Aula 5 - Tipos de dados

1,782 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,782
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
144
Actions
Shares
0
Downloads
110
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 5 - Tipos de dados

  1. 1. Introdução a Algoritmos eLinguagens de Programação Aula 5 | Tipos de dados Apresentação Luiz Augusto de M. Morais
  2. 2. RoteiroRepresentação de dados ● Sistema binário de numeraçãoTipos de dados ● Tipos primitivos ● Inteiro ● Ponto Flutuante ● Caractere ● Booleano/Lógico ● Strings (Cadeia de caracteres) UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  3. 3. Representação de dadosSistema binário UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  4. 4. Sistema binário “Neste sistema, são usados apenas dois dígitos para representar a quantidade desejada: 0 ou 1.” UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  5. 5. Sistema binário Sistema decimal Sistema binário 0 0000 1 0001 2 0010 3 0011 4 0100 5 0101 6 0110 7 0111 8 1000 9 1001 10 1010 UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  6. 6. Sistema binário 8 4 2 1 2índice 10102 3 2 1 0 UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  7. 7. Tipos de dadosTipos Primitivos UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  8. 8. Tipos primitivos “São os tipos de dados mais básicos que são representados por uma linguagem de programação.” UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  9. 9. Tipos primitivos | Inteiro “São uma representação dos números inteiros da matemática nos computadores.” UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  10. 10. Tipos primitivos | Inteiro Características ● Podem ser positivos, negativos ou nulos ● Não possuem parte fracionária Exemplos ● Positivos: 2, 4, 3 ● Negativos: -1, -3, -89 ● Nulos: 0 UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  11. 11. Tipos primitivos | Ponto flutuante “São uma representação dos números decimais da matemática nos computadores.” UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  12. 12. Tipos primitivos | Ponto flutuante Características ● Podem ser positivos, negativos ou nulos ● Possuem parte fracionária ● Um ponto separa a parte inteira da fracionária Exemplos ● Positivos: 5.3, 42.1 ● Negativos: -3.0, -5.7 ● Nulos: 0.0 UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  13. 13. Tipos primitivos | Caractere “São uma representação das letras, dígitos e símbolos nos computadores.” UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  14. 14. Tipos primitivos | Caractere Características ● Podem ser numéricos, alfabéticos e especiais ● Seguem um padrão de codificação (e.g. ASCII, Unicode) ● São geralmente envolvidos em aspas simples Exemplos ● Numéricos: 2, 4, 0 ● Alfabéticos: a, B, z ● Especiais: @, #, & UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  15. 15. Tipos primitivos | Booleano “São uma representação lógica de ligado/desligado, verdadeiro/falso, sim/não.” UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  16. 16. Tipos primitivos | Booleano Características ● Só podem representar dois valores: verdadeiro ou falso ● Servem como uma representação lógica de algo Exemplos ● O fogão está ligado ● A luz está acesa ● A porta está aberta UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  17. 17. Tipos de dadosString UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  18. 18. String “É uma cadeia de caracteres. Pode representar uma frase, por exemplo.” UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  19. 19. String Características ● São uma junção de um ou mais caracteres ● Seguem um padrão de codificação (e.g. ASCII, Unicode) ● São geralmente envolvidas por aspas duplas Exemplos ● “Luiz Augusto” ● “Introdução a Algoritmos e Linguagem de Programação” ● “Cerca de 97% da água do Planeta é salgada.” UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETOHERMES
  20. 20. ReferênciasFERRARI, Fabrício; CECHINEL, Cristian.Introdução a Algoritmos e Programação. [S. l. : s. n.] UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA | PROJETO HERMES

×