INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE PESQUEIRA – ISEP
METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA
O QUE É UM PROJETO DE PESQUISA?
O Pr...
- POPULAÇÃO E AMOSTRA (obrigatório, dependendo do tipo de pesquisa)
- CRONOGRAMA (obrigatório)
- RECURSOS (obrigatório, de...
ESTRUTURA MODELO PARA A ELABORAÇÃO
DO PROJETO DE MONOGRAFIA
EX: CAPA DO PROJETO
INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE PESQUEIRA – ISEP
(Fonte 14 - negrito)
CURSO DE ........................
EX: FOLHA DE ROSTO
NOME COMPLETO DA ACADÊMICA OU ACADÊMICO (Fonte 14 -
negrito)
TÍTULO DO PROJETO (Fonte 14- negrito)
Proj...
EX DE SUMÁRIO
SUMÁRIO (fonte 14 - negrito)
1 JUSTIFICATIVA ..................................................................
1 JUSTIFICATIVA (obrigatório) - trata-se da apresentação dos motivos que levaram à
decisão de se investigar esse Objeto de...
2 OBJETIVOS GERAL E ESPECÍFICOS (obrigatório) - o objetivo geral é o fim que se
pretende alcançar. Para se atingir o objet...
População: Conjunto de elementos (instituições, produtos, pessoas). Possuem características
que serão objeto de estudo.
Po...
Ações/Período (meses) 01 02 03 04 05 06
Elaboração do Projeto de Pesquisa x
Elaboração de Referencial Teórico x x x x x
Co...
NORMAS ABNT - PROJETO DE PESQUISA
1 FOLHAS: Formato A4 – 297mm x 210mm (ou 29,7cm x 21cm).
2 DIGITAÇÃO: Em apenas uma face...
1 TITULO PRINCIPAL - em maiúsculo e negrito (caixa alta);
1.1 TÍTULO SECUNDÁRIO - em maiúsculo e não negrito;
1.1.1 Título...
PAGINAÇÃO
- Páginas numeradas sequencialmente, no canto superior direito, a partir da primeira página
da parte textual.
- ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Projeto de Pesquisa - ISEP

3,622 views

Published on

  • Be the first to comment

Projeto de Pesquisa - ISEP

  1. 1. INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE PESQUEIRA – ISEP METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA O QUE É UM PROJETO DE PESQUISA? O Projeto de Pesquisa é a versão preliminar do trabalho que se pretende realizar. Serve para o acadêmico traçar um roteiro inicial daquilo que pretende desenvolver. Certamente o Projeto de Pesquisa sofrerá algumas modificações, alguns acréscimos, algumas melhorias, enfim, será aprimorado. Um Projeto de Pesquisa é um Trabalho bastante simples, que traz uma apresentação sequencial, ou seja, os elementos do corpo do trabalho, são apresentados numa sequência única. O projeto de pesquisa deve ter: * Capa (obrigatório) * Folha de Rosto (obrigatório) * Sumário (obrigatório) * Introdução (opcional) * Desenvolvimento do Projeto (obrigatório) No Desenvolvimento do projeto, ou seja, no corpo do texto, devem constar os seguintes elementos, numerados em sequência única: - JUSTIFICATIVA (obrigatório) o TEMA (obrigatório) o DELIMITAÇÃO DO TEMA – OBJETO DE PESQUISA (obrigatório) o FORMULAÇÃO DO PROBLEMA (obrigatório) - OBJETIVOS (obrigatório) o OBJETIVOS GERAL (obrigatório) o OBJETIVOS ESPECÍFICOS (obrigatório) - METODOLOGIA (obrigatório) - HIPÓTESES (obrigatório) - DEFINIÇÃO DE TERMOS (opcional) - FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA (obrigatório)
  2. 2. - POPULAÇÃO E AMOSTRA (obrigatório, dependendo do tipo de pesquisa) - CRONOGRAMA (obrigatório) - RECURSOS (obrigatório, dependendo do tipo de pesquisa) - REFERÊNCIAS (obrigatório)
  3. 3. ESTRUTURA MODELO PARA A ELABORAÇÃO DO PROJETO DE MONOGRAFIA
  4. 4. EX: CAPA DO PROJETO INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE PESQUEIRA – ISEP (Fonte 14 - negrito) CURSO DE .................................... EM ... (Fonte 14 - negrito) NOME COMPLETO DA ACADÊMICA OU ACADÊMICO (Fonte 14 - negrito) TÍTULO DO PROJETO (Fonte 14- negrito) PESQUEIRA (Fonte 14- negrito) 2014 (Fonte 14- negrito)
  5. 5. EX: FOLHA DE ROSTO NOME COMPLETO DA ACADÊMICA OU ACADÊMICO (Fonte 14 - negrito) TÍTULO DO PROJETO (Fonte 14- negrito) Projeto de Pesquisa Monográfica apresentado como requisito parcial para a aprovação na disciplina ................................., ministrada pelo Prof. Dr. Bartolomeu Cavalcanti, no curso de ................. em ... . (recuo de 8 cm, fonte 12) PESQUEIRA (Fonte 14- negrito) 2014 (Fonte 14- negrito)
