Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Abril.2018

106 views

Published on

Jornal PE Notícias

Published in: News & Politics
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Abril.2018

  1. 1. Abril 2018 PAULISTA EM FOCO as notícias da nossa cidade A-3redacao@paulistaemfoco.com.br P or meio da formação de liderança e redes de apoio, assim como ca- nais de comercialização de produtos artesanais, a primei- ra edição do Expofêmea foi um grande sucesso. Na quin- ta-feira (12.04), foi o terceiro e último dia do evento, que teve como objetivo fortalecer o empreendedorismo femini- no com exposições no Paulista North Way Shopping e pales- tras gratuitas na Universidade Joaquim Nabuco, no Centro. A iniciativa contou com 12 estandes de diversas artesãs empreendedoras, com peças produzidas que estão à venda com valores que variam de R$ 5 a R$ 200. Além de participar das ex- posições, as mulheres empre- endedoras também tiveram a oportunidade de agregar conhecimento por meio das palestras realizadas na Uni- Nabuco. Nesta quinta, o tema abordado pela manhã foi so- bre a formação de redes de apoio e as redes sociais como ferramenta de negócio, minis- trado pela palestrante Eduarda Minellau. Na ocasião, a espe- cialista aproveitou ressaltou importância da Expofêmea. “Está sendo incrível estar hoje com essas mulheres em- preendedoras e tenho a certe- za de que cada uma recebeu sua mensagem para comer- cializar mais, se relacionar melhor e se conectar entre si e criar mais parceria. Parabe- nizo esse evento que tem sido muito importante para a vida dessas empreendedoras”, de- clarou a palestrante. A secretária executiva de Políticas para as Mulheres do Paulista, Bianca Pinho Alves, ressaltou que a primeira edi- ção da Expofêmea vem tendo um resultado fantástico. “A questão da rede de negócios, da comercialização e de agre- gar valores com a sabedoria que está sendo colocado com as palestras, tem sido um momento bastante enrique- cedor. Para as empreendedo- ras é de muita importância. A exposição no Shopping é mais uma oportunidade da comercialização e exposição de seus produtos. Com isso, aumentamos o leque do apoio e da divulgação dos seus pro- dutos, e assim criamos a co- mercialização e ampliação de rede de negócios”, concluiu a gestora. Durante o evento, o públi- co feminino também contou com serviços gratuitos de be- leza e bem-estar. A iniciativa é da Secretaria Executiva de Políticas para as Mulheres em parceria com UniNabuco, que integra o Grupo Ser Educa- cional e Paulista North Way Shopping. “Hoje é um dia de vitó- ria e um momento mais que especial para nós, que há 17 anos, lutamos por isso. Nos- so sonho sempre foi trans- formar a Banda Municipal Aristides Borges da Silva em Banda Sinfônica. Finalmen- te, graças à força do prefei- to Junior Matuto, Paulista passa a ter a segunda banda sinfônica do estado”. Essas foram as palavras emocio- nadas do maestro Leonildo Araújo, durante a votação do Projeto de Lei n° 1.930/80, do Executivo Municipal, aprovado por unanimidade, na terça-feira (03.04), no Plenário da Câmara dos Ve- readores do Paulista. Com a mudança, aos poucos, o quadro de músicos da banda terá que aumentar de 26 para 46 componentes. O grupo também passará a contar com mais três instru- mentos obrigatórios de per- cussão, são eles: o oboé, o fagote e um par de tímpanos. Segundo o maestro Leonildo Araújo, essa mudança será realizada aos poucos e o in- tuito é deixar o grupo cada vez mais alinhado com a grande transição. “A partir desse nosso novo título vamos seguir trabalhando para nos aper- feiçoar cada vez mais. Ainda nessa gestão pretendo estar com nossa banda totalmente modificada e atendendo as exigências propostas”, res- saltou. O maestro acrescen- tou também que os arranjos exigidos para uma banda de música são mais simples, já na sinfônica, os arranjos são voltados para composições clássicas. “A Banda Aristides Bor- ges é considerada sinfônica, por nós, há bastante tempo. Aqui estamos falando de arte, de profissionalismo e políticas públicas voltadas para a população. É uma sa- tisfação imensa termos esse grupo na nossa casa e é des- tacando isso que nós estamos dando um passo importantís- simo na valorização da cul- tura, do nosso povo e da nos- sa cidade”, disse o presidente da Câmara, Fábio Barros. Fortalecimento do empreendedorismo fez do Expofêmea um sucesso A iniciativa contou com 12 stands de diversas artesãs empreendedoras, com peças produzidas que estão à venda com valores que variam de R$ 5 a R$ 200. Banda Aristides Borges se torna 2ª sinfônica de PE Beatriz Lorrany/Secom Paulista O maestro Leonildo Araújo acompanhou a votação do projeto Almir Martins/Secom Paulista Almir Martins/Secom Paulista Almir Martins/Secom Paulista A Expofêmea contou com 12 estandes de diversas empreendedoras As mulheres também tiveram serviços gratuitos de beleza No envento foram vendidas peças com valores de R$ 5 a R$ 200
  2. 2. No seu processo de enve- lhecimento, as cidades adoe- cem. Assim como as pessoas, elas precisam tratar-se dos males que se lhes acometem à medida que passam os anos. Envelhecer com qualidade de vida é uma meta que todas as pessoas têm. Assim também devem ser as cidades, enve- lhecer sim, mas manter-se atraente em seus aspectos es- tético e urbanístico oferecen- do qualidade de vida àqueles que nela habitam, trabalham e vivem o seu dia a dia. Assim como às pessoas, alguns fatores contribuem para o acometimento das do- enças das cidades, cabendo aos seus gestores prevenirem- -se para evita-los ou, quando necessário, encontrar o re- médio mais adequado para atenuar as suas dores e sanar os problemas delas advindos, ministrando a correta dosa- gem. Eventos de ordem eco- nômica, por exemplo, os mais comuns em dias atuais, têm o poder de atingir as cidades