Os sete pecados capitais do Lean Manufacturing

1,905 views

Published on

Conhecer os sete desperdícios é primordial para todas as pessoas em uma empresa, do Operador ao Plant Manager e isso infelizmente não estamos vendo nas empresas.

Published in: Automotive
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,905
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Os sete pecados capitais do Lean Manufacturing

  1. 1. Os sete pecados capitais doLean ManufacturingA palavra hoje é desperdício, vocês já devem ter percebido que em todos os artigos sobre LeanManufacturing até o momento esta palavra é presente. Se fala muito dos sete tipos dedesperdícios identificados por Taiichi Ohno, Mas vamos aos sete desperdícios ou muda emjaponês.O conceito básico de desperdício é qualquer atividade que consome recursos sem criar valor parao cliente, isto é, é tudo aquilo que você faz de forma concreta ou abstrata que o cliente não estádisposto a pagar.Taiichi Ohno identificou os seguintes desperdícios que podem ser encontrados em qualquerprocesso, tanto de fabricação como administrativo, que são:1) Produção em excesso ou superprodução: é produzir mais cedo do que necessário ou maisdo que é preciso, este é o pior desperdício de todos, pois através dele geram outros desperdícios,vamos ver como? Se você produzir mais cedo do que o necessário ou mais do que é preciso, vaicriar outro desperdício, o de estoque pois as peças como não são necessárias ainda acabamesperando até serem processadas pelo próximo processo.2) Espera: este desperdício é gerado quando operadores ficam na frente das máquinas, ociososesperando as peças sendo processadas, não muito tempo atrás nas empresas cada máquinatinha um operador, ou quando as máquinas param para manutenções não planejadas e por últimoquando as peças vindas do processo anterior acabam atrasando.3) Transporte: Este é o que podemos chamar do mal necessário, pois o transporte não cria valorpara o cliente, porém os produtos precisam ser transportados, mas qualquer movimento além domínimo necessário é desperdício.4) Processamento ou superprocessamento: é quando você realiza um processo tanto defabricação como de serviço que não precisava ser feito ou não estava programado, ou também éo processo que foi feito errado e que precisou ser refeito.5) Estoque: Para falar de desperdício de estoque, vamos esclarecer que estoque pode ser dematéria prima, estoque intermediário (produtos semi-acabados) e estoque de produtos acabados,é considerado desperdício todo o estoque armazenado a mais do que é necessário para opróximo processo, assim como o transporte, o estoque também dependendo do processo é ummal necessário.6) Movimentação: este desperdício é muito comum, pois podem ser resultante de pessoasrealizando movimentos desnecessários durante suas atividades, assim como na movimentação deequipamentos, como esteiras e transportadores.7) Defeitos: Tudo o que precisa ser inspecionado, retrabalhado e refugado é desperdício.Créditos do texto a:Por: Jose Donizetti Moraes - 01/06/2013

×