Escola Cooperativa de Vale S.CosmeDireitos Humanos- A questão dos       direitos humanos na China                         ...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaÍndiceIntrodução ...................................................
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaIntrodução         Este trabalho tem como objectivo analisar a qu...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaDireitos HumanosO que são os direitos humanos         Os direitos...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaAs três gerações dos direitos humanos          Os direitos Humano...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na Chinadesenvolvimento. A garantia dos direitos humanos universais é fei...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaCase Study: Os direitos humanos na China         A China continua...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaChina, por suspeitar serem consideravelmente mais baixos do que o...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaTrabalho infantil         As condições de trabalho nas fábricas c...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaNeste tipo de fábricas é usado hexano, um solvente usado pelas em...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaEste sistema custou ao Partido Comunista Chinês, governo absoluta...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaPolítica do filho único        A negação do direito das famílias ...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaDiscriminação da mulher         Discriminar é prejudicar ou favor...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaUma situação que é essencialmente marcante nos meios rurais e que...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaTráfico Humano        O tráfico humano é uma das actividades ileg...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaO acelerado crescimento económico na costa leste chinesa e o exce...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaConclusão        Diante desta exposição, é possível concluir que ...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaBibliografiahttp://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/vasto-mun...
Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na Chinahttp://macmagazine.com.br/2010/02/23/apple-publica-relatorio-comp...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

O que são os direitos humanos atualizado

3,110 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,110
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
78
Actions
Shares
0
Downloads
39
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O que são os direitos humanos atualizado

  1. 1. Escola Cooperativa de Vale S.CosmeDireitos Humanos- A questão dos direitos humanos na China Diana Matos 12/3 01-06-2012
  2. 2. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaÍndiceIntrodução ..................................................................................................................................... 3Direitos Humanos .......................................................................................................................... 4 O que são os direitos humanos ................................................................................................. 4 As três gerações dos direitos humanos .................................................................................... 5 Evolução histórica dos direitos humanos.................................................................................. 5 Declaração Universal dos Direitos Humanos ............................................................................ 5Case Study: Os direitos humanos na China ................................................................................... 7 Pena de morte na China ............................................................................................................ 7 Trabalho infantil ........................................................................................................................ 9 Liberdade de expressão .......................................................................................................... 10 Política do filho único .............................................................................................................. 12 Discriminação da mulher......................................................................................................... 13 Tráfico Humano ....................................................................................................................... 15Conclusão .................................................................................................................................... 17Bibliografia .................................................................................................................................. 18 2
