Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Jornal Paulista Em Foco

109 views

Published on

Edição Maio de 2018

Published in: News & Politics
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Jornal Paulista Em Foco

  1. 1. redacao@paulistaemfoco.com.br as notícias da nossa cidade I Ano II I nº 15 Maio’2018 Paulista vai contar com uma unidade do Corpo de Bombeiros A Nova seção da corporação na PE-22, no Bairro de Nossa Senhora da Conceição. Em princípio, 10 homens irão trabalhar no Paulista. Mas a tendência é em breve aumentar este efetivo com os novos bombeiros que estão sendo preparados no curso de formação. Saúde do Paulista recebe certificação da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil No município, cerca de 30 gestantes são atendidas nas Unidades Básicas de Saúde e participam das atividades voltadas para o aleitamento materno. Prefeitura abre concurso público para 439 vagas As oportunidades são para as áreas de Saúde, Assistência Social e Meio Ambiente. Os salários oferecidos variam de R$ 1.040,30 a R$ 4.931,02. Saúde do Paulista adquire doze novos veículos com recursos de emendas parlamentares Com um investimento de R$ 1,2 milhão, oriundos de recursos municipais e emendas parlamentares designadas pelos deputados federais Cadoca, Daniel Coelho, Jorge Corte Real e Jarbas Vasconcelos, Paulista adquiriu 12 novos veículos. FÁBIO BARROS O vereador e presidente da Câmara do Paulista tem pautado o seu mandanto na defesa do meio ambiente e preservação do verde da nossa cidade. Paulista celebra o Maio Amarelo Chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito. Com esse objetivo, a Prefeitura do Paulista apoia o Maio Amarelo e vai realizar ações pelo município ao longo desse mês. Essa mobilização visa colocar em pauta as responsabilidades que cada cidadão deve ter para a construção de um trânsito seguro. A intervenção está prevista para ser finalizada dentro de 20 dias, ou seja, no dia 27 de maio. Obra de esgoto altera trânsito em Jardim Paulista Baixo Saúde alerta para as doenças do caramujo Você conhece o caramujo gigante africano? É um tipo de molusco gastrópode, que em contato com o homem, pode provocar muitas doenças por meio do contato direto ou indireto. Ter um animal como este nas redondezas nem sempre significa que haja a infecção, no entanto, é preciso se prevenir, pois eles podem ser facilmente infectados nos locais onde vivem, podendo transmitir doenças consideras graves. Cemitério O principal cemitério do município do Paulista, o Campo Santo São José, localizado na Rodovia PE-15, em Artur Lundgren I, começou na segunda-feira (07.05), a atualização cadastral para os proprietários ou responsáveis por ossuários, túmulos e gavetas. Instituto Jéssika A unidade de ensino foi ampliada e ganhou mais 5 salas de aula, uma de ballet, uma quadra e duas áreas de lazer, marcando os 25 anos da instituição de ensino, que se consolida como um dos maiores e melhores centros educacionais do Paulista. Zona Azul Após dois anos de operação sem reajuste e para garantir a gratuidade dos idosos e das pessoas com deficiência para utilizar as vagas de estacionamento, o valor cobrado no estacionamento rotativo Zona Azul, em Paulista, passou por um reajuste. Como sua dieta pode influenciar a chegada da menopausa Uma dieta rica em carboidratos pode provocar menopausa precoce, sugere um estudo da Universidade de Leeds, no Reino Unido, com 914 mulheres britânicas. Videomonitoramento deve ser ampliado no município $ Ascom Paulista B-3 A-2 B-2 A-3 B-4 A-4 A-6 A-4 B-3 B-1 B-5 B-6A-5 $ Internet $ Divulgação
  2. 2. I redacao@paulistaemfoco.com.br I A-2 I Maio’2018 PAULISTA EM FOCO I as notícias da nossa cidade I O Jornal Paulista em Foco é uma publicação da Fatos Comunicação (MEI) Rua Lauro Sodré, 171, Mangabeira, Recife-PE. CNPJ: 28.154.027/0001-58 Redação Rua Sete de Setembro 48, Vila Torres Galvão Paulista/PE CEP: 53.403-540 E-mail: redacao@paulistaemfoco.com.br Site: www.paulistaemfoco.com.br Jornalista responsável: Denis Araújo - Reg. DRT/PE 4101 Fone: (81) 9.9693-1547 Gerente Comercial: Andréa Ribeiro Fone: (81) 9. 9609-1949 C omer muita massa e ar- roz foi associado à che- gada da menopausa um ano e meio mais cedo do que a idade média das mulheres no Reino Unido, de 51 anos. No entanto, também foi descoberto que uma dieta rica em peixes oleosos, ervilhas e feijões pode atrasar a meno- pausa natural. Especialistas dizem, porém, que muitos outros fatores, incluindo genes, influenciam a chegada da me- nopausa. Eles acrescentam que a dimensão do peso das esco- lhas alimentares sobre esses aspecto ainda não está clara e alertam que as mulheres não devem se preocupar em mu- dar o que comem com base nos resultados do estudo. Como sua dieta pode influenciar a chegada da menopausa Saúd Uma dieta rica em carboidratos pode provocar menopausa precoce, sugere um estudo da Universidade de Leeds, no Reino Unido, com 914 mulheres britânicas. A pesquisa, publicada no Journal of Epidemiology & Community Health, entrevis- tou mulheres sobre o que cos- tumavam comer. Uma dieta rica em legumi- nosas, que inclui ervilhas, fei- jões, lentilhas e grão-de-bico, atrasou a menopausa em um ano e meio, em média. Comer muitos carboidratos refinados, particularmente arroz e ma- carrão, foi relacionado à che- gada da menopausa um ano e meio mais cedo. Os pesquisadores levaram em consideração outros fato- res potencialmente influencia- dores, como o peso da mulher, a história reprodutiva e o uso de terapia de reposição hor- monal (TRH), mas não con- seguiram considerar fatores genéticos, que podem influen- ciar a chegada da menopausa. O estudo não pôde provar qualquer relação de causa, mas oferece algumas possí- veis explicações por trás das descobertas. Por exemplo, as leguminosas contêm antioxi- dantes, que podem manter a menstruação por mais tempo. Os ácidos graxos ôme- ga-3, presentes em peixes oleosos, também estimulam a capacidade antioxidante no organismo. Os carboidratos refinados aumentam o risco de resistência à insulina, o que pode interferir na ativida- de dos hormônios sexuais - e aumentar os níveis de estrogê- nio, que é um desses hormô- nios. Isso pode elevar a quan- tidade de ciclos menstruais, levando o estoque de óvulos a se esgotar mais rapidamente. Descobertas alimentares A coautora do estudo, Ja- net Cade, professora de epi- demiologia nutricional, disse que “uma compreensão clara de como a dieta afeta o início da menopausa natural será muito benéfica para aquelas que já podem estar em risco ou ter um histórico familiar de certas complicações rela- cionadas à menopausa”. As mulheres que passam pela menopausa cedo têm ris- co aumentado de osteoporose e doenças cardíacas, enquanto as que passam por ela tardia- mente têm maior risco de cân- cer de mama, útero e ovário. “Este estudo não prova uma relação com os alimentos mencionados, mas certamente contribui em relação ao co- nhecimento limitado que te- mos atualmente sobre por que algumas mulheres passam pela menopausa mais cedo do que outras”, diz Kathy Aber- nethy, enfermeira especialista em menopausa e presidente da Sociedade Britânica de Manopausa. Saffron Whitehead, pro- fessor emérito de endocri- nologia da Universidade de Londres e membro da Socie- dade de Endocrinologia, disse que “esta é uma abordagem interessante para investigar o momento da menopausa”, mas ponderou: “só que ainda não estou