Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Tecnologia da informacao

2,103 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Tecnologia da informacao

  1. 1. Curso TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
  2. 2. A Sociedade da Informação Avanço Tecnologia Valor da Informação
  3. 3. A Sociedade da Informação Evolução do Emprego da Mão-de-Obra 1860 - 1910 1910 - 1960 1960 - 2010 Mão-de-Obra Industrial Mão-de-Obra Informação Mão-de-Obra Agrícola
  4. 4. Origem: Informática INFOR mação auto MÁTICA Informática
  5. 5. Tecnologia da Informação TI (Tecnologia da Informação) é o conjunto de recursos não-humanos dedicados ao armazenamento, processamento e comunicação de informação, e à maneira pela qual esses recursos são organizados em um sistema capaz de desempenhar um conjunto de tarefas.
  6. 6. Fatos da Evolução da Informática <ul><li>Transformação na indústria de computadores: extremamente rápida </li></ul><ul><li>Custos decrescentes de hardware aumentam aplicações economicamente viáveis </li></ul><ul><li>Capacidade de processamento crescente + Software de maior nível aumentam: </li></ul><ul><ul><li>as aplicações tecnicamente viáveis </li></ul></ul><ul><ul><li>a facilidade de uso </li></ul></ul><ul><ul><li>o potencial do computador </li></ul></ul>Problema: criatividade p/ gerar aplicações que melhor explorem os recursos disponíveis .
  7. 7. Fatos da Evolução da Informática <ul><li>Impactos grandes sobre as empresas e pessoas provocando: </li></ul><ul><ul><li>Efeitos Positivos: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>aumenta informação disponível </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>reduz o tempo p/ executar tarefas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>reduz o custo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>aumenta a produtividade e satisfação </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Efeitos Negativos: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>aumenta o custo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>reduz a flexibilidade </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>aumenta a resistência e a insegurança </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>diminui a produtividade e satisfação </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Mudanças profundas no perfil e estrutura da mão-de-obra </li></ul></ul>
  8. 8. Evolução da Informática Informática Sistemas de Informação Telecomunicações Digitalização Teleinformática
  9. 9. Evolução/Revolução no Tratamento e Transporte da Informação Informática Sociedade da Informação Telecomunicações Teleinformática Sociedade Industrial Revolução/Evolução na Sociedade Revolução/Evolução no TRANSPORTE da informação Revolução/Evolução no TRATAMENTO da informação
  10. 10. Formas de Representação da Informação DADOS TEXTO IMAGEM VOZ
  11. 11. Componentes de um Sistema HARDWARE Circuitos Equipamentos SOFTWARE Sist. Operacional Ambientes Linguagens Aplicativos SUPORTE Treinamento Documentação Manutenção PESSOAL Usuário
  12. 12. Componentes de um Sistema SISTEMA SOFTWARE HARDWARE USUÁRIO/PESSOAS E M P R E S A SUPORTE
  13. 13. HARDWARE SISTEMA CENTRAL PERIFÉRICOS CPU MEMÓRIA PRINCIPAL UNIDADES DE ENTRADA UNIDADES DE SAÍDA
  14. 14. HARDWARE - Sistema Central CPU Circuito eletrônico c/ capacidade p/ somar e comparar grandezas. Armazena informações que serão ou foram processadas na CPU. É rápida, custosa, limitada, temporária e volátil. MEMÓRIA PRINCIPAL
  15. 15. HARDWARE - Periféricos DISPOSITIVOS OU UNIDADES DE ENTRADA Armazena informações de forma semelhante à memória principal. É mais lenta, menos custosa, c/ maior capacidade e não volátil. Convertem informação em forma utilizável pela máquina. MEMÓRIA AUXILIAR, SECUNDÁRIA OU DE MASSA DISPOSITIVOS OU UNIDADES DE SAÍDA Convertem informação utilizável pela máquina p/ formatos utilizáveis externamente.