  3. 3. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaIntrodução Este trabalho tem como objectivo analisar a questão dos direitos humanos naChina.Surgem, cada vez com mais frequência, notícias sobre a violação dos direitos humanosna China. Apesar deste país apresentar um elevado crescimento económico, é um dospaíses que mais viola os direitos humanos.Ao londo do trabalho serão referidos os direitos humanos mais violados na China. 3
  4. 4. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaDireitos HumanosO que são os direitos humanos Os direitos Humanos são os direitos que todas as pessoas têm devido á suacondição humana, de forma a viverem em liberdade e dignidade Os direitos humanos apresentam as seguintes características: -Universalidade: Os direitos humanos são universais, pois pertencem a todas aspessoas sem excepção, e todas têm o mesmo estatuto relativamente a esses direitos,independentemente do género, da nacionalidade, da etnia ou da religião. -Inalienabilidade: Os direitos humanos são inalienavéis, pois não podem serretirados ou cedidos por ninguém, é algo que pertence inquestionavelmente aqualquer ser humano. -Indivisibilidade: Os direitos humanos são indivisiveis, pois não há hieraquiaentre eles, são todos igualmente importantes e necessários para garantir uma vidadigna. Também não se pode suprimir um direito para promover outro. Por exemplo,não de podem suprimir os direitos civis e políticos para promover os direitos sociais eeconómicos.- Interdependência: Os direitos humanos são interdependentes, pois todos estão inter-relacionados, a ausência ou a violação de um põe em causa a realização de outrosdireitos. Por exemplo, o direito á educação está ligado á saúde, pois uma melhoreducação e nivéis de instrução mais elevados reflectem-se directamente numa melhorpromoção dos hábitos alimentares ou de higiene. 4
  5. 5. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaAs três gerações dos direitos humanos Os direitos Humanos direitos humanos estão divididos em três gerações. Osde primeira geração são individuais, civis, e políticos. Nesta geração inclui-se o direitoao voto, de reunião e de manifestação.Os direitos humanos de segunda geração são económicos, sociais e culturais. Porexemplo, o direito ao trabalho, á greve e á segurança social.Os direitos humanos de terceira geração são colectivos. Esta geração inclui o direito aodesenvolvimento, á paz e á qualidade do ambiente.Evolução histórica dos direitos humanos-Cilindro de Giro-Magna Carta (1215)-Habeas corpus (1679)-Declaração de direitos da Vergínia (1776)-Declaração dos direitos do homem e do cidadão (1789)-Declaração Universal dos direitos do Homem (1948)Declaração Universal dos Direitos Humanos A Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) foi aprovada em 1948 naAssembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). O documento é a base daluta universal contra a opressão e a discriminação, defende a igualdade e a dignidadedas pessoas e reconhece que os direitos humanos e as liberdades fundamentais devemser aplicados a cada cidadão do planeta.Os direitos humanos são os direitos essenciais a todos os seres humanos, sem que hajadiscriminação por raça, cor, gênero, idioma, nacionalidade ou por qualquer outromotivo. Eles podem ser civis ou políticos, como o direito à vida, à igualdade perante alei e à liberdade de expressão. Podem também ser económicos, sociais e culturais,como o direito ao trabalho e à educação e colectivos, como o direito ao 5
  6. 6. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na Chinadesenvolvimento. A garantia dos direitos humanos universais é feita por lei, na formade tratados e de leis internacionais, por exemplo.Quando a Declaração Universal dos Direitos Humanos começou a ser pensada, omundo ainda sentia os efeitos da Segunda Guerra Mundial, encerrada em 1945.Outros documentos já tinham sido redigidos em reação a tratamentos desumanos einjustiças, como a Declaração de Direitos Inglesa (elaborada em 1689, após as GuerrasCivis Inglesas, para pregar a democracia) e a Declaração dos Direitos do Homem e doCidadão (redigida em 1789, após a Revolução Francesa, a fim de proclamar a igualdadepara todos).Depois da Segunda Guerra e da criação da Organização das Nações Unidas (tambémem 1945), líderes mundiais decidiram complementar a promessa da comunidadeinternacional de nunca mais permitir atrocidades como as que haviam sido vistas naguerra. Assim, elaboraram um