  6. 6. EX DE SUMÁRIO SUMÁRIO (fonte 14 - negrito) 1 JUSTIFICATIVA ............................................................................................................... 01 2 OBJETIVOS........................................................................................................................ 02 2.1 OBJETIVO GERAL..................................................................................................... 02 2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICO........................................................................................ 02 3 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS..................................................................... 03 4 HIPÓTESE(S)..................................................................................................................... 04 5 DEFINIÇÃO DE TERMOS.............................................................................................. 05 6 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA .................................................................................... 06 7 CRONOGRAMA ............................................................................................................... 07 8 RECURSOS ....................................................................................................................... 08 9 REFERÊNCIAS ................................................................................................................ 09 (fonte 12 - negrito)
  7. 7. 1 JUSTIFICATIVA (obrigatório) - trata-se da apresentação dos motivos que levaram à decisão de se investigar esse Objeto de Pesquisa, no interior de um determinado Tema e dentro do universo acadêmico. EX: Re-significar a prática avaliativa à luz das novas correntes teóricas e filosóficas tem sido um grande desafio para estudiosos e pesquisadores da educação, principalmente porque esta envolve interesses políticos e sociais que demandam transformações no campo educacional, de maneira a possibilitar a ampliação das perspectivas para o desenvolvimento econômico e tecnológico do país e, ainda, favorecer a melhoria das condições de vida e de trabalho da população que nele vive. Portanto, essa ação torna-se, em consequência, uma necessidade maior e uma dificuldade mais ampla quando o cenário é o da educação pública, sobretudo porque as práticas avaliativas, muitas vezes, se concretizam sem considerar os objetivos estabelecidos ou as finalidades maiores da comunidade que demanda essa educação; ou porque os juízos avaliativos se formam na subjetividade carente de uma maior compreensão sobre as características socioeconômicas, cognitivas e emocionais daquele que aprende; ou porque a lógica que direciona as práticas e as análises seja a de assegurar o atendimento de normas de excelência (PERRENOUD, 1999) – nem sempre explícitas – a garantirem a qualidade prescrita. o 1 OBJETO DE PESQUISA (fonte 12 - negrito) (obrigatório) – compõe o texto da JUSTIFICATIVA e é a definição de qual ou quais os enfoques de um Tema serão explicitados no decorrer do Trabalho. O Tema é o assunto escolhido sobre o qual versará o Trabalho. TEMA EX: Processos de avaliação da aprendizagem escolar. OBJETO DE PESQUISA EX: Eficácia dos processos de avaliação da aprendizagem desenvolvidos pelo professorado das escolas públicas municipais de Pesqueira – PE. o 1 FORMULAÇÃO DO PROBLEMA (obrigatório) – compõe o texto da JUSTIFICATIVA e é a formulação da problemática que será explorada a partir da delimitação do Tema. Devem ser formulados alguns problemas, questionamentos, dúvidas que o Trabalho se proporá a resolver. EX: Existe adequação entre os instrumentos de avaliação da aprendizagem utilizados e os objetivos definidos para o ensino na rede de educação do município de Pesqueira – PE?
