Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Aids
INTRODUÇÃO• É uma doença infecciosa causada pelo vírus daimunodeficiência humana (HIV) que leva à perda progressiva daimun...
CAUSAS• A síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS) é causada peloHIV. Sua transmissão pode ocorrer pelas seguintes fo...
SINTOMAS• O período de incubação varia de semanas a meses.• Após este intervalo de tempo o paciente pode apresentar umquad...
SINTOMASAlguns anos depois a doença pode se manifestar com sinaisclínicos de baixa resistência imunológica. Entre os mais ...
DIAGNÓSTICO• O diagnóstico compreende exames específicos para a detecçãodo vírus e de seus anticorpos.• O aparecimento de ...
TRATAMENTO• Procurar um médico aos primeiros sinais da doença éfundamental para a indicação do melhor tratamento para cada...
• Nos últimos anos foram obtidos grandes avanços no conhecimentoda infecção por HIV.• Diversas drogas foram desenvolvidas ...
• É importante ressaltar que nenhuma droga, até o momento, écapaz de erradicar a doença, mas, sim, controlá-la, desde que ...
PREVENÇÃO• As formas mais importantes de prevenção são a educação e ainformação visando a prática do sexo seguro, diminuin...
Consulte sempre o seu médico.Fontes:Manual Merck. Bibliotaca Online.http://www,drauziovarella.com.br /HIV.Mayo Clinic. htt...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentação aids

5,771 views

Published on

  • Be the first to comment

Apresentação aids

  1. 1. Aids
  2. 2. INTRODUÇÃO• É uma doença infecciosa causada pelo vírus daimunodeficiência humana (HIV) que leva à perda progressiva daimunidade, resultando em infecções graves, tumores malignos emanifestações causadas pelo próprio vírus.
  3. 3. CAUSAS• A síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS) é causada peloHIV. Sua transmissão pode ocorrer pelas seguintes formas: Relação sexual Uso de seringas contaminadas Transfusão de sangue Gravidez e/ou leite materno Transplante de órgãos contaminados Exposição a material contaminado entre trabalhadores da área desaúde.
  4. 4. SINTOMAS• O período de incubação varia de semanas a meses.• Após este intervalo de tempo o paciente pode apresentar umquadro de infecção aguda, com febre, calafrios, dor de cabeça, dorde garganta, dores musculares pelo corpo, ínguas e manchas napele, que desaparecem após alguns dias espontaneamente.
  5. 5. SINTOMASAlguns anos depois a doença pode se manifestar com sinaisclínicos de baixa resistência imunológica. Entre os mais comunsestão: Diarreia crônica; Pneumonia; Febre persistente; Emagrecimento; Câncer de pele.
  6. 6. DIAGNÓSTICO• O diagnóstico compreende exames específicos para a detecçãodo vírus e de seus anticorpos.• O aparecimento de anticorpos detectáveis por exame desangue ocorre num período de seis a 12 semanas após acontaminação.
  7. 7. TRATAMENTO• Procurar um médico aos primeiros sinais da doença éfundamental para a indicação do melhor tratamento para cadacaso.• Somente o especialista poderá orientar o paciente em relaçãoaos procedimentos adequados e ao uso de remédios.
  8. 8. • Nos últimos anos foram obtidos grandes avanços no conhecimentoda infecção por HIV.• Diversas drogas foram desenvolvidas e se mostraram eficazespara o controle da doença, reduzindo a ocorrência de doençasoportunistas e levando a melhora da qualidade de vida e,principalmente, maior sobrevida.TRATAMENTO
  9. 9. • É importante ressaltar que nenhuma droga, até o momento, écapaz de erradicar a doença, mas, sim, controlá-la, desde que opaciente faça uso correto das medicações.• O abandono do tratamento e o uso incorreto das medicaçõessão os maiores causadores do elevado número de óbitos.TRATAMENTO
  10. 10. PREVENÇÃO• As formas mais importantes de prevenção são a educação e ainformação visando a prática do sexo seguro, diminuindo o númerode parceiros e incentivando o uso de preservativos.• Mulheres portadoras do HIV que desejam engravidar devem seresclarecidas quanto aos riscos com um especialista.
  11. 11. Consulte sempre o seu médico.Fontes:Manual Merck. Bibliotaca Online.http://www,drauziovarella.com.br /HIV.Mayo Clinic. http://www.mayoclinic.com.Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ)Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)

×