convencido de que a dieta sozinha pode explicar a idade de início da menopau- sa. Há muitos outros fatores envolvidos “. Channa Jayasena, clínico- sênior e consultor em endo- crinologia reprodutiva e an- Comer muita massa e arroz foi associado à entrar na menopausa um ano e meio mais cedo do que a idade média no Reino Unido, de 51 anos. Salmão e lentilhas estão entre os alimentos que, segundo o estudo, ajudaram a atrasar a menopausa em um ano e meio, em média Feijão é outro alimento que teria o potencial de atrasar a menopausa, mas, dizem os especialistas, estudos nesse aspec- to ainda precisam ir além Implicações para a saúde drologia do Imperial College, aponta que “o metabolismo do corpo desempenha um papel importante na regulação da ovulação e da menstruação”. “É tentador especular que isso forneça uma receita para retardar a menopausa. Mas, infelizmente, uma grande li- mitação desses estudos obser- vacionais é sua incapacidade de provar que o comporta- mento alimentar realmente causa a menopausa precoce. Até que tenhamos esse tipo de prova, não vejo razão para as pessoas mudarem as suas dietas.” $ Internet $ Internet $ Internet
  3. 3. Maio’2018 PAULISTA EM FOCO I as notícias da nossa cidade I I redacao@paulistaemfoco.com.br I A-3 I N o Paulista, o trabalho de incentivo ao alei- tamento materno, de- senvolvido pelas equipes da Unidade de Saúde da Família José Borges II, foi reconheci- do pelo Ministério da Saúde e recebeu a certificação da Es- tratégia Amamenta e Alimen- ta Brasil - Edição de 2017. A USF localizada na Ave- nida Dois, naAlameda Paulis- ta, é a única da Região Metro- politana contemplada com o certificado. A Estratégia Ama- menta e Alimenta, foi implan- tada no município em 2016, quando foram capacitados 22 tutores divididos em qua- tro territórios para ministrar o conteúdo para outros profis- sionais de saúde das unidades. No município, cerca de 30 gestantes são atendidas nas Unidades Básicas de Saúde e participam das atividades vol- tadas para o aleitamento ma- terno. Entre elas, a estudante de Nutrição Aline Gonçalves, de 21 anos. Mãe de primeira vez viagem, ela conta que no início, a pequena Ana Clara Correia sentia muita dificulda- de para mamar. “Tenho muito a agradecer aos profissionais do posto que me oferece- ram um suporte significativo para superar essa dificuldade. Aprendi muito com todas as orientações dadas aqui. Para mim, amamentar é algo sem palavras”, enfatizou. “Quando o MS certifica a unidade de saúde com este Saúde do Paulista recebe certificação da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil selo de qualidade, a população só tem a ganhar com esse re- conhecimento. Isso significa que os profissionais consegui- ram implementar a estratégia e alcançou os seus objetivos junto aos usuários”, disse a coordenadora de Nutrição do município Nancy Aguiar. De acordo com a secretá- ria municipal de Saúde Fa- biana Bernart, a certificação garante uma referência numa abordagem sobre um tema tão importante como aleitamento materno. “Para gente é uma honra. Aproveitamos para reafirmar o compromisso de levarmos esse modelo para todo o município. O prêmio é o reconhecimento que conse- guimos fazer Atenção Básica e trabalhar dentro das estraté- gias preconizadas tanto pelo Ministério da Saúde quanto pelo Estado”, enfatizou. Também presente à entre- ga da placa da certificação, a coordenadora de Segurança Alimentar da Secretaria Esta- dual de Saúde, a nutricionista Rijane Barros disse que a USF José Borges II cumpriu todos os requisitos para receber a certificação. “Durante a exe- cução da Estratégia Amamen- ta e Alimenta são observados seis passos, que vão desde oficinas com as gestantes até participação dos profissionais durante a iniciativa. A unida- de cumpriu de forma exem- plar”, frisou. No Brasil, atualmente 109 unidades de saúde foram certificadas desde a criação da estratégia, em 2013, que visa qualificar o processo de trabalho dos profissionais da Atenção Básica, incentivan- do o aleitamento exclusivo e alimentação saudável para crianças menores de dois anos de idade. Com o tema “O que você tem a ver com a corrupção?”, o Projeto Abraçando a Esco- la iniciou as ações do ano letivo de 2018, na terça-fei- ra (24.04). A iniciativa, que visa reeducar os estudantes, a fim de melhorar a realidade social do país, é fruto da par- ceria entre o Ministério Pú- blico e a Secretaria Munici- pal de Educação. A primeira palestra aconteceu na Escola Municipal Gelda Amorim, em Paratibe. Diminuir a estatística dos índices de gravidez na adolescência, consumos de drogas e corrupção de modo geral, é o grande foco do pro- jeto. Na ocasião, cerca de 280 estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, partici- param da palestra ministra- da pelo promotor de justiça Agnaldo Fenelon (foto). De forma dinâmica e direta, ele explicou sobre a cultura da corrupção para os jovens. O estudante André Luiz comentou que vai praticar as informações absorvidas por ele durante a ação. “A palestra nos alertou para que não sejamos mais corrompi- dos, da mesma forma, que não podemos corromper as pessoas. Aprendi que preci- so ter honestidade sempre, começando na escola e vou fazer isso a partir de agora”, afirmou. Para a gestora da unidade escolar, Edenilza Cabral, a ação contribui na sensibiliza- ção dos alunos, evitando os casos de bullying, violência na escola e outros tipos de comportamentos negativos. “A corrupção é um conteúdo atual, por isso é necessário aprofundar o conhecimento para que os estudantes te- nham entendimento e pos- sam fazer a diferença, desde já, para somar mais na fren- te”, destacou a gestora. Educar é formar cidadãos aptos para a vida social. A coordenadora de Projetos Interdisciplinares do Paulis- ta, Glauber de Brito, expli- ca que o objetivo da gestão é atingir todas as escolas da rede, do 6º ao 9º ano do En- sino Fundamental. “Estamos em busca de diminuir os ín- dices de drogas, violência e gravidez na adolescência no município. Construindo no- vos cidadãos com boa índo- le, para que eles possam ter um bom posicionamento na vida”, concluiu. No município, cerca de 30 gestantes são atendidas nas Unidades Básicas de Saúde e participam das atividades voltadas para o aleitamento materno. Alunos recebem ação do Projeto Abraçando a Escola $ Jorege Macrino/ Ascom Paulista $ Beatriz Lorrany/Ascom Paulista A equipe comemorou a certificação do Ministério da Saúde com um café da manhã
