Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Karl marx – concepções na educação

24,045 views

Published on

Karl marx – concepções na educação

  1. 1. Kamila Assink de Liz
  2. 2. Imagem de Karl Marx
  3. 3.  Karl Heinrich Marx (1818- 1883), foi filósofo eeconomista alemão Nasceu em 5 de maio de 1818 Seu pai, advogado, e sua mãe, descendiam dejudeus Ideólogo do comunismo científico e organizador domovimento proletário internacional. Nasceu em Treves na Alemanha Estudou Direito, mas dedicou-se à história e àfilosofia Elaborou a doutrina do socialismo
  4. 4.  A contribuição de Marx na educação deve serconsiderada em dois níveis:  De que a educação é parte, incluindo as relações de determinação e influência que ela recebe da estrutura econômica  E o específico das discussões de temas e problemas educacionais A educação do futuro é baseada no sistema fabril,associando-se a o trabalho produtivo com aescolaridade e a ginástica
  5. 5.  Defendia que a transformação social influenciava naeducação, e a educação no sistema social Não podem empregar crianças e adolescentes amenos que combine trabalho produtivo e educação A educação é dividida em três coisas:  Educação intelectual - conhecimento  Educação corporal - exercícios de ginástica e militares  Educação tecnológica – Todos os processos de produção, manipulação de instrumentos do ramo da indústria.
  6. 6.  Combater a alienação e a desumanização era, para Marx, afunção social da educação. Para isso seria necessário aprendercompetências que são indispensáveis para a compreensão domundo físico e social. O filósofo alertava para o risco de aescola ensinar conteúdos sujeitos a interpretações “de partidoou de classe”. Ele valorizava a gratuidade da educação, masnão o atrelamento a políticas de Estado – o que equivaleria asubordinar o ensino à religião. Marx via na instrução dasfábricas, criada pelo capitalismo, qualidades a ser aproveitadaspara um ensino transformador – principalmente o rigor comque encarava o aprendizado para o trabalho. O maisimportante, no entanto, seria ir contra a tendência“profissionalizante”, que levava as escolas industriais a ensinarapenas o estritamente necessário para o exercício dedeterminada função.Fonte: http://educarparacrescer.abril.com.br/aprendizagem/karl-marx-307009.shtml
  7. 7.  Karl Marx. Disponível em:<http://educarparacrescer.abril.com.br/aprendizagem/karl-marx-307009.shtml>. Acesso em: 25 set. 2012 GADOTTI, M.História das idéias pedagógicas. 5.ed.São Paulo: Ática,1997.

×