OP ART A expressão “op-art” vem do inglês (optical art) e significa “arte óptica”. Defendia para arte "menos expressã...
(1937)   (1944)  (1944)  (1944)   (1955)
Movement in Squares by Bridget Riley (1961)
MINIMALISMO Local: EUA 1660-70 Forma: Abstrata, módulos  geométricos Aspecto: Limpo, nu, simples. Técnica: Feito a máquina...
Instalações Exposições ocupando uma sala inteira cheia de um conglomerado de objetos disparatados, com palavras, vídeos, f...
 
Catedral de Cadeiras,   Ville de Reims France 2007
 
Visitante observa instalação artística intitulada ‘Hohes C!’, obra do artista Werner Reiterer em exposição no ‘Art Forum’,...
 
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Op Art, Minimalismo E Instalação - 9º ano

5,581 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,581
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
92
Actions
Shares
0
Downloads
139
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Op Art, Minimalismo E Instalação - 9º ano

  1. 1. OP ART A expressão “op-art” vem do inglês (optical art) e significa “arte óptica”. Defendia para arte "menos expressão e mais  visualização".. Ganhou força na metade da década de 1950. Ela não tem o ímpeto atual e o apelo emocional da Pop Art, em comparação, parece excessivamente cerebral e sistemática, mais próxima das ciências do que das humanidades. Seus precursor foi o artista pintor e escultor húngaro radicado na França, Victor Vasarely. Outro importante artista da op art foi Bridget Riley
  2. 2. (1937) (1944) (1944) (1944) (1955)
  3. 3. Movement in Squares by Bridget Riley (1961)
  4. 4. MINIMALISMO Local: EUA 1660-70 Forma: Abstrata, módulos geométricos Aspecto: Limpo, nu, simples. Técnica: Feito a máquina Significado: Você é o juiz. Para o artista contemporâneo, a conclusão inevitável de reduzir a arte ao básico, foi o Minimalismo. Seus fundadores foram escultores americanos, como Donald Judd, que definia Minimalismo como “Se livrar daquilo que as pessoas costumavam achar essencial à arte”. Para esses escultores a forma mínima garante a intensidade máxima.
  5. 5. Instalações Exposições ocupando uma sala inteira cheia de um conglomerado de objetos disparatados, com palavras, vídeos, fotos e de objetos comuns, como latas de cerveja, comentando assuntos políticos do momento, como Aids. Embora os objetos não pareçam ter relações entre si, espera-se que o espectador chegue ignorante no ambiente e saia esclarecido sobre algum tema controverso que o artista lhe revela.
  6. 7. Catedral de Cadeiras, Ville de Reims France 2007
  7. 9. Visitante observa instalação artística intitulada ‘Hohes C!’, obra do artista Werner Reiterer em exposição no ‘Art Forum’, em Berlim

×