desde as suas entranhas, pro- duzindo males que deixam sérias sequelas que costumam ser duradouras, de recupera- ção muito lenta e custosa. Eventos de ordem políti- ca, com eventual mudança de comando, também comuns às cidades, não costumam legar grandes e imediatos danos mas, geralmente, interrom- pem recuperações iniciadas de danos causados por outros tipos de eventos, porem têm um período de adaptação um pouco mais célere com a reto- mada de obras interrompidas. Mas, assim como as pes- soas, as cidades podem ser acometidas de graves doenças Assim como as pessoas, as cidades adoecem OPINIÃO Paulo Marenga Arquiteto e Urbanista paulomarenga@yahoo.com.br provocadas por eventos que costumam ser catastróficos para os ambientes urbanos. São os eventos climáticos que, em nossa região, têm nas chuvas invernosas o seu prin- cipal vetor dissipador de ma- les com consequências desas- trosas com tratamento e cura prolongados além de uma so- frida e lenta recuperação. Como vimos, são eventos endógenos e exógenos que po- dem nos levar a essa aparente- mente esdrúxula comparação entre a vida humana e a das cidades em vivemos. Além desses eventos e fatores indu- tores das doenças citadinas, que interferem diretamente na qualidade de vida que as cidades podem oferecer aos seus cidadãos, podemos citar alguns, também sérios e gra- ves, de ordem endógena que, a despeito de arrastarem-se pode décadas a fio, asseme- lham-se às doenças humanas conhecidas como autoimunes, quando uma desorganização do sistema imunitário provo- ca doenças e as suas células passam a atacar o próprio or- ganismo em vez de defende- -lo. Dentre elas, podemos ci- tar os danosos pichadores, os depredadores de patrimônios público e privado, o egoísmo de pessoas que se imaginam sozinhas em suas cidades e uma grave falta de respeito para com o ambiente urbano, praticada ainda por muitos que vivem nas cidades, que é o trato dos resíduos domésti- cos. É uma doença endógena e autoimune por ter seu prin- cipal dissipador representado por membros das próprias comunidades e que não apre- senta, ainda, uma solução mi- nimamente eficaz. A maioria os moradores não é capaz se- quer de separar o seu próprio lixo. Muitos são os que ainda demonstram desconhecer os mínimos princípios de civili- dade e de convivência em sociedade. Como autoimu- ne, esta é uma doença difí- cil de curar na maioria das nossas cidades e a que tem reflexo direto na saúde das pessoas, inclusive das que a provocam, pois seu re- médio depende exclusiva- mente de cada um dos seus cidadãos. Ainda dentro das do- enças autoimunes das ci- dades, provocadas pelos próprios moradores, desta- camos uma, também grave, que tem repercussão dis- tinta da anterior, mas abso- lutamente danosa à saúde estética das cidades. Tra- ta-se da arraigada prática dos puxadinhos, provocada por moradores que deci- dem acrescer às suas casas apêndices que, a despeito de estrangularem, qual o órgão humano de mesmo nome, são de difícil extir- pação. Por não obedecerem às mínimas diretrizes urba- nísticas e, na maioria das vezes, sem nenhuma qua- lidade técnica, colocando em risco a edificação e os seus moradores ou usuá- rios, além de emprestar ao ambiente urbano um deplo- rável aspecto estético e de desorganização construti- va. Some-se a isso o fato de que muitas dessas constru- ções irregulares se dão em áreas públicas de praças e ruas e isso se torna ainda pior, pois causam graves problemas à mobilidade das pessoas. Como não há hospitais que possam acomodar as cidades e médicos suficien- tes para atende-las, cabe a cada um de nós nos cons- cientizarmos, buscando viver nas cidades que que- remos, vivendo em nossas próprias casas, sem esque- cermos que somos parte integrante desse imenso corpo que também adoece e morre, as cidades em que habitamos, trabalhamos e vivemos. A opinião abaixo é de inteira responsabilidade do autor. Abril 2018 PAULISTA EM FOCO as notícias da nossa cidade A-4redacao@paulistaemfoco.com.br A pesar de toda a divul- gação e da prorroga- ção do censo dos ser- vidores da Prefeitura do Paulista, 219 trabalhadores efetivos e 364 aposentados e pensionistas ainda não com- pareceram para fazer o reca- dastramento funcional. Até o momento, 4.447 servidores ativos, inativos e pensionistas realizaram o procedimento. Foi amplamente informado que quem não fizer o censo terá os proventos bloqueados até que a situação seja regula- rizada. O prazo estabelecido pela Secretaria de Administra- ção é até o final do mês de abril. Para realizar o recadastra- mento é preciso comparecer à Secretaria de Administração, localizada na Rua da Man- gueira, número 05, Aurora. O horário de atendimento é das Mais de 500 servidores ativos, aposentados e pensionistas devem ficar sem dinheiroAté o momento, 4.447 servidores ativos, inativos e pensionistas realizaram o procedimento. 08h às 12h e das 13h às 17h. O censo é destinado aos servido- res ativos, inativos e pensio- nistas. Os servidores precisam le- var os seguintes documentos: CPF; documento de identifi- cação com foto; carteira de trabalho (CTPS); certidão de tempo de contribuição (se possuir); comprovante de en- dereço residencial; compro- vante do PIS/PASEP ou NIT; certidão de casamento ou de união estável; certidão de nas- cimento dos dependentes me- nores de 18 anos e atestado médico em caso de filho inca- paz. O procedimento é obriga- tório. Com o objetivo de ampliar os conhecimentos culturais, estudantes do Paulista partici- param de uma aula diferencia- da, ao ar livre, na quinta-feira (05.04). A garotada foi levada para conhecer o patrimônio histórico e cultural de Olinda através do programa Rotas do Saber – o antigo Jardineira do Conhecimento, coordenado pela Secretaria Municipal de Educação. No total, 26 alunos do 6º ano do Ensino Funda- mental participaram