  4. 4. Maio’2018 PAULISTA EM FOCO I as notícias da nossa cidade I I redacao@paulistaemfoco.com.br I A-4 I V ocê conhece o cara- mujo gigante afri- cano? É um tipo de molusco gastrópode, que em contato com o homem, pode provocar muitas doenças por meio do contato direto ou in- direto. Ter um animal como este nas redondezas nem sem- pre significa que haja a in- fecção, no entanto, é preciso se prevenir, pois eles podem ser facilmente infectados nos locais onde vivem, podendo transmitir doenças considera- das graves para a população. No bairro do Janga, a Supe- rintendência de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde do Paulista recebeu uma noti- ficação de uma infestação de caramujos em um condomínio localizado na Rua Paudalho. Na terça-feira (24.04), equi- pes do órgão foram ao local e constataram a presença de de- zenas de animais no entorno das residências. Para o superintendente de Vigilância em Saúde alerta para as doenças transmitidas pelo caramujo Vigilância em Saúde, Fábio Diogo, a presença de tantos caracóis se trata de um desi- quilíbrio, podendo ter sido causado por vários fatores, como falta de um predador natural, ocorrência de chuvas, umidade, e poucos períodos de tempo aberto, favorecendo a proliferação dos animais. Para amenizar o problema, foi aplicada uma isca especí- fica para atrair o animal du- rante seu período de atividade noturna, quando se alimentam e morrem. A recomendação, de acordo com ele, é que a po- pulação faça a coleta desses caramujos, sempre com pro- teção, e se possível quebrar as carapaças, para que elas não se tornem focos do aedes ae- gypti. Uma das principais e pre- ocupantes doenças transmiti- das pelo bicho é a meningite viral, que pode causar ceguei- ra, paralisia e até mesmo a morte. No organismo das pes- Uma das principais e preocupantes doenças transmitidas pelo bicho é a meningite viral, que pode causar cegueira, paralisia e até mesmo a morte. Chamar a atenção da so- ciedade para o alto índice de mortes e feridos no trân- sito. Com esse objetivo, a Prefeitura do Paulista apoia essa iniciativa e vai realizar ações pelo município ao lon- go desse mês. Essa mobiliza- ção visa colocar em pauta as responsabilidades que cada cidadão deve ter para a cons- trução de um trânsito seguro. Devido à quantidade de vidas perdidas nas estradas, a Assembleia Geral das Na- ções Unidas definiu que de 2011 a 2020, os governos elaborem novas medidas para prevenir os acidentes de trânsito, que são responsá- veis por cerca de 1,25 milhão de mortes por ano, sendo a nona maior causa de óbitos no mundo. Sem campanhas de conscientização, a Orga- nização Mundial de Saúde estima que esse número che- gue a 2,4 milhões, em 2030, passando para a quinta maior causa de mortalidade. “A educação preventiva é a melhor forma de conscien- tizar os motoristas sobre os riscos oferecidos pelo trân- sito. Durante as ações, abor- daremos práticas que levem as pessoas a dirigir com se- gurança. Entendemos que o trânsito deve ser uma pauta permanente, diária, até por- que os acidentes já se torna- ram uma epidemia, que pre- judicam diretamente a saúde pública”, afirmou Ícaro Bar- bosa, um dos coordenadores da iniciativa no município. No Brasil, a meta do Maio Amarelo é reduzir em 50% as ocorrências trágicas no trânsito. Anualmente, a média de mortes no país é de aproximadamente 45 mil pessoas. Além do prejuízo emocional, cada acidente traz um custo econômico para os cofres públicos. São gastos cerca de R$ 56 bi- lhões por ano com acidentes no Brasil. Valor que daria para construir 1,8 mil hospi- tais e 28 mil escolas. A Secretaria de Mobili- dade e Administração das Regionais do Paulista apoia a causa e pede para que você crie consciência sobre al- gumas atitudes, lembrando que a maioria dos acidentes acontece por conta de esco- lhas inadequadas e arrisca- das. Evitando a imprudência no trânsito, você estará pre- servando a sua vida e a do próximo. Paulista celebra Maio Amarelo soas, após entrar no sistema nervoso central, o verme cau- sa inflamações das meninges, causando dores de cabeça e rigidez no pescoço. Ele também pode ser in- fectado pelo verme causador da meningite bacteriana, um tipo de meningite, que provo- ca dor de cabeça forte e cons- tante, rigidez na nuca e distúr- bios do sistema nervoso. De acordo com o superin- tendente, é preciso ter bastan- te cuidado com os riscos de ter contato com esses molus- cos. “Eles se alimentam de material em decomposição, de grama fermentada, que po- dem ter contato com algumas bactérias como a de roedores e assim transmitir algumas bactérias e vírus por meio do muco que ele vai deixando pelo caminho quando se loco- movem”, alertou Fábio. Serviços Públicos - Paralelo à ação de Saúde, a Prefeitura do Paulista também realizou uma ação de limpeza urbana, com a retirada de entulhos acumu- lados por um grande trecho da Rua Paudalho, no bairro do Janga. Ao todo, foram retira- das nove caçambas de entulho na via, com aproximadamente 12 metros cúbicos de lixo em cada viagem. A principal preocupação da prefeitura não é só a lim- peza, mas também a manu- tenção dessa limpeza, com a colaboração da população ao colocar lixo somente nos dias em que o carro da cole- ta passa, evitando o acúmulo indevido de lixo, que podem provocar a proliferação de do- enças. Em vários pontos do município, a Secretaria Exe- cutiva de Serviços Públicos do Paulista vem atuando com uma equipe de educação am- biental para tentar mudar essa cultura de alguns moradores da cidade. $ Ascom Paulista$ Ascom Paulista O caramujo gigante africano pode transmitir miningite viral A Prefeitura aproveitou e fez uma limpeza geral na localidade
  5. 5. Maio’2018 PAULISTA EM FOCO I as notícias da nossa cidade I I redacao@paulistaemfoco.com.br I A-5 I “ Passei várias semanas es- tudando porque eu sabia que ia ser muito difícil, já que havia uma grande con- corrência. Fui levando meus textos para os professores no decorrer das aulas e eles iam me dando dicas e dizendo onde deveria mudar e assim consegui conquistar o primei- ro lugar”. Esse é o relato do aluno, Rodrigo Fernandes, de 13 anos, que conquistou a maior nota de redação entre os concorrentes do Maria da Penha Vai à Escola, e levou para casa, na segunda-feira (07.05), um notebook para auxiliar os estudos. A solenidade, que faz par- te de uma parceria entre a Se- cretaria Especial de Políticas para as Mulheres e Educação da cidade, aconteceu no bloco C da Faculdade Joaquim Na- buco, no Centro do Paulista. Durante o evento 25 prêmios foram entregues, contemplan- do professores, estudantes e escolas da rede local de ensi- no, entre eles, um notebook, tvs, celulares e bicicletas. A professora da educação infantil, Andreia Bayer, expli- cou o que sente ao ver essa vi- tória dos seus alunos. “É mui- to satisfatório porque a gente não vê só nosso trabalho, mas também o desenvolvimen- to de cada aluno, de acordo com o que eles aprenderam e frutificaram com o próprio desempenho”. Ela ainda fa- lou como foi a dinâmica em sala. “Primeiro a gente con- Maria da Penha vai à Escola premia destaques A solenidade aconteceu no bloco C da Faculdade Joaquim Nabuco, no Centro do Paulista. Durante o evento, 25 prêmios foram entregues, contemplando professores, estudantes e escolas municipais. versou sobre a Lei Maria da Penha, para eles entenderem o assunto e muitos relataram si- tuações vivenciadas em casa. Depois, fizemos uma paródia e dela desenvolvemos uma peça teatral”. Segundo o secretário de Educação do Paulista, Carlos Junior, o programa é um su- cesso pela forma que a temáti- ca é abordada. “É um trabalho gratificante, bastante provei- toso e nós identificamos os avanços até na fala desses alunos. Eles começam a en- tender melhor a Lei Maria da Penha que, infelizmente teve que ser regulamentada, para que houvesse mais respeito de alguns homens com as mu- lheres. Além de regulamentar, temos que trabalha-la e juntas a Secretaria de Políticas para as Mulheres e a Secretaria de Educação estão levando de maneira lúdica, para as esco- las, o conhecimento dessa lei fazendo com que as crianças aprendem e repassem as in- formações e penalidades para a família”. A secretária de Políticas para as Mulheres do Paulista, Bianca Pinho Alves, ressaltou a iniciativa. “É uma satisfa- ção enorme estarmos aqui entregando a premiação da edição 2017 e no