guia para garantir os direitos de todas as pessoas e emtodos os lugares do globo.O documento foi apresentado na primeira Assembleia Geral da ONU em 1946 erepassado à Comissão de Direitos Humanos para que fosse usado na preparação deuma declaração internacional de direitos. Na primeira sessão da comissão em 1947, osseus membros foram autorizados a elaborar o que foi chamado de “esboço preliminarda Declaração Internacional dos Direitos Humanos”.Um comite formado por membros de oito países recebeua declaração e reuniu-se pela primeira vez em 1947. Estecomite foi presidido por Eleanor Roosevelt, viúva dopresidente americano Franklin D. Roosevelt. O responsávelpelo primeiro esboço da declaração, o francês René Cassin,também participou.O primeiro rascunho da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que contou com aparticipação de mais de 50 países na redação, foi apresentado em setembro de 1948 eteve o seu texto final redigido em menos de dois anos. 6
  7. 7. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaCase Study: Os direitos humanos na China A China continua a ser criticada por desrespeitar os mais básicos direitoshumanos, isto depois do compromisso chinês de registar progressos em matéria dedireitos humanos. As principais violações dos direitos humanos na China são a existência da penade morte, campos de trabalhos forçados, tortura, trabalho infantil, liberdade deexpressão, perseguição religiosa e o tráfico humano.Pena de morte na China A pena de morte é uma sentença aplicada pelo poder judiciário que consiste naexecução de um individuo condenado pelo Estado. Os criminosos condenados á penade morte são geralmente culpados de assassinato premeditado. Mas a pena de mortetambém é utilizada para reprimir espionagem, violações, adultério, ahomossexualidade e corrupção. A pena de morte é actualmente uma forma depunição muito controversa. A China é o país que mais penas de morte executa, ou seja, dois terços daspenas capitais proferidas. Na China, 68 crimes são passíveis da aplicação da pena de morte. Vão dacontrafacção ao contrabando, passando pela fraude fiscal. Os crimes de homicídio etráfico de droga são os que levam mais condenados aos estádios e demais palcos deexecução públicas. Mas a pena de morte não é exclusiva dos crimes de Direito Civil ouPenal. Continuam a ser um meio de dissuasão política, pelo que muitos prisioneiros deconsciência continuam a desaparecer nos centros de detenção. Milhares de pessoas foram executadas na China em 2011, mais do que os totaisdo resto do mundo, mas os números sobre a pena de morte são segredo de estado. AAmnistia Internacional deixou de publicar os valores que recolhe de fontes públicas da 7
  8. 8. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaChina, por suspeitar serem consideravelmente mais baixos do que os valores reais ereforçou o desafio antes lançado às autoridades chinesas para publicarem osverdadeiros dados dos que são executados e condenados à morte, de maneira a poderconfirmar as alegações das autoridades chinesas de que tem havido uma reduçãosignificativa da pena de morte no país nos últimos quatro anos, devido sobretudo aalterações legislativas 8
  9. 9. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaTrabalho infantil As condições de trabalho nas fábricas chinesas que produzem para asgrandes multinacionais são "desumanas”. Os operários não ganham um salario que lhes permita cumprir apenas as horade trabalho normais, sendo forçados a cumprir um elevado número de horas extras enenhuma fábrica cumpre extritamente a legislação de trabalho na china. Os operárioscumprem um número excessivo de horas extraordinária, trabalhando muitas vezes atéà exaustão, ou seja, trabalham até não poder mais.Enquanto as empresas com marcas internacionais e os produtores chineses procuramreduzir os custos de compras e produção ao nível mais baixo possível, a segurança e obem-estar dos operários chineses são sacrificados.A grande competitividade da aconomia da China baseia-se assim em mão-de-obraescrava, e acusam os restantes países em crise de não serem competitivos porqueainda não são suficientemente escravos. No local, onde são prodzidos aparelhos de marcas famosas como a Apple e aSamsung, é comum ver crianças a dividir o mesmo espaço com adultos. Perto dosportões externos vigiados constantemente por guardas armados.As empresas chinesas não têm qualquer filtro que impeça a contratação de crianças.Apesar de haver inspecções constantes nas fábricas, as empresas sabem semprequando elas vão ocorrer e, nessas datas, pessoas menores de idades são escondidas esubstituídas por trabalhadores mais velhos.Independentemente da idade todos os trabalhadores são forçados a encarar turnos detrabalho de 12 horas, que geralmente se estendem até 16 horas, especialmentepróximo do lançamento de um novo produto. O pagamente de horas extras é algototalmente desconhecidos para estas pessoas. 9
