Relatório da entrevista sobre gestão

26,740 views

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
26,740
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
97
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Relatório da entrevista sobre gestão

  1. 1. RELATÓRIO DA ENTREVISTA SOBRE GESTÃO <br />REALIZADA NA ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL RAFAEL PINTO BANDEIRA<br />
  2. 2. Nome da Escola: E.E.E.F. Rafael Pinto Bandeira<br />Diretora: Noeli Santos da Rosa<br />Endereço: Rua Claudino 254 Bairro: Cristal<br />Fone: 32410047<br />IDENTIFICAÇÃO<br />
  3. 3. A entrevista foi realizada no dia 29 de Abril de 2010.<br />Fomos bem recepcionadas. <br />A diretora foi bem objetiva nas suas respostas. <br />PROCESSO DE ENTREVISTA<br />
  4. 4. 1- A escola conta com rede de apoio? Quais?<br />Conselho Tutelar,<br />Ação de Rua,<br />Posto de Saúde,<br />PSF,<br />Dentista e NASCA. <br />QUESTIONARIO<br />
  5. 5. 2) Quais as instituições que apóiam a escola?<br />A escola tem projetos em parceria com a fundação Maurício Sirotski Sobrinho<br />PARCERIAS<br />
  6. 6. 3) A escola possui sala de recursos? E como são encaminhadas ?<br />A escola não possui sala de recursos e nem profissionais especializados. <br />ALUNOS NEE’S<br />
  7. 7. 4) Qual é a agilidade do NASCA com as crianças com NEES?<br />São encaminhadas , mas o retorno é moroso, devido a grande demanda.<br />NASCA<br />
  8. 8. 5- Qual o procedimento da escola, quando um aluno precisa ser hospitalizado, em relação ao conteúdo das aulas?<br /> Geralmente a atitude são das mães que procuram a escola e os professores colaboram na medida do possível, mas a maioria dos casos os pais não avisam quando isso ocorre.<br /> ALUNOS HOSPITALIZADOS<br />
  9. 9. 6- Como a escola vê a formação continuada?<br /> Pela velocidade das mudanças dos paradigmas, é muito necessária. <br />Mas sempre quando tem os professores interessados participam, isto é, a grande maioria.<br />FORMAÇÃO CONTINUADA<br />
  10. 10. 7) Onde ocorre, esse cursos?<br /> Quando o mantenedor oferece cursos, conforme o interesse do professor , a escola libera os que quiserem participar. <br />Em julho temos a semana de formação com profissionais da área da educação.<br />FORMAÇÃO CONTINUADA<br />
  11. 11. A escola se encontra no Bairro Cristal, e atende as crianças da vila Cai – Cai, por se tratar de uma comunidade pobre , as Redes de Apoio, estão sempre presentes.<br />A Fundação Maurício Sirotski Sobrinho, oferece, palestras para formação continuada do professor. <br />Outros projetos não foram mencionados;<br />Comentários<br />
  12. 12. Os alunos com NEEs, não tem um apoio dentro da escola são encaminhadas para o NASCA, onde há uma demora em atendê-los.<br />Quando falamos em crianças com necessidades educativas especiais, as escola não tem profissionais especializados, não há um preparo do professor em relação a esta situação.<br />COMENTÁRIOS<br />
  13. 13. Art.59 Os sis temas de ensinos assegurarão aos educandos com necessidades especiais<br />III - professores com especialização adequada em nível médio ou superior, para atendimento especializado, bem como professores do ensino regular capacitados para a integração desses educando nas classes comuns<br />(http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm);<br />
  14. 14. A criança hospitalizada, sem o convívio escolar, depende dos pais, sendo que o aluno tem o direito do acompanhamento escolar, mesmo a distância, e ela se encontra num processo de inclusão.<br />CRIANÇA HOSPITALIZADA<br />
  15. 15. EntrevistadorasKarina e Rose Mari<br />
  16. 16. Esta entrevista nos proporcionou o conhecimento do desafio que é o ser professor, quando a escola tem poucos recursos e precisa criar situações favoráveis para que aluno se sinta inserido dentro da escola, como participante ativo.<br />A gestão dessa escola em especial, se preocupa com o bem estar do aluno.<br />Finalização<br />

×