lançamento da edição 2018. É um progra- ma que é fundamental, pois através dele, estamos envol- vendo a comunidade escolar no enfrentamento à violência contra as mulheres e ao mes- mo tempo criando um novo conceito de sociedade para o futuro, onde meninos e meni- nas, com certeza, irão ter mais respeito e prezarão pela igual- dade de direitos e oportunida- des entre os gêneros”. Com a criação do prêmio, Paulista se tornou o primeiro município de Pernambuco a desenvolver uma iniciativa que busca propagar a mensa- gem de igualdade de gênero e não à violência contra a mu- lher nas unidades de ensino. O principal cemitério do município do Paulista, o Campo Santo São José, loca- lizado na Rodovia PE – 15, em Artur Lundgren I, come- çou na segunda-feira (07.05), a atualização cadastral para os proprietários ou responsá- veis por ossuários, túmulos e gavetas. A iniciativa tem como objetivo organizar os dados cadastrais do local. A atualização cadastral vai durar 90 dias. Para efe- tuar o procedimento, os pro- prietários devem levar os seguintes documentos: RG, CPF e documentação de identificação por qualquer um dos ossuários, túmulos e gavetas, documentos ori- ginais e cópias anexadas. A administração do cemitério funciona de segunda a do- mingo, das 7h às 12h e das 13h às 16h30. $ Jorge Macrino/Ascom Paulista Entre os prêmios entregues aos destaques de 2017 estavam notebook, tvs, celulares e bicicletas Cemitério Campo Santo São José começa atualização cadastral Dia das Mães O Dia das Mães marca a segunda maior visitação no principal cemitério do mu- nicípio, o Campo Santo São José, localizado na Rodovia PE – 15, em Artur Lundgren I, atrás somente do Dia de Finados. Por este motivo, a administração do local já está preparando toda a estrutu- ra para receber a população neste sábado (12) e domingo (13). Esta manutenção é rea- lizada continuamente para garantir à população a visita constante aos seus entes que- ridos em condições seguras. A iniciativa, que tem como objetivo organizar os dados cadastrais do local, vai durar 90 dias. $ Ascom Paulista
  6. 6. Maio’2018 PAULISTA EM FOCO I as notícias da nossa cidade I I redacao@paulistaemfoco.com.br I A-6 I P or meio de uma par- ceria suprapartidária exitosa, Paulista agora conta com novos veículos que prestarão um serviço de maior qualidade à população da cidade. Com um investi- mento de R$ 1,2 milhão, ori- undos de recursos municipais e emendas parlamentares des- ignadas pelos deputados fed- erais Cadoca, Daniel Coelho, Jorge Corte Real e Jarbas Vasconcelos, a secretaria de Saúde do Paulista adquiriu 12 veículos, sendo três ambulân- cias do SAMU, um caminhão e oito carros de passeio. O evento de entrega dos veícu- los aconteceu na sexta-feira (20.04), em frente à Prefei- tura do Paulista, no centro da cidade. De acordo com a secretária de Saúde do Paulista, Fabiana Bernart, a compra dos veícu- los foi feita numa perspectiva de melhorar os programas de abastecimento da Assistência Farmacêutica além de for- talecer os serviços de saúde. Na ocasião, ela ressaltou a importância da renovação das ambulâncias do Samu, como uma iniciativa do prefeito Ju- nior Matuto, o que vai otimi- zar o serviço móvel de urgên- cia no município resolver os principais problemas da frota antiga e no gasto com reparo devido ao desgaste. “Hoje o município do Paulista tem cinco carros do SAMU, mas na verdade, eles têm de ser trocados a cada 5 anos, e a gente já não tem mais a garantia do Ministério da Saúde para a renovação da frota. E a partir do momento que essa frota tem um des- gaste e começa a quebrar, ela começa a gerar muito custo para o município. São carros que rodam 24 horas por dia e para que a gente possa atender a população num tempo cur- to e com qualidade a gente precisa de veículos novos. E essa entrega vai garantir que a população continue sendo coberta pelo Samu Paulista, com qualidade, tempo e agili- dade”, destacou Bernart. Presente no evento, o deputado Daniel Coelho res- saltou que se sente muito fe- liz pela parceria envolvendo o prefeito Junior Matuto e os parlamentares, em busca de beneficiar a população. “A gente sabe que não existe dignidade para o ser humano sem saúde pública. É nesse momento que você pode ig- Saúde do Paulista adquire doze novos veículos com recursos de emendas parlamentares Com um investimento de R$ 1,2 milhão, oriundos de recursos municipais e emendas parlamentares designadas pelos deputados federais Cadoca, Daniel Coelho, Jorge Corte Real e Jarbas Vasconcelos, Paulista adquiriu 12 novos veículos ualar o cidadão mais pobre ao cidadão mais rico, na hora de ter um atendimento decente. eu fico muito feliz com essa parceria, e isso só é possível porque a gente está dando as mãos. é a unidade da ação do prefeito, dos deputados e dos vereadores que permite hoje a gente estar fazendo essa entrega”, completou o parla- mentar. Após realizar a entrega das chaves aos condutores dos veículos, o prefeito Ju- nior Matuto disse estar bas- tante satisfeito pelo fruto dessas parcerias com os deputados. Para ele, o dia de hoje é um dia marcante para a administração da cidade do Paulista. “A gente enfren- ta a crise unindo forças e eu costumo dizer que quando os políticos se unem quem ganha com isso é o povo. En- tão, o que estamos vendo aqui não é simplesmente renovar a frota, é ganhar economia na gestão, porque a gente acaba sem precisar locar carro, com uma frota própria, fazendo com que cada vez mais a gen- te preste um serviço de qual- idade à população”, concluiu Matuto. Dando prosseguimento ao certame e cumprindo a determinação do Ministério Público Estadual, a Prefeitura do Paulista, por meio da Con- temax Consultoria, divulga a lista dos aprovados na prova de títulos para concurso pú- blico da Secretaria Municipal de Educação. Com a divulgação do re- sultado, o Ministério Público estipula um prazo de 30 dias para a prefeitura homolog- ar e começar a convocar os aprovados. O concurso público para professores, nutricionistas e interprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais), foi real- izado em 29 de maio de 2016, para preencher 353 vagas. Ao todo, 13.602 pessoas se in- screveram no certame. Você pode conferir a lista dos aprovados acessando o www.paulista.pe.gov.br. Segue até o dia 31 de maio a campanha de vacinação contra a Febre Aftosa, em Paulista. O intuito é erradicar a doença na cidade e contin- uar com o saldo positivo dos anos anteriores, quando 100% dos rebanhos do município, que equivale a cerca de mil animais, entre bovinos e bub- alinos, foram imunizados. O trabalho é focado, principal- mente, nos pequenos produ- tores da Zona Rural. A ação acontece duas vezes por ano, graças a uma parceria entre a Secretaria de Turismo, Cultura e Desen- volvimento Econômico do Paulista, a Agência de Defe- sa Agropecuária de Pernam- buco (ADAGRO), Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) e o Ministério da Agri- cultura. A vacina é doada para pequenos criadores e uma equipe capacitada se dirige às propriedades para realizar a vacinação. As propriedades de grande porte, acima de 20 animais, os criadores são ori- entados a comprar a vacina. A febre aftosa é uma doença viral, altamente conta- giosa, que afeta animais como bois, búfalos, cabras, ovelhas e porcos. Educação divulga aprovados no concurso público vacinação contra a Aftosa segue até o final do mês $ Francisco Marques/ Ascom Paulista O prefeito Junior Matuto teve habilidade para garantir emendas de deputados de vários partidos