do pas- seio cultural. Eles estudam na Escola Municipal José Firmi- no da Veiga, no Centro. Seguindo o roteiro, o gru- po conheceu os principais pontos da Cidade Alta, visi- tando os Quatro Cantos, Mer- cado da Ribeira, Espaço Tiri- dá – Museu do Mamulengo e Estudantes do Paulista são contemplados com o Rotas do Saber No total, 26 alunos do 6º ano do Ensino Fundamental participaram do passeio cultural. finalizaram no Mosteiro de São Bento. A estudante Samielly dos Santos, de 11 anos de idade, conta que nasceu em Olinda apesar de morar em Paulista e só agora, por meio dessa ação, ela teve a oportunidade de co- nhecer a cidade natal. “Estou feliz em aprender mais sobre a origem de onde nasci, além de descobrir novidades e ouvir histórias diferentes da nossa rotina escolar”, afirmou a es- tudante. Acoordenadora do Progra- ma, Fernanda Andrade, falou dos benefícios para os estu- dantes proporcionados por esse tipo de aula. “O principal objetivo do programa é am- pliar os horizontes dos estu- dantes. As visitas renovam o vocabulário da criançada, me- lhorando a escrita e comuni- cação, além de proporcionar um momento fora da sala de aula”, concluiu Fernanda. Secom Paulista O prazo estabelecido pela administração vai até 30 abril Secom Paulista Os alunos fizeram uma parada no Mercado da Ribeira
  3. 3. Abril 2018 PAULISTA EM FOCO as notícias da nossa cidade A-5redacao@paulistaemfoco.com.br E m comemoração ao dia Mundial de Conscienti- zação do Autismo, alu- nos autistas da rede municipal do Paulista tiveram uma ma- nhã diferente e com muitas atividades lúdicas na segun- da-feira (02.04). Com o intui- to fortalecer a inclusão dos estudantes, a Secretaria Muni- cipal de Educação organizou uma série de atividades para a garotada no Ecoparque das Paineiras, no Centro. Os alunos e seus familiares se juntaram aos professores e apoios educacionais para co- memorar a data de uma forma especial, com direito a conta- ção de história, pula-pula e algodão doce. Presente ao evento, Ana Matos, que é mãe do Samuel Bernardo, de oito anos de idade, conta que é o primeiro ano do filho na rede municipal e que já consegue perceber um bom desenvolvi- mento do garoto. “Eu consigo deixar ele na escola sem preo- cupação. A equipe é muito atenciosa e tratam os estudan- tes com respeito e carinho. Esse é o primeiro ano do Sa- muel na escola pública e ele já teve melhoras na coordenação motora e no desenvolvimento de modo geral”, destacou Ana. A rede municipal conta com 18 polos de atendimento especializado, que dão apoio complementar no contraturno para os estudantes com qual- quer tipo de deficiência. Atu- almente, 159 estudantes com autismo são atendidos pelas escolas do Paulista. Cerca de 50 estudantes participaram da ação comemorativa. O secretário de Educação, Carlos Jr., falou sobre a impor- tância do trabalho desenvolvi- do diariamente nas escolas.“- Temos trabalhado com o propósito de incluir esses alu- nos na sociedade, focando na preparação de cada um, para que eles possam ser protago- nistas da própria história”, afirmou o gestor municipal. Paulista celebra o Dia do Autismo com atividades lúdicas e de recreação Secretaria Municipal de Educação organizou uma série de atividades para a garotada no Ecoparque das Paineiras, no Centro da cidade. Jorge Macrino/Secom Paulista Jorge Macrino/Secom Paulista Jorge Macrino/Secom Paulista Toda a comunidade escolar comemorou a data de forma especial A meninada participou de várias atividades de interação A criançada brincou bastante no Ecoparque das Paineiras
  4. 4. B Abril 2018 PAULISTA EM FOCO as notícias da nossa cidade redacao@paulistaemfoco.com.br CADERNO A mobilidade é um direito básico de qualquer socieda- de, responsável por viabilizar todos os outros direitos. O ci- dadão só poderá acessar hos- pitais, escolas, repartições pú- blicas, centros comerciais, se este direito for garantido. Pau- lista está entre as 100 maiores cidades do país e continua crescendo mais que a média da Região Metropolitana do Recife (RMR), possuindo grandes desafios, como a mo- bilidade. O Mandato de Fábio Bar- ros, presidente do Parlamento Metropolitano do Recife e da Câmara Municipal do Pau- lista, tem pautado este tema como central na sua formu- lação. Foi autor da lei das ci- clovias, além da nova lei de regulamentação do transporte escolar e tem mobilizado a po- pulação para lutas importantes como na campanha “Por uma tarifa justa”, que luta contra o pagamento da Tarifa B no município, dentro do sistema integrado (SEI). Com uma história de mais de 50 anos na cidade do Pau- lista, o transporte complemen- tar, mesmo com todas as difi- culdades, tem sido o principal modelo de transporte dos ci- dadãos dentro do município. Dotado de 15 linhas e 430 permissionários, o sistema complementar transporta 75% das pessoas que se deslocam no município, chegando a mais de 1 milhão de passagei- ros por mês, gerando mais de 1000 empregos diretos e mais de 2000 indiretos, conside- rando toda cadeia econômica alimentada por esse setor, que beneficia postos de gasolina, borracharias, oficinas autope- ças mecânicas, entre outros. Segundo Fábio Barros, a qua- lificação da mobilidade na cidade passa essencialmente pela qualificação do transporte complementar municipal, ta- manha é sua importância para o deslocamento das pessoas dentro do município. “Toda economia interna da cidade depende muito do transporte complementar, é este serviço que tem garantido a mais de 50 anos que as pessoas cir- culem na cidade, seja para ir ao trabalho, ao médico ou ao centro de compras”, disse. Fábio Barros defendeu ainda a modernização do transporte complementar como meio de fortalecimento dos permis- sionários e trabalhadores do setor para o oferecimento de um serviço com mais segu- rança e conforto. “É preciso que haja um período