  10. 10. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaNeste tipo de fábricas é usado hexano, um solvente usado pelas empresas na limpezade telas de smartphones que funciona como uma neurotoxina. Alguns antigostrabalhadores após terem perdido o controlo das suas mãos devido à realização deactividades repetidas,foram demitidos pela companhia sem receber qualquer espéciede compensação em troca. Funcionários que tentam lutar pelos seus direitos sãocolocados numa éspecie de “lista negra”e taxados como “problemáticos”, situação queos impede de serem contratados por qualquer empresa da região. Caso ocorramacidentes durante o horario de trabalho, a emprea não oferece qualquer tipo desuporte medico e acabam por demitir o funcionario.Liberdade de expressão Muitos governos servem-se da Internet para controlar a liberdade de expressãonos seus países. Em muitos casos, as novas formas de comunicação electrónicas sãorestringidas para que as administrações controlem os seus cidadãos.A China é apontado como um dos países que mais controla os seus cidadãos através daWeb.O governo chinês tem estado entre aqueles que mais controlam e bloqueiam ascomunicações. Pequim mantém sob vigilância apertada todos aqueles que possamconstituir uma ameaça à unidade do país e ao Partido Comunista, nomeadamente osactivistas tibetanos e a minoria uighur.O governo aumentou os seus esforços no sentido de monitorizar a utilização daInternet, de restringir informação, de bloquear o acesso a sites estrangeiros edomésticos, de encorajar a autocensura e de punir todos aqueles que violam as regras.Para a China, a hipotese de conhecer um mundo “não chinês” foi banida por umamuralha, desta vez digital, que censura quase todo o conteúdo acessado peloschineses.Esta muralha tem o nome de “Jin Dun” (“ escudo de ouro”, em chinês). 10
  11. 11. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaEste sistema custou ao Partido Comunista Chinês, governo absoluta da China, US$ 29bilhões que mantêm 640 mil computadores e 30 mil funcionários. O Google, o Youtubee o Wikipedia não são para os chineses como são para nós. O conteúdo é restrito e ossites de busca só retornam com resultados permitidos pelos censores. Por exemplosites que questionem as acções do Partido Comunista Chinês são rapidamentecensurados.O Jin Dun lista palavras e termos que não devem ser acessados e, assim, quando algumchinês clica no tal termo o site bloqueia na hora.Quem insiste em subverter a lei pode ser penalizado desde a suspensão do serviço deinternet até a uma “visita”policial. Um dos momentos onde foi mais notável esta situação ocorreu durante osJogos Olímpicos de 2008 em Pequim.Os jornalistas que se encontravam em Pequim para cobrir este evento sofreram com acensura no país. Blogs e até sites de jornais não puderam ser visitados no ínicio dacobertura jornalística das Olimpíadas. A China para garantir Pequim como sede dosJogos Olimpícos 2008, havia prometido mudanças. Entre elas estava a diminuição ocontrolo abusivo e melhorar as leis no que diz respeito aos direitos humanos e,consequentemente, à liberdade de expressão, além de garantir o acesso livre daimprensa à internet e ao trabalho jornalístico. Esta última não foi cumprida pois foramregistadas várias intreferências do governo no exercício da imprensa.O Partido Comunista Chinês também tinha garantido ao Comite Olímpico Internacionalque os Chineses teriam o direito de protestar durante os Jogos, o que não aconteceu. 11
  12. 12. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaPolítica do filho único A negação do direito das famílias de escolherem quanto filhos querem continuaa oprimir muitos chineses. A política do filho único é política é, muito provavelmente,uma das faces mais visíveis da grave situação que a sociedade chinesa e, em particular,as mulheres ainda enfrentam em matéria de Direitos Humanos. O governo chines no final da década de 1970 lançou a política do filho único,segundo esta lei cada casal pode ter apenas um filho e qualquer casal que tenha maisde um filho é punido com severas multas, que vão de três a cinco vezes a renda dafamília. Esta imposição tem como objectivo tentar acalmar o crescimento populacionale facilitar o acesso da população a um sistema de saúde e de educação de qualidade.Um dos aspectos mais desumanos desta lei é o aborto obrigatório para todas asmulheres solteiras e para aquelas que voltem a engravidar, depois de já terem tido o“filho único”. Não é