Plano de Comunicação Integrada

20,840 views

Published on

Clientes - Parceria Social

Published in: Business, Technology

Plano de Comunicação Integrada

  1. 1. <ul><li>Cliente – Parceria Social </li></ul><ul><li>Janeiro / 2011 </li></ul><ul><li>Job: Assessoria de Comunicação (Assessoria de Imprensa, Consultoria em MKT, estratégias de E-MKT, Social média) </li></ul><ul><li>Target: Divulgação e fixação do branding e serviços </li></ul><ul><li>Objetivo: Divulgação na mídia espontânea, no meio online e offline </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO INTEGRADA
  2. 2. A comunicação da Parceria Social hoje é pautada na divulgação através de mídia espontânea. Os cursos, projetos e palestras são divulgados pela assessoria de imprensa nos veículos de comunicação impressa e digital. Não acontecem ações diretas com foco na captação de clientes empreendedores, interessados em desenvolver negócios sustentáveis e com foco no público corporativo com o objetivo de obter as certificações. A empresa não desenvolve estratégias comerciais de captação de clientes e nem conta com material gráfico para divulgação para prospects e parceiros. A demanda de projetos da Parceria Social vem quase que exclusivamente através do SEBRAE, não há uma postura ativa da empresa diante de novos negócios. SITUAÇÃO ATUAL DE MARKETING
  3. 3. ANÁLISE SWOT <ul><li>Aprovação da regulamentação do Comércio Justo; </li></ul><ul><li>Possibilidade de atuação como empresa certificadora; </li></ul><ul><li>Incremento no apoio financeiro nesta área; </li></ul><ul><li>A possibilidade de formular materiais pedagógicos sobre o tema (publicação e pesquisa); </li></ul><ul><li>Desestruturação do mercado atuando com um viés de liderança e referencia na área; </li></ul><ul><li>Desenvolvimento da rede nacional de gestores públicos de economia solidaria; </li></ul><ul><li>Leis de compras governamentais como estímulo (agricultura familiar, por exemplo); </li></ul><ul><li>Ampla área de atuação em setores diversos; </li></ul><ul><li>Fortalecimento do programa de exportação do governo; </li></ul><ul><li>Fortalecimento dos programas de agricultura familiar e cooperativada; </li></ul><ul><li>Aumento da demanda de produtos brasileiros para o exterior </li></ul>OPORTUNIDADES
  4. 4. <ul><li>Novos entrantes concorrentes à medida que o Comércio Justo aparece no cenário nacional, </li></ul><ul><li>A morosidade no lançamento da lei que favorece o Comércio Justo </li></ul><ul><li>A possibilidade do processo eleitoral atrasar as atividades ligadas ao regulamentos das leis para Comércio Justo </li></ul><ul><li>O Movimento Sindical ficar responsável por gerir as atividades ligadas a Comércio Justo inibindo as organizações sem este fim; </li></ul><ul><li>Desestruturação do mercado </li></ul>AMEAÇAS ANÁLISE SWOT
  5. 5. ANÁLISE SWOT <ul><li>A figura das empreendedoras (Ana e Rose), que são referencia em Comércio Justo e Solidário com atuação local e exterior; </li></ul><ul><li>Extensa e relevante Rede de Relacionamento </li></ul><ul><li>A Incubação (parceria com a PUC, especialmente na área de Formação) </li></ul><ul><li>Ter a participação de uma das sócias na prefeitura, ajudando a elaborar conceitos e criando políticas públicas; </li></ul><ul><li>A distribuidora ligada as atividades da Parceria Social; </li></ul><ul><li>A parceria da ONG Onda Solidaria; </li></ul><ul><li>Os sócios serem capazes de atuar em diversos papéis na ausência do outro; </li></ul>FORÇAS
