupada pela mercadoria  É considerada a distância percorrida (quilometragem)  Livre acordo entre as partes  Calculada em função do valor da mercadoria a ser transportada e do seguro rodoviário  É cobrada para a emissão do conhecimento de embarque
  16. 16.  Frete pré-pago  Frete a pagar  Tara  Capacidade  Peso bruto
  17. 17.  Caminhão baú  Possui carroceria fechada  Proteção da carga  Caminhão aberto  Transporta mercadorias não perecíveis e em pequenos volumes  A proteção da carga pode ser feita por uma lona
  18. 18.  Parecido com o caminhão baú  Serve para acondicionar produtos perecíveis  Possui equipamento de refrigeração  Transporta cargas volumosas e pesadas ‟conteiners”
  19. 19. Documentos de conhecimento de transporte  DACTE – documento auxiliar do conhecimento de transporte eletrônico  É utilizado para transportes nacionais  É impresso em papel com o objetivo de: a) Acompanhar a prestação do serviço de transporte de mercadorias; b) Colher a assinatura do destinatário/tomador para comprovação de entrega das mercadorias;
  20. 20. DACTE – Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico
  21. 21. Documentos de conhecimento de transporte  CTRC – conhecimento de transporte rodoviário de cargas  É utilizado para transportes internacionais  É considerado um documento fiscal sendo emitido pelas transportadoras de cargas  É impresso em papel com o objetivo de: a) Dar conhecimento ao cliente, ao motorista e a empresa, em caso de fiscalização, das mercadorias entre a localidade de origem e o destino da carga
  22. 22. CTRC – Conhecimento de Transporte Rodoviário de Cargas
  23. 23. Vantagens do modal rodoviário  Alcança praticamente qualquer ponto do terrítorio nacional  Livre concorrência de preços entre as empresas  Serviço porta-a-porta, sem necessidade de carga ou descarga entre a origem e o destino  Agilidade, rapidez e comodidade na entrega de mercadorias em curtas distâncias  Frequência e disponibilidade do serviço  Movimentação menor de mercadorias em relação aos modais ferroviário e marítimo
  24. 24. Desvantagens do modal rodoviário  Alto custo da infraestrutura  Maior impacto ambiental  Manutenção das rodovias
  25. 25. Cálculo da cubagem no modal rodoviário  1 m³ equivale a 300 kg  Divide o número que vai se usar por 100  Tem que analisar o peso real da carga  Quando o peso cubado da carga for menor que o peso real, será então cobrado o valor do peso real.  Cálculo: Resultado do peso cubado= Cumprimento x largura x altura x volume x 300
  26. 26. OBS: Quando o resultado do peso cubado for por exemplo: 12,57878, coloca-se apenas o valor de 12,57 no quadro de resultado.  Depois soma-se todos os resultados obtidos para encontrar o valor total do peso cubado.  Próximo passo é verificar quais veículos transportadores serão utilizados. VUC: comporta 3 m³, custa R$ 1.000,00 TRUCK: comporta 15 m³, custa R$ 2.000,00 TRUCK BAÚ: comporta 25 m³, custa R$ 5.000,00 CARRETA: comporta 43 m³, custa R$ 7.000,00 CARRETA ST: comporta 75 m³, custa R$ 9.000,00 BI - TREM: comporta 112 m³, custa R$ 12.000,00
  27. 27. Vantagens
  28. 28. Projeto com o Modais de Transporte  O Comercial da empresa X vendeu 9 Toneladas de Manga Para uma empresa em Nova York. Requisitos do Cliente:  Prazo máximo de entrega 15 dias.  Menor Custo Logístico possível.  Frutas em Condições de Consumo para o mercado internacional. Características do envio: Carregamento sai de uma fazenda em Petrolina/PE para o Porto de Suape/PE, em direção ao porto de Nova York (EUA).
  29. 29. Modais Utilizados
  30. 30. Especificações da Carga  9 Toneladas  Caixas de papelão de 0,25 x 0,25 x 0,25.  10 kg em cada caixa.  Não Paletizada.  A Fruta é retirada para amadurecer no período do transporte.  Tempo Máximo do Envio 20 dias, após isso estraga.  Container reefer . (Refrigerado: – 8° C.)
  31. 31. Cubagem para encontrar o Container correto
  32. 32. Cálculos  Containers Disponíveis: 20 ’ reefer = 28,3 metros cúbicos. 40 ’ reefer = 59 metros cúbicos. *para encontrar a medida da carga em metros cúbicos faz-se o seguinte cálculo: L x C x A x N° de Vol. 900 volumes. Encontramos em Nossa carga: 14,06 metros cúbicos L*C*A*300*900 vol.= 4218,75 peso cubado.
  33. 33. Modal Rodoviário  Caminhão com Prancha para container de 20’ reefer, com capacidade para até 16 Toneladas.  Preço do Frete: R$: 2.000
  34. 34. Modal Aquaviário/Marítimo.  Valores do Porto de Suape ao Porto de Nova York:  2.400 USD Por container de 20’ reefer.  4.000 USD Por container de 40’ reefer.  Transi time de 9 Dias.
  35. 35. Documentação da Carga Nota Fiscal: Acompanha a mercadoria desde a saída do estabelecimento até a efetiva alocação no porto. Conhecimento de Embarque Marítimo (Bill of Lading - B/L): Documento emitido pela companhia transportadora que atesta o recebimento da carga, as condições de transporte e a obrigação de entrega e etc...
  36. 36. Documentação da Carga Invoice Packing List Documento comercial que formaliza uma operação de compra e venda com o exterior, contendo quantidade, preço e condições de pagamento de mercadorias ou serviços prestados. Sua finalidade é complementar a fatura comercial, nos casos em que várias unidades do mesmo produto são expedidas em diferentes volumes, ou quando a quantidade, o peso e o conteúdo, diferem de um volume para outro.
  37. 37. Prazos e Logística 1. Deve ser Calculados os prazos à partir do navio mais próximo para embarque. 2. O Caminhão recolhe o container com antecedência para a ovação da carga. 3. A Carga é alocada, lacrada e com a devida refrigeração, já vai para o porto de Suape, este trajeto demora cerca de 1 dia. 4. No Porto ela terá 2 dias para trâmites de documentação e liberação para embarque justamente o tempo que o navio chega ao porto de Suape. 5. A carga é embarcada. Com 9 dias estará em seu destino final. 6. O pagamento do Frete é CIF (Cost, Insurance and Freight ). 7. A previsão de chegada em 12 dias.
  38. 38. Valores do Frete Frete Rodoviário + Frete Marítimo. 2.000 reais + 2.400 USD* (2,20 taxa do Dólar). Valor Total R$ 7.280.

×