  16. 16. SOFTWARE SOFTWARE é o conjunto de instruções arranjadas logicamente para serem inteligíveis pela CPU. BÁSICOS APLICATIVOS
  17. 17. SOFTWARE - Básico Sistema Operacional <ul><li>Coordena detalhes internos; </li></ul><ul><li>Gerencia utilização do sistema; </li></ul><ul><li>Tráfego de dados entre componentes </li></ul><ul><li>do sistema. </li></ul>Ambiente Operacional, Interface Gráfica e Rede <ul><li>Permite interface gráfica c/ usuário; </li></ul><ul><li>Múltiplas janelas na tela; </li></ul><ul><li>Múltiplos programas simultâneos; </li></ul><ul><li>Recursos p/ comunicação e </li></ul><ul><li>funcionamento em rede. </li></ul>
  18. 18. SOFTWARE - Básico Tradutores, Interpretadores, Compiladores de Linguagens Permitem que as máquinas executem programas não escritos em linguagem de máquina. Linguagens de 4a Geração <ul><li>Orientadas p/ problemas, ambientes </li></ul><ul><li>dedicados a tarefas específicas. </li></ul><ul><li>Planilhas Eletrônicas; </li></ul><ul><li>Processadores de Texto; </li></ul><ul><li>Gerenciadores de Bancos de Dados; </li></ul><ul><li>Processadores Gráficos. </li></ul>
  19. 19. SOFTWARE - Aplicativo Programa escrito em determinada linguagem, no qual se usam os softwares básicos p/ resolver uma aplicação específica <ul><li>Contabilidade; </li></ul><ul><li>Folha de Pagamento; </li></ul><ul><li>Contas a Receber; </li></ul><ul><li>Controle de Estoque, </li></ul><ul><li>etc... </li></ul>
  20. 20. USUÁRIO/PESSOAS CPD - Centro de Processamento de Dados USUÁRIOS
  21. 21. USUÁRIO/PESSOAS - Área de Informática RESPONSABILIDADES: 1. Dirigir o sistema - hardware, software e pessoal 2. Gerenciar: Operação, Desenvolvimento, Teleprocessamento e Suporte 3. Responsabilidade perante à empresa pelos sistemas 4. Procedimentos Operacionais, Segurança, Auditoria
  22. 22. RESUMO - Componentes Sistema USUÁRIO APLICATIVO LINGUAGEM SO HARDWARE SOFTWARE
  23. 23. Introdução à Redes de Computadores
  24. 24. Introdução à Redes de Computadores <ul><li>Os computadores, no passado, caracterizavam-se por equipamentos de grande porte no qual estavam acoplados terminais de vídeo onde eram feitas interações do usuário com o equipamento. </li></ul>
  25. 25. Introdução à Redes de Computadores <ul><li>Com a evolução surgiu o microcomputador que, com seu baixo custo de manutenção e aquisição, possibilitou uma maior utilização da informática em empresas de pequeno e médio porte. </li></ul><ul><li>Com o uso crescente desses equipamentos, houve a necessidade de interligá-los, evitando, desta forma, duplicação de arquivos e programas. </li></ul>
  26. 26. Introdução à Rede de Computadores <ul><li>ITU-TSS: União Internacional de Telecomunicações - Setor de Padronização de Telecomunicações; antigo CCITT </li></ul><ul><li>ISO: International Standartization Organization </li></ul><ul><li>IEEE: Institute of Electrical and Electronics Engineering </li></ul><ul><li>e outros </li></ul>Organismos Internacionais de Padronização
  27. 27. Introdução à Redes de Computadores <ul><li>Dependendo as proporções geográficas desta rede, ela pode denominar-se: </li></ul><ul><li>LAN ( Local Area Network ) </li></ul><ul><li>WAN ( Wide Area Network ) </li></ul><ul><li>MAN ( Metropolitan Area Network ). </li></ul>
  28. 28. Hub Roteador Rede Local (LAN) Rede de Longa Distância (WAN) Introdução Redes de Computadores Switch Roteador
  29. 29. Introdução Redes de Computadores <ul><li>Arquitetura de rede Local </li></ul><ul><li>Existem duas arquiteturas básicas de redes: a ponto-a-ponto ( peer-to- peer) e a cliente / servidor . </li></ul>Hub