  6. 6. ANÁLISE SWOT <ul><li>Falta de tempo e conhecimento dos sócios para atuar na área de vendas; </li></ul><ul><li>Falta de tempo dos sócios para atuar integralmente às ações criticas da empresa. As atividades desenvolvidas pelos sócios estão, atualmente, ligadas a questões mais operacionais, restando tempo insuficiente para a dedicação às questões estratégicas. </li></ul><ul><li>Falta de capital para investimento na empresa; </li></ul><ul><li>Falta de acesso às empresas potenciais clientes </li></ul><ul><li>Políticas e estratégias de divulgação insuficientes e não direcionadas; </li></ul><ul><li>Falta de processos organizacionais definidos, especialmente na área de atendimento; </li></ul><ul><li>Falta de uma rede consolidada de parceria com fins estratégicos; </li></ul><ul><li>Não tem um modelo de remuneração definida que possibilite a dedicação </li></ul>FRAQUEZAS
  7. 7. ANÁLISE SWOT <ul><li>Dificuldade na definição e manutenção dos papéis de cada um dentro da empresa; </li></ul><ul><li>Falta de planejamento de marketing </li></ul><ul><li>Falta de um banco de dados de consultores; </li></ul><ul><li>Participação das sócias em atividades ligadas a prefeitura e a ONG Onda Solidaria </li></ul><ul><li>Falta de comunicação interna </li></ul><ul><li>Estarem atuando, praticamente em tempo integral, para apenas um cliente (SEBRAE), responsável na maior parte pelo faturamento da empresa, embora o vinculo com o cliente seja de pessoa física. </li></ul>FRAQUEZAS
  8. 8. <ul><li>Divulgar o Comércio Justo no Brasil. </li></ul><ul><li>Implementar novas mídias e intensificar as já existentes. </li></ul><ul><li>Fomentar a parte comercial da empresa. </li></ul><ul><li>Chamar a atenção dos empresários para os benefícios da certificação FLO e WFTO. </li></ul><ul><li>Alavancar a consultoria em certificação para grandes empresas. </li></ul><ul><li>Estimular as parcerias com instituições, associações e entidades que possam propagar o conceito do Comércio Justo entre os seus participantes. </li></ul><ul><li>Criar discussões de forma a trazer o conhecimento sobre o Comércio Justo aos consumidores de produtos, que passarão a valorizar este selo. </li></ul><ul><li>Despertar a consciência da importância da Responsabilidade Social Corporativa em grandes empresas. </li></ul><ul><li>Informar aos novos empreendedores as formas existentes de negócios sustentáveis. </li></ul>OBJETIVO DE MARKETING
  9. 9. <ul><li>Verificar através de pesquisa como os empresários vêem o Comércio Justo. </li></ul><ul><li>Divulgar o projeto Brasil Social Chic como braço do Comércio Justo. </li></ul><ul><li>Estimular a criação de novos produtos inseridos dentro da filosofia do Comércio Justo. </li></ul><ul><li>Captar grandes clientes que atualmente já façam um trabalho com o viés na sustentabilidade, como Natura, Mate Leão, Unilever, Café Pilão, Alpargatas (Havaianas), Grendene, Granado, Granfino, Forno de Minas, dentre outras marcas de expressão para servirem de plataforma de divulgação do Comércio Justo no país. </li></ul><ul><li>Conquistar novos clientes para participação em palestras, cursos e expedições. </li></ul><ul><li>Determinar as mídias viáveis e eficazes dentro da verba de Marketing da empresa. </li></ul><ul><li>Abrir novos parceiros que possibilitem novas consultorias e aplicação de cursos, palestras e workshops. </li></ul>OBJETIVO DE MARKETING
  10. 10. ANÁLISE DE CONCORRÊNCIA <ul><li>Bio Fair Trade - www.biofairtrade.com.br </li></ul><ul><li>BIO FAIR TRADE é uma empresa de Comércio Justo que tem compromisso com o desenvolvimento </li></ul><ul><li>sustentável dos pequenos produtores brasileiro e com a sociedade na qual esta inserida. Através das </li></ul><ul><li>negociações junto a clientes internos e externos a BIO FAIR TRADE procura estabelecer parcerias de longo </li></ul><ul><li>prazo entre produtores e compradores, dentro dos principais de Comercio Justo. </li></ul><ul><li>- No site, dão ênfase aos grupos produtivos que apóiam </li></ul><ul><li>- Possuem um catálogo com diversos produtos destes grupos de produção </li></ul><ul><li>- Participam de rodadas de negócios para fechar parcerias com compradores de todo o mundo </li></ul><ul><li>- Desenvolvem programas de capacitação de produtores para os preceitos do Comércio Justo </li></ul><ul><li>- A apresentação deles está na rede </li></ul>
