Roteiro homilético do domingo de páscoa da ressurreição ano c

12,479 views

Published on

ROTEIRO HOMILÉTICO DO DOMINGO DE PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO – ANO C
FONTE: http://www.buscandonovasaguas.com/

Published in: Spiritual
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
12,479
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
10,759
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Roteiro homilético do domingo de páscoa da ressurreição ano c

  1. 1. Hoje celebramos aFESTA DA VIDA...O túmuloestá vazio...Cristo está vivopara sempre.Como Madalena,Pedro e João,nós professamosa fé no Senhorressuscitado.As Leiturasaprofundamo sentido desseacontecimento:
  2. 2. Na 1ª leitura, temos o testemunho e a catequese de Pedro em Cesaréia, na casa do centurião romano Cornélio. (At 10,34.37-43) Ele expõe o essencialda fé ("Kerigma") e batiza Cornélio e toda a sua família. O episódio é importante porque é o primeiro pagão a ser admitido ao cristianismo por um dos Doze.
  3. 3. KERIGMA é um resumo da Mensagem cristã, que leva à aceitação de Cristo e da sua mensagem, através do Batismo:Pedro começa evocandoos momentos principaisda vida de Jesus.por anunciar Jesuscomo "o ungido", quetem o poder de Deus;* depois, descrevea atividade de Jesus, que "passou fazendoo bem e curando todosos oprimidos";
  4. 4. * em seguida, dá testemunho da morte deJesus na cruz e dasua Ressurreição;* finalmente, Pedrotira as conclusõesde tudo isto: "quem acreditanele, recebe, pelo seu nome, a remissão dos pecados".* Os discípulos são chamados aser TESTEMUNHAS daRessurreição, da Vitória da vida
  5. 5. Na 2ª Leitura,temos otestemunho de Paulo.O Batismo nos introduz na comunhãocom CristoRessuscitado.* Nossa vida deveser uma caminhadacoerente com essavida nova:"Se ressuscitastescom Cristo, buscai ascoisas do alto…" (Cl 3,1-4)
  6. 6. No Evangelho, seguidores de Cristo procuram o Ressuscitadoe são convidados a manifestar a sua fé nele. (Jo 20,1-9)- Maria Madalena, no "primeiro dia da semana" (ou de um novotempo), ainda "no escuro" procura no túmulo o Cristo morto.No túmulo vazio, pensa que haviam roubado o corpo do Senhor.
  7. 7. Mas quando ela o encontra, a fédespontaem seu coração.* Ela representa a novacomunidade, queinicialmenteacredita que a mortetriunfou e vaiprocurar Jesusmorto no sepulcro.Diante do sepulcrovazio, percebe quea morte não venceue que Jesuscontinua vivo.
  8. 8. - Pedro,para quem a mortesignificava fracasso,recusava aceitar quea vida nova passassepela humilhação da cruz.Para ele a Ressurreiçãode Jesus era uma hipótese absurdae sem sentido.Ele viu o túmulo vazioe os panos dobrados...Mas continuou "no escuro": "Viu e não creu".* Ele representa o discípulo que temdificuldade em aceitar que a vida nova passepela humilhação da cruz.
  9. 9. - "O Discípulo que Jesus amava" (João),diante do sepulcro vazio,compreende os sinaise percebe que a mortenão pôs fim à vida. Jesus está vivo.Ele "viu e acreditou".É a primeira profissão de fé naRessurreição. * Ele representa o "discípulo ideal", que está em sintonia total com Jesus. É o paradigma do homem novo recriado por Jesus. O "Amor" conduz
  10. 10. * Por que não tem nome?Para que cadaum de nós possaincluir o seu nomee compreender o quedeve fazer para sercomo Jesus quer.- E nós conseguimosver apenas os sinaisde morte como Pedro,ou sabemos descobriros sinaisda Ressurreição?
  11. 11. - As Mulheres: abandonam depressa o lugar da morte e correm para anunciar aos irmãos que Cristo está vivo.* Representam os que acreditam na vitória da vida e testemunham aos seus irmãos essa fé.- Os Guardas: deixam-se corromper pelo dinheiro. Simbolizam os que, por amor aos bens desse mundo, preferem mais a mentira do que a Verdade, mais a morte do que a Vida.
  12. 12. Páscoa:É o maior acontecimento celebrado pela Igreja, na Liturgia. Mas a Páscoa não é apenas um FATO PASSADO... Cada festa Pascal é um novo apelo de Deus, que nos convida a morrermos com Cristo, a nos separarmos do homem velho do pecado, a fim de nos revestirmos do homem novo e ressurgir para uma vida nova na graça e na santidade.
  13. 13. - A Páscoa não é só UM DIA DO ANO...É um processopermanente que deveacontecer dentro de nós.Todos os dias o cristãocelebra a Páscoa,quando combateo homem velho do pecado,para se revestir dohomem novo, em Cristo.TODO DOMINGO,revivendo os mistériospascais na Eucaristia,deve ser um momentoforte dessa Páscoa,que parece não ter fim...
  14. 14. Prezado irmão, desejo-lhe uma FELIZ PÁSCOA...não é a de um Cristo morto, perdido no passado,mas sim de um Cristo vivo, glorioso, atual,que faz vibrar o seu coração edar um sentido novo ao seu viver... Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS - 31.03.2013
  15. 15. MEU DOMINGO Com a Palavra de Deus Meditada por: Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS Ilustração: Nelso Geraldo Ferronatto Música: Jesus Cristo nossa Páscoa Ir. Míria T Kolling Paulinas COMEPAcesse o Endereço: http://www.buscandonovasaguas.com

×