Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Estilos de Aprendizagem

869 views

Published on

Este estudo tratas dos quatro estilos de aprendizagem a partir da visão de Marlene Lefever e David Kolb. Conhecer os estilos de aprendizagem tornará a sala de aula em um lugar mais interessante para alunos e professores.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Estilos de Aprendizagem

  1. 1. Leonardo Florêncio da Silva Batista, Bacharel em Teologia pelo Instituto Bíblico das Assembléia de Deus em Pindamonhangaba – São Paulo. Bacharel em Administração pelo Instituto Cosmos (Uniasselvi – Manaus). Aluno no Curso de pós graduação em Docência no Ensino Superior Uniasselvi – Manaus. Orientado por Helena Kazuko Ezawa
  2. 2. Eu sou Interativa
  3. 3. Eu sou Analítica
  4. 4. Eu sou Pragmático
  5. 5. Eu sou Dinâmico
  6. 6. INTERATIVOS APRENDEM MELHOR OUVINDO E COMPARTILHANDO EXPERIÊNCIAS
  7. 7. ANALÍTICOS APRENDEM MELHOR ASSIMILANDO CONTEÚDOS
  8. 8. PRAGMÁTICOS APRENDEM MELHOR QUANDO APRENDER É COMBINADO COM O SABER
  9. 9. DINÂMICOS APRENDEM MELHOR EXPLORANDO IDÉIAS NOVAS E NOVAS FORMAS DE IDÉIAS
  10. 10. O professor deve começar pelo que os alunos já sabem. Os alunos interativos ajudarão a classe a entender o “por que” da lição. Baseado em suas experiências e conhecimentos, passarão a compartilhar com toda a turma. Já na introdução da aula estarão aguçados para participar.
  11. 11. O professor deve acrescentar novos fatos e conceitos oriundos de suas pesquisas literárias. Os aprendizes analíticos se sobressairão por assimilarem as teorias melhor que os demais de outros estilos.
  12. 12. Quando o professor faz dinâmicas em sala de aula, esses saberão o que fazer mesmo sem ter anotado em lugar algum. As aulas devem ser pautadas nas seguintes questões: Como uso o que sei? Como fazer funcionar na minha vida o que tenho aprendido?
  13. 13. O aprendiz dinâmico é um pouco parecido com o pragmático, no entanto sempre querem ir mais além, sonham alto, visualizam os fatos como se eles já tivessem ocorrido. Quando o professor instiga a classe para que gerem idéias, terão nesses aprendizes um potencial para criação, começarão a expor as suas idéias aos demais e quando se derem conta terão aprendido enquanto ensinam.
  14. 14. Conhecer os estilos de aprendizagem nos faz contemplar um mundo acadêmico diferente, mudando o conceito que temos de si mesmos e podendo ajudar ainda mais aos outros. Um estilo de aprendizagem é uma ferramenta pela qual o individuo assimila melhor as idéias propostas, tornando mais eficiente o que fora observado.
  15. 15. Este trabalho teve seu inicio em pesquisa literaria se estendendo ao uso de Teste Individual dos Estilos de Aprendizagem, criado por Kolb, traduzido por Luis Aguilar e adaptado pelo autor deste trabalho de conclusão. Aplicado para trinta alunos do Curso de Logística na Faculdade Estácio/Literatus.
  16. 16. CATANIA, A.Charles. Aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999. FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. GADOTTI, M. Convite à leitura de Paulo Freire. São Paulo: Scipione, 1999. LEFEVER, M. Estilos de aprendizagem. 4º Edição. Rio de Janeiro, 2011.

×