  11. 11. <ul><li>- Possuem parceria com importadora Barbosa do Brasil, maior importadora de produtos de Comércio </li></ul><ul><li>Justo para a Europa do Brasil </li></ul><ul><li>- Parceria com HEMA, organização internacional de varejo </li></ul><ul><li>- Fazem parcerias também com SEBRAE, Casa da Esperança, Cesvi, Ampla, Arcos, Idéia3, SLA </li></ul><ul><li>- Mostram bastante o contato com os produtores através de fotos da produção, da exportação e do </li></ul><ul><li>produto final na loja </li></ul><ul><li>- Mostram bem o destino final do produto – onde é anunciado, editoriais de moda, etc. </li></ul><ul><li>- Mensuração de dados de exportação </li></ul>ANÁLISE DE CONCORRÊNCIA
  12. 12. <ul><li>BSD Consulting - www.bsd.net.com </li></ul><ul><li>A BSD é uma consultoria estabelecida em 1998, com sede principal em Zurique (Suíça), especializada em: </li></ul><ul><li>• Avaliação da gestão da Responsabilidade Corporativa (RC); </li></ul><ul><li>• Planejamento estratégico e estruturação organizacional da RC; </li></ul><ul><li>• Implementação de normas e modelos de gestão de RC (SA8000, GRI, AA1000 etc.); </li></ul><ul><li>• Capacitação para o enraizamento organizacional da RC e da sustentabilidade; </li></ul><ul><li>• Inovação sustentável e gestão de riscos; </li></ul><ul><li>• Engajamento de partes interessadas e comunicação da sustentabilidade; </li></ul><ul><li>• Cadeias Produtivas Sustentáveis e Comércio Justo; </li></ul><ul><li>• Verificação independente de relatórios de sustentabilidade. </li></ul>ANÁLISE DE CONCORRÊNCIA
  13. 13. <ul><li>- Possuem escritório em Bogotá, São Paulo, Zurique, China, Equador e México e </li></ul><ul><li>possuem representantes em Barcelona e Santiago. </li></ul><ul><li>- A apresentação deles também está na rede </li></ul><ul><li>- O fundador da BSD, Beat Gruninger também dá palestras sobre o Comércio Justo </li></ul><ul><li>- Possuem artigos na Internet. </li></ul>ANÁLISE DE CONCORRÊNCIA
  14. 14. PLANO DE COMUNICAÇÃO <ul><li>Este Plano de Comunicação deverá estabelecer estratégias que deverão ter como meta alcançar os </li></ul><ul><li>objetivos comerciais e de marketing da parceria Social. </li></ul><ul><li>Este plano inclui os seguintes elementos: </li></ul><ul><li>· Objetivo : </li></ul><ul><li>O objetivo deste plano de comunicação está discriminado no objetivo do Plano de Marketing. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>· Mensagem: </li></ul><ul><li>Qual a mensagem que se pretende fazer passar de forma a atingir os objetivos pretendidos: </li></ul><ul><li>Informação ao público geral sobre: </li></ul><ul><li>- Comércio Justo – Certificação </li></ul><ul><li>- Cursos, seminários, palestras e workshops sobre Comércio Justo e sobre profissionalização para tal. </li></ul><ul><li>- Promover a sensibilização do público geral com relação a importância do Comércio Justo na busca pela </li></ul><ul><li>ética das relações comercias dentro da cadeia de produção. </li></ul><ul><li>· Destinatários: </li></ul><ul><li>- Colaboradores, clientes, fornecedores, investidores, financiadores, público em geral. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO
  16. 16. <ul><li>· Abordagem: </li></ul><ul><li>- Quem deve ser o emissor da mensagem, quais deverão ser os suportes e canais de comunicação para transmitir eficazmente a mensagem e qual deverá ser o momento para a sua transmissão. </li></ul><ul><li>Tudo especificado no plano detalhadamente, nas páginas a seguir. </li></ul><ul><li>· Avaliação : </li></ul><ul><li>De que forma será avaliada a eficácia da mensagem e a sua adequada recepção pelos destinatários. </li></ul><ul><li>Serão avaliadas pontualmente no final de cada dois mês. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO
  17. 17. <ul><li>· Índice: </li></ul><ul><li>5.1 - Assessoria de Imprensa </li></ul><ul><li>5.2 - Assessoria Web </li></ul><ul><li>5.3 - Assessoria de Marketing </li></ul><ul><li>5.4 - Vídeo </li></ul><ul><li>5.5 - Design </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO
  18. 18. <ul><li>A Assessoria de Imprensa ficará responsável pela construção do relacionamento da Parceria </li></ul><ul><li>Social junto à imprensa, com o objetivo de tornar a corporação e seus serviços reconhecidos </li></ul><ul><li>no mercado, assim como o conceito do Comércio Justo. A Mark Assessoria realizará o envio </li></ul><ul><li>continuo de informações para a imprensa de forma a conquistar espaço editorial espontâneo </li></ul><ul><li>em mídias eletrônicas e impressas. </li></ul><ul><li>Será feita a divulgação dos cursos, eventos e novas parcerias da Parceria Social, a importância </li></ul><ul><li>do Comércio Justo, casos de sucesso no mercado, o Projeto Brasil Social Chic, dentre outras. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA DE IMPRENSA
  19. 19. <ul><li>SITE: </li></ul><ul><li>- Ferramentas de captura de “clientes” </li></ul><ul><li>Cadastro no site: </li></ul><ul><li>Cadastrar as pessoas que visitam o site. Colocá-las para fazer um login para acessar partes que só os </li></ul><ul><li>cadastrados têm a possibilidade. </li></ul><ul><li>Ferramentas de difusão de informação: </li></ul><ul><li>-Newsletter: </li></ul><ul><li>Resumo das últimas notícias da Parceria Social e do mundo relacionado ao “Comércio Justo”. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA WEB
  20. 20. <ul><li>A criação e o desenvolvimento de uma newsletter a ser enviada periodicamente aos clientes, parceiros e </li></ul><ul><li>prospects com informações da empresa, dos serviços, notícias, novidades e dicas é uma excelente tática </li></ul><ul><li>para criar relacionamento. </li></ul><ul><li>Diferente de uma propaganda e de um e-mail marketing, a newsletter tem caráter informativo e pode </li></ul><ul><li>transmitir esclarecimentos sobre o Comércio Justo, e conseqüentemente, estimular a aceitação dos </li></ul><ul><li>serviços da Parceria Social. Entre suas principais funções, a newsletter fortalece a imagem institucional e o </li></ul><ul><li>relacionamento com seus públicos de interesse. </li></ul><ul><li>Com periodicidade mensal, sugerimos que este informativo seja mensal com o máximo de 5 (cinco) seções, </li></ul><ul><li>contudo tais condições podem ser revistas caso haja necessidade. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA WEB
  21. 21. <ul><li>Campanha E- Mail Marketing: </li></ul><ul><li>O e-mail mkt terá como objetivo enviar informações sobre os serviços e produtos da empresa aos </li></ul><ul><li>clientes, prospects e parceiros. Esta ferramenta tem função de divulgar diretamente e indiretamente </li></ul><ul><li>os serviços, o conceito e as novidades da Parceria Social a um público direcionado. </li></ul><ul><li>- Cursos: </li></ul><ul><li>Divulgará os cursos para mailing selecionado e para clientes cadastrados no site. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA WEB
  22. 22. <ul><li>- Viral: </li></ul><ul><li>Divulgará o conceito do Comércio Justo de forma viral para mailing selecionado e para clientes </li></ul><ul><li>Cadastrados no site. </li></ul><ul><li>- Mídia: </li></ul><ul><li>Divulgará todo material publicado na mídia para mailing selecionado e para clientes cadastrados no </li></ul><ul><li>site. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA WEB