tido em conta o tempo de gestação, nem sequer a possibilidade detraumas psicologicos. Caso a mulher recuse o aborto,a detenção é o primeiro passo,uma detenção que nunca se sabe quanto tempo pode durar, nem em que condiçõesaté que a concordância com o aborto acabe por acontecer. Enquanto estam detidadasas mulheres são sujeitas aos mais variados tipos de tortura.O aborto forçado não é a única violação aos direitos humanos desta política. Aconteceum “genocidio” devido á preferência tradicionalchinesa pelos meninos, sendo as meninas objectode aborto,abandono e infanticídio. Uma dasconsequências é a escravidão sexual: a eliminaçãodas meninas levou a um aumento do tráfico demulheres dos países vizinhos, já que há 37 milhõesde homens a mais que as mulheres na China.A organização Mundial da Saúde informou que aChina é o país com a percentagem de suícidios femininos mais alta do mundo, comaproximadamente 500 mulheres por dia a terminarem com a própria vida. 12
  13. 13. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaDiscriminação da mulher Discriminar é prejudicar ou favorecer outros seres humanos pelo facto deapresentarem características diferentes das do grupo dominante ou não permitir queum ser humano exerça os seus direitos de uma forma plena, devido às suascaracterísticas físicas ou culturais. Podemos distinguir discriminação negativa de discriminação positiva.Enquanto que a discriminação negativa prejudica e impede que um indivíduo ou grupotenha possibilidade de exercer os seus direitos, a descriminação positiva, para repor aigualdade de oportunidades, favorece o indivíduo ou grupo diferente, desenvolvendoacções de afirmação.Existem várias formas de discriminação negativa como, por exemplo, a de género,económica, étnica, religiosa, de orientação sexual e devido á deficiência ou doença. A discriminação feminina é uma realidade sentida no quotidiano chinês, porvários meios de descriminação contra a Mulher.As mulheres chinesas, sofrem discriminação quer no trabalho, como na educação e noacesso a serviços de saúde.A violência doméstica, (amplamente praticada neste país pois, como já foi referidoanteriormente, é a principal causa de suícidio entre as mulheres chinesas) e o abortocompulsório (as mulheres são submetidas a abortos forçados), constituem doisgrandes meios de descriminação contra a mulher.Esta discriminação contribui para o atentado aos direitos humanos.Na China existe a supremacia do homem sobre a mulher. Aliada à “política de filhoúnico”,a preferência tradicional pelo filho homem, leva aos mais variados tipos dediscriminação contra a mulher chinesa. 13
  14. 14. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaUma situação que é essencialmente marcante nos meios rurais e que assenta num tipode sociedade em que a supremacia do homem sobre a mulher é ainda hoje umarealidade. Esta supremacia aparece com o casamento, altura em que a mulher éobrigada a ir viver para casa dos pais do marido, situação que agrava a total soberaniamasculina. Após esta sobrerania o mais comum é que chegue a violência, não só domarido contra a mulher, como também da família dele.Actos violentos que podem tornar-se diários e repetitivos se a mulher não der à luz umfilho homem ou se for estéril. Estes actos de violência agravam-se pelo facto de a lei daChina estabelecer que apenas constitui crime de ofenda corporal a violência exercidapor um agressor que pertença a uma família diferente da do agredido,desculpabilizando, assim, os atos violentos entre elementos do mesmo agregadofamiliar.A imagem da família ideal chinesa continua a ser a do homem trabalhador e da mulherdona de casa. 14
  15. 15. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaTráfico Humano O tráfico humano é uma das actividades ilegais que mais se expandiu no séculoXXI,pois, na busca por melhores condições de vidas, muitas pessoas são ludibriadas porcriminosos que oferecem empregos com alta remuneração. Esses “agentes” actuam áescala regional, nacional e internacional, privando a liberdade de individuos quesonham com um futuro melhor.O trafico humano é caracterizado como o recrutamento, o transporte, a transfência, oalojamento ou acolhimento de pessoas, recorrendo á ameaça ou uso da força ououtras formas de coacção, ao rapto,à fraude, ao engano, ao abuso de autoridade ou àsituação de vulnerabilidade ou à entrega ou aceitação de pagamentos ou benefíciospara obter o consentimento de uma pessoa que tenha autoridade sobre outra parafins de exploração.Normalmente, as vítimas são obrigadas a realizar trabalhos forçados sem qualquer tipode remuneração - prostituição,serviços domésticos, serviços braçais em pequenasfábricas, entre outros- além de