de tran- sição com foco na aquisição de equipamentos mais mo- dernos. Estive em Jaboatão e Camaragibe e pude ver que a organização dos trabalhadores nos sindicatos e cooperativas permitiram a todos qualifica- ção, com cursos exigidos pela legislação para transporte de passageiros, e esta organiza- ção permitiu que os trabalha- dores adquirissem veículos modernos, como no caso de Jaboatão, onde o transporte complementar é feito com mi- cro-ônibus e o chamado “mic- rão” de 32 lugares, permitin- do mais conforto e segurança para os passageiros, além da bilhetagem municipal, que aumentou consideravelmente a rentabilidade dos permissio- nários”. Fabio Barros ainda fez uma convocação a todos os cidadãos para engajamento com o tema da mobilidade: “é preciso que o poder públi- co, trabalhadores organizados e passageiros se mobilizem para a construção de um gran- de Plano de Mobilidade que possibilite uma cidade melhor para todos. Nosso mandato está fundamentalmente a ser- viço desse ideal”, disse Fábio Barros. 75% da população que se desloca em Paulista usa o transporte complementar Dotado de 15 linhas e 430 permissionários, o sistema complementar transporta 75% das pessoas que se deslocam no município, chegando a mais de 1 milhão de passageiros por mês, gerando mais de 1000 empregos diretos e mais de 2000 indiretos, O Vereador Fábio Barros, presidente do Parlamento Metropolitano do Recife e da Câmara Municipal do Paulista, é autor da lei das ciclovias, lei da regulamentação do transporte escolar e lula contra o pagamento da Tarifa B em nossa cidade, dentro do sistema integra (SEI). Fábio Barros tem pautado a questão da mobilidade como uma prioridade do seu mandato parlamentar PaulistaemFoco Internet
  5. 5. Através das políticas públicas voltadas para a po- pulação idosa, a Prefeitura do Paulista, por meio da Se- cretaria de Políticas Sociais e Esportes, Saúde, Mobili- dade, dentre outros órgãos, vem garantindo que o cida- dão tenha acesso a seus di- reitos. Dentre os benefícios que são garantidos por lei para os idosos, o município vem fortalecendo o acesso a esses direitos em diversas frentes. De acordo com o se- cretário de Políticas Sociais e Esportes do Paulista, Au- gusto Costa, é determinação do prefeito Junior Matuto que esses direitos sejam as- segurados à pessoa idosa na cidade do Paulista. O gestor tirou algumas dúvidas da população quanto à garantia desses direitos. Confere aí! Abril 2018 PAULISTA EM FOCO as notícias da nossa cidade B-2redacao@paulistaemfoco.com.br O s Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em Pernam- buco tiveram, em março de 2018, sua menor incidência em uma série de 19 meses. Os 366 casos registrados no mês passado só estão acima das estatísticas de agosto de 2016, quando houve 362 CVLIs. Em comparação a março de 2017, quando se contabilizaram 551 homicídios, a redução foi de 33,58% (ou 185 assassinatos a menos). Esse foi o terceiro mês se- guido de 2018 com declínio dessa modalidade criminosa em relação aos mesmos perío- dos do ano anterior. Os dados da segurança pública, com seus diversos recortes, serão disponibilizados pela Secre- taria de Defesa Social em seu portal (www.sds.pe.gov. br) na tarde deste domingo (15/04). Na sexta-feira passa- da (13/04), foram publicadas as informações sobre os Cri- mes Violentos contra o Patri- mônio (CVPs), que também caíram (-22,5%), levando-se em consideração 2017. Em todo o mês de março deste ano, 89 municípios não registraram CVLIs e 76 apre- sentaram reduções. No dia 30 de março, a Região Metropo- litana do Recife, composta por 15 cidades, não teve nenhuma pessoa assassinada. O mesmo cenário se verificou em cinco dias de março (04, 20, 25, 26 e 31) em 61 cidades do Sertão Pernambucano que compõem a Diretoria Integrada do Inte- rior 2 (Dinter 2) – incluindo Petrolina, Salgueiro, Serra Ta- lhada e Arcoverde. No Reci- fe, a redução entre os marços deste e do ano anterior foi de 41,1% (56 em 2018, contra 95 em 2017). O feriado da Semana Santa (de 30 de março a 1º de abril) foi o menos violento desde a criação do Pacto pela Vida, em 2007. Com 21 CVLIs, esse período de 2018 teve 63% de queda nos homicídios em relação à Semana Santa de 2017. Nos últimos dez anos, as estatísticas mais baixas des- se mesmo feriado tinham sido em 2013, quando foram con- tabilizados 36 assassinatos. MOTIVAÇÕES - As princi- pais motivações para os homi- cídios em março continuaram a ser o envolvimento com o tráfico de entorpecentes, os acertos de contas e outras ati- vidades criminosas, que tive- ram relação com 72,4% dos óbitos. Dos 366 CVLIs, 5 - ou 1,4% do total - foram de criminosos que entraram em confronto com policiais. Em fevereiro deste ano, foram 7 ( 1,7% das motivações daquele mês) casos assim e, em janei- ro de 2018, 12 (2,7%) suspei- tos faleceram confrontando as forças de segurança. A maior parte dessas 24 pessoas inte- gravam quadrilhas especiali- zadas em investidas a bancos e instituições financeiras. “Recebemos essa queda nos CVLIs em praticamente todo o Estado, pelo terceiro mês consecutivo, sem qual- quer comemoração, pois ainda estamos longe dos nossos ob- jetivos, que são poupar o má- ximo de vidas que pudermos e aumentar a tranquilidade e sensação de segurança dos pernambucanos, do Litoral ao Sertão. O planejamento que fazemos no Pacto pela Vida e os investimentos autorizados pelo governador Paulo Câma- ra na segurança nos permitem vislumbrar maiores avanços. Não há, no entanto, como não agradecer aos policiais milita- res, civis, científicos e bom- beiros, que estão muito mo- tivados e conscientes do seu papel fundamental na garantia do bem-estar social”, avalia o secretário Antônio de Pádua. MULHER – O número de feminicídios diminuiu 43% em maço de 2018, em rela- ção a março de 2017. Quatro mulheres foram vítimas des- se