Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Luiz roberto dos santos gestalt

353 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Luiz roberto dos santos gestalt

  1. 1. Universidade do Vale do Itajaí Unidade de Itajaí Centro de Ciências Sociais Aplicadas – Comunicação, Turismo e Lazer Curso Superior de Tecnologia em Fotografia Acadêmico: Luiz Roberto dos SantosFundamentos da Gestalt
  2. 2. Pregnância e Segregação
  3. 3. © Luiz Roberto dos Santos
  4. 4. Unificação ou Pregnância das formas:A fotografia apresenta formasessencialmente simples e que se fecham,tornando a imagem, que tem poucoselementos divergentes, mais fluida ecom melhor equilíbrio.Segundo as regras da Gestalt, temos afacilidade para observar formas maissimples, tais como a que aqui seapresentam, como os polígonos no chão,a porta de entrada, os quadrados devidro e até mesmo as formas indefinidasno canto superior, por sua simplicidade.Segregação figura-fundo:Teoricamente, a Gestalt explica que, demaneira perceptivel, sempre separamosplanos e formas dentro de tudo quevemos. Nessa fotografia notamos quesegregamos involuntariamente oselementos de vegetação (orgânicos) ,naslaterais, dos elementos arquitetônicos(inorgânicos).
  5. 5. © Luiz Roberto dos Santos
  6. 6. Unificação ou Pregnância das formas:A fotografia, embora seja visualmentepesada, por apresentar muitoselementos, contém formas que dãodeterminada fluidez, como as escadas(formando retângulos), os corrimões(cilindros) e até a metade de um círculo(canto superior).Segregação figura-fundo:Há muitos elementos em diferentesplanos, portanto torna-se simples asegregação: vemos a escada como maiorexemplo, onde cada degrau é separadoao olharmos; vemos ainda a planta nocanto inferior esquerdo, separa-setambém o sujeito em primeiro plano doplano de fundo, etc.
  7. 7. © Luiz Roberto dos Santos
  8. 8. Unificação ou Pregnância das formas:Fundamentalmente simples, a imagemapresenta elementos desconexos, masos mesmo formando (separadamente)formas que fecham sobre si: amontanha, com forma indefinida, e oparapente, na sua tão conhecida forma.Segregação figura-fundo:Nitidamente percebe-se a diferençaentre os planos e cria-se a separação doselementos (montanha – parapente).
  9. 9. Fechamento e Unidade
  10. 10. © Luiz Roberto dos Santos
  11. 11. Fechamento:Pela Gestalt, o fechamento se dariaentre elementos que, por estarempróximos ou possuírem linhassemelhantes, podem criar novas formasa partir das mesmas, ou seja, na imagemque vemos, é possível ver no chãoformas geometrizadas, estas mesmas,por estarem próximas umas das outras,podem sintetizar outra forma. Esseconceito é muito utilizado, sobretudoem design.Unidade:Pode ser designada como a formaçãofragmentada de cada parte (elemento).Com o exemplo da imagem, vê-se,novamente, cada parte do chão comopequenos quadrados (subunidade) e quepor estarem justapostos acabamformando uma linha que, por sua vez,origina um desenho (superunidade).
  12. 12. © Luiz Roberto dos Santos
  13. 13. Fechamento:Nesta imagem vemos diversas formas nohorizonte que, por estarem próximas,acabam formando outros desenhos,como os prédios no canto esquerdo, osguinchos do porto e no canto inferioresquerdo as formas no alambrado,geradas pela madeira sobreposta.Unidade:Por possuir vários elementos, há váriasunidades, entre elas: os indivíduos queseparados formam a subunidade eunidos, pois estão escuros por conta dasobreposição com a luz intensa, formama superunidade. Além desses, vemos aslinhas revoltas do mar em que, segundoa Gestalt, todas as linhas podem sersubdivididas em pequenos pontosunidos (subunidade e superunidade).

×