algumas delas verem os seus órgãos removidos ecomercializados.A chiana é o pólo de envio, transito e recepção de vítimas de tráfico humano.As mulheres e crianças chinesas são traficadas para fins de exploração sexual e laboralpara a Malásia, Inglaterra, Tailândia, EUA, Austrália, Europa, Canada, Japão,Itália,Singapura, África do Sul e Taiwan. Para além de emissor, a China é também umpaís de trânsito de vítimas provenientes da Tailândia e Malásia para casamentosforçados, adopção ilegal, exploração sexual e trabalhos forçados. A China constitui,ainda, um pólo receptor de vítimas vindas da Mongólia, Coreia do Norte, Rússia,Vietnamee Ucrânia. Anualmente, entre 10 e 20 mil vítimas são traficadas no interior da China,maioria das quais, mulheres e crianças provenientes das regiões mais desfavorecidas. 15
  16. 16. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaO acelerado crescimento económico na costa leste chinesa e o excesso de mão-de-obra nas zonas rurais provocaram uma intensificaoção do fluxo migratório no interiordo país, o que propiciou novas oportunidades para os traficantes. As mulheresresidentes em zonas rurais são mais susceptíveis de vitimização. A escassez de jovensdesposavéis -decorrente do défice do número de mulheres em relação ao de homens-aumenta a sua probabilidade de risco, acalentando fortemente o tráfico no país.Para combater este problema a China lançou o seu primeiro plano contra o Tráfico demulheres e crianças. Aplicado entre 2008 e 2012, o projecto visa circunscrever ofeómeno e evitar que, anualmente, um milhãode crianças continuem a sersequestradas para fins de exploração sexual e laboral. As autoridades chinesas vãointensificar o combate ao tráfico ilegal no mercado de trabalho; os portos e osaeroportos são fiscalizados e as vitímas de tráfico têm acesso aos serviços de terapiade reabilitação. 16
  17. 17. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaConclusão Diante desta exposição, é possível concluir que há uma controvérsia entre aproteção dos direitos humanos individuais e coletivos na China. Ao analisar os direitoshumanos mais violados listados anteriormente, é possível perceber que a maioriadeles são direitos individuais, que são aqueles em que a pessoa desenvolve a suapersonalidade. Isto demonstra que os direitos individuais não são tão valorados noEstado chinês quanto os direitos colectivos. Na China, há a supremacia do interessecolectivo sobre o individual: os deveres estão acima dos direitos. Os deveres devemser observados necessariamente, mesmo que se sobreponham aos direitos. Logo, éimportante destacar que diversos direitos humanos são violados na China devido aoparadoxo entre estes.Há uma controvérsia ainda mais escandalosa, a maior economia do mundoactualmente é uma grande violadora dos direitos humanos. Há uma negligência porparte da comunidade internacional, que insiste em manter cada vez mais relaçõespolíticas e económicas com a China. Países que se auto-intitulam democraciaspossuem relações cada vez mais fortes com um país que está distante de ser um paísdemocrático. 17
  18. 18. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na ChinaBibliografiahttp://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/vasto-mundo/china-e-o-pais-do-mundo-que-mais-aplica-a-pena-de-morte-mas-esconde-ate-o-numero-de-executados/http://www.infoescola.com/china/politica-do-filho-unico/http://lugaraopensamento.blogspot.pt/2010/09/china-politica-de-filho-unico.htmlhttp://www.europarl.europa.eu/sides/getDoc.do?pubRef=-//EP//TEXT+WQ+E-2011-000891+0+DOC+XML+V0//PThttp://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=9042http://pbrasil.wordpress.com/2010/03/12/china-rebate-e-lanca-relatorio-que-critica-eua-por-violar-direitos-humanos/http://www.tvi24.iol.pt/internacional/direitos-humanos-china-amnistia-internacional-eua-russia-relatorio/956598-4073.htmlhttp://www.tribunadaimprensa.com.br/?p=22866http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/03/120326_anistia_pena_de_morte_jp.shtmlhttp://boasnoticias.clix.pt/noticias_China-Desmantelada-rede-de-tr%C3%A1fico-humano_8898.htmlhttp://www.portugues.rfi.fr/geral/20120524-eua-afirmam-que-direitos-humanos-na-china-estao-piorandohttp://www.metodista.br/cidadania/75/paises-e-governos-ainda-desrespeitam-direitos-humanos/http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/a-base-de-repressao-china-aborta-sua-primavera-arabe 18
  19. 19. Direitos Humanos- A questão dos direitos humanos na Chinahttp://macmagazine.com.br/2010/02/23/apple-publica-relatorio-completo-sobre-responsabilidade-com-fornecedoras-parceiras/http://www.imigrantesbrasil.com/2012/03/quadrilha-de-trafico-humano-enviavam.html#axzz1wSF8tkbn 19

×