crime, contra sete no ano anterior. Os casos de estupro também caíram, tendência já observada em janeiro e em fevereiro. A redução no mês Em relação aos direitos dos idosos, qual o papel que a Prefeitura do Paulista de- sempenha na defesa e ga- rantia de que os idosos se- jam assistidos? Dentro da Política Munici- pal do Idoso em Paulista, o prefeito Junior Matuto deter- minou que a gente faça uma política cumprindo o Estatuto do Idoso, hoje a gente tem for- talecido as políticas de Saúde através dos polos do progra- ma Saúde em Movimento. Nós temos fortalecido as políticas dos CRAS, nos quais temos o atendimento com a participa- ção efetiva das famílias, cons- cientização das famílias sobre a questão do idoso. É correto o idoso só ter di- reito a gratuidade a viagens interestaduais apenas uma vez por semana? Perante o estatuto do idoso, esse é um direito que eles têm, então, não tem dia marcado. As empresas que criam esses obstáculos estão erradas, e as pessoas devem procurar o Procon, e procurar também o Conselho do Idoso, para que possa ser resolvida essa situ- ação. No entanto, é um direito garantido através do Estatuto do Idoso. Não se pode limitar os dias nem limitar a quanti- dade. É preciso cobrar. Pro- curar o Conselho do Idoso do Paulista, a Defensoria do Idoso, que a gente pode in- tervir junto a essas empresas. Na nossa gestão, temos feito a carteira interestadual de livre acesso para que essas pesso- as possam viajar. Além disso, temos fortalecido a política definida para essas pesso- as porque entendemos que é prioridade na cidade e é prio- ridade na gestão essas políti- cas públicas para o idoso. Por que nos estabelecimen- tos públicos só existe um caixa preferencial? Os esta- belecimentos têm obrigação de colocar mais de um fun- cionário? Tem sim, principalmente os bancos, já que operam toda a renda do idoso, e essa prefe- rência deveria constar não só pela quantidade de funcioná- rios, mas pela qualidade dos serviços prestados. Em caso de empresas que concedem empréstimo con- signado que agem abusiva- mente realizando operações sem o consentimento do idoso, que inclusive, têm di- ficuldade com a burocracia das tentativas de cancela- mento, o que fazer? Eles devem procurar o Pro- con, e não conseguindo, a gente encaminha para a pro- motoria de Defesa do Idosos, para que ele possa garantir o seu direito. Como os idosos podem emi- tir as carteiras especiais para gratuidade nos esta- cionamentos de shoppings, comércios e demais espaços na cidade? As pessoas podem procurar a secretaria de Mobilidade, ao lado do Estádio Ademir Cunha, para se inscrever e emitir seu cartão que dá di- reito de estacionar nas vagas prioritárias em comércios e shoppings. Já nos estaciona- mentos da prefeitura, como no caso do Zona Azul, também é determinado por lei que esses idosos não precisem pagar es- tacionamento. Direito do Idoso Saiba como cobrar por esse benefício Internet Março registra redução no número de homicídios Os 366 casos registrados no mês passado só estão acima das estatísticas de agosto de 2016, quando houve 362. Em comparação a março de 2017, a queda é de 33,58% passado foi ainda mais acen- tuada: - 18,72% casos. Em março de 2017, 203 vítimas desse tipo de crime registra- ram queixa. Um ano depois, 165 recorreram à polícia para denunciar um estupro sofrido durante o mês. Outro aspecto que se res- salta em março é que as mu- lheres têm procurado mais as delegacias para denunciar a violência doméstica e fami- liar. No mês, 3.480 casos fo- ram notificados, contra 2.837 em março de 2017. Um au- mento de 22,66%. A ampliação dos servi- ços policiais especializados contribui para essa maior no- tificação. Em 2017, a SDS implantou mais uma Delega- cia da Mulher, desta vez em Afogados da Ingazeira, no Sertão, e abriu uma nova uni- dade no Cabo de Santo Agos- tinho (Região Metropolitana). INVESTIMENTOS – Em 2017, o Governo de Pernam- buco aplicou R$ 4,46 bilhões na SDS, o maior volume de recursos já registrado. Para 2018, a previsão de orçamento está em R$ 5 bilhões. Esses in- vestimentos possibilitaram um dos maiores reforços já vistos nas forças de segurança públi- ca do estado. Desde setembro do ano passado, 2.822 PMs e 1.241 policiais civis (incluin- do 140 delegados) e científi- cos foram nomeados e estão nas ruas. No próximo mês, 300 bombeiros serão integra- dos ao efetivo e, no segundo semestre, será aberto um novo concurso para a PMPE, com previsão de 500 vagas. Entre os investimentos re- centes, destacam-se a entrega de 1.313 viaturas para as for- ças de segurança; a criação de 9 delegacias de repressão ao narcotráfico; 9 unidades re- gionais da polícia científica; implantação do 25º Batalhão da PM, em Jaboatão dos Gua- rarapes; instalação do Bata- lhão Integrado Especializado de Policiamento (Biesp), em Caruaru; e as Companhias in- dependentes de Tamandaré e Araripina, além de um grupa- mento do Corpo de Bombei- ros em Surubim. “Para este ano, vamos en- tregar o 2º Biesp, com sede em Petrolina, o 26º Batalhão da PM em Itapissuma, bene- ficiando o Litoral Norte, e a Companhia Independente de Lajedo, no Agreste Meridio- nal. Pelo Corpo de Bombei- ros, estão sendo construídos novos grupamentos em Arco- verde, Araripina, Petrolândia e Palmares, possibilitando ações mais rápidas e efetivas de resgates, salvamentos e fis- calizações nessas cidades e re- giões”, complementou Pádua. PRODUTIVIDADE – Du- rante o mês de março de 2018, as polícias de Pernambuco apreenderam 18,5% mais ar- mas do que em fevereiro do mesmo ano. Foram 569 armas retiradas de circulação, 89 a mais do que no mês anterior. O número de pessoas pre- sas em flagrante também tem crescido mês a mês: de 2.180 autuações em janeiro, as polí- cias pernambucanas passaram para 2.350 em fevereiro e, de- pois, para 2.756 em março.