  7. 7. Desde então Paulista criou 4 unidades de conservação: o Parque Natural Mata do Frio, a Floresta Urbana Pau Sangue, a Floresta Urbana do Ronca e a Floresta Urbana dos Maranguapes, que juntas somam cerca de 300 hectares. Quando consideramos tudo, temos quase 1.000 quartei- rões de florestas legalmente protegidos. Como dito acima, nessa época de crise não podemos nos entusiasmar só com o crescimento espantoso da ci- dade, a volta das fábricas ou a implantação de grandes bair- ros planejados, há ainda mui- to o que proteger e cuidar. A política ambiental justamente nessa época não pode parar de avançar. É necessário ge- renciar e fiscalizar as áreas já criadas, promovendo meios para que a população possa conhecer e usufruir de seu pa- trimônio natural. Além disso, é possível criar ainda mais unidades de conservação dentro da cidade, o que po- derá garantir um crescimento urbano sem interferências no que temos de mais importante de nosso verde. *Fábio Barros é presidente da Câmara de Vereadores do Paulista Maio’2018 PAULISTA EM FOCO I as notícias da nossa cidade I I redacao@paulistaemfoco.com.br I B CADERNO O s novos problemas deste início de século têm contribuído para ofuscar a questão ambiental. No campo internacional a guerra ao terror, as disputas econômicas e o movimento antiglobalização tem deixado de lado as discussões sobre as mudanças climáticas. Em nosso país, a crise econômica e política e o crescimento de uma onda conservadora que tenta promover o progresso a qualquer custo e marginaliza o ambientalismo, tem para- lisado a política ambiental. Não vemos mais, faz algum tempo, qualquer avanço sig- nificativo nesta área, ao con- trário, o que temos são retro- cessos. Vivemos hoje numa re- gião metropolitana onde ainda resistem importantes fragmentos de Mata Atlânti- ca, grandes porções de man- guezais, sempre sob ameaças. Além disso, temos uma cul- tura voltada para valorização de nossas riquezas naturais e um histórico de lutas, por isso, não podemos deixar en- fraquecer o engajamento de nossa sociedade na defesa ambiental. Embora algumas ações de governo ainda cami- nhem, não mantêm o mesmo fôlego de antes, apesar dos problemas ambientais não se aquietarem como ocupações em áreas de matas, esgotos a céu aberto e a falta de desti- nação adequada do lixo. Nesses momentos de cri- se é necessário um manter olhar cuidadoso sobre o meio ambiente, pois consideramos mais os problemas imediatos, como geração de empregos, a melhoria da economia, a segurança pública, a polariza- ção política, e por vezes não nos damos conta de que de- veríamos debater e continuar aprimorando nossas políticas ambientais. Como paulistense, que passou a infância nas praias cobertas por coqueiros, na- dando nos rios ou exploran- do as matas, não deixo de ter saudades do passado, mas temos que admitir que os tempos são outros, e que de toda a Região Metropolitana, Paulista é a cidade que mais cresce e se transforma hoje. Muitas pessoas com quem converso querem os empre- Muita gente não sabe, mas Paulista possui mais de 40% de seu território protegido legalmente. Por Fábio Barros* gos, as fábricas os prédios, mas ao mesmo tempo tem enorme insatisfação com a mudança na paisagem de nos- sa cidade. Sempre nos acos- tumamos com muito verde e de fato temos um patrimônio natural dos mais representa- tivos. O desafio é justamente compatibilizar tudo isso: o crescimento da cidade com a proteção ambiental. Muita gente não sabe, mas Paulista possui mais de 40% de seu território protegido le- galmente. Hoje grandes por- ções de mata são Unidades de Conservação da Natureza. A Mata da Jaguarana, parte da Mata do Janga e a Esta- ção Ecológica de Caetés, são áreas protegidas que começa- ram a ser criadas pelo Esta- do ainda em 1987. Somadas representam 621 hectares de Mata Atlântica sob proteção legal, além disso, boa porção do município foi mais recen- temente, em 2010, inserida dentro da Área de Proteção Ambiental Aldeia-Beberibe. O município começou sua política de proteção ambien- tal apenas em 2013, crian- do para a proteção das áreas naturais mais representativas um Sistema Municipal de Unidades de Conservação da Natureza e Áreas Verdes. Isso possibilitou o governo municipal criar áreas com ob- jetivos de conservação e pro- teção, sob regime especial de administração, e com garan- tias legais de proteção. Isso quer dizer que a criação de uma unidade de conservação, não é só o reconhecimento de que uma área merece ser pro- tegida, mas é um instrumento legal que permite punir rigo- rosamente quem promove sua degradação Em defesa do meio ambiente $ Divulgação O vereador Fábio Barros tem pautado o seu mandanto na defesa do meio ambiente $ Internet Floresta Urbana do Ronca é um dos espaços verdes do Paulista
  8. 8. Maio’2018 PAULISTA EM FOCO I as notícias da nossa cidade I I redacao@paulistaemfoco.com.br I B-2 I A tualmente o Corpo de Bombeiros Militar leva em torno de 15 minutos em deslocamentos para atender uma chamada no município do Paulista. Este tempo vai ser muito menor quando estiver funcionando uma nova Seção da Corpora- ção na PE-22, no Bairro de Nossa Senhora da Conceição. Os detalhes para receber uma expansão da Corporação dos Bombeiros foram discu- tidos na terça-feira (24.04), no Comando Geral CBMPE, no Centro do Recife, e a ex- pectativa é que no segundo semestre esta Seção já esteja funcionando com duas viatu- ras, sendo uma de salvamento e outra de combate a incên- dio, e com um efetivo de 10 homens, como detalhou o co- ronel Arnóbio. “Nós vamos deslocar, em princípio, 10 homens para atuar na Seção de Paulista. Mas a tendência é em breve aumentar este efetivo com os novos bombeiros que estão sendo preparados no curso de formação”, adiantou o coro- nel Arnóbio. O coronel Cunha, coman- dante Geral do CBMPE, acre- Paulista vai contar com em breve uma unidade do Corpo de Bombeiros dita que é necessário encurtar distâncias para melhorar cada vez mais o atendimento à po- pulação. E esta expansão para Paulista é um grande avanço para os municípios do Litoral Norte. “A instalação desta Se- ção em Paulista vai aproximar e muito o Corpo de Bombei- ros da população, já que vai dar mais agilidade no atendi- mento em Paulista e nas de- mais cidades do Litoral Norte. Então, ganha Paulista, ganha as cidades da região e ganha Pernambuco”, concluiu o co- ronel Cunha. Depois de garantir o que for preciso para acelerar a ins- talação da Unidade do Corpo de Bombeiros no município, o prefeito do Paulista, Junior Matuto, lembrou que a ida de uma unidade do Corpo de Bombeiros não é só um refor- ço na segurança da população, é também facilidade para a população do Paulista e do en- torno. “Vale lembrar que esta ida de uma Seção do Bom- beiro para nossa cidade, não significa só mais rapidez no atendimento das emergências. É também uma facilidade para quem precisar resolver com rapidez questões como libera- ção de licença, que agora vai poder fazer na própria cidade. Então, é Paulista consolidando sua autonomia, fruto de mais uma parceria com o Governo do Estado, onde quem ganha com isso é toda a população da Região Metropolitana Nor- te”, ressaltou Matuto. Participaram ainda da reunião, os secretários muni- cipais Roberto Couto, de De- senvolvimento Urbano e Ha- bitação e Manoel Alencar, de