Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Capítulo 4 listas.

258 views

Published on

Apresentação da Aula do Capítulo 4 sobre listas do livro - Automatize Tarefas Massantes com Python.

Published in: Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Capítulo 4 listas.

  1. 1. Grupo de Estudos em Python Integrantes: Luis, Dalton, Nathália, Caio, Eduardo, Simone, Fabrícia, Dercideo. Data: 19/05/2017 Aula de Python – Listas Capítulo 04 – Automatizando Tarefas Maçantes com Python¹
  2. 2. O que são Listas? “Uma lista é um valor que contém diversos valores em uma sequência ordenada.” – p.113 Valor de Lista = Conjunto de Valores separados por vírgula. (Strings, Inteiros, etc) Os valores contidos em uma lista são chamados de Itens Exp: spam = [‘gato’, ‘peixe’, ‘cachorro’, ‘osso’]
  3. 3. Listas – Obtenção de Valores • Como fazer referência à um valor específico de uma lista? (P. 113 - 114) • Uma lista tem Índices (identificadores) escondidos: o Aspecto: spam [0, 1, 2, 3, 4, 5, n...] • Para referenciar um valor você deve digitar o índice que indica sua • posição na lista. • Exp: spam[1] ou spam[5] ... • Também é possível utilizar índices negativos, eles referenciam as variáveis de trás para frente.
  4. 4. Obtendo Sub-Listas • O ato de se pegar parte dos valores de uma lista é viabilizado pela técnica chama Slice. • Com ele é possível formar outra lista com parte dos valores de outra, ou referenciar os valores de um lista até certo ponto. • Exp: spam [0:4]; spam [:4]; spam[0:-1]
  5. 5. Obtendo o Tamanho de uma Lista Para se obter o tamanho de uma lista, é necessário usar a função “len()”, essa função retorna a quantidade de valores existem na lista. Exp.: len(spam) : 4
  6. 6. Alterando os Valores de uma Lista O processo de alteração de um valor de uma lista é semelhante ao processo de atribuição de valor à uma variável, a diferença é que você precisa apontar em qual índice está o valor a ser alterado. Exp.: spam[3] = ‘zero_hora’; spam[5] = 2017
  7. 7. Concatenação e Repetição de Listas A concatenação é o processo de junção de um ou mais objetos, no caso listas, e pode ser feito através do operador “+”. A repetição de listas cria/referencia uma lista quantas vezes for necessário através do operador “*”. Exp.: spam = spam + [‘Olá’, 234, ‘zero’]; spam = spam * 5
  8. 8. O trabalho com listas O tipo de dado lista é importante porque você consegue ter em uma só “variável”, vários valores, evitando assim repetições e o uso de várias linhas de código, deixando–o confuso. Se pensarmos em um programa em que o usuário precise digitar vários nomes, teríamos que criar uma variável para cada nome, porém com as listas, é possível armazenar todos os nomes em uma variável só. Exp.: programa ‘allMyCats2.py’ pág119.
  9. 9. Imprimindo os Valores de uma Lista (com for) Para retornar todos ou alguns valores de uma lista, é necessário utilizar o Loop “for”. Como ele, a partir de uma variável auxiliar, será possível percorrer cada índice de uma lista e apresentar seus valroes. Exp.: for i in range(3): print(i) Como já sabemos referenciar o tamanho de uma lista automaticamente com a função “len()”, podemos usar essa técnica no range do loop “for”. Exp.: for i in range(len(nomeDaLista)): print(nomeDaLista[i])
  10. 10. Verificando a Existência de um Valor Para verificar a existência de um valor em uma lista, é possível utilizar os operadores “in” e “not in”. Estes operadores são interessantes para verificar se um valor já foi atribuído à uma lista, ou se não.. Normalmente expressões condicionais usam estes operadores. Obs. Retornam valores booleanos: “True” ou “False”. Exp.: if ‘Magda’ in spam: print(‘Esse nome já existe’) programa “myPets.py” (pág. 122)
  11. 11. Atribuição Múltipla É possível atribuir os valores de uma lista à variáveis: nome = lista[2] Porém para facilitar, podem ser adicionados vários valores à várias variáveis em uma só expressão: lista[magda, 25, parmeirópis] nome, idade, cidade = lista
  12. 12. Tabela de Atribuição Expandida Instrução de Atribuição Expandida Instrução de atribuição equivalente spam = spam + 1 spam + = 1 spam = spam – 1 spam - = 1 spam = spam * 1 spam * = 1 spam = spam / 1 spam / = 1 Spam = spam % 1 spam % = 1 Os operadores de atribuição expandidos otimizam o processo de produção do código, reduzindo repetições.
  13. 13. Métodos “Um método é o mesmo que um valor, exceto pelo fato de ser chamado “sobre um valor”.”- pág. 124 Método Função Index() Identifica em qual um índice determinado valor está em uma lista. p. 125 - Exp.: spam.index(‘olá’) Append() Adiciona valor ao final de uma lista. p.125/126 – Exp.: spam.append(‘hello’) Insert() Adiciona um valor em qualquer índice da lista. p.126 – Exp.: spam.insert(2, ‘olá’) Remove() Remove um valor de uma lista. P.126/127 – Exp.: spam.remove(‘olá’) Sort() Este método ordena uma lista: • Somente ordena “in place”. • Não ordena lista com strings e números. • Ordena cna ordem ASCII, maiúsculas primeiro que minúsculas. Exp.: spam.sort(); spam.sort(reverse=True); spam.sort(key = srt.lower)
  14. 14. Strings e Tuplas A diferença básica entre listas e outros semelhantes, é baseada na característica de mutabilidade ou seja, se um tipo de dado é mutável ou imutável: • Mutável: Pode ter valores adicionados, removidos ou alterados.” • Imutável: Não pode ser alterado de forma alguma. As Strings são semelhantes às listas porque seus valores podem ser selecionados, repartidos e manipulados através de índices. O mesmo acontece com as tuplas, aqui a semelhança ainda é maior, porém os valores são delimitados por parênteses. Exp.: spam(23, ‘olá’, ‘zero’)

×