  23. 23. <ul><li>Redes Sociais </li></ul><ul><li>Em nenhum outro lugar no mundo as Redes Sociais online tem tanto participação quanto no Brasil, </li></ul><ul><li>onde oito em cada dez pessoas estão conectadas. As Redes Sociais são um importante meio para se </li></ul><ul><li>comunicar e saber como pensam e agem as pessoas que se relacionam direta ou indiretamente com a </li></ul><ul><li>Parceria Social. </li></ul><ul><li>- Blog: </li></ul><ul><li>Espaço para opinião, discussões, textos autorais etc. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA WEB
  24. 24. <ul><li>- Facebook: </li></ul><ul><li>Será criado um perfil da Parceria Social no Facebook e serão adicionados perfis adequados para a sua divulgação. </li></ul><ul><li>Serão postadas fotos de eventos, expedições, clientes, etc... no perfil. </li></ul><ul><li>Será feita a divulgação de cursos, eventos, novas parcerias, notícias sobre Comércio Justo dentre outras informações relacionadas à Parceria Social. </li></ul><ul><li>Serão postadas perguntas referentes à pesquisa como uma forma alternativa de obter informação para conclusão desta. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA WEB
  25. 25. <ul><li>- Twitter: </li></ul><ul><li>No caso do Twitter, buscaremos seguidores e seguiremos perfis estratégicos para o sucesso dos objetivos de marketing. </li></ul><ul><li>Será feita a divulgação de cursos, eventos, novas parcerias, notícias sobre Comércio Justo dentre outras informações relacionadas à Parceria Social. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA WEB
  26. 26. <ul><li>- Técnicas de SEM (Search Engine Marketing): </li></ul><ul><li>Conjunto de técnicas de Marketing na Internet que tem por objetivo a promoção de um </li></ul><ul><li>website nas páginas de resultado (SERPs) de um buscador (ex. Google, Yahoo, MSN, etc…) </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA WEB
  27. 27. <ul><li>- AdWords : </li></ul><ul><li>O desenvolvimento de campanhas Adwords têm por finalidade otimizar o acesso ao site. O objetivo </li></ul><ul><li>será ‘linkar’ a pesquisa na Internet por palavras como “comércio justo”, “sustentabilidade”, </li></ul><ul><li>“ responsabilidade social corporativa”, diretamente com o site da Parceria Social. </li></ul><ul><li>Planejamento </li></ul><ul><li>Mapeamento das palavras-chave </li></ul><ul><li>Criação dos anúncios </li></ul><ul><li>Implantação </li></ul><ul><li>Emissão e avaliação dos relatórios </li></ul><ul><li>Realinhamento e criação de novas campanhas </li></ul><ul><li>Controle do budget definido </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA WEB
  28. 28. <ul><li>Participação em Feiras e Eventos </li></ul><ul><li>Sugerimos a participação da Parceria Social em feiras e eventos nas áreas de franchising, </li></ul><ul><li>agropecuária, sustentabilidade e moda. Patrocínio de seminários e palestras na área de </li></ul><ul><li>sustentabilidade e empreendedorismo. Exibição de vídeo institucional e distribuição de kits </li></ul><ul><li>ecológicos. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA DE MARKETING
  29. 29. <ul><li>- Ong Brasil </li></ul><ul><li>Data: 25 a 27/11 </li></ul><ul><li>Local: Expo Center Norte - São Paulo, SP </li></ul><ul><li>Site: http://www.ongbrasil.com.br/index. php ? pgID =perfil-evento </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>- Encontro da Moda </li></ul><ul><li>Data: 11 a 14/01/2011 </li></ul><ul><li>Site: www.encontrodamoda.com.br </li></ul><ul><li>Local: Expo Center Norte - São Paulo, SP </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA DE MARKETING