Segurança Cidadão e Defesa Civil. Pelo CBMPE, além do Comandante Geral, coronel Cunha, os coroneis Rossini, Arnóbio e Ivan, além do te- nente-coronel Fernandes e o arquiteto Claudio Selva. Alunos recebem certificados de cursos profissionalizantes “O curso foi muito im- portante para mim, hoje sa- bemos que com a crise a difi- culdade é grande. Mas, essa qualificação trouxe benefí- cio porque já estou produ- zindo pizza e vendendo para os vizinhos. Trazendo um ganho financeiro bom. Tam- bém espero que a Prefeitu- ra proporcione esse tipo de iniciativa para todos”, disse a estudante Sucy Cavalcan- te Alves, 42 anos, uma das concluintes do Projeto Novo Horizonte, ao receber o cer- tificado do curso. Essa iniciativa visa qua- lificar estudantes do nono ano do Ensino Fundamental e alunos da 1º a 3º fase do Ensino de Jovens e Adultos (EJA), para a qualificação e a preparação para o mercado de trabalho. Entre os cursos ofertado estão Introdução à informática, básico em Ex- cel, Operações básicas em laboratório químicos e Fa- bricação de pizzas. A Solenidade aconteceu na sexta-feira (04.05), no auditório do Senai, locali- zado na Rodovia BR 101 Norte, Paratibe. Na ocasião a Orquestra Aristides Borges embalou canções durante os intervalos, no total 75 alunos receberam os certificados. O Secretário de Educa- ção do Paulista, Carlos Ju- nior falou da satisfação e do orgulho de ver os alunos concluindo os cursos. “Para que os estudantes tenham a oportunidade no mercado de trabalho. Paulista e a Região Norte estão se preparando para receber indústrias de grande porte que vão preci- sar de mão de obra qualifi- cada. Com esse desenvolvi- mento não podemos deixar os moradores de paulista e de outras regiões de fora. E nada mais do que a qualifi- cação profissional para inse- ri-los, ” disse. A Nova Seção da Corporação na PE-22, no Bairro de Nossa Senhora da Conceição. Participaram estudantes do nono ano do Ensino Fundamental e alunos da 1º a 3º fase do Ensino de Jovens e Adultos (EJA) $ Francisco Marques/ Ascom Paulista Com a chega de uma unidade da corporação no Paulista o atendimento à população terá mais rapidez $ Almir Martins/Ascom Paulista Entre os cursos, introução a informática e básico em Excel
  9. 9. Maio’2018 PAULISTA EM FOCO I as notícias da nossa cidade I I redacao@paulistaemfoco.com.br I B-3 I P ensando em reforçar o combate à violência e a criminalidade no município, o secretário de Segurança Cidadã e Defe- sa Civil do Paulista, Manoel Alencar defendeu a expansão do vídeo monitoramento real- izado pelas câmeras que com- põem o Centro Integrado de Segurança (CIS) da cidade. Isso aconteceu no Shopping Norte Janga, em um encontro, na quinta-feira (26.04), que contou com a participação de representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas. O fortalecimento à Segu- rança Pública tem sido uma das prioridades da gestão, que viabilizou há pouco mais de dois anos, a instalação de uma Central Integrada de Se- gurança no município. A ini- ciativa fortaleceu o trabalho da Guarda Municipal e dos Policiais do 17º BPM, propor- cionando mais eficácia na co- municação entre o COPOM e as viaturas em serviço. No momento, Paulista disponibiliza 17 câmeras de vídeo monitoramento que estão distribuídas em pontos estratégicos do município, como o comércio, as entradas dos bairros, as praças públi- cas e as vias de acesso à ci- dade. Ao todo, nove bairros recebem o apoio da tecno- logia na segurança, Jardim Paulista, Paratibe, Aurora, Centro, Maranguape I, Ma- ranguape II, Nobre, Alameda Paulista deve ampliar videomonitoramento para fortalecer segurança O desejo do ecretário de Segurança Cidadã e Defesa Civil é ampliar o número das câmeras de 17 para algo superior a 32, o que incluiria o bairro do Janga na abrangência do serviço. e Vila Torres Galvão. Alencar destacou que a utilização de sistemas de vídeo monitoramento em áreas urbanas na prevenção da criminalidade é um camin- ho para a obtenção de resul- tados positivos no âmbito da segurança pública. O desejo do gestor é ampliar o núme- ro das câmeras de 17 para algo superior a 32, o que in- cluiria o bairro do Janga na abrangência do serviço. Com uma população supe- rior aos 40 mil habitantes, o Janga é um dos bairros mais populosos da cidade. Por ter uma área litorânea extensa, ele conta com uma belíssima orla, utilizada pelos mora- dores para a prática de ativi- dades físicas. De acordo com Alencar, essa área seria uma das primeiras a se beneficiar com a expansão do trabalho. “A orla do bairro passaria a contar com a nossa super- visão, o que sem dúvidas pro- porcionaria mais segurança à população”, afirmou. O secretário finalizou ex- plicando como funciona o serviço. “O vídeo monitora- mento permite a vigilância eletrônica de vários locais, e em tempo real. Isso agrega muito no trabalho da polícia, pois agiliza o envio de viatu- ras para áreas que contenham pessoas em atitudes suspeit- as”, salientou. Vale lembrar que a popu- lação do Paulista pode partic- ipar das ações de combate à violência através do aplicati- vo Paulista Conectada. Basta fazer a procura por essa fer- ramenta digital na loja virtual do seu celular. Após a vali- dação do seu número, você poderá relatar casos ligados a segurança pública, como a violência contra a mulher, furtos, roubos, ausência de iluminação pública, brigas e até falta de limpeza urbana. A Companhia Pernam- bucana de Saneamento (Compesa) iniciou na segun- da-feira (07.05), uma obra na rede coletora de esgoto na Avenida Presidente Tancre- do Neves - sentido Centro do Paulista/BR-101 - no bairro de Jardim Paulista Baixo. Em função da complexidade da obra, a intervenção está prevista para ser finalizada dentro de 20 dias, ou seja, no dia 27 de maio. A execução dos serviços vai afetar o trânsito no lo- cal, por isso, no período da obra, a Avenida Presidente Tancredo Neves será trans- formada em uma via de mão dupla, no trecho situ- ado entre a interseção com a Rua Cinquenta e Oito e a Praça Aníbal Fernandes. As linhas de ônibus, que pas- sam no local, também terão seus itinerários desviados, conforme sinalização: 902 – Mirueira/Macaxeira; Ar- thur Lundgren II/Macaxeira; 1906 - TI Pelópidas/TI Ma- caxeira; 1907 - Paulista/Rio Doce; 1931 - Jardim Paulista Baixo/TI Pelópidas e 1936 - Mirueira (Bacurau). Os usuários de transporte público também devem ficar atentos à mudança no pon- to de embarque e desem- barque de número 140061, na Avenida Tancredo Neves, que deixará de ser atendido temporariamente. No perío- do da obra, a orientação é utilizar a parada de número 140062, que fica localizada na Avenida C, em frente à Paróquia Santa Lúcia (lado oposto à Praça Aníbal Fer- nandes). A obra de saneamento será executada pela BRK Ambiental, parceira privada da Compesa no Programa Cidade Saneada, numa ex- tensão de 380 metros da Avenida Tancredo Neves, a partir da Rua Cinquenta e Oito até a altura do Núcleo da Polícia Militar. Essa inter- venção possibilitará o des- vio de uma tubulação (150 milímetros de diâmetro) da rede coletora de esgoto, com 76 metros de extensão e que se encontra danificada. Obra de esgoto altera trânsito em Jardim do Paulista Baixo A intervenção está prevista para ser finalizada dentro de 20 dias, ou seja, no dia 27 de maio. O Secretário Manoel Alencar conversou com empresários do Shopping Norte Janga $ Ascom Paulista