  8. 8. 2 OBJETIVOS GERAL E ESPECÍFICOS (obrigatório) - o objetivo geral é o fim que se pretende alcançar. Para se atingir o objetivo geral, ele pode ser detalhado, desmembrado em outros: os específicos, estes são instrumentais para o objetivo geral e servem de base para o próprio Objeto de Pesquisa. 5.1 OBJETIVO GERAL EX: Averiguar a eficácia dos processos de avaliação da aprendizagem desenvolvidos pelo professorado das escolas públicas municipais de Pesqueira – PE. 5.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS EX: * Pesquisar a existência de planejamento sistemático de avaliação da aprendizagem na rede de educação do município de Pesqueira – PE. * Identificar quais os instrumentos de avaliação de aprendizagem mais utilizados pelo professorado das escolas públicas municipais de Pesqueira – PE. * Verificar a adequação entre os instrumentos de avaliação da aprendizagem utilizados e os objetivos definidos para o ensino na rede de educação do município de Pesqueira – PE. 3 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS (obrigatório): definição dos procedimentos técnicos, das modalidades de atividades, dos métodos que serão utilizados. Tipo de Pesquisa (quanto aos objetivos e quanto aos procedimentos técnicos utilizados). Instrumentos de coleta de dados. Como os dados serão organizados e analisados. 3.1 CARACTERIZAÇÃO DA PESQUISA Quanto à Natureza: teórica ou empírica Quanto ao Tratamento dos Dados: Pesquisa Quantitativa e/ou Experimental e/ou Pesquisa Qualitativa Quanto aos Fins (objetivos): Exploratória, Descritiva e Explicativa Quanto à conduta em relação aos Dados (procedimentos técnicos): Bibliográfica, Documental, Experimental, Ex Post Facto (Não-Experimental), Pesquisa-Ação, Participante, Levantamento (surveys), Estudo de Campo, Estudo de Caso e Estudo de Corte. 3.2 SELEÇÃO DA POPULAÇÃO E AMOSTRA - É preciso que se determine o objeto de investigação.
  9. 9. População: Conjunto de elementos (instituições, produtos, pessoas). Possuem características que serão objeto de estudo. População amostral (amostra): Parte do universo (população) escolhida por algum critério de representatividade. 3.3 COLETA DE DADOS - É importante que o pesquisador destaque que tipos de dados irá utilizar em sua pesquisa: Dados Primários: são aqueles que não foram antes coletados, é necessário destacar como serão coletados. Dados secundários: São aqueles que já foram coletados, tabulados, ordenados e, às vezes, até analisados, com propósitos outros ao de atender às necessidades da pesquisa em andamento. 3.4 ANÁLISE E INTERPRETAÇÃO DOS DADOS (SISTEMATIZAÇÃO) - Nessa seção é explicitado como se pretende tratar os dados a coletar, justificando tal tratamento. Os dados podem ser tratados de forma quantitativa, através da utilização de procedimentos estatísticos, e de forma qualitativa, codificando-os, apresentando-os de forma mais estruturada e analisando-os, posteriormente. 4 HIPÓTESE(S) (obrigatório) – é a formulação de resposta(s) prévia(s) ao problema estabelecido. 5 DEFINIÇÃO DE TERMOS (opcional) - quando se explora um Tema com pouca divulgação ou pouco domínio geral e que utiliza vocabulário, expressões, termos muito específicos e que são de domínio apenas de quem lida. 6 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA (obrigatório) - trata-se da apresentação do embasamento teórico sobre o qual se fundamentará o Trabalho. São os pressupostos que darão suporte à abordagem do Trabalho. 7 CRONOGRAMA (obrigatório) - Define-se a distribuição das tarefas e etapas que permitirão um aproveitamento racional e lógico da disponibilidade de tempo para a realização do Trabalho. Estabelecem-se datas-limite para leitura, redação, revisão, datilografia, entrega e outras atividades. EX:
  10. 10. Ações/Período (meses) 01 02 03 04 05 06 Elaboração do Projeto de Pesquisa x Elaboração de Referencial Teórico x x x x x Coleta dos dados x x Análise e Discussão dos Dados x x Elaboração do Relatório Final (monografia) x 8 RECURSOS (opcional): é a previsão dos custos que envolvem a realização do Trabalho. 9 REFERÊNCIAS (obrigatório): são as obras, documentos de internet etc., que inicialmente serão utilizadas para a pesquisa. Elas devem estar ordenadas em ordem alfabética.