  6. 6. Abril 2018 PAULISTA EM FOCO as notícias da nossa cidade B-3redacao@paulistaemfoco.com.br Quantas vezes você já olhou para todos os lados, analisou todos os problemas, refletiu sobre as possíveis so- luções e, ainda assim, pensou em desistir? Desistir de tudo, desistir dos sonhos, desistir da vida, desistir da felicidade e tudo o mais que faz o seu sangue pulsar? Certamente muitas. Acontece que somos testa- dos, desafiados, confrontados a todo instante. Seja com situ- ações inesperadas, outras um tanto previstas e até aquelas situações que parecem ser de outro planeta, mas que, ainda sim, surgem para analisar o nosso poder de insistência, a nossa força. Viver não é uma tare- fa fácil ou simples, porém é muito prazerosa. É cheia de encantos, de possibilidades e de grandes aventuras, e é jus- tamente por isso mesmo que, quando nos deparamos com os momentos difíceis, tudo parece perder o sentido e a vontade de recuar surge que- rendo ganhar tamanho. Em uma sociedade alta- mente conectada, ágil, cheia de afazeres e responsabilida- des, é normal encarar os prog- A importância de não desistir OPINIÃO Mestre e Doutor em Direito, Reitor da Uninassau (Centro Universitário Maurício de Nas- sau), da Unama (Universidade da Amazônia), da Univeritas (Centro Universitário Universus Veritas) e Fundador e Presiden- te do Conselho de Administra- ção do grupo Ser Educacional. janguie@sereducacional.com nósticos do dia a dia como dilacerantes. Estão aí as con- tas para pagar, as questões de saúde, o comportamento dos filhos, os exemplos de vio- lência, os conflitos internos e tantas outras coisas. Mas então vem o questionamen- to: quem não enfrenta esses dilemas hoje em dia? Todo mundo. Porém, a resolução está na maneira de encarar as situações e como dar a volta por cima. Desistir, todo mundo vai querer, pelo menos uma vez na vida, mas o seu otimis- mo precisa ser mais forte e presente, e isso quem diz é a ciência. O nosso cérebro tem a capacidade de elabo- rar uma estratégia que faz com que nossos neurônios tendenciem ao otimismo, so- bretudo para o futuro. Esse mecanismo se chama “viés otimista” e implica na pro- pensão do cérebro humano em enxergar o amanhã como uma grande promessa. Por isso é preciso com- preender que o otimismo gera iniciativas e estas ini- ciativas farão com que a palavra desistir não ganhe força. Uma nova parcela no va- lor de R$ 900 mil do Fundo Estadual de Apoio ao Desen- volvimento Municipal (FEM) foi liberada na quarta-feira (11.04) para a cidade do Pau- lista, na Região Metropolita- na. O recurso será usado pelo município na conclusão de obras estruturadoras, como pavimentação de vias. A no- vidade foi comemorada pelo prefeito Junior Matuto, que esteve reunido com o gover- nador Paulo Câmara, no Palá- cio do Campo das Princesas, no Recife. A expectativa é de que o recurso seja empregado pelo município em obras impor- tantes, como o calçamento do Córrego da Uruba, na Ja- guarana; da Rua Cruzeiro do Sul, em Jardim Velho/Parati- be; e da pavimentação da Rua Gilberto Freire, no bairro do Janga. O montante será usado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura, Serviços Pú- blicos e Meio Ambiente. Após o anúncio da libera- A opinião abaixo é de inteira responsabilidade do autor. Janguiê Diniz Paulista recebe R$ 900 mil do FEM para tocar obras O montante dos recursos será usado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura, Serviços Públicos e Meio Ambiente. ção, o prefeito Junior Matuto fez questão de agradecer o gesto do governador com o povo da cidade. “Ainda esta- mos vivendo um cenário mui- to difícil. A crise econômica continua desafiando os mu- nicípios e também o Governo do Estado. Mas quando existe compromisso e seriedade to- das essas barreiras são supera- das. E é exatamente isso que temos visto aqui no Palácio. O governador Paulo Câmara nunca abandou a nossa cida- de. E esse gesto é mais uma prova disso”, disse o prefeito. Também participaram da reunião, o deputado Estadual, Francismar Pontes; o secretá- rio de Infraestrutura, Serviços Públicos e Meio Ambiente, Tiago Magalhães; e o assessor Parlamentar, Stênio F. Para prevenir a popula- ção de possíveis problemas, A prefeitura está colocando lonas plásticas nas áreas de morro do município. Já foi ultrapassada a marca dos 30.000 m² aplicados esse ano. Até o momento, ne- nhum caso com vítimas foi registrado no Paulista. A população tem conseguido passar ilesa a esse período chuvoso. A Defesa Civil do muni- cípio destaca que a participa- ção das pessoas, com denún- cias, ajuda muito o trabalho. É importante denunciar as pessoas que continuam jo- gando móveis e lixo nos ca- nais e canaletas. Em situações de perigo, as pessoas devem entrar em contato por meio do número 153 ou do aplicativo “Pau- lista Conectada”. Com trabalhos voltados a prevenção, orientação e so- corro à população, a Defesa Civil do Paulista fica locali- zada na Rua da Mangueira 05, Centro, Paulista. Ações de contenção de barreiras Internet Secom Paulista Na foto, o Governador Paulo Câmara, o deputado Francismar Pontes e o prefeito Junior Matuto
  7. 7. Abril 2018 PAULISTA EM FOCO as notícias da nossa cidade B-4redacao@paulistaemfoco.com.br O projeto Jovem Futuro, que utiliza o esporte como instrumento de inserção social e de resgate da cidadania, está preparando a equipe formada por atletas de 13 a 15 anos para a Taça Tribuna Band Recife Sub-15, que será disputada no próxi- mo mês de maio. A equipe Juventude Pau- lista já vem treinando todas as terças e quintas-feiras à noite, além dos sábados à tarde, no Clube da Santista, em Parati- be. Sob a liderança de Ricar- do Alves, do técnico Rildo Francisco, além da comissão técnica formada por João Sales e Márcio Medeiros e o preparador físico Fernando Bezerra, os meninos têm tudo para trazer a taça de campeão para o município. Os pais acompanham a meninada e têm a oportuni- dade de conhecer a proposta do projeto, que é de descobrir e formar grandes jogadores. Também é trabalhada a ques- tão da cidadania, dos estudos e, o mais importante, a impor- tância de se manter longe das drogas e da criminalidade. “O Brasil precisa melho- rar muito, mas nós precisa- mos dar o primeiro passo. Te- mos muitas dificuldades para manter o