  10. 10. Maio’2018 PAULISTA EM FOCO I as notícias da nossa cidade I I redacao@paulistaemfoco.com.br I B-4 I E stão abertas até o dia 6 de junho as inscrições para o concurso público da Prefeitura do Paulista para preenchimento de 439 vagas, com oportunidades são para as áreas de saúde, assistência social e meio ambiente. Os salários oferecidos variam de R$ 1.040,30 a R$ 4.931,02. O Instituto de Apoio à Universi- dade de Pernambuco (IAUPE) será a banca organizadora. O concurso é para contratação imediata. As oportunidades são para as áreas de Saúde, Assistên- cia Social e Meio Ambiente. Das vagas ofertadas, 88% são para a área de saúde, que cor- respondem a 387 dos cargos, entre eles, de médico, enfer- meiro, cirurgião dentista, nu- tricionista, educador físico, psicólogo, assistente social, terapeuta ocupacional, ACS, ACE e maqueiro. A assistên- cia social disponibiliza 31 cargos, enquanto a área de meio ambiente fica com 21 vagas. As inscrições custam R$ 50 (nível fundamental), R$ 70 (nível médio) e R$ 100 (nível superior). O prazo para soli- citação de isenção da taxa de inscrição vai até o dia 12 de Prefeitura do Paulista abre concurso com 439 vagas maio. O concurso terá duas etapas: objetiva (para todos os cargos) e títulos (apenas para os cargos de nível superior). As provas, que serão aplica- das nas cidades do Paulista e Recife, ocorrerão no dia 29 de julho. Após sua publicação na última sexta-feira (27), o edital do Concurso Público da Prefeitura do Paulista se- guiu para ser analisado pelo Tribunal de Contas. O ato de admissão, como é chamado o processo de verificação do Tribunal, dura em média seis meses, mas segundo o chefe de gabinete, Francisco Pa- dilha, a espera não impede o processo e o cronograma segue conforme previsto no edital. “O edital já foi publi- cado, já o encaminhamos ao Tribunal de contas junto aos documentos para analisar e avaliar. E agora vai seguir o cronograma normal. Até o momento não houve nenhu- ma impugnação. Temos que aguardar o prazo do Tribunal para ver se estamos dentro dos padrões da permissão ou não do concurso. Eu acredito que não vai haver nenhuma intercorrência pois o concur- so é muito mais para a subs- tituição que para a admissão de profissionais”. As inscri- ções só poderão ser feitas no site da banca organizadora, o www.upenet.com.br. As oportunidades são para as áreas de Saúde, Assistência Social e Meio Ambiente. Os salários oferecidos variam de R$ 1.040,30 a R$ 4.931,02. “Governa-se um grande Estado assim como se frita um pequeno peixe.” Lao-T- sé, filósofo chinês, Séc VI a.C. Para ambos, lembra-nos o filósofo, precisamos ter cuidados extremos. A histó- ria do Urbanismo mundo a fora registrou muitos fatos que levaram à consolidação desse importante segmento associado à Arquitetura e responsável por ‘dar a cara’ às cidades. Ao longo dos séculos, o Urbanismo foi sendo cada vez mais exigido para acompanhar o cresci- mento das cidades, seus sis- temas viários, a distribuição geográfica de seus espaços públicos e privados, a cria- ção de áreas de convivência coletivas, enfim, a cara das cidades como as vemos. O rápido crescimento in- dustrial da Europa do Séc. XIX, a partir da Inglaterra, advindo da Revolução In- dustrial iniciada na segun- da metade do Séc. XVIII, trouxe uma grande movi- mentação de pessoas vindas dos campos para as cidades, onde foram acontecendo grandes adensamentos po- pulacionais com as terríveis consequências disso para as próprias pessoas e, como não poderia deixar de ser, para as cidades da época. Vivia-se a importante era Vitoriana, sob o reinado da Rainha Vic- toria (1819-1901), marcada por influencias na Arquite- tura, na Literatura e nas Ar- tes. Londres foi a primeira cidade a contar com mais de 1 milhão de habitantes, que logo transformaram a cidade em ambiente inóspito e degradado. Doenças dizi- maram milhares de pessoas, Londres sofreu um grande incêndio e seguidas inunda- ções através de enchentes do Rio Thamisa, que destruí- ram grande parte da cidade. A cidade levou décadas para se recuperar e rearrumar-se urbanisticamente. Expandindo-se pela Eu- ropa continental, a Revolu- ção Industrial logo promo- veu o crescimento de muitas cidades importantes a partir da França, tendo em Paris a sua maior expressão. A Paris do Séc XIX vivia sob o rei- nado de Napoleão III (1808- 1873), Imperador do Segun- do Império Frances, que era sobrinho e sucessor do len- dário Napoleão Bonaparte. O crescimento da cidade de Paris e a cobiça dos invaso- res e saqueadores, levavam Napoleão III a ter pavor de invasões, tanto pelo rio como por terra. Seu poderoso exér- cito vivia sempre em alerta. Governava Paris à época (a cidade era conhecida como Departamento do Sena) o seu genro, o Barão George Haussman, a quem Napo- OPINIÃO $ Internet Os interessando em ingressar no serviço público tem a oportunidade de trabalhar no Paulista Reformas Urbanas A opinião abixo é de inteira responsabilidade do autor Paulo Marenga Arquiteto e Urbanista paulomarenga@yahoo.com.br leão encarregou de elaborar um plano de reforma para a cidade que permitisse serem eventuais invasores vistos com mais facilidade por suas tropas. Foi a primeira grande reforma urbana registrada, e ela foi radical. Haussman reduziu a rui- nas estreitas ruas, centenas de prédios antigos, as cons- truções e as muralhas da antiga cidade medieval que ainda resistiam ao tempo. Pequenos trechos daquelas antigas muralhas ainda po- dem ser vistos nos subterrâ- neos ou pequenos quintais da cidade, e são procurados por estudantes e interessa- dos na história antiga. O reformista Haussman ficou conhecido pela alcunha de artista da destruição mas, em contrapartida, legou a Paris os belíssimos boulevares, idealizados em um traçado radial, estabeleceu padrões de gabarito para as constru- ções e criou alguns dos mais belos parques parisienses, cuidadosamente preserva- dos, como ainda hoje podem ser vistos e admirados por quem visita a cidade luz. Outra importante refor- ma urbana ocorrida na Euro- pa e digna de registro, foi a que se deu na cidade de Bar- celona, Espanha, que pos- suía um grande adensamento populacional intramuros na sua cidade medieval, ainda preservada. O responsável pelas mudanças ocorridas na cidade ficaram a cargo do Arquiteto Idelfonso Cer- dà (1815-1876), também ocorridas na metade do Sec. XIX. A grande preocupação de Cerdà foi a preservação da histórica cidade medie- val, incluindo em seu plano largas avenidas com mais de 20 metros de largura e ha- bitações multifamiliares em prédios com gabarito único, possuíam uma única entrada que levava as pessoas a um imenso pátio central. Como vemos, ele priorizou a habi- tação coletiva e a circulação de pessoas. Seus prédios eram chanfrados nos seus quatro cantos, permitindo melhor visualização das pessoas. Seu plano urbanís- tico também contemplou um imenso parque no centro do seu projeto demonstrando, já à época, preocupação com a preservação e manutenção do verde, ainda hoje essen- ciais à vida nas cidades. Houve, ainda, outras re- formas urbanas na Europa, como a de Viena, Áustria, promovida um pouco depois das duas aqui mencionadas. Pois bem, assim são as cida- des, precisam de cuidados permanentes pois, como já dissemos, elas crescem, en- velhecem e podem morrer. Portanto, cuidemos cada vez mais das nossas cida- des, proporcionando-lhes as reformas necessárias para que se tornem cada vez mais atraentes, agradáveis e habi- táveis.