  30. 30. <ul><li>- Pret - à - porter - Feira Internacional de Moda, Confecções e Acessórios </li></ul><ul><li>Data: 18 a 21/01/2011 </li></ul><ul><li>Site: http://www.saopaulopretaporter.com.br/index. php </li></ul><ul><li>Local: Expo Center Norte - São Paulo, SP </li></ul><ul><li>- 2a Reunião Nacional da Cadeia Produtiva de Urucum </li></ul><ul><li>Data: 02/12/2010 </li></ul><ul><li>Site: www.infobibos.com/urucum/ </li></ul><ul><li>Local: Anfiteatro Otávio Tisseli - Campinas, SP </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA DE MARKETING
  31. 31. <ul><li>- 8o Congresso Brasileiro do Algodão </li></ul><ul><li>Data:19/09/2011 a 22/09/2011 </li></ul><ul><li>Site:http://www.cba2011sp.com.br/ </li></ul><ul><li>Local: Expo Center Norte - São Paulo, SP </li></ul><ul><li>- 21ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz </li></ul><ul><li>Data: 24/02/2011 a 26/02/2011 </li></ul><ul><li>Site: www.colheitadoarroz.com.br </li></ul><ul><li>Local: Parque do Sindicato Rural de Camaquã, Camaquão - RS  </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA DE MARKETING
  32. 32. <ul><li>- Expoagro Afubra 2011 </li></ul><ul><li>Data: 01 a 03/03/2011 </li></ul><ul><li>Site: www.expoagroafubra.com.br </li></ul><ul><li>Local: Parque de Exposições Presidente Hainsi Gralow BR 471 - Km 143 - Rincão del Rey. RS </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA DE MARKETING
  33. 33. <ul><li>Canal com empresas que empresariam palestrantes: </li></ul><ul><li>Existem no mercado empresas que empresariam palestrantes e promovem eventos que visam aprimorar e </li></ul><ul><li>desenvolver competências humanas profissionais e individuais. Estas empresas possuem um casting com os </li></ul><ul><li>mais importantes palestrantes do Brasil e fazem os contatos com as empresas que possuem interesse na </li></ul><ul><li>contratação dos mesmos. </li></ul><ul><li>As mais importantes são: </li></ul><ul><li>- Ampla Brasil Eventos – Tel.: (21) 4063.8464 </li></ul><ul><li>- ATA Palestras – Tel.: 0800 7270148   </li></ul><ul><li>- Parlante - Tel.: (21) 4063.9284 </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA DE MARKETING
  34. 34. <ul><li>Pesquisa Innovactive: </li></ul><ul><li>Propomos novas estratégias para aumentar o número de respostas à pesquisa sobre o Comércio Justo. </li></ul><ul><li>Sugerimos a utilização das mídias sociais (Twitter e Facebook) para divulgação da pesquisa; </li></ul><ul><li>Utilizar o aplicativo de perguntas do Facebook; </li></ul><ul><li>Montar promoções com premiações (Twitter e Facebook) para incentivar a resposta à pesquisa; </li></ul><ul><li>Divulgação na mídia de matérias e notas sobre a importância do Comércio Justo e da pesquisa, incentivando o seu preenchimento. </li></ul><ul><li>Aplicação da pesquisa em eventos específicos – podemos oferecidos brindes para as pessoas que responderem à pesquisa; </li></ul><ul><li>Verificar com a organização dos eventos se é possível adicionar tópicos da pesquisa no formulário de inscrição ou no momento de pegar o crachá de identificação; </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA DE MARKETING
  35. 35. <ul><li>Mailing: </li></ul><ul><li>- Mailing Especializado com filtro: </li></ul><ul><li>Sugerimos a contratação de mailing especializado que fará a seleção de um público selecionado, o </li></ul><ul><li>destinatário que pode ser um cliente potencial da Parceria Social: </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>A) Grandes empresas para consultoria certificação comércio justo </li></ul><ul><li>- posição de diretoria </li></ul><ul><li>- homens e mulheres </li></ul><ul><li>- trabalhem em empresas de grande porte ligadas à produção de alimentos / têxtil </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA DE MARKETING