  11. 11. NORMAS ABNT - PROJETO DE PESQUISA 1 FOLHAS: Formato A4 – 297mm x 210mm (ou 29,7cm x 21cm). 2 DIGITAÇÃO: Em apenas uma face do papel e em espaço um e meio. Impressão deve ser em cor preta. 3 TIPO DE LETRA: Times New Roman. 4 TAMANHO DA LETRA: 12 para o corpo do texto e 10 para as citações longas, notas de rodapé e paginação. 5 MARGENS E ESPAÇOS a) margem superior: 3 cm b) margem inferior: 2 cm c) margem esquerda: 3 cm d) margem direita: 2 cm 6 ALINHAMENTO DA MARGEM: Justificado 7 TÍTULOS: Na subdivisão de seções deve-se limitar a numeração progressiva até a seção quinária, isto é, cinco subseções. Exemplo: Seção Primária 1 2 3 Seção Secundária 1.1 2.1 3.1 Seção Terciária 1.1.1 2.1.1 3.1.1 Seção Quartenária 1.1.1.1 2.1.1.1 3.1.1.1 Seção Quinária 1.1.1.1.1 2.1.1.1.1 3.1.1.1.1 Os títulos das seções devem ser destacados graficamente (negrito, grifo, caixa alta), conforme modelo sugerido:
  12. 12. 1 TITULO PRINCIPAL - em maiúsculo e negrito (caixa alta); 1.1 TÍTULO SECUNDÁRIO - em maiúsculo e não negrito; 1.1.1 Título terciário - somente o início é com letra maiúscula, ficando o restante em minúsculo e em negrito; 1.1.1.1 Título quartenário - somente inicia com letra maiúscula, ficando o restante em minúsculo e não negrito; 1.1.1.1.1 Título quinário - somente inicia com letra maiúscula, ficando o restante em minúsculo e não negrito. ESPACEJAMENTO As normas para o espacejamento do texto são as seguintes: a. espacejamento padrão entre linhas de todo o texto: 1,5 cm; b. notas de rodapé, citações longas, resumo, abstract, referências, legendas das ilustrações e das tabelas, ficha catalográfica: espaço simples; c. início dos parágrafos: seis toques da margem; d. espacejamento entre os títulos das seções e o texto que o sucede: dois espaços de 1,5 cm; e. títulos de subseções: alinhados junto à margem esquerda com espaçamento de dois espaços de 1,5 cm do texto que os precede ou que os sucede; f. quando uma seção terminar próxima ao fim da uma página, colocar o título da próxima seção na página seguinte (evita-se deixar títulos ou subtítulos soltos); g. referências ao final do trabalho: espaço simples e, separadas entre si (entre autores) por dois espaços simples; h. o indicativo numérico de seção precede seu título, alinhado à esquerda, separado por um espaço de caractere; i. títulos sem indicativo numérico e centralizados: agradecimentos, lista de ilustrações e de tabelas, resumos, sumário, referências, glossário, apêndice(s), anexo(s), índice(s).
  13. 13. PAGINAÇÃO - Páginas numeradas sequencialmente, no canto superior direito, a partir da primeira página da parte textual. - Todas as páginas devem ser contadas. Inicia-se a contagem pela Folha de Rosto, porém a numeração só passa a ser colocada (escrita) a partir da primeira página da parte textual. - A Capa não entra na contagem das páginas. A contagem inicia na Folha de Rosto.

×