projeto, mas temos tido o apoio importante do vereador Camelo do Seguro, Juventude Paulista vai disputar a Taça Tribuna Band Recife Sub-15 que sempre se mostrou sen- sível às questões sociais. A Secretaria Municipal de Polí- ticas Sociais e Esportes tam- bém tem apoiado o projeto. Estamos juntos e trabalhando pelo Jovem Futuro”, afirmou Ricardo Alves. O projeto está avançando e já se prepara para trabalhar com jovens com idade entre 15 e 17, com o objetivo de formar uma equipe Sub-17 e disputar competições munici- pais e estaduais. “Apoiar o Jovem Futuro é apoiar um projeto social im- portante, desenvolvido por gente séria, que tem o com- promisso com a nossa juven- tude. Fico grato a Deus por me permitir fazer parte desse time comprometido com o futuro das nossas crianças e adolescentes”, disse o verea- dor Camelo do Seguro. Qualquer jovem pode par- ticipar do projeto, que é gra- tuito. Basta comparecer aos treinos realizados no Clube da Santista acompanhado pelos pais e/ou responsáveis. Per- guntado se por conta das difi- culdades de garantir recursos desistiria do projeto, Ricardo Alves disparou: “Mesmo que algo me assuste, jamais fará com que eu desista do projeto Jovem futuro! Eu acredito na juventude, por isso que não desisto. ” A Prefeitura do Paulis- ta segue com os trabalhos preventivos para os danos no período chuvoso. A Se- cretaria Executiva de Servi- ços Públicos da cidade deu início à operação inverno no início do mês de março, e agora caminha para a meta- de do trabalho. De todos os canais que já receberam a limpeza, es- tão: O Canal do boi, Canal da Tinta, Canal da Rua 01, Canal Luiz Gonzaga, Canal da Av. F, Canal de Nossa Se- nhora de Fátima, Canal da Rua Vietnã do Norte, Canal da PE-15, Canal do Cemi- tério e o Canal da PE-22. Outros quatro canais estão recebendo a ação. Cerca de 30 canais ainda serão beneficiados pela ini- ciativa, que irá durar mais 30 dias e vai preparar a cida- de para o inverno. Durante o trabalho, os funcionários da prefeitura irão realizar a remoção do mato e do lixo existente no leito e nas mar- gens dos canais. O trabalho conta com um efetivo de 43 homens, além de máquinas como retroescavadeiras e caminhões caçamba. Em caso de emergên- cia, a população do Paulista pode acionar a Defesa Ci- vil, os setes dias da semana, através do número 153, que funciona 24h por dia. Os moradores da cidade ainda podem entrar em contato com o fone da Coordena- doria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) – 3181-2490. “ Mesmo que algo me assuste, jamais fará com que eu desista do projeto Jovem futuro! Eu acredito na juventude, por isso que não desisto. ” Ricardo Alves Operação Inverno segue beneficiando canais da cidade O trabalho conta com um efetivo de 43 homens, além de máquinas como retroescavadeiras e caminhões caçamba. Defesa Civil Secom Paulista Prefeito Junior Matuto vistoria liempeza do Canal da PE-22 Divulgação Divulgação Equipe está entrosada para a disputa da competição Muita disciplina e treino fazem parte da preparação
  8. 8. Abril 2018 PAULISTA EM FOCO as notícias da nossa cidade B-5redacao@paulistaemfoco.com.br P aulista recebeu a ter- ceira edição do projeto “Caravana da Educa- ção” do Governo de Pernam- buco. A ação, que visa aproxi- mar as escolas da população e fortalecer o protagonismo dos jovens na rede pública esta- dual, mobilizou educadores e alunos em três polos de ativi- dades pedagógicas, culturais, esportivas e de orientação aos estudantes. A abertura oficial do evento, realizado na quin- ta-feira (05.04), foi conduzida pelo governador Paulo Câ- mara e ocorreu na Escola de Referência do Ensino Médio – EREM Custódio Pessoa, em Paratibe. A unidade de ensino também sediou o encontro dos gestores, professores e alunos da GRE Norte para a pactua- ção de metas para 2018. Ciente da importância de projetos como a Caravana da Educação, o prefeito Junior Matuto fez questão de par- ticipar do evento e enaltecer o trabalho que o Governo do Estado vem desenvolvendo na área. “Graças ao esforço de muita gente Pernambuco al- cançou a liderança do ranking que avalia a qualidade da edu- cação pública no País. Mas todos nós sabemos que o mais difícil é manter esse nível. Por isso, enquanto município precisamos ajudar o Estado, investindo em ações estratégi- cas para qualificar o patamar da educação básica. Isso vai garantir que os nossos alunos Paulista recebe Caravana da Educação O evento ocorreu na Escola de Referência do Ensino Médio – EREM Custódio Pessoa, em Paratibe. A unidade de ensino também sediou o encontro dos gestores, professores e alunos da GRE Norte para a pactuação de metas para 2018. cheguem mais preparados no ensino médio”, ponderou, Matuto. O governador Paulo Câ- mara aproveitou a oportuni- dade para falar sobre o de- safio de manter o Estado na liderança da melhor educação pública do Brasil. “Todos nós estamos fazendo um esforço muito grande para que Per- nambuco continue no topo do ranking nacional da educação. Agora quem pensa que isso é fácil está muito engando. Por isso temos feito uma série de ações, entre elas, a pactuação das metas com os gestores e envolver cada vez mais os es- tudantes e seus familiares nas atividades da escola. E a partir dessa integração com a comu- nidade escolar os resultados sempre aparecem”, destacou. As ações da Caravana da Educação foram divididas em três polos – Esportivo, Cul- tural e Central. A iniciativa envolveu as escolas Custódio Pessoa e Padre Osmar No- vais, em Paratibe; e a EREM do Paulista, na área central da cidade. Ao todo, 1,5 mil estudantes participaram das atividades esportivas; apre- sentação de números de dança e teatro; doação de livros; re- citais e leitura. Como prova de que esse investimento público na edu- cação tem colhido frutos, o ex-aluno da EREM Maria Vieira Muliterno, em Abreu e Lima, Jonhatha Cavalcan- te fez um depoimento emo- cionado de agradecimento. “A educação é algo que tem que ser prioritário na vida de uma pessoa. Ela abre por- tas, abre a mente e permite alcançar os objetivos, como ingressar na universidade. E quando a gente estuda come- ça a ver o mundo com outros olhos”, frisou o jovem que atualmente estuda Farmácia a Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Ele também é beneficiado pelo programa PE no Campus, que financia a permanência de estudantes universitários longe de casa. Ainda participaram do evento, o chefe de Gabinete do Governador, João Cam- pos; o secretário Estadual de Educação, Fred Amâncio; as deputadas estaduais, Laura Gomes e Simone Santana; o secretário de Educação, Car- los Junior; e os vereadores do Paulista, Fabio Barros e Eudes Farias; e o gerente da GRE Norte, Gleidson Alves, além de demais servidores da Secretaria Estadual de Educa- ção. Francisco Marques/Secom Paulista Francisco Marques/Secom Paulista Francisco Marques/Secom Paulista Paulo Câmara falou do desafio de manter o Estado na liderança da melhor educação do Brasil Na foto, João Campos, Junior Matuto e Paulo Câmara Matuto parabenizou o governador pelo trabalho na educação