  36. 36. <ul><li>B) Empreendedores para cursos </li></ul><ul><li>- classes A / B </li></ul><ul><li>- ensino superior completo </li></ul><ul><li>- gestores de pequenas / médias empresas </li></ul><ul><li>- recém formados </li></ul><ul><li>- Preço dos mailings: </li></ul><ul><li>Fornecedor 1: 10.000 registros – R$600,00 </li></ul><ul><li>Fornecedor 2: 52.301 registros – R$9.414,18 </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA DE MARKETING
  37. 37. <ul><li>- Criação de cadastro de Mailing no site da Parceria e nos eventos: </li></ul><ul><li>A criação de um espaço no site da Parceria Social com senha para obrigatoriamente criar um </li></ul><ul><li>cadastro de cliente potenciais está discriminado no item Assessoria WEB. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO ASSESSORIA DE MARKETING
  38. 38. <ul><li>Vídeo Institucional e Viral </li></ul><ul><li>- Produção de vídeo institucional </li></ul><ul><li>Os vídeo institucional tem o objetivo de promover a empresa, a marca e os serviços da Parceria </li></ul><ul><li>Social e o conceito de Comércio Justo. O vídeo poderá ser utilizado para exibição em eventos, </li></ul><ul><li>cursos, site institucional e dentro da própria empresa, para clientes, parceiros ou colaboradores. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO VÍDEOS
  39. 39. <ul><li>Vídeo viral – com aproximadamente 15 segundos, este vídeo tem o objetivo de duplicar-se na Internet </li></ul><ul><li>devido ao seu conteúdo instigador e surpreendente, sendo reproduzido pelos internautas sem a Intenção </li></ul><ul><li>de promoção da Parceria Social. A idéia é apresentar uma “charada” em que se demonstre o real valor do </li></ul><ul><li>Comércio Justo e a valorização do trabalho de todos os envolvidos na cadeia produtiva. A propagação do </li></ul><ul><li>vídeo viral contribuirá para a divulgação do conceito de Comércio Justo em diversos segmentos – </li></ul><ul><li>consumidores finais dos produtos, empreendedores, grandes empresários e formadores de opinião. </li></ul><ul><li>Vídeo institucional – este vídeo terá duração de aproximadamente 3 minutos e seu conteúdo será </li></ul><ul><li>informativo, voltado para a conceituação da Parceria Social. Ele conterá informações sobre todos os </li></ul><ul><li>serviços prestados pela Parceria Social e destacará a importância de seu trabalho para a sociedade. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO VÍDEOS
  40. 40. <ul><li>Material institucional </li></ul><ul><li>Criação de folder institucional </li></ul><ul><li>Criação de layout, impressão e acabamento profissional para o folder institucional da Parceria Social. O </li></ul><ul><li>folder conterá informações sobre as duas vertentes da empresa – os serviços prestados para ambos os </li></ul><ul><li>braços, a importância do Comércio Justo e informações sobre a cadeira produtiva. Poderá ser feito também </li></ul><ul><li>um material a parte sobre a Brasil Social Chic para ser encartado dentro do folder da Parceria Social. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO DESIGN
  41. 41. <ul><li>Criação de brinde institucional </li></ul><ul><li>Sugerimos a produção de brindes institucionais como material de apoio aos eventos para fortalecer a </li></ul><ul><li>marca da empresa, tornando-a presente no dia a dia de seus prospects, clientes e parceiros. Os </li></ul><ul><li>brindes servirão também como press kit de apresentação da marca aos jornalistas. E como opcionais </li></ul><ul><li>para feiras e eventos. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO DESIGN
  42. 42. <ul><li>Conteúdo do Kit: </li></ul><ul><li>Bolsa sustentável da BSC contendo folder institucional da empresa, bloquinho de papel reciclado com </li></ul><ul><li>a logo, caneta de material reciclado com logo, kit vasinho e papel semente com mensagem. </li></ul>PLANO DE COMUNICAÇÃO DESIGN

×