  30. 30. Introdução Redes de Computadores <ul><li>Rede ponto-a-ponto </li></ul><ul><li>Não existe um computador central gerenciando a rede. </li></ul><ul><li>Cada estação de trabalho ( workstation ) tem uma vida dupla: ser uma estação de trabalho e ser um servidor. </li></ul><ul><li>Cada usuário tem controle da liberação ou não, dos recursos de sua estação para a rede. </li></ul>
  31. 31. Introdução Redes de Computadores <ul><li>Na arquitetura cliente / servidor existe um computador central (servidor) dedicado para cuidar de todas as solicitações da rede. </li></ul><ul><li>Permitindo a implementação de grande número de nós (terminais), segurança da rede, administração centralizada, política de restrição de acessos das estações por meio </li></ul><ul><ul><li>de senhas </li></ul></ul><ul><ul><li>controle da prioridade </li></ul></ul>Hub
  32. 32. Introdução Redes de Computadores <ul><li>Os servidores são micros dedicados que prestam serviços específicos, tais como: gerência de arquivos, impressão, comunicação etc., para as demais estações da rede. </li></ul><ul><li>Um outro tipo de equipamento são as estações de trabalho (também conhecido como ponto de rede). Elas são os equipamentos utilizados pelos usuários que processam os programas de aplicação e utilizam os serviços oferecidos pelos servidores. </li></ul>
  33. 33. Quem comanda o espetáculo? SOR- Sistema Operacional de Rede <ul><li>O Windows NT </li></ul><ul><li>Unix </li></ul><ul><li>Linux </li></ul><ul><li>Novell </li></ul>Introdução Redes de Computadores
  34. 34. <ul><li>Existem dois meios populares de comunicação via cabo: os condutores elétricos e as fibras ópticas . </li></ul><ul><li>É evidente de que a principal característica da fibra é a sua alta velocidade, larga banda de transmissão (cerca de 2 Gbps), baixa atenuação do sinal e imunidade a campos eletromagnéticos. </li></ul>A Conexão entre micros
  35. 35. Introdução Redes de Computadores <ul><ul><li>Topologia de Rede </li></ul></ul><ul><li>Representa a estrutura de interconecção física das várias estações de trabalho que compõem a rede. Esta interconecção é definida pela localização física das estações ou pelo fluxo de informações geradas entre elas. No caso de redes locais, estas ligações são feitas através de servidores de comunicação ou de estações de trabalho. </li></ul>
  36. 36. Hub Cabo Par-trançado (twisted pair) 100 Ohms conector RJ-45 Maneiras de interligar os Computadores Topologia ESTRELA
  37. 37. Topologia em Anel (Ring)
  38. 38. Topologia de Barramento (Bus)
  39. 39. Introdução à Rede de Computadores <ul><li>PROTOCOLO </li></ul><ul><li>software que permite que máquinas heterogêneas possam se comunicar </li></ul><ul><li>em qualquer tipo de rede o protocolo de comunicação sempre existe </li></ul><ul><li>todo protocolo tem funções básicas que devem ser atendidas </li></ul>
  40. 40. Introdução à Rede de Computadores <ul><li>- Bom dia, Carlos !!! </li></ul><ul><li>* Bom dia !!! </li></ul><ul><li>- Tudo bem com você ???!! </li></ul><ul><li>(pausa, o Carlos não respondeu !!) </li></ul><ul><li>- Hei, Carlos ?? Tudo bem ?? </li></ul><ul><li>* Ah! Tudo bem !! </li></ul><ul><li>- Você me ouve bem ?? </li></ul><ul><li>* Sim, perfeitamente !! </li></ul><ul><li>- ....... </li></ul><ul><li>* ....... </li></ul>Protocolo de conversação humana
  41. 41. Modelo OSI da ISO Aplicação Apresentação Sessão Transporte Rede Enlace Físico TCP/IP Aplicação TCP ou Transporte Rede ou Enlace IP ou Roteamento Organizando a comunicação em forma de Camadas 1 2 3 Nível 4 5 6 7
  42. 42. WAN - Wide Area Network <ul><li>redes de longa distância </li></ul>WAN HOSPEDEIRO
  43. 43. TERMINAL HOSPEDEIRO HOSPEDEIRO HOSPEDEIRO CENTRO DE CONTROLE DA REDE HOSPEDEIRO MEIO DE TRANSMISSÃO NÓ DE COMUTAÇÃO COMPONENTES DE UMA REDE WAN Exemplo: RENPAC
  44. 44. REDE VIA SATÉLITE ... 36.000 km de altura GEOESTACIONÁRIO

×