  9. 9. Abril 2018 PAULISTA EM FOCO as notícias da nossa cidade B-6redacao@paulistaemfoco.com.br A partir do próximo mês a conta de água dos pernambucanos fica- rá mais cara. A Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe) autorizou o reajus- te de 2,78% nas tarifas dos serviços de abastecimento e coleta e tratamento de esgoto da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Os novos valores entram em vigor no dia 12 de maio.A de- cisão foi publicada na edição desta quinta-feira (12) do Di- ário Oficial do Estado. Com o aumento autori- zado, uma conta de R$ 100 vai subir para R$ 102,78, por exemplo. Isso ocorreu por causa de uma solicitação da Compesa, que pretende re- avaliar todo o sistema para pedir um reajuste definitivo ainda este ano. O percentual representará um acréscimo de R$ 1,12 na tarifa mínima con- vencional. Para esses clientes, que apresentam um consumo mensal de até 10 mil litros de água (10m3), a tarifa passará Conta de água e esgoto fica 2,78% mais cara em maio Com o aumento autorizado, uma conta de R$ 100 vai subir para R$ 102,78, por exemplo. de R$ 40,18 para R$ 41,30. Já para os clientes de baixa ren- da, que pagam a tarifa social, o aumento significará R$ 0,23 a mais na conta, ou seja, a fa- tura subirá dos atuais R$ 8,40 para R$ 8,63, por mês. O reajuste foi estabelecido para fazer a reposição da in- flação dos últimos 13 meses. O processo de revisão tarifá- ria quadrienal foi suspenso a pedido da própria Compesa devido à necessidade de uma avaliação mais detalhada do Estudo de Gestão de Ativos para adequação ao previsto na Resolução ARPE nº 88/2014. Neste ano, a apresentação dos estudos técnicos para revi- são tarifária, que deveria ser realizada no último dia 26 de março, durante audiência pública, foi adiada por conta da “dificuldade da Compesa em apresentar alguns itens de custo como os investimentos feitos pela companhia”. De acordo com a Arpe, o percentual provisório, uma prática pouco comum no Es- tado de Pernambuco, foi de- finido a partir da avaliação do Índice de Preços ao Consu- midor Amplo (IPCA) acumu- lado entre 1º de fevereiro de 2017 e 28 de fevereiro deste ano. Também foi levada em consideração no reajuste a variação do Índice Geral de Preços (IGPM), no mesmo período. Os moradores do Paulis- ta que estiverem com falta de iluminação no seu bairro, agora têm mais uma ferra- menta a seu favor para re- solver este problema. O apli- cativo Paulista Conectada, disponível para aparelhos com sistema Android, tem uma opção no item “Ser- viços Públicos” para que os munícipes comuniquem ocorrências ao órgão respon- sável. A ferramenta digital está disponível para download desde o ano passado, e vem promovendo uma comuni- cação mais estreita entre a população e a gestão muni- cipal. O registro pode ser ex- pedido por pessoas de outros municípios, desde que o fato tenha ocorrido na cidade. O download do aplicativo é simples de ser efetuado, basta fazer a procura gratui- ta por ela na loja virtual do seu celular, Google Play. Após a validação do nú- mero, o usuário poderá gerar sua demanda. Outra ferramenta útil para a população é o 0800.006.0550, no qual os moradores podem entrar em contato com a Secretaria Executiva de Serviços Públicos que mantém equipes nas ruas para realizar manutenções no parque de iluminação da Aprimorar o atendimen- to ao cidadão. É com este objetivo que a Prefeitura do Paulista implantou um novo modelo para melhorar o rela- cionamento entre o público e o servidor. Desde o dia 12 deste mês, a Secretaria Mu- nicipal de Finanças disponi- biliza um sistema de gestão de atendimento eletrônico para os contribuintes. Na prática, o público consegue a senha através de um dispositivo eletrônico e aguarda a sua vez para ser atendido num painel digital. O próximo passo será a con- tratação de dois colaborado- res para prestar assistência e esclarecer dúvidas a quem procura atendimento. De acordo com o secre- tário Executivo de Finanças Marcelo Mandú, o siste- ma eletrônico é um grande aliado para dinamizar a de- manda de atendimento. “O equipamento vai auxiliar principalmente os grupos prioritários que são os ido- sos, as gestantes e as pessoas com deficiência. Será possí- vel calcular a média de cada atendimento e com isso me- lhorar cada vez mais a pres- tação do serviço”, frisou. A aposentada Odete Al- ves, de 63 anos conta que a implantação do sistema trouxe melhorias. “O aten- dimento está ótimo assim. Melhorou muito porque a gente não fica preocupada esperando, na expectativa de chegar a nossa vez. Está bem diferente, eu aprovei. Pesso- as como eu, que precisam vir aqui resolver algumas coisas, já consegue ver a melhora. A gente ganha tem- po e é só aguardar chamar o nosso número e pronto”, ressaltou. A Secretaria Municipal de Finanças fica na Avenida Marechal Floriano Peixoto, S/N, no Centro, próximo à Prontoclínica Torres Galvão (PTG). O atendimento ao público ocorre de segunda a sexta, das 07h30 às 16h. Informações podem ser ob- tidas pelo fone: 3437.4342. Paulista implanta sistema eletrônico para atendimento de contribuintes o público consegue a senha através de um dispositivo eletrônico e aguarda a sua vez para ser atendido num painel digital. Paulista Conectada traz mais facilidade em ocorrências de falta de iluminação Internet Secom Paulista O novo sistema tem facilitado a vida dos contribuintes cidade. Em ambos os casos, a solicitação é atendida em até 48 horas. Secom Paulista

×