  11. 11. Maio’2018 PAULISTA EM FOCO I as notícias da nossa cidade I I redacao@paulistaemfoco.com.br I B-5 I Instituto Jéssika amplia estrutura física para garantir mais conforto aos alunos O Instituto Jéssika Cos- ta vem crescendo em estrutura física, equi- pamentos, tecnologia, núme- ro de alunos e funcionários. Inovando e aprimorando cada vez mais a qualidade de en- sino, fazendo educação para a vida. Este ano, o Instituto ganhou mais 5 salas de aula, uma de ballet, uma quadra e duas áreas de lazer, marcan- do os 25 anos da instituição de ensino, que se consolida como um dos maiores e me- lhores centros educacionais do Paulista. O Jéssika Costa oferece Educação Infantil, Funda- mental I (1º ao 5º ano) e Fun- damental II (6º ao 9º ano), além de Inglês, Espanhol, Robótica, ballet e atividades culturais. “A escola começou com sete alunos e as aulas eram realizadas no terraço de uma casa, a primeira que adquirimos. Mas, meu sonho sempre foi com uma escola em que o aluno se sentisse amado e valorizado, onde pu- desse desejar, sonhar, imagi- nar, criar e transformar. Uma escola com uma estrutura fí- sica que garantisse conforto, que fosse atrativa para os alu- nos, de forma que eles pudes- sem sentir-se à vontade para desenvolverem suas ativida- des, fortalecendo o aprendi- zado. Hoje, temos está esco- la, mas não paramos por aqui. Queremos avançar ainda mais e estamos trabalhando para isso”, disse a diretora do Instituto Jéssika Costa, a pro- fessora Antônia Áurea. Com a ampliação, a unida- de de ensino passou a contar com 21 salas de aula, duas quadras, duas cantinas, oito banheiros, sala de Ballet e duas áreas de lazer. O insti- tuto tem cerca de 900 alunos e 50 funcionários, entre eles, professores, pessoal adminis- trativo, apoio e psicóloga. Seguindo a linha de uma gestão democrática e valori- zando a importância da pre- sença dos pais na educação dos estudantes, na sexta-feira (27.04), foi realizada a entre- ga dos kits de materiais didá- ticos aos alunos da Educação Infantil ao Ensino Jovem e Adulto, da Escola Municipal Cônego Costa Carvalho, em Maranguape I. Na ocasião, os responsá- veis pelos estudantes recebe- ram os kits – que contém uma mochila, dois cadernos, lápis, borrachas, canetas e aponta- dor – e participaram de um bate papo com o secretário de Educação Carlos Júnior e com a gestora da escola Flá- via Vieira. Na ocasião, o ges- tor aproveitou a oportunidade para esclarecer dúvidas fre- quentes dos pais e represen- tantes dos alunos. O secretário de Educação, Carlos Júnior, acredita que o acompanhamento dos pais na escola fortalece a responsabi- lidade dos alunos de estudar. Na ação, ele aproveitou para incentivar a presença da fa- mília no desenvolvimento escolar da garotada. “Con- versem com os professores, busquem estar por dentro de tudo. É importante que vocês estejam presentes, participan- do ativamente da aprendiza- gem de seus filhos”, enfatizou o secretário. A unidade de ensino oferece Educação Infantil, Fundamental I (1º ao 5º ano) e Fundamental II (6º ao 9º ano), além de Inglês, Espanhol, Robótica, ballet e atividades culturais. Alunos recebem kits escolares $ Paulista em Foco $ Paulista em Foco $ Paulista em Foco $ Paulista em Foco $ Almir Martins/ Ascom Paulista O Instituto Jéssika Costa ganhou 5 novas salas de aula A unidade de ensino agora conta com uma sala de Ballet A garotada do Jéssika gamhou duas áreas de lazer O Instituto tem se consolidade com um dos maiores centros enducacionais do Paulista
  12. 12. Maio’2018 PAULISTA EM FOCO I as notícias da nossa cidade I I redacao@paulistaemfoco.com.br I B-6 I A pós dois anos de ope- ração sem reajuste e para garantir a gratui- dade dos idosos e das pessoas com deficiência para utilizar as vagas de estacionamento, a partir da quarta-feira (02.05), o valor cobrado no estacio- namento rotativo Zona Azul, em Paulista passou por um reajuste. Por causa disso, os moto- ristas devem ficar atentos com a mudança no valor cobrado do serviço. Para motocicletas, o valor passará de R$ 0,75 para R$ 1,00, para perma- nência na vaga de uma hora. Já para duas horas na vaga, a tarifa passará de R$ 1,50 para R$ 2,00. Já os carros, a tarifa passa de R$ 1,50 para R$ 2,00 e de R$ 3,00 para R$ 4,00, para cada uma e duas horas de permanência na vaga respec- tivamente. O município conta no mo- mento com 745 vagas, reser- vadas para carros e motos dis- poníveis na região central da cidade. Desse total, 5% são destinadas aos idosos, outros 2% às pessoas com deficiên- Para manter os benefícios dos idosos e deficientes, o Zona Azul vai ser reajustado cia. O serviço funciona de se- gunda a sexta feira, das 08h às 18h, e aos sábados, das 08h às 13h. A Prefeitura oferece 14 pontos de venda para a aqui- sição dos tickets de estaciona- mento, além de 12 monitores identificados nos locais de pa- rada. O usuário também pode realizar a compra do crédito pela internet e até mesmo vi- sualizar as vagas disponíveis. Outra facilidade do aplicativo é que o usuário, através de mensagem, é avisado quando o horário de permanência na vaga está vencendo. Para fa- zer a consulta dos pontos de venda, o usuário pode acessar o endereço eletrônico: www. zonaazulpaulista.com.br GRATUIDADE – Para ter di- reito de utilizar as vagas nas áreas reservadas no ZonaAzul de forma gratuita, idosos e de- ficientes devem apresentar o cartão de identificação oficial no painel dianteiro do veículo. Para a retirada da credencial gratuita, o condutor deve se dirigir até a sede da Secretaria de Mobilidade e Administra- ção das Regionais, localizada na Rua Campo Grande s/n, no bairro da Aurora, por trás do Ademir Cunha. Se as demais vagas já estiverem ocupadas, eles devem pagar. O Dia das Mães está chegando e você pode ficar ligado nas novidades que o Espaço Fêmea preparou. A loja reúne diversos produtos para as mamães de todas as idades. Tem artesanato, bi- juterias, acessórios, utensí- lios e objetos de decoração. O Espaço Fêmea funciona no Paulista North Way Sho- pping, na Rodovia PE-15, área central da cidade, de segunda a sábado, das 09h às 22h, e aos domingos, das 12h às 20h. No local, os filhos vão encontrar mais de 200 arti- gos produzidos com mate- riais sustentáveis, como ta- petes de retalhos, bolsas de tecidos, carteiras, almofadas decorativas, porta celular, sandálias personalizadas, entre outros. As peças estão à venda com valores que variam de R$ 5 a R$ 100 - podendo ser adquiridos tam- bém com cartão de crédito. A loja Espaço Fêmea faz parte da iniciativa do Projeto Fêmea desenvolvido pela Se- cretaria Executiva de Políti- cas para as Mulheres. No lo- cal, cerca de 60 mulheres que fazem parte daAssociação de Artesãs do Paulista comer- cializam seus produtos. O município conta no momento com 745 vagas, reservadas para carros e motos disponíveis na região central da cidade. Desse total, 5% são destinadas aos idosos, outros 2% às pessoas com deficiência. Espaço Fêmea tem ótimas opções de presente para o Dia das Mães O serviço funciona de segunda a sexta-feira, as 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 13h. $ Ascom Paulista $ Ascom Paulista

×